Citröen C4 Lounge 2017 THP – Ficha Técnica


Confira aqui a ficha técnica do novo Citroen C4 Lounge 2017.

O Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular, do Inmetro, tem mexido e muito com as novidades apresentadas pelas montadoras. Principalmente no aspecto de melhorar as médias de consumo de combustível estabelecidas no programa. Há bem pouco tempo a Chevrolet apresentou as evoluções para a Spin e para o Cobalt. Agora chegou a hora do C4 Lounge, que está 17% mais econômico e isso graças a presença do motor 1.6 THP turbo flex, com 173 cavalos de potência para a linha 2017. Para aprimorar ainda mais a redução de combustível, o sedã médio ainda ganhou um câmbio manual de seis marchas, indicador de troca de marchas no painel, melhorias na gestão elétrica e novos amortecedores para a suspensão dianteira.

A alterações que proporcionaram as melhorias em termos energéticos também serão estendidas em breve para os modelos Peugeot 308 e 408, que contam com o mesmo conjunto mecânico.

Voltando ao C4 Lounge vamos encontrar também uma central multimídia nova que possui uma tela sensível ao toque de sete polegadas. Aqui ainda vamos encontrar o espelhamento para smartphones com compatibilidade para os sistemas CarPlay e Android.

Além disso, também encontraremos o controle eletrônico de aclives batizado pela Citroen de Hill Assist. O controle eletrônico de estabilidade também está presente. Agora esses dois itens virão de série nas três versões: A Origine, Tendance e a Exclusive. Os preços partem de R$ 69.990.

Entretanto, não podíamos deixar de lado o fato de que a marca deixou de lado a reestilização que foi disponibilizada em diversos mercados como o da China, por exemplo.

Ainda assim, no design há uma novidade para a linha 2017 sendo as setas dos faróis. Elas tiveram as luzes de direção que antes eram na cor de ãmbar e agora passam a ser na cor cristal.

As diferenças nas versões são basicamente notadas também nas rodas de liga leve. Na Origine vamos ter a Sansiro com pneus 205/55 com aro 16, na Tendence a Arena 225/45 R17 e na Exclusive a Arena Diamantada com os mesmos pneus da última opção.

Na parte mecânica vamos ter o motor 1.6 THP, que tem capacidade para gerar de 166cv a 173cv, conforme o caso, sendo movido a gasolina ou etanol.

O conjunto proporciona uma velocidade máxima de 215 km/h, que é limitada eletronicamente.

Além da já citada associação do motor turbo com o cãmbio de seis marchas, que, a título de curiosidade é o mesmo que equipa o já conhecido compacto premium Citroen DS 3, também foram trazidos para a versão o óleo lubrificante de baixo atrito para o câmbio, a função Eco Drive e o sistema Volt Control, que em termos gerais controla a gestão de energia da bateria. Tudo isso junto acabou por permitir uma melhora na faixa de 5% em relação ao consumo urbano.

Com o câmbio manual vimos que foi possível a melhora de 17% no consumo e com o câmbio automático de 11%. Tendo isso em vista, o C4 Lounge pulou da etiqueta C para a etiqueta A de consumo no ranking do PBEV.

Por Denisson Soares


Citroen C4 Lounge THP Flex une injeção direta bicombustível e motor turbo


A Citroën, depois de apresentar o modelo ao público durante o Salão do Automóvel de São Paulo, lançou no mercado brasileiro o C4 Lounge THP Flex, primeiro carro do segmento a unir injeção direta bicombustível e motor turbo, até então feito apenas pela BMW nos modelos 320i e 328i. Com isso, o sedan médio da marca francesa deixa de ser abastecido apenas com gasolina, tornando-o mais atraente aos olhos do consumidor brasileiro. Além disso, o C4 Lounge THP (Turbo High Pressure) Flex ganhou controle eletrônico de estabilidade (ESP) como equipamento de série nas versões Tendance e Exclusive. O sedan médio da Citroën chega às concessionárias da marca com preços a partir de R$ 78.790.

Parece uma mudança pouco importante, mas a Citroën perdia interessados no sedan pelo simples fato do carro não contar com motor bicombustível. Outro ponto importante é que, com a modificação no bloco 1.6 Turbo o C4 Lounge passa a entregar até 173 cv de potência quando abastecido com etanol, ante os 165 cv quando o carro conta com gasolina no tanque de combustível. O torque com as duas opções de combustível foi mantido em 24,5 kgfm. Somado à nova opção de combustível e o aumento de potência, o C4 Lounge THP Flex ainda ganhou o controle eletrônico de estabilidade (ESP) e uma nova geração da transmissão automática de seis velocidades, que, de acordo com a marca francesa, passou por melhorias para garantir maior conforto aos ocupantes do veículo e que é 7,5% mais eficiente em relação ao consumo de combustível.

Denominada de AT6 III, a nova geração de câmbio automático ficou mais compacta, sofreu uma redução em seu peso e ainda teve a relação de marchas alongadas em 11%, com passagens de marchas modificadas para serem mais eficientes e suaves. Para tal, a marca francesa incluiu um novo conversor de torque e a função RDT (Redução de Tração), que reduz as vibrações do carro em marcha lenta quando o câmbio está na posição Drive, como por exemplo, quando o condutor está aguardando no sinal vermelho.

Para poder produzir o bloco THP bicombustível a Citroën teve que equipar o motor com materiais para resistir à maior corrosão propiciada pelo uso do etanol, entre outros detalhes, como o ajuste na bomba de combustível, sensor de medição do nível de etanol, nas velas, reforços mancais do turbo e até na sensibilidade do acelerador.

Por Caio Polo

Citroen C4 Lounge THP Flex

Citroen C4 Lounge THP Flex

Citroen C4 Lounge THP Flex

Fotos: Divulgação


Citroen C4 Lounge Tendance – Preço do novo modelo vendido no Brasil


Visando ampliar suas vendas no segmento dos sedans médios, a Citroën lança para o mercado brasileiro a versão Tendance THP, uma configuração mais em conta que a Exclusive, até então a única versão disponível com o motor 1.6 THP (Turbo High Pressure).

Com preço sugerido de R$ 76.690, a expectativa da marca francesa é que a versão THP represente 70% das vendas do sedan, ampliando as vendas do C4 Lounge, que ficou em quinto lugar nas vendas em junho.

Para que houvesse a redução de preço significativa (R$ 7.000), o Citroën C4 Lounge Tendance teve que deixar de oferecer alguns equipamentos em relação à versão Exclusive, como o acesso sem chave, ignição eletrônica por meio de botão, sensor de estacionamento dianteiro, câmera de segurança para manobras em marcha ré, retrovisores externos com rebatimento elétrico, airbags laterais e do tipo cortina, teto solar elétrico e o painel de instrumentos com iluminação configurável.

Mesmo assim, o sedan turbo da Citroën em sua versão mais básica vem equipado com airbag duplo, freios ABS com EBD, ponteira dupla de escape, sensor de chuva, sensor crepuscular, luzes diurnas de posição em LED, bancos com revestimento em couro, ar condicionado dual zone, retrovisor eletrocrômico, volante multifuncional e sistema de entretenimento com tela de 7 polegadas e GPS integrado.

Ampliando opções para o novo sedan médio, que já vendeu mais de 8 mil unidades desde que foi lançada no Brasil, o C4 Lounge Tendance traz sob o capô o motor 1.6 16V THP de 165 cv e torque de 24,5 kgfm. Associado a uma transmissão automática de seis velocidades, o modelo acelere de 0 a 100 km/h em 8,4 segundo, com velocidade máxima de 214 km/h. 

Desenvolvido em parceria entre a PSA Peugeot-Citroën e a BMW, o bloco Turbo conta com injeção direta sequencial, cabeçote de 16 válvulas com duplo comando de válvulas, bomba eletrônica de alta pressão e turbocompressor do tipo Twin-Scroll. 

Por Caio Polo

Citroen C4 Lounge Tendance

Foto: Divulgação