Com um visual mais moderno e marcante em relação aos seus antecessores, o Tiggo 7 é um SUV médio, mas espaçoso, principalmente pelo porta-malas, cuja capacidade é de 414 litros.

O ano de 2019 será agitado para a Chery e sua parceira brasileira, a CAOA. Entre modelos que entram no portfólio nacional está o Chery Tiggo 7, que marca novos paradigmas no que diz respeito a design.

Com um visual mais moderno e marcante em relação aos seus antecessores, o Tiggo 7 é um SUV médio, mas espaçoso, principalmente pelo porta-malas, cuja capacidade é de 414 litros, 1.100 litros adicionais com o encosto do banco traseiro rebatido. Apresenta 4.505 mm de comprimento, 1.837 mm de largura, distância entre-eixos de 2.670 mm e altura de 1.670 m. O peso é de 1.500 quilos.

O SUV é equipado com motor 1.5 turbo flex de gasolina e etanol. Com comando variável, ele entrega entre 147 a 150 cavalos de potência e 21,4 kgmf de torque com qualquer um dos combustíveis. O câmbio automático de dupla embreagem possui 6 marchas. Todo o conjunto permite que o carro chegue a velocidade máxima de 180 km/h

O desempenho é ligeiramente melhor quando abastecido com gasolina. O Tiggo 7 faz no meio urbano 6,5 km por litro com etanol e 9,5 km por litro com gasolina; na estrada chega a fazer 8,5 km por litro de etanol e 12 km por litro de gasolina.

O interior tem um acabamento melhor em relação aos antecessores, com destaque para a qualidade dos materiais. Entre os itens de série estão o ar-condicionado automático dual zone, bancos dianteiros com aquecimento, painel inteligente, alerta de fadiga, airbags frontais e de cortina sistema de monitoramento de ponto-cego, direção elétrica e teto solar panorâmico.

O modelo também conta com computador de bordo, conexões bluetooth e UBS, espelhamento com a tela do celular, indicador de temperatura externa e volante multifuncional.

Na parte externa é importante citar os retrovisores externos com rebatimento elétrico, rodas de liga leve aro 18", sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, faróis com refletores duplos de LED e regulagem de altura, sensor de chuva, limpador e lavador do vidro traseiro, câmeras para visão 360 graus.

Melhoramentos para mercado brasileiro

A versão brasileira conta com algumas atualizações em relação ao modelo chinês. A principal delas é a nova programação eletrônica, com intuito de melhorar as respostas do motor e velocidade. Assim reduz o tempo de resposta na aceleração. Sem borboletas na pate traseira do volante, a redução deverá ser feita exclusivamente na alavanca de câmbio.

A dianteira conta com uma nova grade, maior e que segue os demais SUVs da marca que já estão na linha de produção na fábrica de Anápolis (GO). Tiggo 4 Tiggo 7, o sedan Arrizo 5 serão produzidos no país juntamente com os Hyundai ix35 e New Tucson. Na unidade de Jacareí (SP) se concentram os modelos menores QQ e Tiggo 2.

60% da estrutura do Chery Tiggo 7 é produzida em aço de alta resistência. O modelo vem equipado com suspensão do tipo multilink na traseira e freios a disco nas quatro rodas. De acordo com a fabricante, o sistema de freios permite reduzir a velocidade a zero de 100 km/h em 39,7 metros.

Na China, o SUV recebeu 5 estrelas da C-NCAP, a agência responsável por avaliar os níveis de segurança dos veículos produzidos no país. Lá ele foi bem recebido pelo público e aqui no país terá uma tarefa dura, que é competir com o Jeep Compass, o Honda HR-V, e o Hyundai ix35, mas o preço de R$ 95 mil pode ser um diferencial.

Ficha técnica

· Motor 1.5 turbo flex;

· 147 a 150 cvs;

· 21,4 kgmf de torque;

· velocidade máxima de 180 km/h;

· porta-malas de 414 litros;

· medidas: 4.505 mm x 1.837 mm;

· distância entre-eixos de 2.670 mm;

· altura de 1.670 m;

· 0 a 100 km/h em 11 segundos;

· capacidade do tanque de combustível: 18 litros;

· Conexão USB e Bluetooth;

· Termômetro da água do motor;

· computador de bordo;

· espelhamento da tela do celular;

· 1.500 quilos.

Por Robson Quirino de Moraes

Chery Tiggo 7 2019

Chery Tiggo 7 2019


O Chery Tiggo recebe reestilização pela sua montadora e promete arrancar suspiros eufóricos de quem ver o novo modelo desfilando pelas ruas. O carro foi apenas reestilizado, mas já traz uma aparência ainda mais moderna que garante o entretenimento do público até que sua nova versão que receberá o nome na China de Tiggo 5 chegue às concessionárias.

O valor estimado do carro reestilizado é de R$ 51.990, o que corresponde a R$ 4.000,00 mais caro que o atual modelo vendido. O aumento no preço é justificado pelo motor 2.0 a gasolina e câmbio de cinco marchas. O carro também está mais potente, agora com 138 cv – o modelo atual possui 135 cv – o torque do automóvel permanece o mesmo, ou seja, 18,2 kgmf a 4.300 rpm, o desempenho do carro continua também apresentando as mesmas estatísticas:

– 0 a 100 km/h em 15 segundos;

– 170 km/h de velocidade máxima.

A dianteira do carro recebeu cara nova e agora vem com novos faróis e também nova grade, ambos bem mais afilados que antes. O capô do carro agora recebeu novos vincos e o emblema da Chery recebe destaque sendo inserido na caixa de step do carro e emoldurado em V, o que deu sofisticação à “cara” do carro.

As luzes diurnas de LED também são ponto de destaque, além do sensor de ré que indica distância, bem como o display inserido no retrovisor interno que possui bússola, barômetro e altímetro. O carro ainda investiu na segurança com a inclusão de airbags dianteiros, freios ABS, ar condicionado, sistema de som superpotente, rodas de liga-leve com aro de 16 polegadas e direção hidráulica.

Quem já viu as fotos que circulam pela internet aprovou o carro, quanto ao desempenho nada ainda foi divulgado, mas os fascinados por carros querem mesmo é curtir mais esta novidade automobilística. 

Por Jaime Pargan

Chery Tiggo 5

Foto: Divulgação


Nessa quinta-feira (13) a marca chinesa Chery apresentou sua nova linha SUV Tiggo 2014. No ano passado, a empresa fez algumas mudanças no visual do modelo, que foi anunciado em junho de 2013. Este ano, o câmbio automático de quatro marchas foi a principal novidade da Chery.

A mecânica do Tiggo continua sendo composta por um motor 2.0 16V a gasolina, da austríaca Acteco, que fornece 138 cavalos de potência e 18,2 kgfm de torque. Para conquistar de vez o mercado brasileiro, a Chery promete que seu novo SUV automático será o mais barato no Brasil. O preço será de R$ 57.990 na versão automática e de R$ 51.990 na versão manual, com câmbio de cinco marchas.

O ano de 2014 poderá ser decisivo para a empresa chinesa, já que a previsão da marca é construir sua fábrica no país (em Jacareí) e produzir a nova geração do subcompacto QQ. A Chery tentará manter também nos seus outros modelos a relação primordial para o brasileiro: o custo e benefício.

Além de querer competir com preço, a Chery quer mostrar outro diferencial das suas concorrentes asiáticas: o Tiggo A/T será o primeiro modelo chinês a ser comercializado com opção automática aqui no Brasil. O maior desafio mesmo da marca é conseguir emplacar seus modelos por aqui, pois até hoje a Chery ainda não conseguiu convencer muitos brasileiros. A comprovação disso é as vendas da marca em comparação com modelos do mesmo segmento de outras companhias, como o Ford EcoSport, o Renault Duster e o Hyundai Tucson.

Ficha Técnica do SUV Tiggo 2014: Conjunto óptico em forma de cunha com luzes diurnas de LED e um forte canhão de luz. Na parte interna, volante multifunção (contém áudio e piloto automático), sensor de ré, ar condicionado, direção hidráulica, rodas de liga leve de 16 polegadas, CD Player com rntrada USB e vidros e travas elétricas. O porta-malas suporta 435 litros.

Por Carolina Miranda


O site chinês Auto Home divulgou na última semana que uma nova geração do Chery Tiggo está para chegar. No entanto, o lançamento acontecerá apenas na China, por enquanto. O site também divulgou a informação de que ele virá com um novo nome: Tiggo 5.

Ele trará novidades. Terá uma nova frente, que une dois faróis e o novo logo da empresa ficará no meio. O acabamento também será diferente no interior. Ele será semelhante ao sedan Arrizo 7, mas terá uma tela LCD no painel central. O sistema de navegação também é uma novidade de destaque, será o C-Cloud, capaz de fazer com que o motorista controle algumas funções do veículo por meio do smartphone.

Chery Tiggo 5

Foto: Divulgação

O design do novo jipinho terá linhas vermelhas semelhantes a do conceito Beta 5, como o apresentado no Salão de Xangai, na própria China, neste ano.  

Os rumores dizem que ele começará a ser fabricado ainda no mês de outubro, por volta das últimas semanas. E pode ser que os chineses consigam um modelo um mês depois, no final de novembro. Para quem ficou curioso com o preço, ele será vendido por 100 mil yuan, cerca de R$ 35.660.

Quem ama carros aguarda a chegada do modelo ao mercado.

Por Jaime Pargan





CONTINUE NAVEGANDO: