Confira aqui a lista com os carros mais econômicos do Brasil em 2016.

Quem ficou ligado nas notícias do ano de 2016 sobre o ramo automobilístico deve ter notado que a competição pela fatia de mercado entre as marcas foi extremamente acirrada. E quando levamos em conta o consumo, a emissão de poluentes, além de outros fatores importantes para a sustentabilidade do nosso planeta e para o bolso, a disputa é ainda maior.

Pensando nisso, nós trouxemos para vocês uma lista muito interessante relacionada aos carros que conquistaram nota máxima A nas suas categorias e em geral quando levados em conta os fatores de consumo total de gasolina na estrada e na cidade. Com certeza você vai se surpreender.

É importante ressaltar que a avaliação dos veículos foi feita pelo Programa Nacional da Racionalização do uso dos Derivados de Petróleo e do Gás Natural, o Conpet. Esse é de responsabilidade do Governo Federal e tem como intuito promover ações e uma cultura contra o desperdício na utilização de recursos naturais que não são renováveis no Brasil, como é o caso dos derivados de petróleo.

A lista dos 10 mais econômicos

Em ordem de mais econômico para menos econômico, os veículos foram avaliados na seguinte colocação:

1. Toyota Prius híbrido: Consumo total de gasolina na estrada de 17 km/l e de 18,9 km/l na cidade;

2. Peugeot 208 1.2 manual: Consumo total de gasolina na estrada de 16,9 km/l e de 15,1 km/l na cidade;

3. Ford Fusion híbrido: Consumo total de gasolina na estrada de 15,1 km/l e de 16,6 km/l na cidade;

4. Citroën C3 1.2 manual: Consumo total de gasolina na estrada de 16,6 km/l e de 14,8 km/l na cidade;

5. Lexus CT200 híbrido: Consumo total de gasolina na estrada de 14,2 km/l e de 15,7 km/l na cidade;

6. Volkswagen Up! TSI manual: Consumo total de gasolina na estrada de 16,1 km/l e de 13,8 km/l na cidade;

7. Volkswagen Up! manual: Consumo total de gasolina na estrada de 15,3 km/l e de 14,2 km/l na cidade;

8. Ford Ka 1.0 manual: Consumo total de gasolina na estrada de 15,7 km/l e de 13,5 km/l na cidade;

9. Ford Ka+ 1.0 manual: Consumo total de gasolina na estrada de 15,3 km/l e de 13,2 km/l na cidade;

10. Chevrolet Prisma 1.0 manual: Consumo total de gasolina na estrada de 15,8 km/l e de 13,1 km/l na cidade.

Então, o que você achou da lista citada? Você concorda, discorda ou possui alguma experiência positiva ou negativa com algum dos modelos? Conte-nos a sua experiência e compartilhe as suas ideias com os demais nos comentários.

Kellen Kunz

aaa

INMETRO divulga nova lista com os carros microcompactos mais econômicos no Brasil em 2016.

O Inmetro fez a divulgação dos carros mais econômicos deste ano de 2016. Nesta matéria, vamos acompanhar os modelos microcompactos que receberam o selo Conpet de eficiência energética.

Os melhores foram o Chery New QQ, o Fiat Mobi, o Kia Picanto com transmissão manual e o Smart ForTwo. Essa é uma nova categoria que foi usada pelo órgão que conta com somente 5 modelos e as suas respectivas versões. De todos, somente o Kia Picanto e o Fiat 500, ambos com transmissão automática, não apresentaram o selo Conpet.

Para o Fiat Mobi, que chegou recentemente ao mercado brasileiro, o mesmo apresentou a nota máxima A na sua versão Easy, que não tem direção hidráulica e ar-condicionado. O seu consumo médio combinado, que inclui a estrada e cidade, foi de 9,3 km/l com etanol e em 13,5 km/l quando abastecido a gasolina.

Quando equipado com itens básicos de conforto, o veículo apresenta um consumo movido a etanol de 8,8 km/l e em 12,5 km/l a gasolina. Segundo o Inmetro, o Mobi vai contar com o selo Conpet de eficiência energética em todas as outras versões, uma vez que apresentou classificação A e outra com nota B.

O modelo Chery New QQ recebeu a nota máxima em suas duas versões que são movidas a gasolina. A média foi de 12,9 km/l. O Smart ForTwo, que foi o último modelo desta categoria, teve uma média combinada de consumo de 13,7 km/l.

A lista dos carros mais econômicos foi divulgada pelo Inmetro através do Programa de Etiquetagem Veicular de 2016. Estiveram presentes nos testes desta edição todas as montadoras de carros, sendo um total de 90% dos veículos que são vendidos no mercado nacional. A caloura nos testes foi apenas a Chevrolet.

No consumo geral, um dos destaques do programa foi o modelo Peugeot 208 com motor 1.2 litros. Ele obteve uma nota A para o seu segmento e também na categoria geral. O Toyota Etios também foi outro veículo bem pontuado e que chegou recentemente ao mercado de automóveis do Brasil. O modelo teve nota A para o segmento e nota B para geral.

A lista completa destes veículos você pode verificar no site do Inmetro.

aaa

O Inmetro, responsável por categorizar os produtos por eficácia energética, classificou alguns veículos com nota E no Programa de Etiquetagem Veicular, ou seja, são aqueles com maior consumo de combustível. Dentre os 15 mais gastadores, é possível ver as sonhadas Ferrari, Lamborghini e Range Rover, juntamente com carros comuns da Mitsubishi, por exemplo.

  • Lamborghini Aventador – o carro italiano faz uma média de 3,3 km/ l de gasolina dentro da cidade, com esse consumo caindo para 6,8 km/l na rodovia.
  • Ferrari F12 Berlinetta – dentro da cidade, essa máquina faz 4,7 km/l de gasolina, já na estrada esse número sobe para 6,5 km/l.
  • Rolls-Royce Ghost – o carro já usado por James Bond nos filmes 007 roda a gasolina e faz uma média de 4,9 km/l na cidade, chegando a 7 km/l na estrada.
  • Land Rover Range Rover Sport – o carro da Terra da Rainha faz também 4,9 km/l de gasolina na cidade, porém chega a 7,3 km/l quando na rodovia.
  • Maseratti Quattroporte – também na gasolina, o carro faz cerca de 5 km/l dentro da cidade, enquanto faz média de 6,8 km/l na estrada.
  • Maseratti Grancabrio – o esportivo consome 5,2 km/l de gasolina na cidade, contra 7,1 km/l na rodovia.
  • Maseratti Granturismo – o terceiro carro da marca presente na lista tem o mesmo consumo do modelo Grancabrio: 5,2 km/l na cidade e 7,1 km/l na estrada.
  • Mitsubishi Pajero 4×4 – a versão à gasolina desse jeep comum nas ruas faz média de 5,3 km/l na cidade, gastando 6,7 km/l na rodovia.
  • BMW X6 XDrive – nessa versão, o veículo faz média de 5,3 km/l de gasolina na cidade, enquanto que na estrada consome cerca de 7,5 km/l.
  • Porsche Cayenne Turbo – também não muito incomum, esse SUV faz 5,5 km/l de gasolina na cidade contra 8 km/l na rodovia.
  • Porsche Macan Turbo – esse outro SUV da marca também é conhecido por gastar muito, fazendo 5,7 km/l na cidade e 7,6 km/l de gasolina na rodovia.
  • Jeep Wrangler – o veículo faz média de 5,8 km/l de gasolina na cidade, chegando a 6,7 km/l na estrada.
  • Jeep Grand Cherokee – esse SUV da marca faz 5,9 km/l de gasolina na cidade, enquanto que consome 7,7 km/l na rodovia.
  • Volvo S60 – conhecida por muitos por fazer apenas caminhões, esse carro da Volvo faz média de 6 km/l de gasolina na cidade e 8,6 km/l na rodovia.
  • Mitshubishi L200 Triton – fechando a lista, a picape faz 6,1 km/l de gasolina e 4 km/l de etanol na cidade, enquanto que na estrada faz média de 7,2 km/l de gasolina e 4,9 km/l de etanol.

Rannier Ferreira Mendes

aaa

O Inmetro – Instituto de Metrologia, Qualidade e Tecnologia – divulgou a lista dos carros mais econômicos e o ranking de 2015, do Programa de Etiquetagem Veicular, é interessante não só para os consumidores que ficarão sabendo quais os veículos ajudam a economizar e agridem menos o meio ambiente, como também é importante para as empresas que sabem que, tendo seus modelos na lista, contarão com um bom indicativo para o aumento das vendas.

O estudo do Inmetro analisou 583 veículos de 36 marcas. Os modelos foram separados de acordo com sua categoria:

  • subcompactos, compactos, médios, grandes, extra grandes, utilitários esportivos compactos, utilitários esportivos grandes, foras de estrada, minivans, comerciais, cargas derivados e os esportivos.

Para chegar ao resultado final, o Inmetro fez simulações diversas, por exemplo, como é o desempenho dos veículos na cidade e na estrada e cada um teve sua pontuação de acordo com o consumo. As notas variavam de A a E. Os pesquisadores do Inmetro puderam dar duas notas para cada modelo, sendo que uma nota era para a comparação da categoria e a outra nota era em relação à análise geral do modelo.

O Volkswagen Up! foi o melhor colocado na categoria subcompactos e geral! O modelo da VW conta com um motor 1.0 com 3 cilindros e sua nota foi A em todos os quesitos! O consumo do Volkswagen Up! na cidade é de 13,5 km/l e na estrada é de 14,6 km/l. Utilizando etanol, os resultados foram: 9,2 km/l na cidade e de 10,2 km/l para a simulação na estrada.

Confira quais modelos se destacaram na categoria "Compactos":

  • Honda Fit CVT, Nissan New March, Novo Fox, Toyota Etios Hatchs 1.5 e o Ford Ka 1.0.

Na categoria "Médios" os que se destacaram foram:

  • Nissan New Versa, Honda City, Toyota Etios Sedan, lexus CT 200h, Hyundai HB20S 1.0 que ficaram com nota AA.

E teve os modelos que não se deram bem nas avaliações e foram considerados os piores superesportivos, confira os modelos com as piores notas:

  • Lamborghini Aventador e Ferrari F12 Berlinetta.

O Lamborghini fez somente 3,3 km/l com etanol e 4,3 km/l com gasolina, ficando bem atrás dos modelos melhores colocados nos testes.

Por Russel

aaa



CONTINUE NAVEGANDO: