Comparativo – linha SUV Hyundai 2017 e seus respectivos preços


Conheça a linha 2017 de SUVs e Crossovers da Hyundai neste comparativo do CarroBonito.com

Nos últimos anos algumas marcas tem se destacado no segmento dos SUVs no Brasil. Entre aquelas que conseguiram um relativo sucesso vamos encontrar a Hyundai. Segundo a opinião de uma boa parte dos consumidores aspectos como inovação, custo-benefício, estética e consumo fazem com que os SUVs da marca estejam sempre em destaque. Hoje vamos falar sobre os principais nomes desse segmento da Hyundai. Confira!

Creta 2017

De acordo com um comunicado da própria marca voltado à imprensa especializada o novo Hyundai Creta 2017 irá chegar às lojas com algumas novidades e alterações que o farão um pouco diferente do modelo vendido em outros mercados. Com produção nacional, ainda há um pouco de dúvidas em relação a diversos pontos sobre o Creta. Uma dessas dúvidas diz respeito ao preço. Apesar de não ser nada oficial alguns sites especializados no setor tem apontado que os preços devem ficar entre R$80.000 para a versão de entrada e R$100.000 na opção mais completa. Se assim for, ele não deverá ficar muito distante do que os seus rivais praticam.

Hyundai Creta 2017

Tucson

O novo Tucson foi apresentado durante o Salão do Automóvel junto com o Creta. É bom lembrar que a nova geração do Tucson não irá cancelar a anterior e muito menos interferir no ix35. Isso quer dizer que teremos gerações convivendo juntas no mercado. A opção de entrada é a GL, na seqüência temos a GLS e por fim, a Top. A informação é de que esta última será uma série limitada não passando das 30 unidades. A versão GL parte dos R$138.900 e a Top de R$156,900.

Com o objetivo de manter uma certa distância dos antecessores o ele terá o porte um pouco superior a do ix35. Além disso, ele contará com um conjunto mecânico exclusivo: 177 cavalos de potência, motor 1.6 turbo com injeção direta a gasolina e 22 kgfm de torque. Temos também um câmbio de dupla embreagem e sete marchas.

Hyundai Tucson 2017

New Tucson 2017

O novo SUV de porte médio da Hyundai foi apresentado durante o Salão do Automóvel de São Paulo. Ele já pode ser encontrado nas concessionárias do Brasil. Os preços dos modelos começam em R$138.900 na configuração de entrada, a GL. Essa opção não conta com teto solar. Também temos a versão GLS por R$147.900. Esta conta com teto solar, faróis e lanternas de LED e projetores e bancos com ajuste elétrico.

Por fim, a versão topo de linha sai por R$156.900 e traz uma grade dianteira cromada, assistente de estacionamento, bancos dianteiros com aquecimento e ventilação e espelhos retrovisores com detector de ponto cego.

Hyundai New Tucson 2017

Ix35 2017

O ix35 2017 continua apostando em modernidade e em ser bem equipado. Esses aspectos fizeram desse carro um dos modelos mais queridos da marca. Os preços começam em R$99.000, passam por R$109.990 na versão intermediária e podem partir dos R$122.990 para a versão topo de linha. O ix35 2017 já foi lançado no Brasil e está disponível no site e nas concessionárias Hyundai para compra.

ix35 2017

Hyundai Santa Fe 2017

Esperado para breve nas concessionárias o Santa Fe 2017 irá chegar com algumas novidades como LEDs diurnos, suporte das luzes de neblina dianteiras e novos pára-choques. Também é esperado um novo desenho para as rodas e uma disposição nova das lanternas na parte traseira. Ainda não é oficial, mas as informações apontam que o Santa Fe com cinco lugares custará cerca de R$170.000 e com sete lugares por R$197.000.

Por Denisson Soares


Chery New QQ 2017 – versões e preços


Novo Cherry QQ 2017 – Preços e características

A montadora chinesa lançou em maio desse ano no Brasil a nova versão do Cherry QQ. O carro foi considerado pelo Inmetro como melhor veículo da categoria. A versão mais básica do Cherry QQ é a Look, que sai por R$ 31.990. Já a versão topo de categoria – ACT – custa R$ 33.990.

O programa do Inmetro analisou diversos carros para distribuir os selos de qualidade. O Cherry QQ 2017 ficou com o selo “AA”. Esse selo representa a classificação entre as melhores opções de carro da categoria. O Inmetro destaca a autonomia do Cherry QQ e a baixa emissão de gases poluentes. O carro faz 12,3 km/l na cidade e chega a fazer 13,8 km/l nas rodovías.

Dentre as versões, existem diferenças nas características tecnológicas – quando relacionada a versão Look com a versão ACT. O preço inicial do Cherry QQ subiu cerca de 15% em relação ao ano anterior. Veja abaixo o preço e os principais pontos da versão topo e da versão básica.

Look – Versão Básica Cherry QQ 2017

O preço é R$ 31.990. Conta com ar-condicionado, direção hidráulica, vidros elétricos dianteiros, rádio com entrada USB, Air-Bag e freio ABS.

ACT – Versão Topo Cherry QQ 2017

O preço é de R$ 33.990, dois mil reais a mais do que a versão Look. A versão ACT conta com diversas funcionalidades que a versão Look não possui. Dentre elas estão os vidros elétricos tanto na dianteira como os traseiros, rodas liga leve de 14 polegadas, sensor de ré e de estacionamento, vidro retrovisor com regulagem elétrica, rádio com entrada USB. MP3 e CD.

Destaques

O principal destaque do Cherry QQ 2017 em relação aos demais carros da categoria é aliar um bom preço de compra com eficiência no consumo de gasolina. É um carro que conta com as principais tecnologias dos veículos modernos – como sensores de ré, regulagem elétrica do retrovisor – sem que isso pese muito no bolso do consumidor.

Outro fator importante que merece destaque para o Cherry QQ 2017 é a preocupação em criar um carro que emita o mínimo possível de gases causadores do efeito estufa. Por essas e outras, o Inmetro deu o selo “AA” para o Cherry QQ 2017.

Ass: Matheus Griebeler


Ford Focus 2017 – Preço das Versões


Confira aqui o preço das versões do Novo Ford Focus 2017.

Já está disponível nas lojas nacionais o novo Ford Focus 2017, que chega ao mercado sem mudanças estéticas exteriores, mas com novidades entre os equipamentos da nova linha do modelo. De acordo com a Ford, o Focus 2017 custa de R$ 74,5 mil a R$ 107 mil nas concessionárias brasileiras.

Tanto o modelo Focus Hatch quando o Focus Fastback chegam às lojas com novos pacotes de equipamentos que encarecem o valor final de cada versão. A principal novidade do Ford Focus é a central multimídia Sync 3 de 8 polegadas, que oferece conectividade com aparelhos da Apple e smartphone com Android, e aparece no modelo a partir da versão SE Plus. Além de ser sensível ao toque, a tela da central multimídia garante ao usuário acesso a diversas ferramentas de comando por meio de reconhecimento de voz.

Disponível em 9 versões diferentes, o Ford Focus 2017 chega às lojas com a versão de entrada (SE) 1.6, de 135 cavalos, que traz alarme volumétrico e luzes em LED diurnas como novidades, mas não oferece ao usuário a nova central multimídia. O valor da versão de entrada do modelo é de R$ 74.590. Para o modelo SE Plus há opção de escolha do motor, 1.6 de 135 cavalos ou 2.0, com 178 cavalos e câmbio powershift, que custa entre R$ 83.490 e R$ 91.900.

De série, o modelo traz em todas as versões equipamentos completos, como direção elétrica, freio a disco, faróis de neblina, rodas de liga leve de 17 polegadas, acendimento automático dos faróis, sensor de chuva, ar condicionado e retrovisor eletrocrômico.

O pacote Plus, disponível no Focus Hatch e Fastback, inclui ao pacote kit multimídia Sync 3, câmera de ré, 6 airbags, ar condicionado digital, bancos em couro, piloto automático, limitador de velocidade e outros equipamentos. A versão Titanium inclui todos os equipamentos do pacote Plus e acrescenta teto solar, partida sem chave e som com 5 autofalantes. Já o pacote Titanum Plus traz, ainda, assistente de frenagem autônomo, sistema de estacionamento automático, sensor de estacionamento dianteiro, faróis bi-xenon, banco do motorista com ajuste elétrico e espelho com rebatimento elétrico. Esta versão topo de linha sai da concessionária por R$ 107.390.

Confira os preços da linha 2017 da Ford Focus:

  • Hatch SE 1.6: R$ 74.590
  • Hatch SE Plus 1.6: R$ 83.490
  • Hatch SE Plus 2.0 Powershift: R$ 91.990
  • Hatch Titanium 2.0 Powershift: R$ 101.290
  • Hatch Titanium Plus 2.0 Powershift: R$ 107.390
  • Fastback SE 2.0 Powershift: R$ 82.690
  • Fastback SE Plus 2.0 Powershift: R$ 91.990
  • Fastback Titanium 2.0 Powershift: R$ 101.290
  • Fastback Titanium Plus 2.0 Powershift: R$ 107.390

Por Luana Neves


Mercedes-Benz CLA 2017 – Preço e Lançamento no Brasil


Modelo chega ao Brasil renovado e custando a partir de R$ 156 mil.

Apresentado em abril no Salão de Nova York, o novo Mercedes-Benz CLA redesenhado chega ao Brasil. O modelo recebeu novos faróis de leds; para-choque dianteiro com friso preto, cromado ou prata; grade diamante preta; 12 cores de iluminação ambiente; novo quadro de instrumentos e uma central multimídia compatível com Apple Car Play. As quatro versões se mantiveram, a 200 FF Vision, 200 FF Urban, 45 AMG 4MATIC e 250 Sport 4MATIC, com preços iniciando em R$ 156.900.

Os novos faróis de LED funcionam juntamente com as lanternas traseiras, que possuem controle automático de intensidade, o que diminui o ofuscamento dos motoristas na direção contraria, pois utiliza três estágios: condução noturna, parada noturna e dia. Sem a necessidade de trocar uma lâmpada se quer. Possui uma cor nova, chamada de azul metálico Cavansite.

O pacote de equipamentos de série conta com sete airbags (laterais, frontais, de joelho e cortina para o condutor), assistente de partida em subidas, abertura das portas por proximidade, controles de tração e estabilidade, revestimento em Artico, uma imitação de couro na cor cinza e preta, detecção de sonolência e rodas em alumínio com 18 polegadas. Da versão 200 FF Vision em diante, o modelo conta com assistente de estacionamento, somado a uma câmera traseira, além de teto solar panorâmico e tela multimídia de 8 polegadas.

Embaixo do capô, o carro possui um motor turbo flex de 1.6 litros com potência de 156 cavalos e um torque máximo de 25,5kgfm, junto a uma caixa de transmissão de dupla embreagem 7G DCT com tração dianteira e sete marchas. Vai de 0 a 100km/h em apenas 7,9 segundos, isso nas versões FF Vision e FF Urban. Já a versão intermediária, a 250 Sport, tem um propulsor turbo de 2.0 litros e 211 cavalos de potência, com torque de 35,7kgfm e tração integral, atingindo 100 km/h em 6,5 segundos.

O esportivo 45 AMG conta agora com uma potência de 381 cavalos e torque de 48,5kgfm – diante dos 360 cavalos e torque de 45,9kgfm do anterior, com suspensão esportiva e tração integral. Chega aos 100km/h em 4,2 segundos, limitado eletronicamente a 250 quilômetros horários.

Veja abaixo os valores:

  • CLA 200 FF Vision: R$ 183.900
  • CLA 200 FF Urban: R$ 156.900
  • CLA 45 AMG 4MATIC: R$ 338.900, com um reajuste de R$ 5.000
  • CLA 250 Sport 4MATIC: R$ 223.900, com um reajuste de R$ 6.000

FILIPE R SILVA


BMW X4 2017 terá Produção no Brasil


Novo veículo SUV será produzido na unidade da empresa na cidade de Araquari, em Santa Catarina.

A montadora alemã BMW anunciou na última segunda-feira, dia 29 de agosto, que a produção do X4 acontecerá no Brasil. O veículo SUV será o sexto modelo a ser montadora na cidade de Araquari, em Santa Catarina. Nesta planta já são montados os modelos Série 1, Série 3, Mini Countryman, X1 e o X3.

A montagem teve seu início dado no dia 31 de agosto, na última quarta-feira (31). A produção apenas irá abastecer o mercado local.

Segundo a marca, o X4 feito no Brasil irá fazer com que as vendas aumentem em 50%, indo de 30 para 45 unidades a cada mês.

O modelo nacional será o X4 xDrive28i X Line, qual conta com um propulsor de 2 litros, a gasolina, gerando uma potência de 245 cavalos. Por enquanto não há nenhum indício de que será lançada uma versão com bicombustível.

Os valores do veículo não serão alterados, portanto, continuará custando R$ 299.950. A versão mais potente, xDrive35i M Sport, continuará vindo dos Estados Unidos.

Apesar do preço não ter sido alterado, as vendas aumentarão, pois o modelo tinha sua ofertada limitada por ser importado, isso de acordo com Helder Boavida, que em fevereiro deste ano se torno presidente da BMW do Brasil.

O X4 sendo produzido no Brasil fará com que a primeira fábrica da montadora em território brasileiro feche 2016 com uma produção de 16 mil unidades, o que representa 50% da capacidade da filial, que é de 32 mil veículos ao ano.

Dentro deste valor também estão contidas as unidades fabricadas para exportação, como por exemplo, os 10 mil modelo X1, que serão destinados aos Estados Unidos.

A montadora germânica, na comercialização de veículos no mercado Premium, em 2015, saiu da liderança e caiu para a terceira posição. A empresa acredita que irá continuar com as vendas bem próximo do estável neste ano de queda, inclusive no mesmo mercado.

A esperança da BMW é que o segmento de veículos premium diminua bem, tendo uma queda de aproximadamente 20%, indo de 58 para 47 mil unidades. No ano passado, foi de 20% o crescimento das marcas de luxo.

FILIPE R SILVA


Kia KX3 2017 – Nova Versão do SUV recebe Facelift


Confira aqui as principais mudanças realizadas no novo modelo 2017 do Kia KX3.

A Kia apresentou nos últimos dias o novo modelo do SUV KX3, que começará a ser produzido no México em breve e deve entrar no mercado brasileiro já no ano que vem. A mudança pegou de surpresa os especialistas e os fãs da marca, já que o KX3 está disponível no mercado mundial há pouco mais de um ano. Descubra como foi feito o facelift no SUV compacto da Kia.

As mudanças no modelo foram suaves, mas podem ser notadas com mais clareza na parte da frente do carro. A grade foi alterada e deu lugar a filetes horizontais cromados e para-choque novo, com entradas diferentes das do modelo antigo e faróis de neblina ladeados por luzes de led para uso diurno. Na traseira parte, o KX3 recebeu lanternas com nova disposição de elementos e novo para-choque.

Por dentro, o Kia KX3 recebeu alterações típicas dos face-lifts leves, que incluem retoques na cabine e maior capricho no acabamento. Além dos retoques promovidos pela marca, o modelo também recebeu novo revestimento interno, que oferece ao usuário mais conforto e convence os consumidores mais exigentes.

A motorização do modelo não sofreu alterações e o SUV continua sendo oferecido nos mercados onde é comercializado em três versões distintas: motor 1.6 a gasolina com 125 cavalos, motor 1.6 turbo com 160 cavalos e a opção de motor 2.0 de quatro cilindros com os mesmos 160 cavalos. O câmbio oferecido no Kia KX3 pode ser manual ou automático, de acordo com a necessidade do consumidor. A marca não confirmou se as três versões serão comercializadas no país ou se apenas uma ou duas delas chegarão ao mercado brasileiro inicialmente.

O modelo reestilizado do KX3 será anunciado publicamente pela Kia no Salão de Chengdu, que acontece no mês de setembro, na China, onde também serão apresentados outros novos modelos da marca. O SUV compacto começará a ser fabricado nos próximos meses no México e deve chegar ao mercado Brasileiro em 2017 para concorrer com SUVs médios de outras marcas, como os modelos Honda HR-V, Jeep Renegade, Nissan Kicks e outros utilitários compactos. O preço de venda do modelo no mercado nacional não foi divulgado pela Kia.

Por Luana Neves


Carros 2017 – Principais Lançamentos Previstos


Confira os principais lançamentos de carros previstos para o ano de 2017.

Os olhares já começam a se voltar para as novidades no setor de automóveis para 2017. Muitas marcas já anunciaram o que estão planejando e outras ainda guardam alguns segredos e cartas na manga. De qualquer forma, trazemos aqui uma série de considerações sobre os possíveis lançamentos para 2017 das principais montadoras.

Neste segundo semestre de 2016, temos visto diversas notícias sobre os planos das marcas para o próximo ano. Um exemplo bem claro nesse sentido é a Fiat. De acordo com as informações veiculadas em diversos meios de comunicação, a montadora pretende anunciar cerca de 20 novos modelos. Claro que para isso se tornar realidade os investimentos pesados na área já são esperados.

Porém, não é só a Fiat que anda trabalhando em novidades para o próximo ano. Abaixo listamos alguns dos principais lançamentos (que já chegaram ou vão chegar) para o mercado de automóveis do Brasil. Confira o que as montadoras andam planejando para o primeiro semestre de 2017:

– Renault

A Renault já anunciou seus planos para o novo Sandero 2017.

– Honda

O novo Honda HR-V 2017 será a principal novidade da marca.

-Volkswagen

O novo Gol 2017 e a nova Amarok 2017 são as novidades preparadas pela Volks.

– Hyundai

Aqui vamos ter o novo Tucson 2017 e também o HB20 1017.

– Chevrolet

A Chevrolet já tem sua lista de novidades contando com o novo Prisma 2017; nova Montana 2017; novo Cobalt 2017 e o novo Onix 2017.

– Fiat

A Fiat já confirmou seus planos para o novo Fiat Toro 2017; novo Uno 2017; novo Palio 2017 e nova Strada 2017.

– Ford

A Ford trabalha para apresentar ao público novo Ecosport 2017; a nova Ford Ranger 2017 e o novo Ford Ka 2017.

As novidades não se restringem apenas as apontadas acima. Diversas outras já deram o “ar de sua graça”. Selecionamos uma variedade de modelos de diferentes marcas para complementar nossa lista. Veja:

  • Renault Fluence 2017; Renault Captur 2017; Ford Edge 2017; Suzuki Vitara 2017, Nissan Sentra 2017; Toyota C-HR 2017; Renault Mégane 2017; Hyundai ix25 2017; nova Saveiro Cross 2017; Hyundai Azera 2017; Hyundai i30 2017; Hyundai Elantra 2017, Renault Koleos 2017 e Onix Activ 2017.

Muitos desses aqui apresentados já conhecemos para a linha 2017. Mas não só eles. Então é bom ficar preparado pois o primeiro semestre de 2017 promete.

Bom, este é apenas um “resumo” do que você pode esperar.

Mas já é bom ir adiantando que para 2017 os preços vão sofrer mudanças, como era de se esperar. Algumas leves e outras drásticas. Afinal, a chegada de novas tecnologias e reestilizações acabam influenciando esse ponto diretamente.

Por Denisson Soares


Fiat Doblò 2017 – Características e Preço


Confira aqui as características e preço do novo Fiat Doblò 2017.

Quase sem nenhuma alteração na aparência, a montadora italiana lança o Fiat Doblo em sua linha 2017. As principais novidades ficam por conta de uma configuração nova da gama de versões com o aumento de alguns itens em sua lista de equipamentos e também da retirada do antigo motor de 1.4 litros. O acréscimo de itens fez com que o utilitário italiano ficasse um pouco mais caro, iniciando as vendas agora no valor de R$ 76.890.

A versão Doblo Adventure

Na parte externa da nova versão Adventure é possível ver na moldura do para-choque frontal um acabamento novo na cor cinza escuro, além de rodas em liga leve junto com um estepe de aro de 16 polegadas com uma pintura mais escura. Na parte interna por sua vez, conta agora com itens de série como apoio de braço no banco do motorista, volante revestido de couro com comandos do rádio, banco bipartido na parte traseira com cinto de três pontas. Já o sistema locker para bloqueio do diferencial é vendido como item opcional.

A versão Doblo Essence

As versões Essence do Doblo, com 5 e 7 lugares, ganharam também alguns itens de série novos, como apoio de braço no banco do motorista e o banco bipartido com cinto de três pontas na parte traseira. Entretanto, na lista padrão já havia direção hidráulica, ar condicionado, barras no teto e travas elétricas. Já retrovisores externos elétricos, rádio Connect CD MP3 e WMA, faróis de neblina, sensor de estacionamento traseiro e volante com acabamento em couro e seis botões de comandos de rádio, que fazem parte do Kit Evolution, que é opcional.

O utilitário da Fiat também pode contar com alguns acessórios da Mopar, que seria uma central multimídia adicionado com câmera de ré, alarme antifurto, grade divisória no banco traseiro, Car Bag, barras transversais, dentre diversos outros.

Confira abaixo os novos valores das respectivas versões da linha 2017 do Fiat Doblò?

  • Doblò versão Essence com 5 lugares motor 1.8 – R$ 76.890.
  • Doblò versão Essence com 7 lugares motor 1.8 – R$ 78.290.
  • Doblò versão Adventure com motor 1.8 – R$ 85.230.

FILIPE R SILVA


Peugeot 308 2017 – Preço e Ficha Técnica


Confira aqui o preço e a ficha técnica do Novo Peugeot 308 2017.

A montadora francesa Peugeot anunciou recentemente que em breve será comercializado o modelo 308 na linha 2017. O veículo agora está equipado, em todas as versões, com um propulsor de 1.6 THP, sendo comercializado nas opções Griffe THP e Allure THP, além da versão que será exclusiva para Pessoas com Deficiência (PCD), a Allure Business THP.

O motor conseguirá gerar uma potência de 173 cavalos, trabalhando juntamente com um câmbio com relações alongadas em 11 por cento, o EAT6, função RDT, novo conversor de torque, modo ECO e modo Sport, que diminui o consumo de combustível em 7,5%.

Os freios serão mantidos acionados, pelo sistema Hill Assist, por até dois segundos, tanto em descidas quanto em subidas.

Confira abaixo os valores das versões com sua lista de itens:

Peugeot 308 versão Allure Business THP. Valor: R$ 69.990 (exclusivo para pessoa com deficiência)

  • Câmbio automático de seis marchas
  • Teto panorâmico de vidro
  • Modo ECO
  • Farol de neblina
  • Piloto automático e controlador de velocidade
  • Sensor de chuva e limpador de parabrisa automático
  • Acendimento automático dos faróis
  • Trio elétrico
  • Ar-condicionado digital automático de duas zonas
  • Direção eletro-hidráulica
  • Sensor de estacionamento traseiro
  • ESP com Hill Assist
  • Alarme
  • 6 airbags
  • Isofix
  • Revestimento dos bancos em tecido
  • Porta-luvas iluminado e refrigerado
  • Rodas de liga leve com 17”
  • Rádio com comandos na coluna de direção
  • Central multimídia com Car Play e Mirror Link

Peugeot 308 versão Allure THP. Valor: R$ 83.490

Além dos equipamentos da versão acima, conta com:

  • Revestimento do volante em couro
  • Luzes diurnas em LED
  • Revestimento dos bancos em tecido e couro
  • Retrovisor interno eletrocrômico

Peugeot 308 verão Griffe THP. Valor: R$ 89.490

Os itens da versão acima mais:

  • Câmera de ré
  • Sensor de estacionamento dianteiro
  • Navegador GPS
  • Retrovisores externos rebatíveis eletricamente
  • Bancos revestidos em couro
  • Rodas diferenciadas com 17 polegadas
  • Volante esportivo revestido em couro com detalhes cromados
  • Nos para-sois, espelhos iluminados
  • Apoio de braço no banco traseiro

As cores Preto Perlanegra e Cinza Alumínio custam R$ 1.290 e por R$ 1.690 é possível escolher a cor Branco Nacre. Já a Branco Banquise, que não está disponível para a Griffe THP, sai por R$ 500.

FILIPE R SILVA


Citröen C4 Lounge 2017 THP – Ficha Técnica


Confira aqui a ficha técnica do novo Citroen C4 Lounge 2017.

O Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular, do Inmetro, tem mexido e muito com as novidades apresentadas pelas montadoras. Principalmente no aspecto de melhorar as médias de consumo de combustível estabelecidas no programa. Há bem pouco tempo a Chevrolet apresentou as evoluções para a Spin e para o Cobalt. Agora chegou a hora do C4 Lounge, que está 17% mais econômico e isso graças a presença do motor 1.6 THP turbo flex, com 173 cavalos de potência para a linha 2017. Para aprimorar ainda mais a redução de combustível, o sedã médio ainda ganhou um câmbio manual de seis marchas, indicador de troca de marchas no painel, melhorias na gestão elétrica e novos amortecedores para a suspensão dianteira.

A alterações que proporcionaram as melhorias em termos energéticos também serão estendidas em breve para os modelos Peugeot 308 e 408, que contam com o mesmo conjunto mecânico.

Voltando ao C4 Lounge vamos encontrar também uma central multimídia nova que possui uma tela sensível ao toque de sete polegadas. Aqui ainda vamos encontrar o espelhamento para smartphones com compatibilidade para os sistemas CarPlay e Android.

Além disso, também encontraremos o controle eletrônico de aclives batizado pela Citroen de Hill Assist. O controle eletrônico de estabilidade também está presente. Agora esses dois itens virão de série nas três versões: A Origine, Tendance e a Exclusive. Os preços partem de R$ 69.990.

Entretanto, não podíamos deixar de lado o fato de que a marca deixou de lado a reestilização que foi disponibilizada em diversos mercados como o da China, por exemplo.

Ainda assim, no design há uma novidade para a linha 2017 sendo as setas dos faróis. Elas tiveram as luzes de direção que antes eram na cor de ãmbar e agora passam a ser na cor cristal.

As diferenças nas versões são basicamente notadas também nas rodas de liga leve. Na Origine vamos ter a Sansiro com pneus 205/55 com aro 16, na Tendence a Arena 225/45 R17 e na Exclusive a Arena Diamantada com os mesmos pneus da última opção.

Na parte mecânica vamos ter o motor 1.6 THP, que tem capacidade para gerar de 166cv a 173cv, conforme o caso, sendo movido a gasolina ou etanol.

O conjunto proporciona uma velocidade máxima de 215 km/h, que é limitada eletronicamente.

Além da já citada associação do motor turbo com o cãmbio de seis marchas, que, a título de curiosidade é o mesmo que equipa o já conhecido compacto premium Citroen DS 3, também foram trazidos para a versão o óleo lubrificante de baixo atrito para o câmbio, a função Eco Drive e o sistema Volt Control, que em termos gerais controla a gestão de energia da bateria. Tudo isso junto acabou por permitir uma melhora na faixa de 5% em relação ao consumo urbano.

Com o câmbio manual vimos que foi possível a melhora de 17% no consumo e com o câmbio automático de 11%. Tendo isso em vista, o C4 Lounge pulou da etiqueta C para a etiqueta A de consumo no ranking do PBEV.

Por Denisson Soares


Chevrolet Montana 2017 visa menor consumo


Modelo traz a logo ECO, buscando a redução de consumo com seu propulsor 1.4 de 8 válvulas flex.

Atualmente, a indústria automobilística vem cada vez mais buscando inovações para atrair os consumidores a renovar a compra novos veículos. Nessa perspectiva, seja nos grandes centros urbanos seja em áreas rurais a diminuição do consumo de combustível dos veículos automotores sempre foi uma questão muito almejada, principalmente nos dias de hoje em que os combustíveis estão aumentando de forma assustadora.

Após fazer diversos estudos para fazer a redução de consumo nos modelos Prisma, Onix, Spin e Colbalt, a grande fabricante de veículos automotores Chevrolet colocou o seu setor de engenharia para trabalhar a todo vapor na redução do consumo também da picape Montana, sendo que o primeiro fruto desses estudos é o fato de que na linha 2017 o veículo sairá de fábrica com a logo “ECO” inserido na tampa traseira, o que representa um aperfeiçoamento conquistado no propulsor 1.4 de 8 válvulas flex, bem como em outros agregados.

As últimas novidades apresentadas pela Chevrolet a respeito desses estudos foram algumas mudanças internas no interior do propulsor, uma vez que o conjunto de pistões, bieletas e anéis tiveram o seu peso reduzido e o lubrificante sintético com a viscosidade 0W20, fator este que faz com que o propulsor fique bem mais solto principalmente na etapa fria. Outros aspectos que também foram revistos pela fabricante foi o sistema de arrefecimento o qual após as mudanças passou a contar com ventiladores sem escova de menor atrito, o alternador agora funciona de maneira inteligente, de modo que só entra em funcionamento quando realmente houver necessidade.

Dentro do pacote recheado de novidades que a nova Montana 2017 traz aos consumidores estão pneus de baixo coeficiente de atrito, freios e rolamentos mais restritivos, sinalizador de mudança de marchas no painel, apliques aerodinâmicos na parte de baixo, bem como capota marítima. Mesmo com toda essa lista de novidades a Chevrolet acabou deixando a desejar em itens relevantes, tais como, câmbio de seis velocidades e direção elétrica, uma vez que ela preferiu manter o sistema de direção hidráulica.

Após feitos os estudos e feita as modificações, a Montana 2017, segundo os dados obtidos em testes realizados pelo Inmetro, bem como em seu Programa e Etiquetagem Veicular, tem uma autonomia de 11,7 Km/l no ambiente urbano e de 13,4 Km/l na rodovia quando abastecida com gasolina, já quando abastecida com etanol este números mencionados caem para 7,9 Km/l e 9,2 Km/l, respectivamente. Essa conquista realizada na autonomia do veículo fez com que ele obtivesse nota A não só no geral, mas também em sua categoria. O mais interessante é que com essas mudanças de números, o propulsor foi mantido com os mesmos 99 cavalos de potência e torque de 13 Kgfm, o que fez com que o carro ficasse mais rápido em quase um segundo na aceleração de 0 a 100 km/h que passou a ser de 10,4 segundos, segundo a fabricante.

Por Adriano Oliveira

Chevrolet Montana 2017

Chevrolet Montana 2017


Citroen lançou o C4 Lounge 2017


Modelo briga com Cruze e Civic em sua versão turbo.

Depois que a montadora Chevrolet mostrou sua grande capacidade em oferecer alta tecnologia ao lançar a nova geração do modelo Cruze e a Honda ter prometido um requinte de categoria acima com o modelo Civic 10, os dois contando com um propulsor turbo, a concorrente Citroën bate de frente com grande ousadia ao revelar o C4 Lounge em sua linha 2017, que já não oferece mais o motor aspirado 2.0 e agora é totalmente equipada com propulsor flex 1.6 THP, com injeção direta e turbocompressor que consegue gerar uma potência de 173 cavalos, sendo 166 cv ao ser abastecido com gasolina e um torque máximo de 24,5 kgfm entregue entre 1.400 e 4.000 giros.

Sendo assim, as configurações Tendance 2.0, com câmbio automático e manual e também o Origine 2.0 com transmissão automática, não serão mais comercializadas de forma oficial.

Confira abaixo os valores do modelo:

  • C4 Lounge Origine motor 1.6 THP Flex M/T = R$ 69.990
  • C4 Lounge Origine motor 1.6 THP Flex A/T = R$ 77.590
  • C4 Lounge Tendance motor 1.6 THP Flex A/T = R$ 81.590
  • C4 Lounge Exclusive motor 1.6 THP Flex A/T = R$ 91.590

As alterações principais estão em seus itens como calibração de suspensão, plano de serviços no pós-venda e câmbio. Já visualmente as novidades do modelo sedan ficam por conta de um conjunto ótico novo, na parte da frente e nada mais. A diferença na lista de equipamentos entre uma versão e outra pode ser consultada diretamente no configurador da marca em sua página eletrônica.

Na parte mecânica, é válido lembrar que foi introduzida uma caixa de câmbio manual nova, com seis velocidades, idêntica a utilizada no compacto esportivo DS3, porém as relações são diferentes para aumentar a eficiência. Melhoras também foram realizadas na caixa automática AT6, que sofreu melhorias para diminuir o consumo de combustível. De acordo com a Citroën, as alterações fazem com que o novo C4 seja 17% mais econômico ao comparar com o modelo da linha do ano passado. Segundo dados do Inmetro, as versões atuais do sedã ganharam etiqueta “A”, o que era “C”, nas anteriores.

Sem falar que agora o modelo conta com novos amortecedores, com melhores respostas e melhoria na calibragem da suspensão da parte frontal.

Por Filipe Silva

Citroen C4 Lounge

Citroen C4 Lounge

Fotos: Divulgação


Range Rover Sport 2017 ganha Novo Motor


Modelo será mais econômico e irá emitir menos poluentes.

Enfim o novo Range Rover Sport 2017 foi apresentado com todas as suas novidades. Entre elas temos uma que se destacou na renovação do carro: A presença de um novo motor. Com isso vamos dar adeus ao conhecido V6 3.0 SDV6 para que a modernidade presente nos propulsores da linha Ingenium cheguem ao modelo. A substituição levou em consideração um aspecto que importa e muito para a maior parte dos condutores, a eficiência. Além disso, a marca também resolveu trabalhar um pouco no aspecto que diz respeito a redução na emissão de poluentes e na economia.

O novo motor não é desconhecido. Ele já se encontra presente no F-Pace, no Discovery Sport e no Range Rover Evoque. O bloco é o 2.0 litros turbo diesel com quatro cilindros. A capacidade é para 240 cavalos com 50,8 kgfm de torque. De acordo com informações da própria montadora, mesmo com um motor relativamente pequeno o SUV de luxo da marca consegue ir de 0 a 100 km em 8,0 segundos, podendo alcançar a velocidade máxima de 205 km/h.

Essa também é a primeira vez que o Range Rover Sport conta com um motor turbo diesel de quatro cilindros.

Segundo as informações técnicas apresentadas, o consumo fica em 16,2 km/l em ciclo combinado. Com relação às emissões de poluentes, vamos ter 164 g/km. Esse número nos mostra uma melhoria na faixa de 10% se comparado com o motor anterior.

Para que fosse possível realizar melhorias nesses aspectos a montadora fez uso de um sistema que conta com uma sobrealimentação dupla. Com isso o aumento da eficiência e da economia chegou.

Os modelos equipados com o novo motor apresentam algumas diferenças. Uma delas está na ponteira de escape dupla. No caso das outras versões não houve modificações no que diz respeito a este aspecto.

Ainda segundo a fabricante, o novo Ingenium Diesel será colocado a disposição dos consumidores nos veículos que contam com cinco lugares. Aqui tanto faz se os mesmos estejam equipados com molas pneumáticas ou helicoidais. A nova opção de motorização, o motor SD4, tem previsão para começar a chegar ao mercado já no início de 2017. O Range Rover Sport MY17 foi o escolhido para a função.

No caso do Range Rover Sport SVR de 550 cavalos, não haverá alteração. Ele vai continuar com a mesma aceleração, indo de 0 a 100 km/h em 4,7 segundos.

Por Denisson Soares


Preços do Novo Ford EcoSport 2017


Linha 2017 subiu de preço e agora custa a partir de R$ 69.800.

A linha 2017 do modelo Ford Ecosport, a qual teve lançamento realizado no começo do mês de junho, não sofreu nenhuma reestilização se quer, porém, teve alterações em seus valores em praticamente todas as versões do SUV. Somente o modelo EcoSport SE Direct, que é focado em pessoas portadoras de deficiência (PPD), não sofreu aumentos em seu preço, os quais agora oscilam entre R$ 310 na versão SE e R$ 1.310 para as versões Titanium, FreeStyle Plus e FreeStyle.

O modelo que é o pioneiro no segmento de SUV’s compactos e conseguiu atingir o posto de terceiro entre os carros mais vendido nesta linha no acumulado deste ano, perdendo apenas para os seus concorrentes Honda HR-V e Jeep Renegade, teve mais um reajuste em seus preços de revenda.

Iniciando pela versão SE 1.6, que antes era vendida por R$ 68.490 e agora passa a começar em R$ 69.800, o veículo pode bater a marca de R$ 91.700 no acabamento mais luxuoso, o Titanium 2.0 Powershift. Já a linha que é exclusiva para consumidores PPD, a versão SE Direct AT continuou com o mesmo valor de R$ 68.690.

Com alterações esperada para a nova linha, o EcoSport, além de ter chegado sem nenhum redesenho no seu visual, também não teve mudanças em questões de equipamentos ou mecânica, apenas ganhou um plano novo de manutenção. Agora só basta esperar pelo lançamento do novo modelo, que só deverá ser apresentado no ano que vem com diversas alterações e motores diferenciados.

Confira abaixo os valores atuais e antigos das respectivas versões:

  • Ford EcoSport versão SE Direct 1.6 AT, agora custa R$ 68.690
  • Ford EcoSport versão SE 1.6, agora custa R$ 69.800, antes era R$ 68.490
  • Ford EcoSport versão SE 1.6 Powershift, agora custa R$ 75.800, antes era R$ 74.490
  • Ford EcoSport versão Freestyle 1.6, agora custa R$ 77.000, antes era R$ 75.690
  • Ford EcoSport versão Freestyle 1.6 Powershift, agora custa R$ 82.000, antes era R$ 80.690
  • Ford EcoSport versão Freestyle Plus 1.6 Powershift, agora custa R$ 86.000, antes era R$ 84.690
  • Ford EcoSport versão Freestyle 2.0 4WD, agora custa R$ 87.700, antes era R$ 86.390
  • Ford EcoSport versão Titanium 2.0 Powershift, agora custa R$ 91.700, antes era R$ 90.390

FILIPE R SILVA


Holden Colorado 2017 ganha 5 Estrelas em Teste de Segurança


Picape da General Motors recebe nota máxima em teste de segurança da ANCAP.

Seguindo a tendência de que as recém lançadas caminhonetes ficam a cada dia que passa mais seguras, a mais nova picape a ser apresentada, a Holden Colorado em sua linha 2017, a qual tem um visual e uma plataforma compartilhada com a Chevrolet, modelo S10 comercializada aqui no mercado brasileiro, chegou a bater níveis bem altos quando o assunto é segurança para os pedestres e também para seus ocupantes.

A nova Holden Colorado 2017 foi testada pelo Australasian New Car Assessment Program, conhecido pela sigla ANCAP, que é um órgão avaliador de veículos comercializados no mercado australiano, o modelo teve um bom progresso em seu visual, também foi atribuída de boas notas ao ser testada com impacto de frente, que foi combinado também com a maior nota no quesito impacto lateral e até mesmo no tão temido teste do poste, o que fez com que o utilitário garantisse a maior classificação, atingindo a marca de 5 (cinco) estrelas.

O CEO, presidente executivo da ANCAP, James Goodwin, disse que em todos os modelos e marcas são muito comuns se realizar atualizações de meia-vida com a finalidade estética, porém, Goodwin se sente feliz por poder ver que a montadora Holden realizou diversas melhorias em segurança no meio deste ciclo em seu principal modelo utilitário. Ainda completou que neste modelo o elemento que mais se destacou na avaliação realizada pelo órgão é a pontuação atingida ao se tratar da proteção de pedestres, entrando com muita facilidade na faixa de ‘Bom’. Este é um grande crescimento para os carros deste tipo, onde de forma histórica é visto resultados muito baixos, que chegam a ser péssimos.

O modelo é bem equipado ao falar sobre os seus itens de segurança, a nova picape Colorado linha 2017 fabricada pela Holden, uma montadora da marca General Motors, conta com 7 (sete) airbags de série, sem falar nos cintos de segurança que vem com pré-tensionadores, lâmpadas diurnas em LED, acendimento automático dos faróis, controle de rolagem, assistente de velocidade, controle de estabilidade, entre diversos outros equipamentos oferecidos diretamente de fábrica.

FILIPE R SILVA


Chevrolet Cobalt 2017 ganha Novos Itens de Série


Modelo contará com câmbio de seis marchas e direção com assistência elétrica.

Em um primeiro momento tivemos o Chevrolet Onix e o Prisma, que foram reestilizados, além da apresentação das versões Joy 1.0. Porém, a montadora não parou ainda com seus planos e continua mexendo em seus carros. A novidade da vez fica por conta do Cobalt em sua linha 2017. De acordo com as informações da fabricante, a versão irá receber um câmbio manual de seis marchas em substituição ao atual câmbio com transmissão de cinco velocidades. Além disso, o carro ainda contará com direção com assistência elétrica.

De acordo com a Chevrolet, um dos principais (senão o principal) objetivos das modificações feitas no modelo é basicamente obter a redução na média de consumo do veículo. Com isso foi possível melhorar a colocação do carro na avaliação geral da tabela do Programa de Etiquetagem Veicular do Inmetro. Os planos da marca pareceram dar certo, o Chevrolet Cobalt conseguiu obter nota A em todas as suas versões e ainda ganhou o selo de eficiência energética Conpet.

O Cobalt LT e LTZ 1.4 abastecidos com etanol e que são as opções mais econômicas, já contando com o novo câmbio manual, apresentam agora uma média de 8,5 km/l em uso urbano e de 10,4 km/l em uso nas estradas. Se as versões forem abastecidas com gasolina as médias passam para 12,5 km/l (cidade) e 15,1 km/l (estrada).

De certa maneira as comparações não se distanciam muito do Cobalt LTZ que vem equipado com um motor 1.8 e câmbio manual. Aqui vamos ter uma média com etanol de 8,3 km/l na cidade e 10,4 km/l nas estradas. Com o uso de gasolina as medições passam para 12,1 km/l e 15,1 km/l, respectivamente.

É interessante notar que as maiores diferenças percebidas surgem exatamente no Cobalt LTZ e no Elite, que são automáticos e também contam com seis velocidades.

Nestes casos o sedã abastecido com etanol faz 7,6 km/l na cidade e 10 km/l nas estradas. Com gasolina teremos 11,1 km/l para a cidade e 14,4 km/l para as estradas.

De qualquer forma, pelo visto o Programa do Inmetro que revelou as novidades do Cobalt 2017 deixou claro que a marca está mesmo preocupada em melhorar o consumo do sedã e fazer com que a fama de beberrão seja esquecida de uma vez.

Por Denisson Soares


Chevrolet Prisma e Onix 2017 – Nova Versão Joy


Nova versão do Prisma e Onix chega às concessionárias por cerca de R$ 40 mil.

Após o lançamento da linha 2017 do Prisma e do Onix com novo visual na semana passada, a montadora apresentou na sexta-feira, dia 5 de agosto, uma versão inédita Joy para tais modelos, que mantêm o desenho antigo, porém, com melhorias técnicas e assim os mantêm em um preço acessível.

Confira os valores da linha Joy abaixo:

  • Prisma Joy: R$ 42.990
  • Onix Joy 1.0: R$ 38.990

Abaixo os valores do Prisma e Onix com novo visual:

– Prisma

  • LT motor 1.4: R$ 53.690, o modelo 2016 era R$ 50.250
  • LT motor 1.4 automático: R$ 58.990, o modelo 2016 era R$ 57.890
  • LTZ motor 1.4: R$ 58.690, o modelo 2016 era R$ 56.590
  • LTZ motor 1.4 automático: R$ 64.690, o modelo 2016 era R$ 61.990

– ONIX

  • LT motor 1.0: R$ 44.890, o modelo 2016 era R$ 43.390
  • LT motor 1.0 (mylink): Custa R$ 46.290
  • LT motor 1.4: R$ 49.590, o modelo 2016 era R$ 46.690
  • LT motor 1.4 automático: R$ 54.790, o modelo 2016 era R$ 53.890
  • LTZ motor 1.4: R$ 54.490, o modelo 2016 era R$ 52.890
  • LTZ motor 1.4 automático: R$ 59.790, o modelo 2016 era R$ 58.390

ONIX ACTIV

  • 1.4 manual: R$ 57.190
  • 1.4 automático: R$ 62.290

Os itens de série para o Prisma e o Onix Joy são: OnStar, direção elétrica progressiva inteligente, ar-condicionado, sistema Eco de eficiência energética, câmbio de seis marchas, vidros dianteiros elétricos, alerta de baixa pressão dos pneus e de mudança de marcha, painel com velocímetro digital, cinto de segurança do motorista com regulagem de altura, faróis com máscara negra, limpador e desembaçador traseiro, sistema antifurto, espelho na sombreira direita, aviso sonoro ao não afivelar o cinto de segurança, rodas 14 polegadas com calotas, luz de leitura, airbag duplo e freios ABS.

Como opcionais os modelos contam com: alarme perimétrico, controle remoto para vidros elétricos e travas, sensor de estacionamento, sistema multimídia com espelhamento de smartphones, antena esportiva, CD Player, alto-falantes, revestimento premium para os bancos, tapete de PVC com travas para fixação, porta-óculos no teto, soleira de portas personalizada, friso de proteção lateral, adesivo para coluna B, faróis de neblina, rack de teto e rodas de liga leve de 14 polegadas nas cores grafite ou prata.

FILIPE R SILVA


Chevrolet Prisma 2017 – Preço e Novidades do Modelo


Modelo chega às concessionárias reestilizado e mais completo.

Foi divulgado pela Chevrolet, na semana passada, os preços e novidades do novo Prisma 2017, que chega às lojas reestilizado e mais completo, partindo de R$ 53.690. As modificações incluem nova identidade visual e novos equipamentos de série.

Por fora, o sedã da Chevrolet chega às lojas com novo design, que inclui aerofólio integrado à tampa do porta-malas, nova grade frontal (semelhante à identidade visual 2017 do Chevrolet Cruze), além de acabamento interno de melhor qualidade. No quesito itens de série, o Prisma traz novos itens, que visam satisfazer até os clientes mais exigentes, oferecendo conforto, tecnologia e comodidade ao usuário.

A versão de entrada do Prisma, a 1.4 LT Eco, traz diversos itens de série, como ar-condicionado, sensor de estacionamento, velocímetro digital, travas e vidros elétricos, chave-canivete, direção com regulagem de altura, sistema antifurto, rodas de 15 polegadas, câmbio de seis marchas, airbag duplo, entre outros. O destaque é para o pacote Protect do sistema OnStar, que também é oferecido como item de fábrica. A versão manual chega às lojas por R$ 53.690 e a versão automática por R$ 58.990.

Já o modelo Prisma LTZ 1.4 incrementa aos itens de série computador de bordo completo, com 5 funções, acabamento interno em duas tonalidades, bancos com revestimento Premium, faróis de neblina, retrovisores com ajuste elétrico, rodas de alumínio e pacote superior do OnStar, o Exclusive. A versão custa R$ 58.690 para câmbio manual e R$ 64.690 para câmbio automático.

ECO e OnStar

O Chevrolet Prisma 2017, assim como o novo Onix, chega às lojas com um sistema mais econômico, denominado ECO, que traz mudanças nos motores 1.0 e 1.4, a fim de viabilizar maior economia e melhor performance. Na transmissão, a mudança ficou por conta da caixa manual de 6 marchas, que substitui a caixa de 5 velocidades, com foco também na economia de combustível de ambos os modelos. De acordo com a marca, o Prisma 1.4 modelo 2017 tem condições de rodar 15,4 km na estrada e 12,8 na cidade com 1 litro de gasolina. No etanol, o consumo passa a ser 10,7 km por litro na estrada e 8,8 km por litro na cidade.

Entre as novidades tecnológicas do modelo está o sistema OnStar de série, que só era oferecido nos modelos mais luxuosos da Chevrolet, como o Cruze. O sistema oferece diversas comodidades ao usuário, como monitoramento a distância, bloqueio remoto do veículo, diagnóstico remoto do carro através de um aplicativo online, entre outros. O serviço é 24 horas e será gratuito por, no mínimo, 1 ano.

André Barbirato


Novo Honda Civic 2017 é apresentado no Brasil


Modelo chega às concessionárias em agosto e custará até R$ 124 mil.

Nove meses após ser apresentada nos Estados Unidos, a mais nova geração do Honda Civic também foi apresentada no Brasil. A apresentação ocorreu na quarta-feira, dia 20 de julho. Porém, o lançamento nas concessionárias só acontecerá dia 25 de agosto, sendo comercializados como modelo 2017. Os preços iniciam em R$ 87,9 mil, podendo chegar a R$ 124,9 mil. É a primeira vez que o modelo chega aos R$ 100 mil, o que já acontece com os concorrentes.

De acordo com a montadora, os clientes poderão fazer um test drive virtual a partir do dia 30 de julho.

Haverá também um primeiro lote, que conta com 1500 unidades na pré-venda.

VEJA ABAIXO AS VERSÕES E SEUS RESPECTIVOS ITENS DE SÉRIE:

– Sport com motor 2.0 flex e transmissão manual – R$ 87.900: Direção elétrica, ar-condicionado digital, vidros elétricos com função “um toque” para subida e descida, velocímetro digital, freio de estacionamento eletrônico, controle de velocidade de cruzeiro, 6 airbags, controles de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa, faróis de neblina, sistema Isofix para fixar cadeirinhas, luzes de diurna de LED, central multimídia com entrada USB, Bluetooth, controles ao volante e câmera de ré.

Sport com motor 2.0 flex e câmbio CVT – R$ 94.900: Conta com o mesmo pacote da Sport manual, porém, soma-se o câmbio CVT com paddle-shifts.

EX com motor 2.0 flex e câmbio CVT – R$ 98.400: Possui o mesmo pacote da versão Sport CVT, além de painel de instrumentos digital, bancos de couro, retrovisores rebatíveis com acabamento cromado e repetidores de seta.

EXL com motor 2.0 flex e câmbio CVT – R$ 105.900: O pacote é o mesmo presente na versão EX, além de central multimídia de 7 polegadas touchscreen com navegador e compatível com Android Auto e CarPlay, que espelham os recursos dos smartphones com tela de TFT.

Touring com motor 1.5 turbo – câmbio CVT – R$ 124,900: Os mesmos equipamentos da versão EXL, adicionado partida por botão e entrada sem chave, câmera abaixo do retrovisor direito, sensor de estacionamento traseiro e dianteiro, sensor de chuva para o limpador de para-brisa, 8 opções de ajuste elétrico para os bancos dianteiros, teto solar elétrico, retrovisor que escurece à noite, maçanetas externas cromada e detalhes em alumínio no painel e nas portas, além de faróis full LED.

FILIPE R SILVA


Novo Chevrolet Onix 2017 deverá ter visual parecido com o Cruze


Frente do novo Chevrolet Onix terá inspiração no Cruze 2017.

A montadora de veículos Chevrolet publicou na última terça-feira, dia 19 de julho, uma imagem que mostra o farol do Onix, o qual foi redesenhado. O veículo ainda será apresentado por inteiro ainda antes do término deste mês. O foto revela que a parte dianteira frente do Chevrolet Onix irá ficar bem próxima da identidade visual do Cruze modelo 2017.

O Onix foi o veículo mais vendido em território brasileiro no ano passado (2015) e somente agora teve a primeira alteração em seu visual desde que foi lançado no ano de 2012. Além deste, outro modelo da marca, o Prisma, será redesenhado ainda este mês.

Analisando a imagem publicada é possível ver que o farol é mais afilado e se une com a grade dianteira, a qual se encontra mais horizontal e estreita, sendo dividida em duas partes, da mesma forma que acontece na nova geração do Cruze, o qual teve seu lançamento realizado no último mês de junho.

O Chevrolet Onix tem a sua versão sedã, conhecida como Prisma, que também irá adotar as novas linhas e os novos contornos ainda neste mês de julho. No entanto, as alterações ocorrerão somente no visual mesmo, visto que as mesmas não irão afetar nenhuma parte que envolve o conjunto mecânico.

No começo do mês de maio os dois veículos foram flagrados camuflados rodando em testes pelas ruas da cidade de São Paulo. O "facelift" terá como objetivo realizar a renovação do fôlego no mercado automotivo, estratégia que já foi tomada no ano passado pela montadora sul coreana Hyundai, em seu modelo HB20, o principal rival do veículo em questão.

Além desta renovação no visual, os modelos irão ser equipados com a mais nova tecnologia do sistema de conectividade, o MyLink. A nova geração desse sistema é compatível com diversas plataformas com o Android Auto, do Google, que possibilita realizar conexão com aparelhos que possuem sistema operacional Android e também o Car Play, que permite o uso de aparelhos da Apple, com sistema operacional iOS. Este sistema de conexão realiza o espelhamento dos aparelhos smartphones na tela do dispositivo do veículo.

FILIPE R SILVA


Novo Ford Fusion 2017 – Novidades e Preço no Brasil


Modelo chega com poucas mudanças estéticas e custará até R$ 149 mil.

O novo Ford Fusion foi apresentado oficialmente durante a realização do Salão de Detroit (EUA). O evento ocorreu em janeiro deste ano. O modelo já começará a ser vendido por aqui antes mesmo do Salão do Automóvel que acontece em novembro. As primeiras unidades do carro já chegaram ao Brasil. O sedã de porte médio-grande é produzido no México. As atualizações no visual foram sutis. Já embaixo do capô é onde estão as principais mudanças do carro: O motor 2.0 EcoBoost recebeu 14 cv, sendo assim, o carro passa a ter capacidade para 248 cv. Também vamos encontrar uma opção com o novo V6 2.7 da fabricante. O bloco conta com capacidade para 329 cv e 48,4 kgfm de torque. Porém, essa versão não deve chegar ao Brasil.

Em termos visuais as mudanças feitas pela Ford praticamente foram limitadas na região da grade dianteira, que teve seu desenho modificado, além do para-choque, que foi redesenhado contando agora com uma nova entrada de ar situada entre os faróis auxiliares. Na traseira, as lanternas receberam uma atualização. Além disso, há um filete cromado entre uma e outra.

Até o momento a Ford afirmou que irá trazer para o Brasil oito versões do sedã.

A versão de entrada terá um motor 2.5 flexível, com capacidade para 175 cv e câmbio automático com seis marchas. Os preços para ela partem dos R$ 114.400. Na outra ponta da linha está a versão de topo batizada de Titanium Hybrid Plus. Os preços iniciais começam em R$ 149.900. Essa versão contará com motor a combustão e também elétrico. Em trabalho conjunto geram 190 cv, já o câmbio é um CVT de relações variáveis.

Por fim, vamos falar das intermediárias. Nessa categoria o cliente terá a sua disposição o Titanium 2.0 Ecoboost. O motor da versão possui capacidade para entregar 234 cv. O câmbio escolhido é um automático que conta com seis marchas. Uma observação que deve ser feita é que as opções intermediárias do novo Fusion também ganharão o motor atualizado (14 cv a mais).

Para fechar vamos a alguns itens que fazem parte da lista de equipamentos. Entre eles teremos: sensores de chuva e de obstáculos na frente e atrás, sistema de monitoramento de ponto cego, controlador de velocidade adaptativo, sistema de estacionamento automático, alerta de colisão, freios regenerativos e teto-solar.

Por Denisson Soares


Novo Nissan March 2017 é Flagrado nas Ruas


Modelo será fabricado no México e na Europa a partir do próximo ano.

A terceira geração do March estreará em outubro e já foi flagrado camuflado nas ruas. A expectativa é que o veículo seja apresentado no Salão de Paris, trazendo um novo visual mais moderno e arrojado, conceito que a Nissan também pode adotar em outros modelos.

Pelo que se viu no flagra, o March 2017 terá linhas finas e um design inspirado no crossover Kicks, que será lançado no mercado brasileiro no próximo mês. As mudanças em relação a geração anterior ainda incluem faróis mais esticados, uma grade frontal um pouco menor e portas traseiras com posicionamento das maçanetas nas colunas. Na parte traseira, os faróis também serão horizontais, delimitando a abertura da tampa do porta-malas.

Outra inspiração que o March recebeu foi do Kicks, que também conta com vários vincos nas chapas da carroceria, bem como no conceito do Sway, apresentado no Salão de Genebra em 2015 e que conta com uma grade em formato "v", marca registrada do novo conceito dos modelos da Nissan.

Comparado ao modelo atual, as mudanças tornam o aspecto da nova geração bem mais agressivo e moderno. A terceira geração do March possui aproximadamente 4 metros, um aumento consideravelmente maior em relação ao modelo atual. Com isso, o carro ganhou mais espaço interno, algo importante para um veículo da categoria hatch. Além disso, o carro recebeu um aprimoramento no acabamento, com materiais de melhor qualidade e um desenho atraente, especialmente no painel, que conta com uma nova central multimídia.

Os rumores dão conta também que o novo veículo será equipado com motores de 3 e 4 cilindros, além de duas opções de transmissão: uma manual e outra automática do tipo CVT.

O novo March será fabricado na Europa e no México a partir de 2017. No Brasil, existe a possibilidade do veículo ser importado para o país, ainda que por um valor bem mais alto do que o modelo atual. Por aqui, a versão 2017 da segunda geração do March foi lançada neste mês, com câmbio automático e preços que variam de R$ 38.790 (na versão de entrada) a R$ 58.390 (na versão completa com transmissão automática utilizada em outros carros premium da marca).

Por William Nascimento