A Fiat é uma daquelas fabricantes que fazem questão de não deixarem faltar opções de hatches compactos em sua gama. Para termos uma ideia mais ampla disso temos o Palio que é vendido em sua primeira versão e também na segunda geração recebendo os nomes de Fire e novo Palio respectivamente. Fora isso, ainda temos o Uno e o Punto.

Desde os idos anos de 2007 o Punto funcionou basicamente como uma aposta um pouco arriscada para esse setor do mercado que, como bem se sabe, é exigente. Com o passar do tempo e com o andamento das coisas o modelo acabou ganhando versões que chegaram com preços relativamente mais altos. Mas não foi só isso: Algumas particularidades também fizeram com que o carro se destacasse nas ruas.

Já no T-Jet a Fiat apresenta um modelo com um visual mais esportivo e com a presença de um motor 1.4 turbo.

O propulsor responsável por mover o T-Jet tem potencial para desenvolver 152 cv e isso a 5.500 rpm. De torque são 21,1 kgfm que ficam entre 2.250 e 4.500 giros.

E tem um detalhe interessante nesse meio todo, o modelo é importado da Itália, funciona com uma turbina de 1,0 bar de pressão com intercooler. O carro só sai da garagem movido a gasolina.

Todo esse conjunto ainda é complementado por uma transmissão manual que conta com cinco marchas e que também equipa outras configurações do modelo da Fiat.

O T-Jet tem o um peso total de 1.263 kg. Já a aceleração do modelo vai de 0 a 100 km/h em 8,3 segundo. De acordo com informações da própria fabricante o carro consegue atingir a marca de 203 km/h.

De quebra o consumidor ainda vai encontrar no modelo três modos para condução, o chamado DNA que nada mais é do que a sigla das opções Dinâmico, Normal e Autonomia.

De uma maneira geral o Punto T-Jet oferece aos consumidores uma boa gama de equipamentos que vem de série. Já a principal e mais recente alteração no modelo aconteceu em fevereiro do ano passado. Na época o carro recebeu uma central multimídia de série e um sistema GPS, opcional, neste caso.

Já no que diz respeito ao consumo ainda não há nenhuma informação oficial uma vez que o carro ainda não foi avaliado pelo Programa de Etiquetagem do InMetro.

Os preços iniciais do Punto T-Jet partem de R$75.300, mas conforme a opção feita pelo consumidor poderá chegar a cifra de R$89.627.

Por Denisson Soares


Lançamento do novo carro acontecerá durante a CES 2016.

Criado por meio do híbrido esportivo BMW i8, o Rinspeed conseguiu fazer a reunião do melhor bólido germânico com uma versão totalmente inovadora de seu interior, além do fato de utilizar e abusar de um drone que possui como plataforma mais do que uma simplória base para pouso.

Não há como negar que o design do Rinspeed Etos está ligado de forma íntima ao do BMW, porém, há um bom nível de exclusividade, principalmente na parte de trás, cuja vigia foi retirada para que fosse feita a inserção de uma plataforma para que seja realizado o pouso de um drone.

Um dos detalhes mais interessantes é que somente nesta base há a presença de 12 mil LEDs individuais, os quais têm como função fazer a reprodução de imagens e mensagens. Nesse caso não é nem necessário salientar que o drone está interligado com o Rinspeed Etos por meio de um GPS, que pode fazer o acompanhamento dele em todo o percurso, retornando para a base quando necessário.

Na parte interna, porém, o motorista e o passageiro irão conseguir ter uma experiência bem distinta daquela do i8, uma vez que o painel foi substituído por uma nova arquitetura, a qual disponibiliza duas telas de, nada mais na menos que 21,5 polegadas e com formato curvo. Estas telas possuem tecnologia ultra HD e fazem com que o ambiente fique como uma bela sala de estar sofisticada.

No momento em que o Rinspeed entra no modo autônomo a sua coluna de direção é retraída e o seu volante dobra, fazendo com que, no mesmo instante, as duas enormes telas curvadas surjam. Desse modo, o condutor, sem sombra de dúvida, sente-se como se estivesse em um aconchegante espaço de entretenimento. Com relação ao sistema sonoro, ele é de alta qualidade e desenvolvido pela Harman.

Para aqueles que gostaram da notícia e ficaram curiosos para ver ou saber maiores notícias a respeito desse bólido, ele estará presente na CES 2016, evento que ocorrerá nos Estados Unidos, na cidade de Las Vegas.


Veículo possui um motor V8 e tem 90% de sua composição em madeira.

Na última semana, um novo carro chamou a atenção no Salão de Essen, na Alemanha. Um superesportivo, batizado de Splinter, que consegue desenvolver até 600 cavalos de potência, utilizando um motor V8 de 7 litros e que conta também com um câmbio de marchas manual de 6 velocidades.

Até aí, o Splinter parece dentro dos padrões dos carros superesportivos, o que realmente chama a atenção é o material que constitui o carro, a madeira, isso mesmo, o carro teve em torno de 90% construído utilizando como material para a conclusão do projeto a madeira.

A ideia é do engenheiro estadunidense Joe Harmon, que relata que tudo começou quando este ainda estava na universidade e em um dos projetos desenvolvidos visava apontar novas utilidades para o material principal da construção do Splinter, a madeira. Após isso, foi posto como objetivo que se fizesse uso da madeira tanto quanto fosse possível no desenvolvimento do automóvel.

Foram necessários 5 anos para concluir a construção do veículo, que possui desde o chassis até a carroceria feitos de madeiras como, carvalho, cerejeira, nogueira, entre outras. Para se ter uma noção da complexidade do projeto, podemos analisar a composição das rodas que necessitaram nada mais nada menos que 275 partes desenvolvidas separadamente para se obter o resultado final desejado.

O Splinter possui 4,4 metros de comprimento e um entre-eixos de 2,66 metros. Conta também com um motor de alumínio posicionado na parte central do automóvel. Um detalhe que chamou muito a atenção de todos que viram o carro, foi a ausência das portas, por essa razão, os passageiros devem entrar por uma janela muito pequena posicionada na parte lateral do Splinter.

Para finalizar, Harmon afirma em seu site, que a inspiração para a construção do modelo foi um avião utilizado na segunda guerra mundial, que também utilizava-se do material para a sua construção. As vantagens, segundo ele, são que o material é naturalmente renovável, biodegradável e também uma quantidade muito pequena de energia é necessária para a construção do Splinter.

Por Igor Furraer


Novo Shelby Super Snake tem visual agressivo e motor com 650 cv de potência.

Que tal ficar por dentro dos detalhes do Shelby Super Snake? O modelo foi inspirado no Mustang GT e foi apresentado pela Shelby Americana. Um dos principais detalhes deste carro é o design, que se destaca por ser agressivo e imponente, principalmente, na parte frontal.

Várias partes do novo veículo foram fabricadas em fibra de carbono, como por exemplo, o kit de carroceria que conta com divisor dianteiro, saias laterais e difusor traseiro. Não bastasse isso, a fibra de carbono também está presente no capô, nas capas dos espelhos retrovisores e na traseira.

O visual esportivo também é visível no Shelby Super Snake, principalmente, pelas listras. Além disso, o carro ainda tem grade anodizada na cor preta, spoiler traseiro e rodas Weld Racing de 20 polegadas. A parte interna do carro também é inspirada no estilo esportivo, sobretudo na cabine, que mescla assentos com dois tipos de cores.

O novo carro conta com um motor potente V8 5.0 litros e ainda foi equipado com supercharger da Ford Performance, devido a isso proporciona para o Shelby Super Snake mais 650 cv de potência. Além disso, o carro pode ser conectado a um câmbio manual de 6 velocidades ou até mesmo a uma transmissão automática.

Entre outros detalhes do novo automóvel destacam-se alguns pacotes que contemplam semieixos e também suspensões Ford Performance, além de escape borla e freios dianteiros Wilwood.

O esportivo é um carro diferenciado e para surpreender os clientes ainda podem optar por um Superchanger Kenne Bell ou Whipple. Outro diferencial do Shelby Super Snake é que o sistema de refrigeração do automóvel está atualizado.

Desta forma, o carro, que é inspirado no Mustang, chama a atenção pelo design e pelos detalhes que o compõem. Todavia, a produção será limitada a apenas 300 unidades neste ano, ou seja, os interessados devem se apressar para garantir o seu na garagem. O preço? O valor inicial corresponderá a US$ 49.995,00. 

Por Babi


Quando ouvimos o nome Mazda as primeiras coisas que vêm às nossas cabeças são os filmes de corridas como Velozes e Furiosos ou jogos como Need for Speed. A empresa japonesa aparenta ter o coração nas pistas. Mas ao contrário do que se pensa a empresa não vive apenas desse tipo de carros, tendo um mercado muito sólido no Japão trabalhando também com utilitários, carros de passeio, etc. É claro que o que mais chama atenção são os esportivos.

A empresa agora traz o Mazda3 ainda em 2015. Pela lógica a empresa deve produzir os carros no México e importar vários outros para lá. O design do novo Mazda3 é moderno, sem, entretanto, ser exagerado com linhas quebradas como é muito visto nos esportivos atuais. O carro conta com um desenho mais suave, quase sexy sendo sutil. A parte interna do carro é diferenciada contando com belíssimos detalhes que colocam o carro muito à frente de seus concorrentes como o Honda Civic, o Toyota Corolla e o Hyundai Elantra.

O carro conta com um espaço interno muito bom. Mesmo as versões mais simples do carro contam com equipamentos de luxo (o maior diferencial do carro em relação aos seus concorrentes). Destacam-se botão para ligar o carro, Bluetooth com streaming de áudio e console central. Nas versões superiores e mais caras encontramos vários outros opcionais que complementam a beleza do carro, entre elas temos teto solar, câmera de ré, assentos forrados de couro e rodas de alumínio.

O carro tem um motor de quatro cilindros 2.0 litros com capacidade de gerar 157 cavalos de potência ao carro. O carro pode não ser dos mais potentes, mas é ágil, respondendo bem aos comandos do motorista. As reações são muito precisas e a suspensão complementa o pacote, sendo suave sem ser mole. O motorista pode forçar um pouco nas curvas sem que os passageiros se debatam no banco de trás e ainda assim pode andar por uma pista de menor qualidade sem sofrer muito.

Por Nosf

Mazda3

Mazda3

Mazda3

Fotos: Divulgação


O Chevrolet Camaro é um carro que ganhou muita visibilidade no Brasil nos últimos anos. É um Muscle de luxo que concorre diretamente com o Dodge Challenger e o Ford Mustang.

O carro é um esportivo lindo, com linhas tradicionalmente agressivas e aerodinâmicas e potência para piloto nenhum botar defeito. Recentemente algumas músicas falando do carro aumentaram sua popularidade no Brasil e ocupa o primeiro lugar no mercado de esportivos do território nacional. Em 2014 foram emplacadas 382 unidades do Camaro, muito a frente dos outros esportivos como a BMW Z4 e a Mercedes SLK que emplacaram 168 unidades cada. Agora a GM trouxe uma novidade: uma versão inédita no país, conversível com valor de R$ 239.900. A versão promete expandir ainda mais o mercado já dominado pelo carro no país. A Chevrolet já afirmou que espera vender pelo menos 100 unidades nesse primeiro ano em terras tupiniquins.

A versão não sofreu grandes mudanças significativas em relação ao Chevrolet Camaro originalmente vendido aqui a partir de 2010. A principal diferença como já foi dito está no teto conversível. A nova capota de lona foi desenvolvida em parceria com a Corvette, marca conhecida pelo grande sucesso no mundo dos esportivos. A capota é recolhida eletricamente, mas precisa ser destravada por uma alça que fica acima do espelho retrovisor. O método soa um pouco antiquado para a modernidade do carro, exige certa força e um pouco de habilidade, sendo difícil de usar nas primeiras vezes. A capota é recolhida e guardada no porta-malas junto com o vidro traseiro. Não é possível recolher a capota em trânsito e nem colocá-la de volta, uma trava de segurança só permite que o mecanismo seja ativado com o câmbio na posição “P”.

O motor é um Small Block de 6.2 litros V8, capaz de gerar ao carro uma potência de 406 cavalos. A versão nacional será exclusivamente com câmbio automático de seis velocidades o que é um pecado para os amantes da velocidade.

Por Nosf

Chevrolet Camaro convers?vel

Chevrolet Camaro convers?vel

Chevrolet Camaro convers?vel

Chevrolet Camaro convers?vel

Chevrolet Camaro convers?vel

Fotos: Divulgação

 


Depois do anúncio da redução do número de modelos oferecidos, tudo para se adequar às condições do mercado mundial e seguir uma estratégia traçada pela BMW, detentora da marca britânica, a MINI revelou os primeiros detalhes da nova geração do John Cooper Works, a versão mais apimentada de seu carro compacto. Com estreia oficial marcada para janeiro, durante a realização do Salão de Detroit, o MINI John Cooper Works mantém a tradição das versões anteriores e se destaca pelo visual mais esportivo e agressivo e um conjunto mecânico para lá de divertido.

Esteticamente, o MINI JCW se diferencia das outras versões do MINI pelos detalhes esportivos, como o para-choque dianteiro redesenhado com ampla entrada de ar inferior, para-choque traseiro remodelado e mais agressivo com dupla saída de escape ampliada, centralizada e com acabamento cromado, faixas decorativas sobre o capô, além das belas rodas de liga leve exclusivas, podendo ser de 17 ou 18 polegadas.

No interior, as características essenciais do MINI foi mantida, com a diferença que a marca britânica adicionou elementos que eleva o espírito esportivo do carro. Entre eles, o MINI John Cooper Works vem com bancos esportivos revestidos em tecido Dinamica com acabamento em preto e vermelho, volante multifuncional e manopla do câmbio revestidos em couro e com costura contrastante em vermelho, pedaleiras esportivas e descanso de pé em alumínio, entre outros detalhes.

Contudo, seu grande diferencial é o que está sob o pequeno capô. Equipado com o motor quatro cilindros 2.0 TwinPower Turbo, o mesmo que vem na versão S do compacto, o propulsor foi recalibrado para oferecer 231 cv de potência e torque de 32,6 kgfm. Associado ao bloco Turbo pode estar um câmbio manual ou uma transmissão automática Steptronic Sport, ambas com seis velocidades. Na primeira opção, o modelo acelera de 0 a 100 km/h em 6,3 segundos, enquanto que na versão automática o MINI JCW faz a mesma aceleração em 6,1 segundos. Vale lembrar que nas duas opções de transmissão a velocidade máxima do compacto é de 246 km/h.

Com tal configuração técnica, essa geração passa a ser a versão mais potente do MINI John Cooper Works desde o seu lançamento há 55 anos. Portanto, além de todos os equipamentos eletrônicos que auxiliam a condução, como o controle eletrônico de estabilidade e tração e o bloqueio eletrônico de diferencial, para manter o carro equilibrado e seguro para os condutores, a MINI promoveu algumas alterações, trazendo o sistema de freios da marca Brembo e suspensão recalibrada. Por fim, mas não menos importante, o modelo ainda vem com o sistema de assistência de direção em altas velocidades (Servotronic) e, opcionalmente, o Dynamic Control Damper, que permite a seleção de dois setups que ajustam o carro para uma condução mais confortável ou para uma pegada mais esportiva.

O novo MINI John Cooper Works estará à venda no mercado estadunidense e europeu no início do primeiro semestre de 2015, chegando ao mercado brasileiro em um momento posterior. 

Por Caio Polo

MINI John Cooper Works

MINI John Cooper Works

MINI John Cooper Works

Fotos: Divulgação


A Audi continua aumentando sua linha de produtos no mercado brasileiro e agora, a marca alemã lança no Brasil a versão “S” do sedan A3. Importada da Alemanha, a versão esportiva S3 conta com visual mais esportivo que a configuração convencional do sedan, lista de equipamentos de série mais recheada e motor mais potente. O Audi S3 Sedan chega com preço sugerido de R$ 207.980.

Com um centímetro a mais de comprimento e 2,5 centímetros mais baixo que a versão tradicional do Audi A3 Sedan, o S3 apresenta-se com visual mais esportivo, com destaque para o para-choque levemente remodelado e com entradas de ar um pouco maiores, faróis com conjunto óptico mais moderno, grade dianteira, soleiras nas portas, molduras das janelas e retrovisores em alumínio, rodas de liga leve de 18 polegadas com desenho exclusivo, difusor de ar traseiro e duas saídas duplas de escape.

No interior, a esportividade é acentuada com a adoção dos pedais em alumínio, grafismo diferenciado no painel de instrumentos, bancos com revestimento em couro e costura contrastante, acabamento diferenciado na manopla de câmbio, além do volante multifuncional esportivo revestido em couro e com base achatada.

A lista de série do novo Audi S3 Sedan conta, entre outros, com banco do motorista com ajuste elétrico, retrovisores interno eletrocrômico, sistema de ar condicionado digital dual-zone, controle de cruzeiro, faróis bi-xênon, sensor de estacionamento, além do sistema de entretenimento com tela touchscreen de sete polegadas que emerge eletronicamente do painel e que abrange diversas funções do veículo, como o sistema de navegação via satélite.

Opcionalmente, a fabricante alemã oferece o Multimedia Interface (MMI) Touch, que acresce ao modelo leitor de DVD, sistema de som com capacidade de armazenamento para 40 GB e Touch Pad.

Mecanicamente, o Audi S3 Sedan vem equipado com o motor 2.0 Turbo FSI com injeção direta de combustível, capaz de entregar 280 cv e torque de 38,75 kgfm. Trabalhando em conjunto com o bloco turbo está a transmissão automática S Tronic com dupla embreagem e seis marchas.

Dotado do sistema Audi Drive Select e tração integral Quattro, o S3 Sedan acelera de 0 a 100 km/h em 4,9 segundos, com velocidade máxima de 250 km/h, limitada eletronicamente. 

Por Caio Polo

Audi S3 Sedan

Foto: Divulgação


A montadora Chevrolet anunciou o lançamento da série Effect para os carros AgileSonic. Onde os carros ganham linhas mais esportivas, que vêm com o visual mais personalizado, sempre na versão LTZ.

Além do novo visual esportivo o Sonic está disponível com a motorização 1.6 litro Ecotec e com transmissão automática de seis velocidades, além de banco em padrão couro, faróis de neblina e controle de áudio no volante, ganha também o sistema multimídia, que foi lançado pela Chevrolet nos modelos de 2014. O Sonic internamente lembra muito o HB20 na sua versão premium. Com o kit multimídia em touchscreen

Já o Agile recorreu a elementos como rodas aro 16” escurecidas, teto e retrovisores pintados de preto, faróis com máscara negra e adesivos na carroceria. O interior recebeu detalhes na cor vermelha, além de adesivo decorativo em cima do porta-luvas, novos bancos e protetor de soleira em alumínio escovado. O volante recebeu detalhes na cor vermelha em seus contornos.

"A marca Chevrolet tem larga tradição em oferecer aos seus clientes veículos com elevado conteúdo, sempre buscando atender aos seus anseios e também as tendências do mercado brasileiro", destaca Hermann Mahnke, diretor de Marketing da Chevrolet.

Segundo o diretor, as novas versões são uma estratégia no mercado brasileiro, lançar novas séries customizadas são muito bem aceitas pelo mercado.

Uma outra novidade do Sonic, graças ao seu controle de áudio disponível nos volantes, é o uso da “SIRI” que antes somente era disponível no iPhone. Assim fica possível a interação do motorista no seu iPhone, sem que seja necessário tirar as mãos do volante. Evitando assim o risco de acidentes e multas.

O modelo Sonic foi um dos primeiros do mundo, junto com o Chevrolet Spark, a trazer a interação do sistema SIRI com seus usuários, ou seja, mais tecnologia e mobilidade para os proprietários de mais esta grande obra no mercado automobilístico.

Por Igor Lima

Chevrolet Agile Effect

Foto: Divulgação


A tão aguardada versão esportiva do Audi A3 Sedan já tem data marcada para começar a ser vendida aqui no Brasil. Quem estava ansioso não vai precisar esperar muito já que o início das vendas está prevista para o mês de julho.

O S3 Sedan chega ao mercado com um motor 2.0 de quatro cilindros turbo. A capacidade é para 300 cavalos de potência. O bloco possui integração com uma transmissão automática de seis marchas. O preço do estreante é um pouco salgado para os bolsos dos menos avisados. A estimativa é de que comece por R$ 206.800.

Para fazer uma comparação basta pegarmos o A3 Sedan 1.8 que é o mais caro e custa R$ 133.200. A diferença salta aos olhos: são R$ 73.600 e 120 cv. Se fossemos compará-lo com S3 Sportback que tem um conjunto mecânico praticamente idêntico, mas com um porta-malas com um espaço maior seria R$ 1.300 (em relação à versão hatch).

De qualquer forma o motor vem com uma potência maior e alguns ajustes com relação à suspensão e freios também foram feitos. Se a questão é a prova de aceleração de 0 a 100 km/h o S3 Sedan atinge seu objetivo em apenas 4,9 segundos. Já a velocidade máxima do modelo é de 250 km/h. Isso segundo informações da própria fabricante.

No que diz respeito à estética do carro, também temos novidades. A grade, os para-choques e as rodas receberam uma pincelada de um desenho mais esportivo. Já os retrovisores tiveram uma capa de alumínio para sua cobertura.

Na parte de trás do carro vamos encontrar um spoiler que é um equipamento aerodinâmico bem na tampa do porta-malas. O interior também teve sua vez ganhando bancos com padrão diferenciado e com a inscrição S3 gravada neles. Além disso, também está presente do conta-giros e no volante de base reta.

Sem duvida alguma é um carro que chama a atenção não apenas pela potência que apresenta, mas também pela estética. Afinal de contas tem que ser bonito por dentro e por fora.

Por Denisson Soares

Audi A3 Sedan

Foto: Divulgação


Já está nas lojas a versão mais esportiva da nova geração do Mercedes-Benz Classe A. Estamos falando do A 45 AMG na qual é o auge do dowsizing, cuja tendência se iniciou na última década e virá com mais  potência e torque de motores. Desta forma, se você é do tipo de pessoa que gosta muito de inovação e potência, atente-se para este artigo, pois iremos falar sobre esse novo veículo que tem sido a mais nova atração da marca Mercedes-Benz.

Entre as principais características do modelo, temos a economia que o veículo proporciona com a redução de consumo, os 360 cv extraídos de um motor 2.0, o que proporciona fantástica relação de 180,0 cv/l, e o propulsor mais eficiente do mundo. Com isso, temos, ainda, o câmbio de dupla embreagem e 7 marchas com sistema de tração integral.

O A 45 AMG proporciona uma ótima sensação de segurança ao dirigir e acelerar, bem como o bom funcionamento dos freios e suspensão. Contudo, se você gosta de velocidade e adrenalina esse carro é perfeito para seu dia a dia. Cabe lembrar que é preciso ter cautela e bom senso nas pistas.

É perceptível a potência do veículo, o qual revela ser um carro extremamente vigoroso. Porém, o que falta é mais disposição até o conta giros superar as 5000 rpm, sem considerar híbridos ou similares. Salienta-se que o modelo também vem com um start-stop para ajudar a poupar a gasolina no tanque. Lembrando que possui um ótimo acabamento interno e é bem equipado, o que proporciona melhor acesso ao banco traseiro devido ao teto mais baixo.

O principal diferencial do carro é o espaço interno, o qual consegue deixar quatro adultos com as pernas esticadas, bem como um melhor acesso ao banco traseiro e porta-malas. Com o veículo você pode usá-lo tanto no dia a dia para ir ao trabalho, como também para viagens.

Por Luciana Viturino

Mercedes-Benz Classe A 45 AMG

Foto: Divulgação


Foi anunciado pela empresa BMW o novo esportivo híbrido i8, que será vendido em breve no Brasil. A data de chegada ainda não está definida, porém, é um veículo que garante ao condutor bastante velocidade, além da alta performance que possui.

Diante disso, é importante destacar que ele é o primeiro veículo “híbrido plug-in” da fabricante e será comercializado na Europa e nos Estados Unidos a partir deste mês de junho. O modelo combina motorização a combustão e elétrica.

A novidade do motor a combustão é que será o TwinPower Turbo 1.5 a gasolina, de três cilindros e injeção direta, que consegue gerar potência máxima de 231 cv e torque máximo de 32,6 kgfm. Com isso, a parte elétrica é alimentada por bateria de íons de lítio instalada na parte central embaixo do assoalho, a qual desenvolve potência máxima de 131 cv e torque de 25,5 kgfm.

A fabricante do veículo afirma que além da resposta gerada pelos motores elétricos, a potência do carro também pode ser produzida até o limite de giros, graças ao design especial que permite que o motor elétrico continue a fornecer torque em altas rotações. O resultado obtido de um carro desse porte foi 362 cv e 6,1 kgmf de torque, de acordo com os dados elencados pelo fabricante.

Ressalte-se que é um carro bem potente e consegue acelerar de 0 a 100 km/h no tempo mínimo de 4,4 segundos, com um consumo de combustível de 47 km/l. Assim, o motor elétrico impulsiona o veículo sozinho por 37 km de distância, a uma velocidade máxima de 120 km/h. Por fim, o motorista tem a opção de escolher diferentes modos de condução, como: Comfort, Sport, Eco Pro, na modalidade híbrido; e Comfort e Eco Pro, se estiver no modo elétrico. Indubitavelmente, a chegada do BMW i8 ao mercado será um marco para a indústria automotiva, uma vez que ele é o único veículo no mundo que alia esportividade com as preocupações da sociedade moderna. 

Por Luciana Viturino

BMW i8

Foto: Divulgação


A Nissan apresentou de supetão a versão 2015 do 370Z Nismo. O coupé japonês esportivo em sua linha 2015 traz entre as novidades uma nova opção de transmissão, novos detalhes visuais, mas mantém o mesmo motor, não que isso seja algo ruim.

O Nissan 370Z Nismo 2015 chegará às concessionárias da marca nipônica nos principais mercados onde a Nissan se faz presente em julho deste ano. A fabricante japonesa não revelou o preço do esportivo.

Esteticamente, o modelo ganhou novo conjunto óptico dianteiro composto por LEDs e com detalhes em preto, rodas de liga leve de 19 polegadas totalmente redesenhada e, principalmente, novos detalhes na cor vermelho presente nos retrovisores externos, nos frisos das sais laterais e nos para-choques dianteiros e traseiro, conferindo muita esportividade ao 370Z Nismo.

O modelo esportivo ainda passa a contar com novos amortecedores esportivos, molas, sistema de freios, barras estabilizadoras e novo aerofólio traseiro com brake light posicionado na parte inferior.

Na cabine, o esportivo também traz detalhes em vermelho, como às costuras dos bancos esportivos com couro Recaro e detalhes em Alcântara em vermelho. Além disso, o modelo ainda vem com volante esportivo multifuncional com símbolo da Nismo, sistema de entretenimento com tela touchscreen de 7 polegadas que abrange diversas funções, como o sistema de som de alto padrão da Bose, sistema de som via satélite, navegação via satélite (GPS) e conexão via Bluetooth.

Mecanicamente, o Nissan 370Z Nismo mantém o já conhecido motor 3.7 V6 a gasolina, capaz de entregar 354 cv e torque de 38,2 kgfm.  Contudo, o esportivo japonês agora pode ser equipado com duas opções de câmbio, podendo vir com câmbio manual de seis marchas com sincronização de rotação, ou com a nova transmissão automática de sete velocidades com opção de realizar trocas sequenciais através do Paddle Shift situado atrás do volante.

O Nissan 370Z Nismo 2015 é oferecido em quatro opções de cores: branco, prata, vermelho e preto.

Por Caio Polo

Nissan 370Z Nismo 2015

Foto: Divulgação


A Porsche apresentou o motor quatro cilindros que será usado no utilitário esportivo Macan. O carro com 2 litros e 237 cv tem um motor que passará a equipar a versão de entrada do mini-Cayenne até o meio do ano. Isso significa que a marca utilizou a configuração de propulsor pela última vez, em um modelo comercial no ano de 1995, no 968.

No automobilismo, o protótipo da marca no Mundial da Endurance é equipado com quatro cilindros. Essa nova versão trouxe um motor novo que passará a ser o de entrada do utilitário. O propulsor turbo possui 35,7 mkgf de torque. Conforme informações da própria Porsche, o condutor consegue acelerar de 0 a 100 km/h em 6,9 segundos. Isso se diferencia dos demais Macan pelo fato de possuir duas saídas de escape, enquanto as outras versões trazem quatro. Há também rodas de liga leve de 18 polegadas, ar condicionado com duas zonas de temperatura, sensores de estacionamento dianteiro e traseiro e suspensão adaptativa.

Entretanto, a empresa não deverá vender essa versão nos Estados Unidos e seu lançamento na Europa está previsto para o meio do ano. No Brasil, não chegará antes do segundo semestre, uma vez que a venda das versões V6 terá início em junho. Os preços são bem salgados, porém compensa toda a potência que o carro possui. O valor inicial é de R$ 399 mil.

Na parte interna do veículo os bancos são de couro e o carro é bem aconchegante. Há teto solar e opções variadas para todos os gostos e estilos de consumidores. É um veículo altamente veloz e possui capacidade para cinco pessoas. O condutor pode dirigir por longas horas, pois o ar condicionado desta vez vem com duas zonas de temperatura e assim, é possível dirigir a temperaturas ambientes. A Porsche é uma das marcas favoritas dos amantes por carros devido à praticidade e à velocidade que possui. 

Por Luciana Viturino

PorscheMacan

Foto: Divulgação


Próximo da estreia do Salão de Nova York, a Nissan revelou imagens e informações oficiais da terceira geração do utilitário esportivo Murano. Baseado no conceito Ressonance, mostrado no Salão de Detroit do ano passado, o novo crossover da marca nipônica ostenta um visual renovado, moderno e atraente, contando com a nova identidade de design visto nos mais recentes lançamentos da Nissan.

O que chamou atenção na nova geração do Nissan Murano foi o visual, que não deixa a desejar em nada. Com linhas mais arrojadas e angulosas, o visual adotado para essa geração se distância da geração anterior, fazendo com o que o utilitário esportivo tenha detalhes marcantes, como a nova grade frontal maior e em formato de V, lanternas traseiras recortadas em forma de bumerangue e que integram o vidro da tampa do porta-malas, além dos faróis com desenho alinhado aos outros modelos recém-lançados pela fabricante japonesa.

A parte interna, por sua vez, não sofreu tantas alterações quanto o exterior, parecendo mais familiar ao estilo da geração anterior do Murano. Contudo, mesmo sem mudar radicalmente o layout do console, a Nissan alterou o formato do painel de instrumentos, que traz fácil leitura, e mudou a disposição do console central, focando nos recursos tecnológicos, já que agora o modelo vem com o NissanConnectSM com navegação e aplicativos móveis, display colorido de 8 polegadas com controle multi-touch, sistema de som de alto padrão da Bose® com 11 alto-falantes e sistema de conectividade Hands Free e Bluetooth.

A Nissan ainda apostou também em um acabamento mais refinado e com cores mais claras. Portanto, o utilitário possui revestimento dos bancos, do volante multifuncional e das portas em couro com um tom de bege, o acabamento em madeira de cor mais claras na porta e o material do painel na mesma cor do couro.

Além de uma boa lista de itens de série, entre os equipamentos de segurança o novo Nissan Murano oferece a detecção de objetos em movimento (MOD), alerta de pontos cegos (BSW), alerta de colisão frontal (PFCW) e frenagem de emergência.

Podendo trazer tração dianteira ou integral All-Whell Drive, mecanicamente o novo Murano vem equipado com motor 3.5 V6 DOHC associado à uma transmissão Xtronic.

A nova geração do Nissan Murano estará disponível nas concessionárias da marca nos Estados Unidos no fim deste ano.

Nissan Murano 2015

Foto: Divulgação


Segundo o jornal norte-americano “Automotive News Daily”, a Mitsubishi irá descontinuar a produção do Lancer Evolution X até o segundo semestre deste ano. A marca nipônica decidiu deixar de produzir o carro por causa da baixa demanda de vendas do esportivo em todos os países em que o modelo é oferecido.

A primeira geração do Lancer Evolution foi lançada em 1992. Desde a primeira edição, o sedan de alto desempenho fabricado pela Mitsubishi sempre veio equipado com motor 2.0 Turbo e tração integral. Voltado, inicialmente, ao mercado japonês, o sedan de alto desempenho começou a ser vendido no Reino Unido, mediante importação não oficial, a partir de 1998. Devido ao sucesso de sedans de alto desempenho, como o Subaru Impreza WRX STI, que oferecia um grande desempenho por um preço acessível, a Mitsubishi passou a exportar a oitava geração do Lancer Evolution para os Estados Unidos em 2003. Lançado em 2007, a décima e atual geração do Lancer Evolution passou por poucas mudanças, deixando o carro com visual um pouco defasado, embora ainda seja um belíssimo carro.

Mesmo tirando de linha o Evolution X, a fabricante japonesa não pensa em deixar de participar no segmento dos sedans esportivos. Pensando nisso, a Mitsubishi já desenvolve, em parceria com a Renault, a próxima geração do Mitsubishi Lancer Evolution. Até o momento, a grande novidade é que, desde o projeto, o carro poderá ganhar pela primeira vez uma versão híbrida. Talvez os mais conservadores não aprovem essa atitude, mas é uma das formas do sedan oferecer maior potência e melhor desempenho sem alterar a cilindrada, modificar muito as configurações do turbo e de outras características do veículo.

De toda forma, a próxima geração do Evolution ainda irá demorar pra chegar, já que a 11ª geração não deve ser lançada antes do fim de 2016.

Embora o Lancer Evolution X deixe de ser fabricado em outros mercados, no mercado brasileiro o Mitsubishi Lancer, versão convencional do sedan, será mantida até o fim de 2015.

Por Caio Polo

Mitsubishi Lancer Evolution X

Foto: Divulgação


Se uma máquina tiver a capacidade de anunciar que o futuro chegou, essa máquina chama-se E-Tron, carro da montadora alemã Audi, que é premiada não apenas pela beleza dos seus carros como também pela alta tecnologia que investe na fabricação dos seus possantes. Esse superesportivo da Audi é conhecido pelo seu design inovador, futurista, envolto num motor de 333 cv, que pode levar quem dirige a uma velocidade de 0 a 100 Km/h em apenas 5 segundos.

Também denominado de R-8 E-Tron, esse carro estilo coupé tem motor central elétrico e com potência suficiente tanto para as ruas quanto para as estradas. Devido ao alto empenho que o projeto do R-8 E-tron exige, a Audi engavetou o projeto de fabricação, no entanto, a companhia já adiantou que agora em 2014 esse carro que é cobiçado por muitos vai ganhar forma. O adiamento foi porque a Audi não encontrou baterias que fossem compatíveis com o objetivo de velocidade do carro.

Pelo novo projeto, o proprietário do E-Tron poderá chegar a velocidade de até 450 Km/h e a expectativa é de que até final de 2014 o carro chegue ao mercado, mas com um detalhe: será para poucos, já que o E-Tron será vendido apenas sob encomenda.

Com um design que não vai deixar nada a desejar para os concorrentes, apenas os afortunados poderão desembolsar a média de R$ 700.000 para ter um possante como este. Isso explica porque não será possível ver um carro como este estampando as vitrines das concessionárias Audi do Brasil, já que o valor está bem acima do se paga por um importado. A fama ainda colaborou para que o R8 E-Tron assumisse essa posição de glamour, pois a máquina fez participação no filme Homem de Ferro 3, mostrando toda a sua força e garra nas cenas mais eletrizantes da película.

Ao longo dos meses, a Audi do Brasil vai apresentar mais informações sobre o aguardado R8 E-Tronic. É só ficar no aguardo das novidades desse carro que vai estar pelas ruas e rodovias do Brasil.

Por Michelle de Oliveira

Audi R8 E-Tron

Foto: Divulgação


Pouco tempo depois de apresentar a versão tradicional do Classe S Coupé, a Mercedes-Benz revelou imagens e detalhes oficiais do novo S63 AMG Coupé 2015, configuração esportiva e de alto desempenho do Classe S. O modelo apimentado será apresentado ao público durante o Salão de Nova York, que será realizado em abril.

Se a versão convencional do carro coupé agradou ao público em geral, a configuração com “dedos” da AMG tem tudo para fazer sucesso no segmento. Somado às belas linhas harmônicas e fluídas do Classe S tradicional, o Mercedes S63 AMG Coupé recebe alguns detalhes estéticos exclusivos para realçar a esportividade. Entre os itens, cabe destaque ao pacote aerodinâmico, que traz para-choque dianteiro com entradas de ar maiores e para-choque traseiro com duas saídas duplas de escape embutido, difusor de ar central e saídas de ar nas extremidades. Completam o visual esportivo as  rodas de alumínio de 19 polegadas, calçadas com pneus 255/45 na frente e 285/40 na traseira. A fabricante alemã oferece, opcionalmente, rodas de 20 polegadas.

Desenvolvido com a tecnologia de redução de peso AMG Lightweight Performance, o novo S63 AMG Coupé sofreu uma redução de 65 quilogramas, quando comparado à geração anterior. A redução em seu peso final foi conquistada graças à utilização de compostos feitos com materiais mais leves, como as novas rodas de liga leve e o novo sistema de freios AMG.

Mecanicamente, o Mercedes-Benz S63 AMG Coupé 2015 vem equipado com motor 5.5 V8 Biturbo (Twin-Turbo) com injeção direta de gasolina, sendo capaz de entregar 585 cv e torque de 91,8 kgfm. Trabalhando em conjunto ao bloco Biturbo está a transmissão automática AMG Speedshift MCT com dupla embreagem e sete velocidades. O câmbio esportivo traz os modos de condução "C", "S" e "M". No modo C (Controlled Efficiency), os flaps do escapamento ficam parcialmente fechados, garantindo um som baixo e suave do motor, além de proporcionar um modo mais econômico de condução. Nos modos S (Sport) e M (Manual), por sua vez, os flaps se abrem e o ronco do propulsor V8 Biturbo fica mais forte e marcante.

Além de contar com suspensão a ar Airmatic, sistema ADS (Adaptative Damping System) e Magic Body Control, o novo coupé esportivo pode ser equipado, opcionalmente, com sistema de tração integral AMG 4Matic. Com isso, o modelo esportivo acelera de 0 a 100 km/h em 3,9 segundos, com velocidade máxima de 250 km/h, controlada eletronicamente.

Por Caio Polo

Mercedes-Benz S63 AMG Coup? 2015

Foto: Divulgação


Pouco conhecida no Brasil, mas popular na Europa por causa de seu superesportivo Apollo, responsável pelo segundo melhor tempo do circuito de Nurbürging, a Gumpert aproveitou o Salão de Genebra para apresentar seu mais novo coupé: o Explosion. O modelo da marca alemã tem como destaque seu conjunto mecânico, que faz o esportivo acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 3 segundos.

Se você achou que o Gumpert Explosion vem equipado com um motor de alta cilindrada e mais de quatro cilindros se enganou. A fabricante alemã adotou para o coupé um bloco quatro cilindros 2.0 Turbo, capaz de gerar 425 cv e torque de 53 kgfm. Essas características mecânicas são típicas da tradição da montadora, que sempre alcança um alto desempenho mesmo quando o carro utiliza um motor com baixa cilindrada.

Dotado de tração integral e chassi tubular em fibra de carbono, fibra de vidro plástica e alumínio, a Gumpert afirma que o Explosion tem velocidade máxima próxima dos 300 km/h.

Segundo a montadora, as primeiras unidades chegarão ainda neste ano com preço inicial sugerido de € 105 mil (aproximadamente R$ 340 mil). “Queremos transmitir a todos aqueles motoristas que gostam de esportes motorizados como é se sentar ao volante de um carro de Rally”, afirmou em nota o Engenheiro Roland Gumpert, criador da marca.

Como nasceu a Gumpert:

Roland Gumpert fez parte da equipe de testes da Audi desde 1969. Devido ao seu excelente trabalho, Roland assumiu a divisão de desenvolvimento especial da marca dos quatro arcos, o que fez com que o Engenheiro conquistasse premiações em diversas competições de Rally, muito deles com o lendário Audi Quattro. Após alguns anos, Roland criou a Gumpert e desenvolveu o Apollo Sports, modelo que detém o segundo melhor tempo no circuito de Nurbürging.

O superesportivo Apollo, que esteve presente em realizações passadas do Salão de Genebra, traz um motor V8 4.2 Biturbo (TwinTurbo) com três opções de potência: 690 cv e torque de 86,6 kgfm na versão “de entrada”, 760 cv e torque de 91,7 kgfm na versão S e 993 cv e 100 kgfm de torque na versão R, sendo esta última restrita apenas às pistas de corrida.

Por Caio Polo

Gumpert Explosion

Foto: Divulgação


Muito suspense foi feito sobre o Koenigsegg One:1, que fez sua estreia no Salão de Genebra, mas agora o mistério acabou e a marca sueca revelou as primeiras fotos oficiais do superesportivo que chega para bater de frente com o Bugatti Veyron Super Sport.

Desenvolvido pela fabricante para ser o carro mais rápido do mundo e bater de frente com o Bugatti Veyron Super Sport, o One:1, que pesa 1.341 quilogramas, traz como principal atrativo a relação peso/potência de 1:1, e daí que vem o seu nome.

Então, por incrível que pareça, esse superesportivo traz sob o capô um motor de alumínio 5.0 V8 Biturbo, que é capaz de entregar majestosos 1.341 cv e torque brutal de 139,8 kgfm. Trabalhando em conjunto com esse propulsor Twin-Turbo está uma transmissão automatizada de dupla embreagem com sete velocidades. Com isso, de acordo com a Koenigsegg, o One:1 acelera de 0 a 400 km/h em apenas 20 segundos, necessitando de apenas 28 metros para acelerar de 0 a 100 km/h. Para que o carro não decole ele traz flaps na dianteira e aerofólio traseiro com total funcionalidade, exercendo a tarefa de uma asa traseira, mas virada para baixo, mantendo o veículo no chão. A fabricante sueca afirmou que a downforce a 250 km/h é de 610 quilogramas, valor semelhante ao da McLaren P1.

Para lidar com toda essa velocidade, o superesportivo traz freios a discos ventilados de cerâmica e carbono, com 397 milímetros de diâmetro na dianteira e 380 milímetros na traseira, além das rodas em fibra de carbono de 19 polegadas na frente e 20 polegadas na traseira, ambos calçados com pneus Michelin Cup Tires, que suportam velocidades de até 440 km/h. O One:1 tem distribuição de peso potência de 44% na frente e 56% atrás, igual ao Koenigsegg Agera R.

O Koenigsegg One:1 terá edição limitada em apenas seis unidades e todos já foram vendidas.

Por Caio Polo

Koenigsegg One:1

Foto: Divulgação


O novo Mégane será uma das grandes atrações no mercado automobilístico no ano de 2016. Segundo a montadora ele virá mais esportivo e o modelo utilizará a plataforma CMC C-D, a mesma dos novos Scénic e Espace. A empresa planeja agitar o segmento quando introduzir o modelo no mercado em 2016. O Renault Mégane foi ofuscado pelos concorrentes mais recentes. Segundo a empresa, ele virá mais elegante, haja vista que foi redesenhado.

Entretanto, o site britânico Autocar, afirma que o novo modelo terá um estilo mais esportivo que pega referências dos novos Clio e Captur. E não para por aí, a publicação afirma que o novo Mégane pode ser o novo rosto da empresa, com uma grade frontal fina e um grande logotipo da Renault.

O gerente de Produto da empresa no Reino Unido, Yann Le Graet, confirmou que a fabricante não vai mais usar as formas do Mégane II. Segundo ele, o teto mais baixo do veículo fornece um novo visual e dá um aspecto semelhante ao Golf da Volkswagen, a qual deixa o carro ainda mais atraente.

Diante disso, a Renault promete arrasar o mercado automobilístico com o veículo e vai agitar a venda nas concessionárias. Há muito tempo que a empresa não tem trazido um carro mais detalhado e com mudanças extraordinárias no visual. Porém, o Mégane será a diversificação no mercado.

Para os condutores que gostam de conforto e praticidade, podem apostar que esse virá com tudo e proporcionará também bastante elegância, uma vez que será um pouco mais baixo que a versão anterior. Além disso, as transformações no motor também serão um diferencial no veículo, uma vez que garante mais velocidade e durabilidade. Outro atrativo são as novas cores, as quais virão com mais brilho e fazem toda a diferença na hora de adquirir um carro, uma vez que muitos condutores têm suas preferências particulares. 

Por Luciana Viturino

Novo M?gane 2016

Foto: Divulgação


As concessionárias brasileiras da Audi já contam com o novo S3 Sportback desde o início de fevereiro. Cotado para chegar apenas em março, o modelo esportivo chega com dados técnicos superior ao do seu antecessor, mantendo apenas o tamanho da cilindrada (1.983 cm³). A Audi faz questão de exaltar a “funcionalidade, leveza e eficiência” do novo S3 Sportback. O esportivo já está disponível e tem preço inicial sugerido de R$ 205.500.

Uma característica que chama atenção foi a redução de peso realizado pela Audi no S3. O modelo, que pesa 1.445 quilogramas, está cerca de 70 quilogramas mais leve que o seu antecessor. Só o motor quatro cilindros do S3, que foi redesenhado visando melhorar seus dados técnicos e eficiência, ficou 5 quilogramas mais leve. A maior parte dessa redução de peso veio da carroceria.

Outro ponto que também se destaca é a suspensão esportiva, rebaixando a carroceria em até 25 milímetros durante a direção, garantindo uma melhor dirigibilidade, segurança de condução e dinamismo ao modelo.

Entre os equipamentos de série cabe destaque ao sistema de som de alto padrão da Bang & Olufsen, sete airbags, bancos com revestimento em couro, ar condicionado automático digital dual zone, teto solar panorâmico, sensor de estacionamento traseiro, faróis bi-xenônio, rodas de liga leve de 18 polegadas e a central multimídia com sistema de navegação via satélite (GPS) e conexão Bluetooth.

Mecanicamente o Audi S3 Sportback vem equipado com motor quatro cilindros 2.0 TFSI, com injeção direta e multiponto de combustível, capaz de entregar 280 cv e torque de 38,7 kgfm. Associado ao bloco turbo está uma transmissão automatizada S Tronic de dupla embreagem com seis velocidades, com opção de trocas manuais através de Paddle Shift (aletas) situadas atrás do volante.

De acordo com a marca alemã, o S3 Sportback acelera de 0 a 100 km/h em 4,9 segundos, com velocidade máxima limitada eletronicamente em 250 km/h. 

Por Caio Polo

Audi S3 Sportback

Foto: Divulgação


O Natal chegou e a Kia já decidiu o que irá mostrar no Salão Automóvel de Detroit, liberando as primeiras imagens de um novo conceito de carro esportivo que deverá ser revelado em seu show de stand.

Este novo conceito foi projetado pela equipe da marca dos EUA em seu estúdio em Irvine, Califórnia, é claro que este novo conceito vai levar alguma inspiração do conceito Kee – que foi mostrado ao longo de seis anos atrás no Frankfurt Motor Show, mas infelizmente nunca chegou à produção.

Um capô longo, arcos de roda esculpidos de forma dramática e um grande para-brisas envolvente são claramente visíveis, e a curta distância entre eixos e a traseira curta oferece proporções clássicas de carros esportivos. A Kia diz que o novo conceito tem como objetivo "transformar fazendo as pessoas girarem a cabeça nas ruas" e "proporcionar excelente prazer de condução seja na estrada ou na pista".

Nem as lanternas dianteiras ou traseiras foram mostradas nas imagens que circulam a internet, mas há uma lasca de luz frontal e indicador mostrando no lado direito – e o design angular e curvas frontais lembram o Audi R8 no projeto.

Ela deve ter um desempenho decente, e é provável que seja alimentado por algo um pouco mais potente que o 197bhp V6 de 2.4 litros que estava sob o capô do conceito Kee de todos os anos atrás. A Kia mantém silêncio sobre mais detalhes ou especificações técnicas para o carro nesta fase, apesar de esperar mais imagens e trechos de informação a aparecerem mais perto da inauguração, o que está previsto para lançamento mundial em 13 de janeiro.

Os entusiastas de carros anseiam até que imagens mais sugestivas sejam mostradas e mais ainda que o caro chegue logo aos pontos de vendas. Os verdadeiros apaixonados por carros anseiam poder dirigir mais esta máquina. 

Por Jaime Pargan

Teaser do novo carro esportivo da Kia

Foto: Divulgação


A BMW, montadora alemã, está entre as marcas mais cobiçadas de carro do mundo. Para se manter no topo dos objetos de desejo, é que a empresa automobilística sempre investe em lançamentos que podem ser considerados “fora de série”, usando toda a criatividade e recursos em tecnologia para criar modelos não apenas lindos como confortáveis e seguros.

Vai ser em 2014 que as pessoas poderão aguardar o BMW Série 1M hatch, um carro esportivo, veloz, estilo coupé e que vai passar por uma profunda reestilização para seguir com seu público. Na parte externa, o carro vai ganhar traços mais fortes – uma forma de combinar imponência com esportividade, além de um motor possante que pode levar o proprietário a 250 Km/h (este limite será controlado eletronicamente).

Por dentro, o motor será 3.0 biturbo com 340 cv de potência. Os bancos de couro, estilo concha, garantem mais beleza e conforto ao carro, volantes com comando de som e telefonia, câmbio com 6 marchas, lanternas LED, painel com instrumentação esportiva, dentre outros detalhes que dão à Série 1M Hatch da BMW um grande diferencial.

A perspectiva é de que seu preço comercial seja de R$ 270.000,00, e para quem gosta da BMW, certamente é um valor que vale à pena investir em uma máquina como essa.

Já o BMW X5, o Série 5 pode ser considerado o utilitário dos sonhos, que vem em 2014 com o Drive 35i considerado excelência em tração traseira. O seu motor será turbocharged de seis cilindros, que pode gerar 300 cavalos de potências em seis cilindros. O câmbio do utilitário é automático e de oito cilindros.

Em números, significa que o proprietário do BMW X5 poderá ir até 100 Km/h em apenas seis segundos. Tudo com uma beleza interior e exterior que é a marca da BMW. Para quem preza pela segurança, a montadora também dispõe de um modelo blindado capaz de sair ileso às mais potentes armas.

O preço dele varia de R$ 399.950 a R$ 429.950.

Por Michelle de Oliveira

BMW Série 1M

Foto: Divulgação


A Nissan, fabricante japonesa de carros, está apresentando o Nissan Sentra Nismo Concept em sua configuração esportiva do sedan médio japonês.

O modelo conta com alguns diferenciais estéticos, tecnológicos e mecânicos em relação ao modelo tradicional. Nota-se que o motor adotado no Sentra Nismo Concept é composto por quatro cilindros de turbo de 1.8L com injeção direta, a qual produz uma potência de 240 cavalos e 32,5 Kgfm de torque, vinculado a uma transmissão totalmente manual com 6 velocidades, sendo que o diferencial é que o deslizamento é limitado. A suspensão da dianteira é totalmente independente e a da traseira se associa ao tradicional esquema semi-independente com a barra de torção.

A estética do modelo é meramente esportiva, na qual se destacam principalmente as rodas com nada menos que 19 polegadas, estando elas montadas em pneus calibrados em 225/35R19 da marca Michelin Super Sport, os quais é possível verificar as pinças de freio Brembo – as mesmas pinças utilizadas no modelo Nissan 370Z.

Outras vertentes contribuem para uma melhor aparência esportiva, como o spoiler dianteiro que foi feito mais baixo, os para-lamas e as soleiras laterias foram alargadas e o para-choque traseiro está mais espaçoso para se agregar à parte inferior dela, com as saídas duplas de escape. Um detalhe que se observa também é que o spoiler localizado na parte traseira personalizado e uma luz central de neblina que fica situada no difusor complementam o novo look do modelo.

O interior está bem integrado, e lembra bem os carros de corrida da GT, que contam com um volante revestido de couro / Alcantara, assim como a alavanca do câmbio. Já o painel de instrumentos tem um acabamento firme e revestido de fibra de carbono e os detalhes em Chrome.

Toda essa estrutura do modelo foi elaborada para dar ao consumidor da marca um certo conforto na hora de dirigir o automóvel, além de suprir toda a demanda da necessidade da tecnologia de ponta.

Por Daniela Almeida da Silva

Nissan Sentra Nismo Concept

Foto: Divulgação


Projetado com um design que agrada a gregos e troianos, o novo Porsche Macan é uma aposta que pretende alavancar as vendas da marca como nunca antes visto.

Com aparência que remete ao Porsche Cayenne, o design do novo SUV  alia esportividade, elegância, robustez e sofisticação de forma única: medidas que fazem  lembrar  a marca pelas entradas de ar no para-choque, comuns da marca; linhas horizontais harmônicas, com linha de cintura alta e contornos curvilíneos; além do uso da plataforma do Audi Q5 – tudo para ser a nova opção de entrada da marca no segmento usado por famílias e jovens.

Como se espera de um Porshe, conforto e velocidade são apenas itens inclusos, ainda mais se tratando do “irmão” mais novo do Cayenne. Espera-se que o Macan tenha opções de motorização S Diesel 3.0 biturbo, com 258cv, permitindo uma aceleração de 0 a 100km/h em pouco mais de 6,0 segundos, com velocidade máxima esperada em 230km/h. Outra opção de motor pode ser os do tipo V6 TFSI, para fazer frente a outros utilitários esportivos que vêm sendo lançados.

Além do convite à velocidade, o Macan, produzido primeiramente em Leipzig – Alemanha, traz a proposta de oferecer prazer ao dirigir um ícone de gerações, tanto em terrenos planos quanto irregulares, com o máximo em valores de aceleração e frenagem.

O novo SUV pode ser equipado de fábrica com jogo de rodas aro 18 e pneus que vão do aro 18 ao 21.   O utilitário esportivo alemão conta também com o sistema Porsche Traction Management PTM (Gerenciamento de Tração Porsche), sistema de tração nas 04 rodas com agilidade e tenacidade como nunca antes visto. O painel ainda não foi revelado, mas espera-se que conte com o que há de mais moderno, como ar condicionado digital, sistema de navegação e mídia touchscreen, conexões USB e Bluetooth, direção eletro-hidráulica e sensores espalhados ao redor do carro, como nos para-choques.

O lançamento do modelo no Brasil está previsto para maio de 2014, com preços que beiram a casa de R$ 300.000, dependendo da cotação do Euro.

Por Junior Almeida

Porsche Macan 2015

Foto: Divulgação


A Europa está para ganhar uma nova máquina, mais precisamente na Itália. O nome dela? Mazzanti Evantra, um superesportivo e completamente exclusivo, que terá apenas cinco unidades produzidas por ano. O lançamento foi apresentado em um evento na cidade de Monte Carlo.

O destaque vai para as portas. Sua abertura é bem interessante, pois elas se abrem para trás. Esse modelo é parecido com o da Mercedes SLS AMG ou com o de alguns Lamborghinis. E para trazer ainda mais particularidade, a novidade possui detalhes como a bandeira da Itália na lateral dianteira e enormes entradas de ar laterais.

Mazzanti Evantra possui motor de Corvete e pode ter um câmbio manual ou automático com seis marchas. É um 7.0 V8, com 701 cv de potência e torque de 86,5 mkgf a 4.500 rpm, com um propulsor que é aspirado. A máquina acelera de 0 a 100 km/h em até 3,2 segundos, e pode atingir uma velocidade máxima de 350 km/h.

Para quem está curioso sobre o preço desse novato poderoso deve se preparar. Ele custa a partir de 625 mil euros, cerca de R$ 1,9 milhão, e pode custar bem mais.

Ainda não há previsão da chegado do Mazzanti Evantra no Brasil, mas a expectativa por sua chegada já aguça a ansiendade dos apaixonados por carros.

Por Jaime Pargan


Audi Sport Quattro ConceptA Audi finalmente revelou o veículo conceito que indica qual será o sucessor do Sport Quattro, lendário modelo da marca que foi um imenso sucesso nos rallys e nas ruas durante a década de 1980.

O nome escolhido foi Sport Quattro Concept e o veículo esportivo do tipo híbrido irá ser apresentado ao público na semana em que ocorre o Salão de Frankfurt, na Alemanha, entre os dias 12 e 22 de setembro.

Instrumentado com um sistema do tipo híbrido, que se completa com uma motorização a combustão 560 cv e V8 4.0 acoplado de um propulsor elétrico (110 kW), o modelo Sport Quattro chega a entregar uma potência em combinação de 700 cavalos e 81,6.

Apesar da empresa manter a afirmação de que o carro-conceito Sport Quattro foi desenvolvido com a utilização de leves materiais como polímero de fibra reforçado e alumínio, pesando 1.850 quilos com a inclusão das baterias, o carro consume uma média de 46 km/l. A empresa pretende, com esta inovação, conseguir destaque entre os inúmeros modelos presentes no Salão de Frankfurt e apresentar novidades aos seus clientes.

Por Marcelo Araújo


B6 Spyder Venator ConceptA montadora holandesa Spyker não economizou na apresentação do mais novo modelo esportivo B6 Spyder Venator Concept, durante o evento Salão de Genebra.

O modelo ostenta um design ultramoderno, revestimento interno de alta qualidade feito em couro e alumínio. A Spyker conseguiu criar um carro exclusivo, tanto em termos de qualidade e desempenho, quanto em aparência, já que ele não se parece muito com nada que haja nas lojas e certamente irá atrair a atenção de apaixonados por carros modernos e admiradores de alta tecnologia.

Alguns detalhes do Venator: equipado com motor V6 de 375 cavalos de potência, tração traseira, e transmissão automática de seis velocidades. Com tudo isso a Spyker deixa claro que o Vanator não veio para brincar.

Segundo informações da montadora, o design remete a Hunter, uma aeronave produzida por eles no início do século passado, e o nome com que foi batizado vem do latim com significado de “caçador”.

Tanta inovação não poderia chegar barata ao mercado, estima-se um valor entre 125 e 150 mil dólares. O carro será lançado em 2014 e só poderá se encontrado na Europa, Oriente Médio e Ásia, deixando nós, brasileiros, de fora desse grupo seleto que terá acesso ao maravilhoso B6 Spyder Venator Concept.

Mais informações no site www.spykercars.com.

Por Fábio G. Santos


Até final do ano a Nissan promete trazer ao mercado uma versão mais potente do Nissan GT-R.

Segundo fontes ligadas a empresa, a montadora estaria produzindo um carro para competir com o Bugatty Veyron Super Sport. Para isso, o novo modelo esportivo deverá ter a mudança de velocidade mais rápida dos automóveis da categoria.

A produção do modelo com mais efetiva aceleração estaria sendo produzido com a parceria Nismo-Escuderia Williams, desta forma, o carro poderia levar dois segundos para atingir uma velocidade de 100 km/h. esta velocidade poderá ser alcançada se o carro for equipado com fibra de carbono em várias peças do carro e freios mais leves.

Especula-se que o novo esportivo trará poucas alterações no design e que as feitas, ficariam por conta de detalhes vermelhos, além de um sistema de exaustão mais efetivo.

A parceria dita anteriormente já foi bem sucedida quando houve a produção do Nissan Juke Nismo.

De acordo com o manifestado pela montadora, o preço de venda anda não foi estipulado , porém acredita-se que não irá baixar de R$ 347 mil.

O GT-R Nismo provavelmente será apresentado ainda este ano, no Salão do Automóvel de Tóquio e chegará no mercado inglês no próximo ano.

Por Melina Mariel Menezes Pereda


O novo Aston Martin V12 Vantage S 2014 conseguiu superar o próprio antecessor com 55 cavalos a mais de potência. Equipado com um novo motor V12 6.0 de 573 cavalos de potência, o carro consegue alcançar uma velocidade de 330km/h.

Vem com técnologia de ponta e transmissão manual automatizada, modelo Sportshift III AMT superior ao câmbio usado no modelo V8 Vantage S. O Aston Martin V12 Vantage S 2014, além das melhoras no câmbio (agora com sete marchas), também teve melhoras na sua suspensão que se adapta a três opções de condução (Normal, Sport e Track). Seu sistema de escape também ficou mais leve e menor que no modelo anterior. 

O seu design externo teve uma leve mudança. Para começar com a grade frontal de fibra de carbono (antes era em alumínio), teto na cor preta e novas rodas de liga leve. 

Com seu interior sofisticado vem com novos assentos e revestimentos a sua escolha. Além de trazer todos os itens de série o Aston Martin conta com uma gama de opcionais feitos em fibra de carbono. 
Aston Martin V12 Vantage S 2014 é um carro esportivo para aqueles que adoram velocidade. 

Ainda não divulgaram seu preço. O Único ponto negativo é seu valor que é acessível para poucos em torno de 138 mil libras, o que na cotação atual seria aproximadamente uns 430 mil reais.

Por Mariana Rodrigues


Quem se lembrar das máquinas fabricadas pela montadora alemã Mercedes terá logo a impressão daqueles carros estilo clássico, modelo sedan imponente e com uma tecnologia que envolve a parte externa e interna desses carros. Toda esta inovação, que se supera a cada lançamento, também pode ser notada no novo CLA Mercedes, um carro jovem, surpreendente e disposto a oferecer muita velocidade com a máxima estabilidade.

Os jovens, público a ser conquistado para este carro, têm o modelo estilo cupê (totalmente diferente dos sedans) com motor 2.0 de 214 cavalos, transmissão de dupla embreagem, sistema start stop e ainda opção para ter todas estas coisas em um motor 1.6 também, ficando ao gosto do futuro proprietário escolher em qual CLA vai estar mais satisfeito. O da versão 1.6 tem nos modelos 123 cv e 158 cv e ainda câmbio manual de seis marchas, podendo também ser adquirido com motores a diesel ou a gasolina.

Somado a tudo isso estão os bancos de couro, direção hidráulica, GPS, procura online de destinos, sistema multimídia, computador de bordo, travas e vidros elétricos, ar condicionado, direção hidráulica, airbag e muitos outros itens que um carro esportivo como o CLA da Mercedes não poderia deixar de ter.

Não se sabe ainda qual preço será praticado no CLA Mercedes aqui no Brasil, mas especula-se que seja algo acima dos R$ 100.000,00. No entanto, não tenhamos pressa, quem sabe esta maravilha de cupê venha com um preço menor para a nossa surpresa.

Por Michelle de Oliveira


A montadora alemã Mercedes-Benz divulgou o carro esportivo G63 AMG 6×6, um modelo com 6 rodas de 37 polegadas. É um carro capaz de enfrentar altas dunas e cruzar trechos de rios com até 1 metro de profundidade.

É um automóvel que tem o motor V8 biturbo de 551 cavalos e 77,4 kgfm de torque com tração nas seis rodas, mede 5,87 m de comprimento, tem quase 2,30 m de altura e 2,10 de largura. Mas a Mercedes-Benz vai aliar a robustez com o conforto interno igual a dos veículos de luxo.

Possui um sistema de controle da pressão dos pneus que permite o ajuste da calibragem com o veículo em movimento. Os eixos são mais elevados e isso só era utilizado em carros militares.

É um automóvel que tem a opção de relação reduzida das machas podendo andar facilmente por terrenos mais complicados e possibilita o acionamento dos 5 diferenciais blocantes quando algumas rodas do carro perde contato com o solo. Isso faz com que a força da tração seja transferida para as rodas que ainda estão em contato com o chão.

Por Mariana Rodrigues


A General Motors, durante o Salão do Automóvel de Los Angeles, apresentou a mais nova aposta do grupo. Trata-se do moderno Chevrolet SS  e quem viu o modelo aprovou. De acordo com a marca, o lançamento é um sedã que contém tração traseira e foi amplamente baseado nos automóveis utilizados nas competições americanas de  Stock Car.

Ainda segundo a GM, o modelo será equipado com novos e arrojados faróis, luzes de neblina em LED, ar condicionado, airbag, duplo escapamento, sistema multimídia completo, navegador GPS, dentre outros atributos que o tornam um carro esportivo bastante interessante.

A estabilidade, dirigibilidade e desempenho do modelo são admiráveis, tudo isso sendo propiciado por um conjunto com tecnologia de alto padrão. O novo Chevrolet SS vem equipado com propulsor V8, com configurações exclusivas, especialmente elaboradas pela montadora para o público norte-americano.

De acordo com a  GM, a produção será iniciada no final deste ano, inicialmente sendo uma série com edição limitada. Diante da arrojada e exclusiva proposta, provavelmente o preço será elevado, entretanto, nenhum valor foi divulgado ainda. Os apaixonados por automóveis não perdem por esperar!

Por Larissa Mendes de Oliveira


Preparado pela Performance Power Racing um Ford GT de 1.723 cavalos foi testado e certificado como o automóvel de rua mais rápido do mundo todo. O veículo conseguiu chegar a 453 km/h em um percurso de 1,6 km e foi para o Guinness Book, o livro dos recordes.

O modelo conseguiu tirar o posto do Bugatti Veyron Super Sport, que em 2010 atingiu cerca de 431 km/h na pista Ehra-Lession, na Alemanha. Uma das coisas que ajudaram o Ford GT a chegar a esse incrível resultado foi o uso de uma liga nova de alumínio chamada de Pandalloy, pois ela consegue aguentar temperaturas altíssimas.

O material foi criado com base nas tecnologias aeroespaciais e desenvolvido para que o Ford GT conseguisse bater o recorde mundial. O resultado ainda comprova que as tecnologias espaciais podem sim serem utilizadas em veículos de rua para poderem reduzir a emissão de CO2 e economizarem combustível.

Johnny Bohmer, dono da Performance Power Racing, disse que sua empresa quebra recordes para poder provar que este tipo de sistema e projeto possuem uma função e podem ser usados em todos os tipos de veículos sem nenhum problema.

O Ford GT é um veículo superesportivo da Ford produzido entre 2005 e 2006 como forma de homenagem ao clássico GT40, que ficou muito famoso ao vencer 24 horas de Le Mans na década de 60.  O modelo só teve 4 mil unidades comercializadas.

Por Felipe Santos Bonfim


O novo esportivo Corvette já foi lançado pela Chevrolet neste último domingo, 13 de janeiro. O veículo mistura os traços antigos, que faz jus ao sobrenome Stingray, e vários detalhes atuais, que o deixou mais potente e eficaz.

Em todo o carro foi utilizado materiais leves, como alumínio, fibra de carbono e magnésio, os quais mantém um maior equilíbrio no Corvette, que agora pesa 45 kg a menos que a versão anterior.

Sua potência se resume em um super motor de 6.2 V8 com injeção direta de combustível, além de obter comando de válvulas com variador de fase e desativação de cilindros, podendo chegar aos 100 km/h em menos de 4 segundos, já que são 450 cv e torque de 62,2 kgfm. O carro também possui câmbios automáticos sequencial de seis marchas e o manual Tremec, de sete.

O seu design conta agora com detalhes mais angulosos, arredondados, justificando pelo estilo mais europeu. Além disso, possui algumas novidades como faróis de led e uma tela touchscreen de oito polegadas que reúne informações do GPS e do sistema multimídia.

O Corvette será produzido nos Estados Unidos e começa a ser vendido no segundo semestre.

Por Camila Caetano


Recentemente, o CEO da Porsche, Matthias Müller, adiantou a confirmação de que a empresa, brevemente, lançará um modelo superesportivo apresentando motor central. Segundo informações da marca da Alemanha, este novo veículo estará situado entre o 911 e o 918 Spyder. O preço referente a este novo Porsche será de aproximadamente 400 mil euros.

A afirmação do executivo ganha ainda mais força com os planos da empresa em retornar aos superesportivos. A Porsche já apresentou o projeto do 918 Spyder Hybrid. Porém, com a notícia do possível 961, a companhia alemã quer confrontar modelos tradicionais como a Ferrari 458 Itália, o Aston Martin Vanquish e a Lamborghini Gallardo.

O Porsche  961 deve ser feito com base no 918 Spyder, utilizando diversos itens e componentes deste modelo. Outras características serão: motor V8 e 4,6 L. Para o desenvolvimento deste superesportivo, a empresa pretende abdicar das baterias e motores elétricos, focando na produção de modelos que façam frente aos seus principais concorrentes no mercado europeu.

Desta forma, a marca garante sua participação em mais uma parcela de mercado e reforça sua imagem, que é de produzir carros potentes, com linhas marcantes e grandes velocidades.

Por Marcelo Araújo


No dia 6 , foi realizada no Sambódromo do Anhembi a primeira Noite dos Superesportivos. O evento, promovido pela Auto Show Collection, reuniu os mais importantes carros do segmento esportivo como Puma, Karman Ghia, SP2 (nacionais) e os internacionais: Lamborghini, Ferrari, Porsche, Camaro e Mustang.

O evento começou às 21h30, um desfile com detalhes das especificações dos veículos, que serão introduzidos ao público por experts no assunto. Fora os veículos da gama esportiva, o evento reuniu carros antigos e alguns que já passaram dos 30 anos de fabricação, além de carros customizados.

O local do evento foi o Pavilhão de Exposições do Anhembi, localizado na rua Olavo Fontoura, número 1209, com entrada pelo portão trinta e oito para VIPs e visitantes.

Os preços foram cobrados da seguinte forma: pedestre (R$ 15), com opção de meia-entrada para visitantes entre 7 e 12 anos, idosos e pessoas com necessidade especial para se locomover. Para carro visitante, o preço era de 29 reais, antigos com placa preta pagaram R$ 20, passageiros pagam 5 reais adicionais.

O evento foi uma oportunidade para revisitar os antigos modelos e ficar por dentro das novidades dos chamados superesportivos.

Por Marcelo Araújo


Outra boa notícia está sendo veiculada no movimentado mundo automobilístico, pois a Renault (empresa francesa que atua no ramo de produção e venda de automóveis) apresentou recentemente o seu novo modelo: o Renault Clio Cup 2014.

Este veículo consiste no Clio com adaptações para corridas automotivas, tendo aspectos mais esportivos e agressivos do que o modelo tradicional.

Dentre as características incluídas nesta versão mais radical do Clio estão: um motor turbo de 1.6 litros com quatro cilindros que consegue alcançar uma potência de até 223 cavalos, um torque máximo de 27,5 kgfm em um câmbio automático ou manual com seis marchas.

Além disso, o Clio Cup vem com rodas de liga leve com 17 polegadas, entrada de ar pelo teto do carro, spoilers renovados, frente com aspectos mais esportivos e fortes, freios do tipo AP, ar-condicionado, painel de instrumentos renovado e outros.

Para quem gostou das inovações deste novo carro, o Renault Clio Cup 2014 vai iniciar suas vendas nas concessionárias de todo o mundo apenas a partir do mês de setembro de 2013 com valores a partir de 37.800 euros que equivalem a cerca de 90.000 reais.

Por Ana Camila Neves Morais


Mais uma novidade interessante chegou ao movimentado mercado de automóveis, pois a Nissan (empresa asiática especializada na fabricação e comércio de veículos) apresentou durante a realização do Salão Internacional de São Paulo – que está acontecendo até o dia 04 de novembro de 2012 – o seu mais novo modelo de carro conceito.

Este veículo cheio de ideias para futuros automóveis foi feito especialmente para o evento automotivo, que acontece na capital paulista, e consiste em um modelo do tipo cupê esportivo com forte inspiração no GT-R, que possui cores muito chamativas e fortes e contou com o auxílio de designers de automóveis brasileiros em sua idealização.

O próximo passo deste modelo conceito será transformá-lo em um veículo para circular nas ruas e que terá como principais mercados consumidores os países da América Latina e países emergentes, como: Índia, China, Rússia e Tigres Asiáticos.

Deste modo, se você gosta de veículos do tipo conversível com luxo, sofisticação e opções esportivas basta esperar mais um pouco para conferir que tipo de novidades a Nissan vai criar a partir do seu novo carro conceito apresentado em São Paulo.

Por Ana Camila Neves Morais


Outra boa notícia está sendo divulgada no mundo automobilístico e das corridas de velocidade, pois a Lamborghini (empresa internacional especializada na produção e venda de carros diversos) apresentou a nível mundial o seu mais novo modelo: O Gallardo LP 570-4 Super Trofeo 2013.

Este veículo feito especialmente para o Super Trofeo (série de 58 corridas que ocorrem em diversos locais da Europa para todos os interessados com 200 mil dólares disponíveis) consiste na versão feita especialmente para corridas de veículos do seu esportivo Gallardo Spyder.

A nova aposta da Lamborghini possui ainda poucos detalhes mais específicos, mas o que se sabe até o momento é que terá um motor do tipo V10 de 5.2 litros, com potência máxima de até 577 cavalos.

Além disso, este modelo para o ano de 2013 possui inovações interessantes como: rodas com novos desenhos, difusor traseiro e spoilers melhorados.

Deste modo, se você gosta de veículos de corrida muito potentes e possui uma boa quantidade de recursos financeiros, o lamborghini Gallardo super trofeo é uma alternativa que estará disponível em pouco tempo para os apaixonados por adrenalina e velocidade.

Por Ana Camila Neves Morais


Entre um lançamento e outro ele nunca foi esquecido. O Fusca do dia a dia de muitos trabalhadores se tornou o carro dos sonhos do mundo todo. Mas, como relação ao modelo guerreiro do nosso dia a dia, a única coisa igual definitivamente era o nome.

Denominado nos últimos anos na Alemanha como New Beetle, agora ele chega ao Brasil e retoma seu nome de guerra: Fusca. A Volkswagen apresentará oficialmente o novo modelo no Salão do Automóvel de São Paulo, que inicia no próximo dia 24 de outubro e segue até 4 de novembro.

A previsão para início das vendas do Fusca é para o mês de novembro. Sem sabermos exatamente com quais os outros veículos o Fusca brasileiro irá concorrer, a montadora só afirma que ele estará na lista dos carros pequenos e esportivos, mas com o motor mais forte.

O modelo terá câmbio automático, ar-condicionado e chegará a uma velocidade máxima de 210 km/h. Quem ficou curioso para saber os valores do Fusca, terá que aguardar a apresentação oficial, por enquanto a montadora guarda segredo absoluto sobre o assunto. Podemos arriscar o palpite de que o queridinho Fusca será concorrente do Audi A1 e com o Citroën DS3. 

Por Dayane Garcia


O EcoSport, modelo da Ford fabricado no Brasil será vendido também no Velho Continente. É isso mesmo, o modelo tupiniquim está de passagem de ída para a Europa. O modelo fabricado atualmente no Brasil.

A versão do modelo a ser fabricada na Europa será identica a que já é fabricada no Brasil desde o último mês. Também estão confirmados China, Índia e Tailândia como fabricantes, mas apenas para 2013. O modelo será comercializado em mais de 100 países. Mas, as fábricas brazukas abastecerão apenas os vizinhos sul-americanos.

Britânicos, alemães e espanhóis já conhecem bem a Ford, que tem fábricas em seus países. Os franceses estão apreciando a obra de engenharia brasileira no salão de Paris, onde o modelo estará em exposição a partir do próximo dia 29 (Sábado) e vai até o dia 14 de Outubro.

Desde que o EcoSport começou a ser formado, a Ford já deixou claro que o modelo sul-americano seria mundial. O motor que será usado no Continente será o TDi, além do novo EcoBoot 1.0. Esse modelo será o pioneiro sul-americano a ser vendido no Velho Continente.

Lá, o pessoal gosta de carros manuais (ao contrário dos americanos que gostam de automático). Os dois modelos que serão comercializados na Europa daqui 18 meses serão de câmbio manual.

 Por Bruno Rafael da Silva


Em 2012 o segmento de veículos apresentou várias novidades. No Brasil, o mês de agosto bateu o maior recorde de vendas no mercado. Além disso, vários novos modelos e conceitos foram apresentados no mundo todo.

Para acompanhar este ritmo e aguçar a curiosidade da mídia e dos consumidores, a Nissan revelou, recentemente, imagens da atualização recebida pelo modelo esportivo 370Z, que tinha previsão para ser introduzido durante o Salão do Automóvel de Paris.

Entre as principais características observadas nas imagens, destacam-se os novos desenhos dos para-choques, que ganharam dois LEDs cada para iluminação durante  o dia na vertical, além de um arredondamento na entrada de ar.

O mercado automotor europeu receberá o 370Z com opções novas de cores que foram chamadas de Magma Red e Midnight Blue, além das rodas renovadas de liga leve e opções de aro 18 ou 19.

Porém, as alterações no veículo da Nissan ficaram só na parte estética. A motorização é de 3.7 V6 com 324 cavalos de potência, levando o veículo de zero a cem quilômetros em 5,5 s.

Segundo informações da marca, o novo Nissan 370Z começa a ser comercializado no mercado da Europa apenas no começo do ano que vem.

Por Marcelo Araújo


Sempre inovando, a Jeep pretende surpreender no salão de Paris, evento que acontecerá na cidade francesa no final deste mês. A marca apostou em algumas edições especiais para cativar o público que passará por lá, uma delas é o  Grand Cherokee, esportivo muito bem sucedido da montadora.

O Grand Cherokee SRT Limited Edition não é apenas um dos carros mais aguardados da Jeep, mas sim de todo o evento, pois seu visual tem aguçado a curiosidade dos apaixonados por carros desde já. O modelo será disponibilizado na cor branca e contará com detalhes cromados e toques em preto. Além disso, suas rodas serão de 20 polegadas.

Na parte interna  o Jeep Grand Cherokee SRT Limited Edition terá belíssimos detalhes em fibra de carbono e a opção de revestimento dos bancos em couro Nappa ou camurça.  O modelo virá ainda com paddle shifters, volante revestido em couro perfurado, dentre outros atributos cuidadosamente elaborados pela marca.

Em termos de propulsão, o carro será equipado com o motor 6.4 L HEMI, que entrega satisfatórios 468 cavalos de potência, faz de  0 a 100 km/h em apenas 5 segundos e atinge a velocidade limite de 257 km/h.

Por Larissa Mendes de Oliveira


O mercado cada vez mais movimentado dos grandes carros recebeu mais uma inovação interessante neste mês de setembro, pois o novo Suzuki Grand Vitara foi apresentado de forma oficial por meio do motorshow ocorrido na Rússia.

Este novo modelo conta com boas melhorias em sua parte mecânica como: rodas de liga leve com 17 polegadas (sendo que existe ainda a opção de rodas de aço com 18 polegadas), inserções cromadas, além de mudanças no pára-choques e na grade dianteira e a possibilidade de escolher entre novo tipos de cores como o bronze e o marrom metálico; sendo que todas estas alterações deixaram este modelo ainda mais potente e esportivo.

No seu interior, o novo carro da montadora japonesa conta com alterações como listas verticais, listas diagonais, sistema de multimídia, ar-condicionado, air-bags frontais e lateriais, estofamento melhorado com tecido de maior qualidade, dentre outros.

Para aqueles que gostaram das mudanças no novo Suzuki Grand Vitara, ele já está disponível para compras no mercado europeu e deve estar presente nas lojas brasileiras de veículos apenas no ano de 2013, por valores ainda não informados.

Por Ana Camila Neves Morais


O mundo dos automóveis ganha mais um modelo renovado, pois foi lançado o Jaguar XKR que consiste em uma versão mais robusta do modelo esportivo da montadora inglesa.

No aspecto técnico, a nova versão deste veículo conta com um incrível motor V8 5.0 litros que alcança até 510 cavalos de potência e um torque de 63,3 kgfm que fica localizado atrás do eixo dianteiro, além disso, este motor possui um câmbio automático com seis marchas e consegue fazer uma velocidade de até 250 km/h.

No lado de dentro o novo Jaguar XKR esbanja beleza e conforto mas sem perder a tradição deste automóvel. Por isso, estão disponíveis no mesmo painel de instrumentos alto, comando giratório de câmbio, bancos cobertos com couro natural, tapetes de lã, sistema multimídia com tela touch screen, navegador GPS, porta-malas com capacidade para até 330 litros, airbags frontais e laterais, dentre outros.

Do lado de fora, o carro continua muito parecido com o primeiro modelo de 2006, sendo que as melhorias feitas ficam por conta de novidades como traços limpos e elegantes, leds para iluminação noturna na parte dianteira, capô longo, dentre outros.

Para aqueles que gostaram das melhorias e novidades do Jaguar XKR, a sua aquisição irá exigir uma certa reserva de recursos financeiros, já que este carro está sendo vendido na Europa por 100.000 euros e para os brasileiros está sendo comercializado ainda sob encomenda por um valor de R$ 640.000.

Por Ana Camila Neves Morais


Todos estavam aguardando que a Ford apresentasse o  New Fiesta estilizado no Salão do Automóvel de Paris, entretanto, a montadora se antecipou e apresentou o modelo na última quinta-feira-feira (5).

O hatch agora conta com significativas alterações, especialmente na parte externa. A parte dianteira da versão ST, por exemplo, está bem parecida com a frente do  novo Fusion, pois teve sua grade ampliada, capô redesenhado e aplicação de novos faróis de LED.

Na parte interna as mudanças não são tão visíveis, ainda assim, a Ford alterou o layout dos comandos e modificou alguns detalhes no console e painel. O revestimento dos bancos também foi estilizado, o tecido é diferenciado e o desenho mais esportivo.

O modelo será equipado ainda com tecnologia “Active City Stop”, capaz de monitorar o trânsito à frente do veículo e realizar frenagem emergencial automática, em casos de situação de risco. Além disso, o New Fiesta  virá com o sistema  “My Key”, que permite a configuração automática do limite de velocidade e controle do Kit Multimídia.

Ao que tudo indica, os detalhes sobre a motorização só serão confirmados no Salão de Paris, no entanto, circulam informações de que o New Fiesta será movido por motor 1.0 EcoBoost.

Por Larissa Mendes de Oliveira


Este mês, apresentando dois tipos de motor e 5 versões, chegará as concessionárias a versão R-Design do automóvel Volvo XC60. Uma das opções é o modelo T5, que apresenta propulsor 2.0 turbo 240 cv, transmissão do tipo Powershift com 6 velocidades e tração dianteira.

O carro tem um valor na faixa de 134.900 reais a 172.900 reais. A opção T6 vem com motorização 3.0 turbo 304 cv, transmissão Geartronic com 6 velocidades, tração integral e fica com valor entre 209.900 reais a 234.900 reais.

Além das versões e opções disponíveis para o veículo, o pacote R-Design ainda apresenta rodas Cratus 20” e para-choques com pintura integral.

Para combinar com as ponteiras do escapamento cromadas e os emblemas da versão, o veículo vem com detalhes de metal polido em retrovisores, espelhos e na grande frontal.

De acordo com informações da empresa, o R-Design foi desenvolvido para apreciadores de carros esportivos. A versão traz detalhes visuais marcantes, além de boa dirigibilidade.

Com todos estes elementos, o modelo torna-se exclusivo no mercado. Com o R-Design, a montadora pretende entrar com força máxima no segmento e competir com as marcas líderes.

Por Marcelo Araújo


Até o próximo final de semana, os moscovitas e turistas presentes na Rússia podem visitar uma das maiores feiras de autos do mundo – o Salão de Moscou. Entre os destaques deste ano, as marcas resolveram enfatizar os modelos superesportivos e a renovação de veículos já tradicionais no mercado de autos mundial.

Entre os modelos em exposição, um dos destaques é o Land Rover Freelander, que foi apresentado com inovações como lâmpadas LED, faróis de xenônio, detalhes cromados nos faróis para neblina e na grade dianteira. Fora o lado visual, internamente, o Land Rover Freelander ganhou novo desenho do console e tela de 5” em seu painel. Apesar disso, os motores não passaram por nenhuma alteração.

Outra marca que mostrou novidades fo a Mazda, que expôs a linha 2014 do Sedã 6, que brevemente passará por processo de renovação. As alterações serão as variantes esportiva e perua. Há também a chance de a empresa efetuar um processo de revitalização do Mazdaspeed 6, incluindo a tração integral.

Por outro lado, a Bentley apresentou um novo esportivo: o Continental GT Speed, carro rápido com motor W12 de seis litros e 625 cavalos de potência.

Por Marcelo Araújo


A STR – Street & Racing Technology , divisão de alta performance esportiva da Chrysler, tem a missão de utilizar a  tecnologia das corridas  nos  carros de rua. Apesar do grupo americano ter sido recentemente comprado pela montadora italiana Fiat, a marca não abandonou os apaixonados por carros velozes e picantes como o Jeep e o Dodge.

A nova aposta da divisão é o Jeep Grand Cherokee SRT8 , um verdadeiro  SUV com características off -road de tirar o fôlego. O lançamento se transforma em um misto de carro moderno e estiloso.  Além disso, apresenta um ronco autêntico e números que impressionam qualquer especialista da categoria.

O Jeep Grand Cherokee SRT8 conta com um potente motor  6.4 V8 que atinge 468 cavalos, priorizando o torque. O carro em questão acelera de  0 a 100 km/h em menos de 5 segundos, atingindo a velocidade máxima de 257 km/h.

O visual é incrível, afinal, possui um refinado acabamento interno, com volante de couro, detalhes em alumínio, além de um design agressivo e arrojado na parte exterior. O modelo deixa a desejar apenas em termos de  transmissão, pois apresenta um antigo câmbio W5A580 de cinco marchas, que não desempenha uma alta performance.  

Por Larissa Mendes de Oliveira


Viper GTS SRT Launch Edition.

Parte do grupo Chrysler, a divisão Street and Racing Techonology (SRT) vai preparar uma edição limitada do novo Viper 2013.

O nome do modelo será Viper GTS SRT Launch Edition. O carro esportivo chegará para fazer jus à tradição da Dodge com uma pintura azul metálica e faixas duplas que seguem todo o comprimento do veículo.

Essa característica apareceu pela primeira vez no Viper Coupé, em 1996. Outro destaque é as rodas de cinco raios forjadas em alumínio.

 Com relação ao propulsor, o Viper chegará com um motor 8.4 V10 de alumínio, com uma potência de 648 cavalos e 82,9 kgfm.

Viper GTS SRT Launch Edition.

Ainda não se sabe quantas unidades a Chrysler vai produzir. O interior do modelo irá trazer um acabamento em couro preto, para fazer contraste com os detalhes nas cores branco e prata.

O Viper GTS SRT Launch Edition sera apresentado neste final de semana, no Pebble Beach Concours d’Elegance, na Califórnia, nos Estados Unidos.

Viper GTS SRT Launch Edition.


A Audi tratou de anunciar uma novidade para quem tem um TT na garagem e quer deixar o seu carro mais esportivo.

Os proprietários do veículo das versões com mais de 213 cavalos poderão colocar no coupé todos os itens encontrados na linha esportiva S e outros equipamentos externos e novas características feitas de modo exclusivo para o TT.

Isso resultado em uma edição especial de com o nome de Audi TT Coupé S Line Competition com o valor de R$ 10.930 ou € 4,300. No interior, encontramos as tons escuros predominando nos bancos esportivos com estofados em couro preto e Alcântara perfurada.

Ainda na parte interna, chama a atenção as soleiras e o câmbio manual em shift. O volante do modelo é multifuncional em couro, ficando mais semelhante ao TT RS. No exterior, o carro ganhou para-choques e saídas de ar com novo design, logotipos da marca S line, difusor em preto brilhante e escapamento com uma base.

As rodas pretas de aro 19” e a suspensão esportiva, que reduz o chassis original em carce de 10 mm, são outros destaques do modelo.


As fabricantes de carro BMW e Toyota fizeram uma parceria nesta última sexta-feira (29) para poderem criar um esportivo. Em dezembro de 2011, as duas marcas já tinham feito um convênio para desenvolverem diversos projetos juntas.

Entre as ideias a serem colocadas em prática estão um veículo movido a célula de hidrogênio, motores elétricos, sistemas para deixar os veículos mais leves e agora o esportivo.

Basicamente, a troca de favores acontecerá da seguinte forma: a BMW fornecerá à Toyota os motores 1.6 e 2.0 a diesel somente a partir de 2014.

Enquanto isso, elas vão estudar uma maneira de criar baterias de íon-lítio, para poderem colocar nos carros elétricos.

Esta atitude de criar parcerias entre montadoras está sendo bastante utilizada. A Toyota já desenvolveu o esportivo 86 com a Subaru (também conhecido por Scion FR-S), possui parceria com a Ford para criar utilitários e tem convênio com a Yamaha para a montagem de bicicletas e motos elétricas.

Já a BMW está criando carros sustentáveis com a Peugeot Citroën. Outras fabricantes que estão agindo da mesma forma são a Fiat e a Mazda, que querem montar um conversível compacto, e a PSA e a General Motors, que vão desenvolver veículos em parceria.

Fonte: BMW e Toyota

Por Matheus Camargo


Para quem acha que o segmento dos carros esportivos é um nicho restrito e que envolve valores estratosféricos e é alimentado somente por fabricantes como Porsche, Ferrari, por exemplo, não deixam de ter certa razão. No entanto, sempre existe espaço para modelos novos que nem sempre são produzidos pelos "pesos pedados" do mundo fascinante dos esportivos.

Dessa vez quem se apresenta e vai operar no exigente mercado dos Estados Unidos é um modelo produzido na África do Sul pela empresa Hi Tech com projeto de design do estúdio Zagato e chama-se Perana Z-One. Trata-se de um esportivo clássico de linhas arrojadas, aerodinâmica equilibrada e visual jovialmente esportivo que remete a um tempo de luxo, festas, aventuras e muito glamour.

Além de bonito e clássico o Perana Z-One possui aquilo que é indispensável a todo esportivo que faça jus a raça: potência. Montado com um propulsor da GM V8 LS3 de 6,2 l que põe na mão do seu condutor 443 CV para movimentar a máquina. Completa o conjunto mecânico a transmissão manual de seis velocidades e tração na traseira. De acordo com a montadora seu arranque de 0 a 100 Km/h se dá abaixo dos quatro segundos.

Com previsão de envio anual de 99 unidades para o mercado, o Perana Z-One possui todas as qualidades para agradar aos exigentes consumidores daquele país e quem sabe um dia ele chegue ao Brasil. O preço do modelo não foi divulgado.

Por Manoel Câmara


O Porsche está lançando a sua versão do 911 GT3 RS em edição limitada, com apenas 600 modelos à venda. O carro de corrida ganha esta versão especial comercial com motor 4.0 e pode chegar a 500 cavalos de potência. Ele pode acelerar de 0 a 100 km/h em 3,9 segundos e chega até a 200 km/h. O câmbio é manual, com seis marchas.

O esportivo mantem o design dos carros de corrida, inclusive na baixa altura em relação ao solo, pesando 1.360 kg. Possui escapamento duplo central e laterais de ar na dianteira. O design esportivo vem marcado pela cor branca. No interior, é preto com detalhes no banco, no capô, nas portas e câmbio em vermelho.

O 911 GT3 RS será vendido na Europa, em julho.

Por Livia Hay


A Mercedes-Benz lançou uma nova versão para o esportivo SLS 63, modificado pela Kicherer, uma empresa alemã de tuning, que deixou o bólido ainda mais robusto e agressivo que o tradicional. Rebatizado de SLS 63 Supersport GT by Kicherer, o modelo está com um renovado motor V8 6.2 litros, que saltou de 564 cv para 630 cv de potência, que gera a velocidade máxima de 320 km/h e uma aceleração de 0 a 100 km/h em 3,5 segundos, além de 71,4 kgfm de torque.

Ainda na parte mecânica, outras novidades são o sistema de suspensão ajustável, que pode rebaixar o conjunto em até 30mm, rodas Kicherer RS-1, aro 20 na dianteira e 21 na traseira, sistema de escapamento em aço inox, asas nas saídas de ar laterais e aerofólio traseiro feitos em fibra de carbono. Internamente, o destaque vai para o uso da fibra de carbono em diversos acessórios, como nos pedais, volante, painel de instrumentos, painel das portas e no console central. O acabamento conta com revestimento de couro. Completando o belo visual do esportivo, disponível na cor preto fosco, há uma nova grade dianteira, no estilo “boca de tubarão”.

Veja as fotos no site World Car Fans.

Por André Gonçalves


Sonhar não custa nada. Esta máxima incorporada a nossa cultura popular pode representar bem o desejo da empresa eslovena Shayton que quer lançar um superesportivo capaz de competir com pesos pesados no nicho dos fantásticos carros superesportivos, como a Bugatti e a Pagani.

Para tanto os eslovenos já possuem até um projeto, apresentado recentemente, de um superesportivo que viria para abalar o mercado destas super máquinas. Batizado de Equilibrium, o modelo, pelo menos em seu visual, não fica nada atrás dos modelos das marcas consagradas. Estiloso, bonito e moderno, o Equilibrium parece saltar de uma pista de corridas futurista com sua frente elegantemente rebaixada, seus faróis estilizados em formato de seta, sua traseira equilibradamente bem desenhada e suas linhas aerodinâmicas.

De acordo com a Shayton este novo Cupê poderá produzir 1.084 Cv de potência com seu propulsor V12 e graças aos materiais leves a serem usados em sua construção, como fibra de titânio, carbono e alumínio, o modelo poderá chegar à extraordinária velocidade máxima de 400 Km/h. Com arranque de 0 a 100 Km/h em fantásticos 2,9 segundos e aos 200 Km/h em menos de 9 segundos.

A um custo estimado de 1 milhão de euros, o projeto encontra-se apenas no papel. Aguarda agora a captação de recursos pela empresa para a fabricação de um protótipo. Realmente sonhar não custa nada, às vezes realizar o sonho é que custa um pouco caro.

Foto: Zarini Andreas

Por Mauro Câmara

Fonte: G1


O futuro dos automóveis vai ser mesmo utilizando a energia elétrica como fonte de combustível. Isso já é praticamente certo e não tem volta. Mas um dos segmentos que mais resiste à mudança é o dos esportivos. Pelo menos por enquanto.

Para mudar o quadro, a Nissan vai apresentar um protótipo, batizado de Esflow, que utilizará basicamente o mesmo sistema de propulsão do Leaf, veículo elétrico da marca, que já é comercializado. A diferença é que o motor será muito mais potente, com aceleração de 0 a 100 km/h feita em 5 segundos, de acordo com o site Autoblog.

O abastecimento ficará a cargo de duas baterias de íon lítio, com autonomia para até 240 km, e que poderão ser recarregadas em uma tomada convencional ou através do sistema de freios que acumula energia cinética.

Com um visual futurista e muita tecnologia, o conceito deve virar realidade em pouco tempo.

Confira o vídeo do carro conceito:

Por André Gonçalves


Os modelos Dodge, mesmo os esportivos, sempre foram marcados por proporções desenvolvidas e o peso das linhas, transmitindo uma ideia de força, potência e uma agressividade robusta nos esportivos. Mas a montadora parece querer mudar um pouco este estilo, pelo menos na concepção do seu novo esportivo o Dodge Viper, conforme informações de Ralph Gilles, designer chefe da fabricante, que informou que o novo modelo será inspirado em uma mulher na praia, nua.

Sem informar quem será a musa inspiradora, o designer com certeza ao usar tão agradável e romântica imagem, quer dizer que o novo esportivo deverá ter um pouco mais de delicadeza em suas formas, feminilidade em suas linhas sendo ao mesmo tempo potente esportivo e sedutor.

A volta do modelo Dodge Viper deverá ocorrer somente em 2013 e até lá a equipe de design da Chrysler terá tempo suficiente para conceber um modelo que, partindo da imagem citada, com certeza irá aliar a tradição da marca em carros potentes e robustos com um visual mais romântico, atraente e apaixonante.

Por Mauro Câmara

Fonte: Carros IG


Da parceria do ex-projetista da General Motors, Fharys Rossin e de Natalino Bertin Junior, do grupo Bertin, nasceu o primeiro carro superesportivo nacional, o Vorax que será apresentado no Salão do Automóvel de São Paulo, conforme matéria do site Revista Auto Esporte.

A nova marca brasileira Rossin-Bertin produzirá este supercarro em duas versões: a Cupê e a versão conversível e terá motor BMW V10 de potentes 570 cavalos, terá câmbio sequencial de sete marchas e tração na traseira. Sua carroceria será de fibra de carbono e de alumínio, a estrutura, conjunto que gera o peso razoável de 1.300 Kg. O bólido nacional acelera de 0 a 100 Km/h em somente 3,8 segundos e pode atingir a velocidade máxima de 330 Km/h.

E o Vorax alia a sua tecnologia de fabricação e suas especificações técnicas a um design inovador, robusto, agressivo e sedutor. Como se houvesse saído de um filme de super herói o carro tem um desenho misterioso e reside aí justamente, além de sua motorização e potência, o seu grande charme, além é claro do fato de ser um inédito superesportivo brasileiro que em termos de visual não deve nada aos melhores modelos mundiais. O preço sugerido desta máquina atraente é de R$ 700 mil.

Por Mauro Câmara


Um Cupê esportivo de linhas arrojadas, agressivamente esportivo e imponente, de aparência robusta sem perder a modernidade do design e que ainda alia desempenho e economia. É isso que a fabricante automotiva francesa Exagon Motors promete com o seu futuro lançamento, que deverá começar a ser produzido em 2012: o Furtive e-GT.

Será um modelo que vai combinar desempenho esportivo, urbanidade e economia com um conjunto híbrido que vai aliar dois motores elétricos que podem gerar 340CV de potência mais um motor a gasolina que reabastece os armazenadores de energia. Com autonomia de até 400 Km andando somente com as cargas das baterias, quando após este limite o motor a gasolina entra em funcionamento fornecendo mais autonomia adicional também na casa dos 400 Km. Com tanta força embaixo do capô o Furtive e-GT têm sua partida de 0 a 100 km/h na casa dos 3,5 segundos, de acordo com informações da Exagon Motors. No total o modelo poderá percorrer até 800 Km com um tanque de combustível.

Quando estiver à venda em 2012 com certeza representará uma opção em termos de carro híbrido bastante interessante, tanto do ponto de vista da esportividade e desempenho quanto do ponto de vista econômico.

Por Mauro Câmara

Fonte: Carro Online


Enriquecendo ainda mais o portfólio de suas jóias supervelozes a fabricante inglesa de carros esportivos de luxo, Aston Martin, está lançando uma nova série do seu sedutor modelo Vantage, o Vantage Roadster N-420.

É um conversível sedutor de linhas elegantes, porte imponente e estilo clássico que mantém a mesma motorização do Vantage Cupê N-420, conforme matéria do site Carro Online. Toda sua elegância é movida por um propulsor 4.7 V8 que produz 420CV de potência e teve seu peso total reduzido em função da fabricação de diversos de seus componentes em fibra de carbono. Sua velocidade máxima pode chegar a 290 Km/h com aceleração de 0 a 100 Km/h se dando em 4,5 segundos. Já o Vantage Roadster convencional acelera em 4,7 segundos.

A fabricante ainda não divulgou o preço desta jóia e nem se ela chegará ao Brasil. Mas pelo desempenho da única loja autorizada da marca no país, que fica em São Paulo, e que logo no primeiro mês de funcionamento teve resultados excelentes, se esta nova versão vier para terras nacionais com certeza deverá encontrar um bom mercado.

Por Mauro Câmara


O novo esportivo Elite da Lotus será apresentado no Salão do Automóvel de Paris e de São Paulo, com um design moderno, o carro não possui bateria e possui detalhes em fibra de carbono o que faz com que o veículo tenha um peso menor que os modelos  convencionais, possui um motor V8 e vai de 0 a 100km em 3,5 segundos.

As rodas possuem desenhos modernos e discos de grandes diâmetros e ventilados para segurar tanta potência que possui o esportivo, tem capacidade para quatro passageiros e teto em vidro que proporciona uma imensa sensação de liberdade para quem esta em seu interior.

Mas quem quiser desfrutar de todo esse conforto, potência e modernidade terá que desembolsar uma quantia razoável, o equivalente a R$ 307,00mil sem impostos e importação e esperar um pouquinho, é que a previsão de lançamento do Elite esta prevista para 2014

Por Ana Recuero


Quando você pensa em automóvel russo, qual é o primeiro nome que vem na sua cabeça? Não vou tentar nem adivinhar, pois tenho certeza que a maioria das pessoas deve pensar exatamente a mesma coisa. No entanto, há uma marca russa que poucos conhecem: a Marussia Motors.

Mas ela existe e quer entrar no competitivo mercado de superesportivos. E dois modelos já estão em produção: o B1 e o B2. O design não é muito original, apesar de belo. Ao olhar para eles temos a impressão de que já os vimos em algum lugar.

Equipados com motor Cosworth V6 e 3.5 litros, ambos os Marussia podem ter potência de 300, 360, ou 420 cv dependendo da opção. E eles prometem velocidade. Pesando pouco mais de um tonelada, Tanto o B1 como o B2 são capazes de ir de 0 à 100 em 3,2 segundos.

Por Maximiliano da Rosa


Um utilitário esportivo de desenho elegante, imponente com o DNA da Land Rover e com uma série especial a ser vendida no mercado brasileiro é o que os apaixonados por veículos deste tipo têm a disposição a partir de hoje.

A Land Rover informou, de acordo com matéria do site Carro Online, que já estão à venda as 150 unidades de uma edição especial e limitada do Freelander 2, denominada Sport, que traz especialmente modificações na estética do modelo. O propulsor continua o mesmo 3.2 de 6 cilindros a gasolina que gera 233CV, o que mantém a força e a potência deste modelo. A velocidade máxima vai até 200 Km/h e a aceleração de 0 a 100 Km/h é feita em 8,9 segundos.

As mudanças que criaram a versão Sport estão basicamente nas rodas de liga leve de aro 19”  e desenho exclusivo e spoiler esportivo na traseira. O interior também foi modificado, nesta edição especial os bancos virão em duas cores e com a palavra Sport escrita nos encostos.

O preço desta versão do modelo Freelander será de R$ 129.000 e garante um carro esteticamente mais interessante e trabalhado, de bom conjunto mecânico e potência e com o charme de ser um utilitário esportivo Land Rover.

Foto: Ethnu

Por Mauro Câmara


Em um mundo glamoroso, aventureiro e muito, muito caro está sendo travada uma batalha para se obter o recorde de carro em produção mais rápido do mundo e este é um mundo de alta competição cujos carros, de altíssimo valor, mexem com a imaginação e os sonos daqueles que são apaixonados por carros esportivos.

As linhas são arrojadas, os desenhos feitos para cortar o ar na maior velocidade possível retirando o máximo de rendimento da aerodinâmica quase espacial, que por outro lado trás a beleza sedutora a estes modelos que parecem saídos de filmes de agentes secretos ou se super-heróis sofisticados.

E a principal batalha dessa guerra de bólidos é a que está sendo travada pela americana Shelby Supercars, nome absolutamente apropriado, e a Bugatti. O recorde anterior, obtido em 2007, pertencia a Shelby com seu modelo SSC Ultimate Aero que em um teste realizado nos Estados Unidos chegou à velocidade de 412,29 Km/h, mas o Bugatti Veyron Super Sport tomou este recorde quando alcançou a inebriante velocidade de 431 Km/h de velocidade média.

Mas o contra ataque já está em andamento. A Shelby anunciou para Setembro o lançamento de um novo modelo que segundo a fabricante irá superar o Veyron. Com design do mesmo criador da Ferrari 599, serão produzidas somente 12 unidades deste novo esportivo e o preço da jóia hiperveloz deve ser em reais o equivalente a R$ 1,575 milhão.

Mas a guerra não acaba aí, outra empresa americana quer entrar nesta briga: a TranStar Racing vai lançar o Dagger GT e ele deverá ter um motor V8 572 Twin Turbo de 9.4 Litros que poderá render 2.000CV. O carro ainda será produzido, mas simulações de desempenho indicaram números impressionantes: 0 a 100 Km/h em piscar de olhos, 1.5 segundos, velocidade máxima poderá chegar a 480 Km/h. Com certeza quando Dagger GT ligar os motores ele será o mais veloz dos carros esportivos.

Por Mauro Câmara

Fonte: Motor Dream


A montadora Toyota informou nesta semana que lançará o esportivo FT-86 no ano que vem. A informação foi divulgada devido à especulação do mercado, que previa o lançamento do novo utilitário somente para 2013.

De acordo com a Toyota, o utilitário está sendo desenvolvido em conjunto com a Subaru e estará disponível no mercado para venda em massa no mês de novembro de 2011. O esportivo terá motor 2.0 litros Subaru, tração traseira e aparência digna de um esportivo de classe nas linhas tradicionas dos modelos Toyota.

Resta aos fãs da marca japonesa aguardar o tão esperado lançamento do FT- 86 no ano que vem.

Por Luana Neves


Um esportivo potente construído com requinte, elegância e com uma grife legendária e o que é bastante interessante, com uma edição limitada a apenas quinhentas unidades é isso que o Dodge Challenge Mopar 10, novo lançamento da Chrysler irá oferecer aos apaixonados por carros e principalmente para os adeptos da marca e do modelo.

Esta nova versão do Dodge Challenge tem desenho arrojado, linhas limpas e é atraentemente requintado mantendo a aura de encanto de um modelo sedutor. Oferecido exclusivamente na cor preta com elegantes faixas em azul, vermelho ou prata, tem seu conjunto completado por rodas pretas de 20 polegadas em alumínio forjado, grade cromada e entradas de ar no capô. No interior a elegância continua em um fino acabamento nos bancos esportivos de couro e no volante.

Mas este modelo além do visual sedutor também faz da potência uma característica marcante. Esta versão será equipada com motor 5.7 V8 que rende 425CV de potência. Força que sustenta a sua esportividade agressiva. O modelo com a opção de transmissão automática de cinco velocidades estará à venda por US$ 38 mil (cerca de R$ 66.900). A outra opção oferecida de câmbio manual de seis marchas custará US$ 39 mil (R$ 38.700).

Fotos: Divulgação

Por Mauro Câmara





CONTINUE NAVEGANDO: