Com uma parceria de considerada de sucesso, as marcas General Motors e PSA agora elaboram o desenvolvimento conjunto de uma nova geração de monovolumes Meriva, da Opel, e C3 Picasso, da Citroën

Para 2016, a General Motors e a PSA Peugeot-Citroen já planejam mais novidades dentro da sua parceria, oficializada no ano passado. Os lançamentos são os modelos da Meriva e do C3, que serão produzidos juntos. As duas empresas confirmaram essas informações no início da semana e parece que elas já começaram a desenvolver as novas versões dos monovolumes.

Sabe-se que os modelos serão montados sobre a mesma plataforma e terão produção concentrada na fábrica da GM, na cidade de Zaragoza, na Espanha. Mas, a companhia já informou que cada carro terá sua particularidade e, não por serem produzidos juntos, terão características de ambas as marcas. Muito pelo contrário, cada modelo será diferenciado e coerente à marca que assina a criação.

As justificativas foram dadas depois da divulgação da parte que cada empresa ficou responsável. Como um revezamento, a equipe Opel, instalada na cidade de Russelsheim, na Alemanha, ficará responsável por parte do projeto de engenharia. Já a PSA, fornecerá os motores para ambos. A decisão foi tomada no ato do acordo entre as fabricantes. Agora, só resta esperar para ver como serão o “rostinho” dos novos modelos.

Por Jaime Pargan

aaa

São grandes as chances de que as primeiras unidades do C3 Picasso, da Citroën, comecem a ser vendidas em maio, nas concessionárias brasileiras. A minivan está sendo fabricada na planta da montadora localizada em Porto Real, no Rio de Janeiro, desde o mês de fevereiro. As especulações sobre a data de início das vendas ganharam força após o registro de 29 exemplares do carro na Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave). A Citroën, por sua vez, não confirma nada ainda.

O C3 Picasso montado no Brasil tem algumas diferenças em relação ao modelo europeu (que tem plataforma nova e várias opções de motorização). Por aqui, a nova minivan será uma versão mais urbana do Aircross, lançado em 2010. Dessa forma, o carro não vai contar com os diversos itens aventureiros, como pneus de uso misto, estepe na traseira e estribos laterais, por exemplo.

O motor escalado para a novidade é o já conhecido 1.6 Flex, que equipa outros modelos do Grupo PSA (Peugeot e Citroën). Ele entrega ao motorista 113 cv de potência e um torque máximo de 15,8 kgfm. Na transmissão, são esperadas duas opções, a manual, de 5 velocidades e a caixa automática, de quatro marchas.

Por André Gonçalves

aaa

O Grupo PSA Peugeot Citroën está completando 10 anos da inauguração de sua fábrica em Porto Real, no Rio de Janeiro. E em um comunicado oficial divulgado pela empresa, foi confirmada a notícia de que “um novo modelo acaba de entrar em produção”. Especulações dão conta de que este novo modelo seria o C3 Picasso, uma versão menos aventureira para a minivan Aircross, lançada em 2010, e que já roda pelo mercado europeu.

Acredita-se que o C3 Picasso terá como base a plataforma do C3 hatch. O modelo que aparece na foto tem algumas diferenças visuais com relação ao Aircross (ausência de barra no teto e design menos agressivo), mas a parte mecânica deverá ser bem parecida em ambos, ou seja, motor flex 1.6 litros 16V, que alcança 113 cv de potência acoplado a uma transmissão manual de cinco velocidades.

A montadora ainda não confirmou oficialmente nenhuma informação sobre o modelo.

Por André Gonçalves

aaa



CONTINUE NAVEGANDO: