Aos amantes de veículos sofisticados e que podem atingir uma grande velocidade, foi divulgada a notícia da produção de um novo modelo da Bentley. O veículo promete mexer com o desejo latente dos clientes potenciais e daqueles que poderão se tornar grandes consumidores.

A notícia foi publicada na última quarta-feira (dia 20 de junho) e o automóvel trata-se de uma versão Speed do Continental GT. Com isso, o próprio nome já diz tudo: maior velocidade e rapidez.

Neste contexto, a Bentley apresenta o seu Continental GT Speed como sendo o carro mais rápido de todos os tempos da marca. Externamente, o Speed diferencia-se apenas em poucas características com relação ao Continental GT tradicional, já internamente o novo modelo apresenta o incrível motor W12 de 6.0 litros, capaz de gerar até 625 cv de potência, fazendo com que o automóvel alcance velocidade máxima de 329 km/h.

De acordo com as informações divulgadas, o Continental GT Speed é capaz de atingir de 0 a 100 km/h em apenas 4,2 segundos, honrando a nomeação de ser o carro mais veloz de todos os tempos da Bentley.

A mudança principal para que a força do motor seja totalmente aproveitada consiste na nova transmissão automática de 8 marchas do coupé.

O novo veículo deve ser lançado no festival de velocidade de Goodwood, ainda no final deste mês de junho.

Por Anne A. Matioli Dias


O luxuoso esportivo Continental GT, da Bentley, ganhou recentemente uma nova versão, que conta com o pacote batizado de Mulliner, em homenagem à empresa que forneceu as primeiras carrocerias para a montadora inglesa, trazendo uma série de itens exclusivos para o cupê. A novidade tem previsão de chegar ao Brasil no mês de setembro, custando em torno de R$ 1 milhão.

O Continental GT Mulliner tem como diferencial os novos para-choques e spoilers dianteiros, fabricados em fibra de carbono preto de alto brilho, material também utilizado no difusor traseiro (localizado próximo à dupla saída de escapamento), na capa de proteção dos retrovisores externos, na grade frontal e na parte lateral do cupê. A versão acrescenta ainda as rodas de liga leve de 21 polegadas, com design diferenciado e detalhes na cor preta, chamadas de “Elegant”, e saídas de ar para os para-lamas.

Internamente, outros detalhes em fibra de carbono também estão presentes, juntamente com o acabamento em couro e uma recheada lista de acessórios, como já é de praxe nos carros da Bentley.

Com relação à mecânica, o motor W12 da versão “convencional”, acoplado à transmissão automática de 6 velocidades, foi mantido sem nenhuma alteração. O bloco, que conta com tração integral, rende 575 cv de potência e 71 kgfm de torque, o suficiente para levar o veículo a uma velocidade máxima de 318 km/h, de acordo com os dados da fabricante.

Por André Gonçalves





CONTINUE NAVEGANDO: