Simulador de Carro deverá ser usado pelas Autoescolas de SP


Utilização obrigatória do equipamento deverá ocorrer a partir do dia 14 de dezembro.

O Contran (Conselho Nacional de Trânsito) vem fazendo um estudo sobre o uso de simuladores de direção veicular nos centros de formações de condutores desde 2011 e a intenção era tornar o uso do equipamento obrigatório até 2014 em todo o país, porém, devido a uma série de problemas, foi adiado para o final deste ano.

Porém, o Detran de São Paulo resolveu adiantar-se e já definiu todas as regras que tornam o uso do simulador obrigatório em todas as autoescolas do estado e a partir do dia 14 de dezembro os CFC já deverão disponibilizar esta opção aos alunos que desejarem obter a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) na categoria B, que é para carro de passeio.

Será obrigatório que o candidato faça no mínimo 5 horas o simulador de direção, sendo que uma hora deverá ser exclusivamente simulando a condução do veículo à noite.

O Detran-SP publicou uma portaria na última sexta-feira (06) determinando que as aulas no simulador passam a ser obrigatórias a partir do dia 14 do próximo mês. Outra determinação desta portaria é que as aulas no equipamento sejam realizadas após o término do curso teórico, porém, antes de realizar o exame teórico.

O aluno tem a opção de fazer até 8 horas de aula no simulador, sendo que metade deste período deve ser no período do dia e a outra metade simulando a noite.

Aqueles que já possuem carteira de motorista na categoria A (moto) e estiverem interessados em adquirirem a categoria B (carro) terão que fazer 7 horas de aula de um total de 20 no simulador, sendo 3 horas de simulação noturna.

Atualmente em São Paulo são mais de mil simuladores de direção cadastrados (de acordo com o próprio Detran-SP) e mais de 300 mil aulas já foram realizadas, pois desde julho do ano passado o uso do equipamento vinha sendo oferecido como opcional.

Apesar de estar adiantado, São Paulo não é o primeiro a tornar o uso do simulador obrigatório, pois o Detran do Rio Grande do Sul já vem utilizando o aparelho de forma obrigatória há algum tempo.

Por Russel


CNH – Fazer baliza ainda atrapalha os novos condutores a tirar carteira de motorista


Conseguir a CNH – Carteira Nacional de Habilitação – é um desafio para a grande maioria dos brasileiros e a maior dificuldade está na realização da baliza, que é quando a grande maioria dos candidatos é reprovada. Os motivos que mais atrapalham na hora da baliza são o nervosismo e também a falta de preparo. Relatórios divulgados pelos DETRANS estaduais indicam um número muito alto no número de reprovados e boa parte destas reprovações acontecem na hora do exame prático.

Só no estado do Rio Grande do Sul, mais de 60% dos candidatos foram reprovados ao tentarem a CNH categoria B que é para dirigir veículos de passeios, no ano passado, o que gera uma preocupação que mostra o quanto os candidatos estão sendo mal preparados pelas auto-escolas. Outros estados também apresentam índices altíssimos em reprovação, como no Amazonas que mais de 70% dos candidatos foram reprovados!

Os CFCs – Centro de Formação de Condutores – admite que a grande dificuldade para os candidatos à CNH está na baliza, a manobra que é feita para estacionar o veículo entre 2 outros automóveis e é preciso deixar o carro bem próximo ao meio-fio. Nesta hora os movimentos do candidato precisam ser precisos, exatos, do contrário ele irá errar, como tem acontecido.

Alguns alunos precisam repetir o teste por 4, 5 ou até mais vezes, para conseguir acertar a baliza! E parece que o problema é generalizado, pois dificilmente encontra-se um candidato que não demonstra nervosismo nesta hora.

O nervosismo atrapalha muito nesta hora, assim como a ansiedade e o simples fato de ficar vendo outros candidatos tentarem fazer a baliza, não conseguirem e serem reprovados. Isto causa uma insegurança enorme e o candidato já entra no veículo com grandes chances de errar, por estar muito tenso.

A solução para o problema, sem dúvida alguma, é treinar mais, para que o candidato realmente domine o veículo e faça a balize sem dificuldades, porém, para conseguir se aperfeiçoar na baliza, é preciso muito treino, o que aumentaria ainda mais os gastos para obter a CNH.

Por Russel