Audi R8 GT e R8 GT Spyder – Venda no Brasil


A Audi anunciou que irá comercializar o novo R8 GT no Brasil. O novo veículo tem chegada prevista para o final de 2011.

O bólido, que custará cerca de R$ 1 milhão, já tem 3 unidades encomendadas. Ele vem equipado com um envenenado motor V10, de 5.2 litros, que passou por algumas alterações para chegar ao desenvolvimento de 560 cv de potência e 55 kgfm de torque, desempenho suficiente para levar o R8 GT a até 320 km/h de velocidade máxima. O câmbio é o R-Tronic, de seis velocidades.

O superesportivo tem um belo visual, com destaque para as grandes entradas de ar (dianteiras e laterais) e o aerofólio traseiro.

Para diminuir o peso do veículo em cerca de 100 kg, algumas de suas partes foram construídas em fibra de carbono.

Além do R8 GT, a montadora alemã também confirmou a chegada da versão conversível do superesportivo ao mercado nacional para o início de 2012. Conhecida como R8 GT Spyder, ela custará R$ 1,1 milhão. A motorização é a mesma do cupê, porém com uma velocidade final um pouco menor, de 317 km/h. O Spyder, cuja produção foi limitada a 333 unidades, tem uma capota que gasta 19 segundos para ser aberta.

Por André Gonçalves


Audi R8 GT Spyder – Versão mais potente


A Audi informou que vai lançar a nova versão do R8 GT Spyder, sendo que o motor vai ficar ainda mais potente, em relação a versão anterior.

O conversível vai contar com tração nas 4 rodas (Quattro); câmbio manual sequencial R-tronic; rodas de liga-leve de 19 polegadas; sistema ESP, que possibilita controle de estabilidade do veículo, quando em alta velocidade e design do banco em formato de concha, conferindo um visual diferenciado.

O motor V10 é de 5.2 litros com 55 kgfm de torque a 6.500 rpm e desenvolve 560 cavalos de potência, permitindo atingir de 0 a 100 km/h em 3,8 segundos. O carro pode chegar a 317 km/h, que é a sua velocidade máxima.

A montadora alemã vai produzir apenas 333 unidades do Spyder e cada uma vai custar 207,8 mil euros (cerca de R$ 475.633,00). Quem quiser já pode encomendar o seu esse ano, mas só vai poder usufruir do veículo em 2012, pois é quando a Audi começa a realizar as entregas aos proprietários.

Por Andrea Gomes