Honda Pilot – Novo SUV tem Registro no INPI


Modelo pode ser lançado no Brasil e irá concorrer com o Toyota SW4.

O Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) é uma autarquia do governo brasileiro que foi criada há 49 anos (no longínquo ano de 1970). Sua função é executar normas referentes a propriedades na área da indústria. Recentemente a Honda registrou propriedade de seu SUV “Pilot” no INPI. Trata-se “apenas” do maior SUV da montadora japonesa.

Um pouco sobre o Honda Pilot

Inicialmente direcionado para o mercado norte-americano (Estados Unidos e Canadá), o Pilot é considerado o maior SUV da Honda, disponibilizando três fileiras de assentos. Produzido inicialmente na província canadense de Ontario até 2007, o Pilot é hoje produzido no estado americano do Alabama, que fica no sul do país. A primeira geração do Pilot foi lançada há 17 anos (em 2002), já como modelo 2003. Foi esse carro top de linha que acaba de ser registrado no Brasil pela Honda.

Possíveis concorrentes no Brasil

Por ser considerado o maior SUV da Honda e ter a capacidade de levar até 8 passageiros, o Pilot seria concorrente direto do Toyota SW4, do Mitsubishi Pajero e do Chevrolet Trailblazer.

Motor

Com um volume de 3.5 L V6, o motor do Pilot é capaz de entregar até 280 cavalos (208 kW) de potência quando está a 6.200 rotações por minuto. Também entrega um torque de 36,2 kgfm a 4.700 rotações por minuto. Nos Estados Unidos ele é oferecido em versões com câmbio automático, oferecendo as opções de seis ou nove marchas, e também as opções com tração nas quatro rodas ou sem.

Preços

Já que o carro ainda não foi anunciado no Brasil, ainda não temos uma noção real do preço que ele vai custar entre o Caburaí e o Chuí. Nos Estados Unidos os preços variam de acordo com a versão do carro. Podem-se encontrar preços desde US$ 33.600 (R$ 133.000) até US$ 52.845 (R$ 209.300), já incluindo os impostos estaduais que giram em torno de 6,5% sobre o valor dos carros. Calcula-se que o SUV chegaria ao Brasil por volta de US$ 63.200 (R$ 250.000) ou até um pouco acima disso, vindo em uma versão completa.

Cheio de equipamentos e rico em detalhes

Falando em versão mais completa, vamos falar um pouco sobre a versão Touring do Pilot. Essa nomenclatura já é usada por aqui para designar a versão mais completa de alguns modelos da Honda, como o CR-V, o Civic e o Accord. Como já é de se imaginar, a versão mais completa do Pilot é cheia de equipamentos e rica em detalhes.

Dentre as tecnologias do Pilot mais completo podemos destacar a tecnologia LED nos faróis, assistente de arranque em aclives, central multimídia que é compatível com celulares Android e iOS, monitoramento do ponto cego do motorista, bancos dianteiros que esquentam, quinhentos e noventa watts e dez alto-falantes no sistema de som, três zonas de ar-condicionado e, para fechar com chave de ouro, acabamento interno em couro!

Vai lançar?

De acordo com a montadora japonesa, o simples registro do modelo no Brasil não significa que veremos Pilots nas ruas das cidades brasileiras em 2020. Segundo a Honda, esse processo é padronizado e as montadoras fazem o registro do nome do veículo para proteger sua propriedade intelectual. Isso pode ser verdade, mas os fãs e entusiastas dos SUVs da Honda não vão aceitar essa resposta facilmente. Muita gente já especula quando será o lançamento, qual será o preço, qual cidade será a primeira a ter um Pilot nas ruas, etc. Vamos aguardar o lançamento (ou não) do maior SUV da Honda nas terra do Samba.

Por Bruno Rafael da Silva


Triumph Rocket 3 2019 – Novidades e Lançamento da Nova Moto


Modelo terá mais torque que o Polo TSI.

A indústria automobilística está sempre se renovando. No segmento de motocicletas a competição se dá nas estradas e na esteira de produção. O novo modelo da Triumph, a Rocket 3, está estreando munida de mais potência de torque que um modelo tipo Polo TSI.

Começando pelo exterior. O design da nova Rocket 3 foi mantido em sua carcaça clássica, totalmente inconfundível com seu farol duplo em luzes LED, ao passo que a estrutura de seu motor, em três cilindros, está suplementada pela presença de duas rodas produzidas em alumínio forjado, complementadas por um tipo de acabamento em Cardã e munida de um guidão cujos cabos estão ocultos, mantendo sua parte dianteira com imagem mais simples e harmônica.

Destaque foi dado para a matéria prima utilizada na sua produção: seu novo tanque, agora, é inteiramente trabalhado em alumínio. Mas, não apenas a estrutura do tanque, incluindo, também, a produção, no mesmo tipo de material, da tampa da caixa de ar; da tampa do óleo; das aletas do cárter e a própria produção da tampa de cabeçote, abrangendo essa linha de produção em alumínio os protetores de calcanhar de pés de passageiros.

Outras especificações abrangem:

O banco, nessa edição, está munido de mais acabamentos embelezadores, contendo detalhes super exclusivos. Detalhe assombroso: um banco único pode tornar-se um duplo banco em questão de segundos. Nova tecnologia invadindo o design dos automóveis. São duas versões já disponíveis, as quais estão equipadas e produzidas em edição menos pesada que os lançamentos anteriores, sendo 291 kg a seco, ou em torno de 40 kg a menos no peso oficial.

Entretanto, está aparelhada do maior motor já produzido em massa dentro do mercado de motos, ou seja, o maior motor fabricado no segmento está movendo a new Rocket 3.

Desta feita, o seu aparato mecânico operante em modo tricilíndrico, numa linha longitudinal e refrigerado à água em 2.458 CC, entrega desempenho de até 165 CV a 6.000 RPM, atingindo um grau de torque em até 22,5 KGFM para 4.000 RPM. Ou seja, o desempenho dessa moto supera quase todas as outras grandes marcas.

Está munida de uma transmissão por meio do eixo Cardã, que utiliza um câmbio em seis marchas, suplementado de dispositivo Quickshift, que constitui uma alternativa, sem mencionar maiores detalhes da embreagem tipo hidráulica e assistida.

Está equipado de um típico cano de escape de 3 por 1, permitindo maior eficiência da vazão de seu motor 2.5. Detalhe que dá mais elegância e equilíbrio é que os dois canos de escape estão instalados no lado esquerdo da moto.

De sua anterior estrutura, produzida em aço, os engenheiros fizeram evoluir para a mesma estrutura, só que em alumínio, sendo neste caso, o próprio motor um importante componente da mesma condição estrutural.

Outra especificação super exclusiva é a presença do chamado braço único, munido de um novo amortecedor, tipo deslocado, cuja função está na integração junto da transmissão, e poderá contar com o chamado Mono Amortecedor produzido pela Showa, que possui reservatório externo, específico, para os necessários ajustes em um curso de até 120 mm.

Está munida de um eficiente conjunto que compõe o novo sistema de freios, inteiramente estruturado por dupla de discos, sendo de 320 mm, instalados em roda de 17 polegadas, na dianteira, e discos de 300 mm instalados na roda de 16 polegadas, na parte traseira. Ela roda com pneus da marca Avon Cobra Chrome, produzidos de modo exclusivo para este modelo.

A new Triumph Rocket 3 será lançada nesse segundo semestre de 2019, porém, ainda não há informações sobre o seu valor de mercado, sendo que a estreia está marcada para 19 de novembro. A companhia Triumph Motocicletas consiste em uma grande fabricante britânica no segmento de motocicletas.

Paulo Henrique dos Santos


Toyota Prius 2019 – Novidades e Preço


Novo carro da Toyota traz mudanças na parte externa e tem ótimo motor.

Já estão abertos os pedidos do novo modelo da Toyota, que é o Prius 2019. Esse carro traz logo de cara uma mistura de modernidade com sofisticação. Essa mudança foi provocada para agradar aos usuários da marca, que já pediam e esperavam por uma diferença da parte externa. Ao analisar esse carro com pouco mais de calma, já dá para perceber que ele é grande, espaçoso e chamativo. Além da mudança externa, o Toyota Prius 2019 fez mudanças positivas em outras partes do carro também. Veja mais abaixo quais são essas mudanças e outras informações também.

Conhecendo as opções de cores do novo modelo da Toyota

O novo carro da Toyota não traz só mudanças externas e em outros detalhes. Ele também tem lindas cores que são: Preto Atitude, prata Galáctico, cinza granito, branco Polar e branco perolizado. E agora possui mais duas opções novas que são o azul Lazuli e vermelho Rúbio. Com tantas opções fica difícil de escolher. E todas as cores são lindas e trazem mais modernidade a esse carro.

Carro com central multimídia perfeita

O Toyota Prius 2019 também tem uma incrível central multimídia. Ela é muito importante pois envolve modernidade e entretenimento para todos os ocupantes do carro. Esse é um detalhe bem chamativo desse novo lançamento e promete animar mais ainda os consumidores de carro que estão de olho nesse modelo. A central multimídia do Toyota Prius 2019 possui: Painel com TV digital, MP3 Player, câmera de ré com visualizações na tela, conexão Bluetooth, conexão USB e auxiliar compatíveis com os sistemas IOS e Android e sistema de GPS, tela de 7 polegadas e algumas funções como: Flickr ,Pinch Close e Pinch Out.

Toyota Prius 2019 possui ótimo motor

O novo modelo da Toyota possui sistema híbrido e conta com um motor potente de 1.8 VVT-i de ciclo Atkinson. Ele é um motor elétrico que facilita muito a direção do condutor, pois traz segurança e isso reflete positivamente no dia a dia na pista. Com esse motor é possível fazer a aceleração máxima de 122 cv, que é muito alto e atrativo. Principalmente para os motoristas mais aventureiros. O carro possui duas opções de motores, já falei do elétrico um pouco acima, mas tem a opção do motor a gasolina também. E por isso esse carro é considerado versátil.

Modelo com porta-malas mais espaçoso

Outro detalhe desse carro é que ele possui porta-malas bem espaçoso. Ele conta com 442 litros, que é espaço de sobra para carregar diferentes tipos de objetos sem problema algum.

Toyota Prius 2019 com novos detalhes externos

Muitas pessoas amaram a mudança externa desse carro. Agora ele conta com detalhes chamativos que podem ser vistos nas lanternas e novos faróis. Ele também recebeu linhas bem suaves que deixam ele mais moderno.

Falando sobre alguns detalhes internos

A parte interna do novo Toyota conta com muito conforto, pois agora os bancos desse carro oferecem 8 opções de ajustes elétricos, que facilitam na escolha da melhor posição e essa escolha é bem fácil de fazer. Os bancos desse carro oferecem também outros detalhes como: Mudar a distância do banco, mudança na altura e na lombar e fazer a reclinação do encosto.

Carro com função de conectividade moderna

O novo modelo da Toyota traz muita modernidade em forma de conectividade para todos os ocupantes desse carro. Essa conectividade conta com a tecnologia Miracast integrada de espelhamento WI-FI, que mostra o conteúdo mostrado pelo celular. E ainda tem incluso alguns sistemas como Youtube, Google Maps, Waze e outros.

Valor inicial desse modelo

O Toyota Prius 2019 está sendo vendido com valor inicial de R$ 128.530. Esse é um valor muito justo, pois esse carro é muito moderno e tem outros pontos positivos como: Ótima motorização, beleza, conforto, espaço e conectividade.

Essas são as informações do Toyota Prius 2019!

Escrito por Cristiane Amaral


Recall Amarok – Problema nos Bancos Dianteiros


Problema atinge modelos fabricados entre 2016 e 2018.

A Volkswagen é uma das montadoras de veículos mais famosas de todo o mundo. A empresa alemã começou a sua história no ano de 1930, quando começou o projeto de um carro que ficaria extremamente famoso no Brasil, o Fusca.

Já no Brasil a história da montadora de veículos começou no ano de 1953. Foi nesse ano que a Volkswagen comprou um velho armazém no bairro Ipiranga, na cidade de São Paulo. Foi lá que começaram a sair as primeiras unidades do fusca para território brasileiro. Todas as peças vinham diretamente da Alemanha e na época havia apenas doze funcionários trabalhando no antigo armazém.

Nos primeiros anos de fábrica de armazém, entre 1953 e 1957, foram montados quase três mil veículos, sendo 2 mil Volkswagen Sedan e quinhentas Kombis.

E dentro dessa história tão antiga, a Volkswagen conseguiu gerar muitos outros sucessos de vendas como os hatch, Gol e Up! As SUVs como o Fox e o EcoSport. Os sedan como Jetta e Voyage. E picapes como a Amarok.

Por falar em Amarok, esse veículo da categoria pick-up, com cabine dupla, tamanho médio e quatro portas, é um dos modelos de maior sucesso da marca. Inclusive já foi anunciado que será lançado um novo modelo simples, com apenas duas portas.

É fácil perceber por que a picape faz parte da equipe líder de vendas da Volkswagen, seu design é diferenciado e um tanto quanto robusto, inspirado por outros modelos fortes da marca. Além disso, o veículo também possui o maior espaço interno entre veículos da categoria – considerando também outras marcas.

A sua primeira apresentação ao público aconteceu em 2005 e começou a ser vendida no Brasil apenas cinco anos mais tarde, em 2010. Mas sem dúvida é um dos modelos de picapes mais queridos em terras brasileiras.

Recall Amarok

Apesar do seu sucesso de vendas e público fiel, a Volkswagen anunciou um recall para os últimos três mil e seiscentos compradores da Amarok. Todas as produções do veículos entre setembro de 2016 e abril de 2018 devem comparecer a uma loja oficial da marca.

Segundo a própria Volkswagen, os veículos que estão sinalizados para o recall podem apresentar um falha na fixação de chicotes elétricos nos dois bancos da frente. Aparentemente essa falha pode gerar uma movimentação não voluntária dos bancos, aumentando um risco para acidentes.

Para solucionar o caso, a marca propôs aos donos da picape para fazer uma inspeção geral nos chicotes elétricos dos bancos dianteiros dos veículos. Fazendo também o reparo, se for constada a necessidade, além de fazer também a instalação de certos elementos para a fixação dos bancos, voltados diretamente para melhorar a fixação dos chicotes elétricos.

Para marcar o recall basta ligar no número oficial da marca e agendar na concessionária mais próxima. A marca afirma que a vistoria pode durar por volta de uma hora e pode ser marcada a partir do dia 05 de agosto.

Lembramos que os modelos Amarok envolvidos no recall foram fabricados entre 15 de setembro de 2016 e 26 de abril de 2018, com o modelo ano 2017. A marca dos chassis envolvidos se encontra entre os códigos de HA003452 até HA041564. Já os veículos produzidos entre 15 de setembro de 2017 e 26 de abril de 2018, com o modelo ano especificado 2018, conta com uma marca de chassis de JA000117 até JA042914.

E não foi só no Brasil que as picapes Amaroks apresentaram defeitos e a possibilidade de recall para modelos já vendidos. No país vizinho, Argentina, foi publicado também por meio de nota oficial da Volkswagen um recall semelhante, ainda no dia 30 de julho deste ano. A diferença é que os modelos argentinos estão apresentando um defeito um pouco mais grave. A marca afirmou que alguns modelos, chamados para o recall, podem apresentar ricos de incêndio.

Porém, segundo a própria fabricante, os modelos brasileiros não apresentam esse risco.

Stephanie Caroline Meyer de Quadros


Novo Ford Mustang 55 Anos – Edição Especial


Confira aqui as novidades presentes no novo Ford Mustang 55 Anos.

Os fãs do Mustang dizem que o primeiro modelo do carro foi do ano “1964-e-meio”, pois foi lançado em abril de 1964 (já como modelo 1965). O Mustang já está em sua sexta geração, com a experiência de 55 anos no mercado. E para comemorar seus 55 anos, está sendo lançada uma edição especial chamada de Mustang55 pela montadora de Detroit. Mas, para tristeza dos brasileiros (e americanos), essa edição será distribuída exclusivamente no mercado europeu.

Detalhes

O modelo de comemoração tem as opções de carroceria Fastback e conversível disponíveis. O modelo que serve de base para ele é o Mustang GT, que tem motor 5.0 V8. Alguns detalhes visuais diferenciam os dois modelos. Dentre eles podemos destacar: as conhecidas faixas nas laterais e no capô, com a opção de complementar essa visão com um aerofólio traseiro. As grades dianteiras acompanham as rodas pretas de 19 polegadas (48 centímetros). E a grade superior tem o cavalinho símbolo do modelo.

Interior

Muitos veem mais beleza no interior do Mustang do que fora dele. Isso é bem compreensível. No caso do Mustang55 isso não é diferente: o console central tem acabamento em couro e com costuras cinza! A fibra de carbono dá aquele ar especial ao painel. Independentemente de você gostar mais de câmbio manual ou automático, a Ford vai te deixar feliz com a manopla do câmbio. A opção com câmbio manual ganhou uma manopla de câmbio especial. Já para aqueles que preferem as dez marchas do câmbio automático, haverá uma manopla de aço inoxidável. Para completar, o “Mustangão” não poderia deixar de ter um acabamento especial dos bancos e dos forros das portas: Alcântara.

Mas as surpresas não se resumem apenas ao modelo especial comemorativo: os europeus apaixonados pelo Mustang terão uma opção excelente à disposição. Opção essa que tem motor 2.3 L Ecoboost.

O Dia Nacional do Mustang

Essa edição comemorativa dos 55 anos do Mustang foi lançada no dia 17 de abril de 2019. E essa data não foi escolhida ao acaso: trata-se do Dia Nacional do Mustang nos Estados Unidos!

O Mustang nasceu no dia 17 de abril de 1964, na Feira Mundial do Automóvel da cidade de Nova York. Na ocasião, a Ford colocou um carro no topo do icônico prédio Empire State para celebrar o lançamento! O Mustang foi o carro que mudou o mundo dos carros esportivos.

O carro tem torcida organizada!

Uma coisa muito legal sobre o Dia Nacional do Mustang é que não foi a Ford que foi ao Congresso dos Estados Unidos e disse “Precisamos de um dia para celebrar o Mustang”. Foram os grupos de donos de Mustang que fizeram isso, que correram atrás. O Mustang tem grupos de donos nos seis continentes do planeta!

Só para se ter uma ideia do quanto a Ford entende de carros esportivos, houve anos em que a Ford competiu com a Ferrari nos anos 1960. Foi em 1966, 1967, 1968 e 1969. Quatro anos! A Ford celebrou isso com o Ford GT.

Poderoso Mustangão!

Esse modelo comemorativo é poderoso em questão de motor e torque. É um Ecoboost de 4 cilindros de alta performance, que entrega 330 cavalos (246 kW) e 49 kgfm de torque. Esse poder todo está fazendo com que o Mustang seja o carro coupé esportivo mais vendido do mundo por 4 anos consecutivos.

A Ford ultrapassou as marcas de vendas de todos os outros coupés esportivos no mundo pelo quarto ano consecutivo, com 113.066 carros, de acordo com dados do IHS Markit. Ele está disponível em 146 países. Nos Estados Unidos, a Ford afirmou que vendeu 75.842 Mustangs.

Por Bruno Rafael da Silva


Análise Novo Renault Sandero CVT 2020


Confira aqui as primeiras impressões ao dirigir o novo Renault Sandero com Câmbio CVT 2020.

Renault Sandero CVT é o novo lançamento da grande companhia francesa. Os especialistas já se manifestaram.

Entre os itens de sua ficha técnica está o novo câmbio automático; um retoque no visual; novo sistema de airbags laterais e mais algumas novidades que fazem um belo diferencial nessa linha 2020.

Méritos e deméritos precisam ser expressos, segundo os especialistas, já que ele melhora em algumas funções, mas perde em outras.

A série Renault de 2020 está munido de airbags laterais, de nomenclaturas novas, além de estar mais seguro e confortável.

Os especialistas do site experimentaram o novo Sandero que está equipado do câmbio dito CVT. Alguns testes foram realizados em dias chuvosos, na plena região central de São Paulo. Este foi um dos cenários mais impróprios para testar veículo inédito, dado que as condições foram adversas.

Entretanto, o novo Renault Sandero CVT, no teste, entregou desempenho surpreendente. Dentro daquele clássico trânsito pesado, o automóvel cumpriu uma de suas principais funções, proporcionando conforto aos ocupantes.

O ponto negativo está no fato de que o sistema de transmissão automática só estará disponível para as versões equipadas de motor 1.6, com desempenho de 118 cavalos de potência e mais 16 KGFM em torque, que simulam seis marchas. Munido deste dispositivo o Sandero CVT se torna mais pesado em 70 kg, com relação às outras versões que possuem configuração 1.6 tipo manual e atingem até 1.140 kg.

As versões munidas de motorizações tipo 1.0 e tipo 2.0 serão mantidas equipadas de câmbio manual simples. Conforme as informações obtidas com os representantes da companhia, este novo modelo tem capacidade de atingir a marca de 0 a 100 km/h no tempo de 11 segundos, sem distinção do combustível que enche o tanque.

O clássico câmbio manual do tipo Hatch produz a mesma potência de aceleração na marca de 9,9 segundos, quando movido a etanol.

O conjunto CVT opera de modo a proporcionar um conforto maior em qualquer modalidade de aceleração. Tanto nos testes quando na simulação o desempenho das marchas nas acelerações se manteve constante e sem aquele tranco.

Este mesmo modelo permanece com o clássico sistema de dirigibilidade próprio do Sandero. Está equipado de uma direção que não apresenta a mesma suavidade em relação ao "primo" March, embora possuam conjuntos similares em certos atributos. Possui uma suspensão munida de regulagem mais macia e bem mais elevada, em torno de 40 mm para as versões CVT.

No entanto, este câmbio CVT constitui somente um dos novos itens incluídos. O design exterior foi reconfigurado em grande parte, tanto na dianteira quanto nos faróis, que estão vazados em arranjo totalmente novo, com sistema interno atualizado e com função de luzes diurnas, tipo DRL, marca LED; sua nova grade frontal está bem maior, acrescida de detalhes cromados, finalizando com para-choque inteiramente atualizado.

Na parte traseira, a fechadura, anteriormente posicionada abaixo do título do veículo, parece ter desparecido, mas, em realidade, o logotipo e a maçaneta formam um todo único. Para abrir esta tampa, bastará o proprietário pressionar o centro do logo. Impressionante né!

Todas as versões munidas de câmbio CVT serão identificadas por meio das molduras plásticas, desprovidas de pintura pela base da superfície da carroceria e da suspensão.

Mais equipado, o Renault Sandero CVT, como foi citado, está munido de airbags nas laterais, que são parte da série na linha Sandero, na Logan e na linha Stepway, totalizando quatro airbags junto aos frontais, que são obrigatórios, por lei.

Duas versões Sandero com CVT estão sendo comercializadas com os seguintes valores:

1 – Sandero Zen, motor 1.6 CVT, por 62.990 reais.

2 – Sandero Intense, motor 1.6 CVT, por 65.490 reais.

Paulo Henrique dos Santos


Novo Recall do Volkswagen Jetta, Golf e Tiguan


Modelos fabricados nos anos de 2015, 2018 e 2019 podem ter problemas nas molas da suspensão traseira.

A Volkswagen é uma empresa tradicional alemã, atualmente a segunda maior fabricante de veículos em todo o mundo, com sede localizada na cidade de Wolfsburg, na Baixa Saxônia. Além da marca própria, o grupo Volkswagen também é dono e proprietário das marcas Audi, Porsche, Lamborghini, Seat, Scania, Bentley, Ducati, Bugatti, além dos modelos Volkswagen Caminhões e Ônibus.

Como grande marca de veículos, a Volkswagen também patrocina diversos eventos esportivos, como por exemplo, o Rali Dakar, a academia de David Beckham, as seleções de futebol da Argentina, Nova Zelândia e Rússia.

A origem da marca remonta ao ano de 1930, quando começou a fabricação, na Alemanha, de um carro que ficaria extremamente conhecido, no Brasil principalmente, o Fusca. Em outros países o carrinho doméstico ganhou outros nomes, por exemplo, em Portugal ficou conhecido com Carocha, e na própria Alemanha era chamado de Käfer. Já em inglês, no Reino Unido e Estados Unidos era conhecido como Beetle.

A fábrica ganhou o nome que ecoaria por gerações e ficaria extremamente conhecido no mundo automobilístico, quando o engenheiro alemão Josef Ganz, que estava batalhando para modernizar a indústria de fabricação de veículos na Alemanha, começou a ter ideias e se publicado. Seu feitos incluem a introdução de suspensões independentes com semieixos oscilantes e ainda também um baixo centro de gravidade, além de um novo chassi contando com um tubo central dentro de um veículo popular, contando que conseguisse que o custo fosse igual ao de comprar uma motocicleta da época.

Depois de toda uma história de sucesso, a Volkswagen também conta com um pedacinho das fábricas no Brasil. Na cidade de São Paulo, existem duas pequenas centrais hidrelétricas (PCH) que se encontram nas margens do rio paulista Sapucaí, uma sendo chamada de Anhanguera e a outra chamada de Monjolinho.

Mas o mês de julho de 2019 não está sendo muito bom para a marca. Foi anunciado há poucos dias que três dos grandes modelos e mais vendidos atualmente pela marca apresentaram problemas nas molas traseiras e precisam de reparos urgentes. Sendo elas, o Jetta, Golf e Tiguan.

Unidades Volkswagen devem retornar as lojas para um reparo nas molas

Conhecido como Recall, foi feito através do site oficial e também através de uma nota para a imprensa, chamando três dos principais modelos da marca para ajustes.

A Volkswagen explicou na nota oficial que os modelos que devem retornar são os modelos ano 2015, 2018 e 2019 dos carros. Aparentemente foi encontrado um problema grave na suspensão traseira de cada um dos veículos citados. Na verdade, existe uma possibilidade, dependendo de cada caso, de uma real quebra das molas de suspensão traseira, o que poderia comprometer todo o veículo e ainda aumentar drasticamente o risco para acidentes que resultariam em danos físicos e materiais ao motorista, todos os possíveis passageiros e também uma terceira parte que poderia acabar se envolvendo no acidente.

A justificativa do problema nas molas e necessidade de recall é devido ao material usado para fabricar as molas de suspensão. A matéria prima utilizada não atendia aos altos padrões que são especificados na produção de cada veículo.

O calendário de reparo está marcado para começar a partir do final de outubro (dia 31), já que a fábrica ainda está em processo de estudo para um reparação oficial e solução definitiva para o problema das molas de suspensão. Quando outubro chegar, será feito um novo chamado para todos os clientes da marca e que compraram os veículos citados (Golf, Jetta e Tiguan – 2015, 2018 e 2019), fabricados entre os dias de 06 de fevereiro de 2015 e 21 de setembro de 2018.

A marca afirma que até o momento não teve conhecimento de nenhum incidente que possa ter sido causado pelas molas de suspensão traseira.

Os modelos envolvidos são:

  • Jetta 2018 (JM502410 até JM506377)
  • Golf 2015 (FM069607 até FM081395)
  • Tiguan Allspace 2019 (KM004199 até KM005197)
  • Tiguan Allspace 2018 (JM180701 até JM223151)

Stephanie Caroline Meyer de Quadros


BMW Série 3 2019 – Lançamento e Preço no Brasil


Versão mais barata do modelo chega ao país com motor de 184 cv.

A nova BMW Série 3 chega ao Brasil trazendo muita eficiência. Essa versão é mais conhecida como 320i e vem com muita modernidade e potência. Ela consegue reunir muitas informações que foram criadas para encantar a seus usuários. Pois quem já está acostumado com alguns modelos da BMW, sempre vai esperar um algo mais dos novos lançamentos. E é isso que a BMW Série 3 veio trazer. Esse é um carro top de linha, o que já é esperado pelos usuários e também cheio de modernidade. Abaixo vou falar de forma mais clara sobre esse modelo. Então fique ligado nos detalhes que vou ressaltar.

Carro com ótima motorização

A nova BMW Série 3 traz ótimo motor que consegue entregar a potência máxima de 184 cv. Esse é um número bem alto e até assustador. Já que podemos imaginar o quanto esse carro pode correr nas pistas. Mas é bom lembrar que para pilotar um carro com essa potência, é preciso ter experiência no volante e muita responsabilidade. O motor desse carro é o 2.0 e conta com câmbio automático com 8 marchas. Essa liberdade que vai encantar até mesmo os usuários mais exigentes.

Carro bem espaçoso

A nova BMW Série 3 chega ao mercado bem maior que sua versão anterior. A marca pensou em deixar o que era bom ainda melhor, e dobrar o conforto de seus usuários. Esse é um detalhe que é visto como algo bem positivo por quem gosta dos carros de alta performance e também em carros sofisticados. A marca aumentou 8,5 centímetros se comparada a sua versão anterior, e essa diferença é bem visível para muitos. Veja agora as medidas da nova BMW Série 3:

– 1,827 mm de largura;

– 2,851 mm entre eixos;

– 4,709 metros;

– 1,442 de altura;

Dessa forma os ocupantes se sentem mais confortáveis dentro do carro, pois espaço nunca é demais. Principalmente se tratando de carro. Um ponto que deve ser citado aqui nesse texto, é que um carro muito grande pode ser mais difícil de dirigir. Mas nada que a prática diária não resolva.

Porta-malas espaçoso

Outro detalhe positivo desse carro é o tamanho do porta-malas. Ele tem 480 litros e é ideal para quem precisa carregar diversos objetos. A melhor parte desse detalhe, é que com espaço não é preciso usar o espaço interno do carro.

Carro com muita segurança e tecnologia

A nova BMW Série 3 traz muita segurança e tecnologia para todos os seus usuários. Então eu posso afirmar que esse carro reúne design, motorização, tecnologia e segurança. Esse conjunto só ajuda a mostrar o motivo da BMW ter tanto sucesso em seus lançamentos. Essa nova versão conta com itens de série bem importantes e entre eles estão:

– Controle ativo de velocidade;

– Alertas de colisão e pedestres;

– Assistente de condução com aviso de saída de faixa;

– Alerta de tráfego de cruzada;

– Prevenção de condução traseira;

E muitos outros.

Interior do carro muito moderno

O interior do carro conta com o máximo de modernidade que se pode esperar da marca. Dentro dessa máquina os usuários contam com um lindo painel de instrumento, que é totalmente digital que tem tela de 12,3 polegadas e o head up display com 10,25 polegadas. Além disso, esse carro possui assistente pessoal inteligente, ele é responsável por passar informações importantes sobre o carro e isso ajuda muito na hora que se está na direção.

Informações sobre o valor desse carro

Ainda não foi divulgado um valor exato desse modelo, mas a expectativa é que ele chegue ao mercado com valor inicial menor que R$ 200.000. Esse é o valor que muitos usuários desejam pagar por esse modelo.

Essas são as principais informações da nova BMW Série 3!

Escrito por Cristiane Amaral


Toyota Corolla Hybrid – Lançamento, Especificações


Novo Toyota Corolla Hybrid chega em outubro no Brasil.

As pessoas que estão mais ambientadas ao mundo automobilístico estão acompanhando as notícias de diferentes veículos que devem chegar ao mercado consumidor a partir do próximo ano. No texto de hoje, vamos tratar de um carro que ainda vai ser lançado, mas que já vai poder ser adquirido a partir de outubro deste ano, em território nacional. Trata-se do Novo Corolla Hybrid da Toyota. A empresa japonesa desenvolveu um veículo que apresenta diferentes possibilidades e assim as chances de agradar um número maior de indivíduos são grandes. Confira abaixo os principais dados a respeito desse veículo.

Informações iniciais sobre esse carro

A princípio o Corolla Hybrid vai contar com duas versões. Sendo uma de 1.8 e a outra de 2.0. No caso da primeira, o veículo será híbrido flex, ele poderá ser abastecido com etanol ou gasolina, e ainda poderá ser recarregado. Já o de 2.0, o processo de funcionamento do motor se dará por combustão. Até o momento sabe-se que a versão mais cara, ou seja, a 2.0 deve custar a partir de R$ 90.000. Em outros detalhes, os dois vão permanecer com as mesmas características.

Com relação ao design adotado pela Toyota no Novo Corolla Hybrid

As fabricantes de automóveis estão investindo cada vez mais na diferenciação de um item na parte frontal dos veículos: a grade externa. De tamanhos e formas diferentes, esse é um dos primeiros pontos que são observados em qualquer carro. No caso do Corolla Hybrid, a grade é uma linha fina com um detalhe central alongando na parte inferior que é o logo da Toyota. E ela vai afunilando a medida que chega às suas extremidades. Enxerga-se apenas uma linha por dentro da grade. Pegando um pedaço das extremidades da grade estão os dois faróis laterais. Eles também seguem a ideia de serem mais afunilados nos cantos.

Uma tendência que temos visto nos carros atualmente é que não existe mais uma separação entre o capô e a grade, eles estão integrados. No capô do Hybrid, a Toyota também utilizou a ideia de separação em níveis, mas de forma muito sútil. Apenas uma linha na vertical e é necessário um olhar mais atento para reparar este detalhe. O ponto que mais chama atenção na parte frontal do Hybrid é o para-choque. Essa parte possui um tamanho considerável. Por dentro, ele é formado por linhas do mesmo tamanho. Na parte superior nota-se um pequeno recorte fazendo com a parte inferior tenha um tamanho maior. Ao lado do para-choque existem dois recortes que faz uma separação. A mais parte interna tem dois faróis menores e a outra vem acompanhando toda a extensão do veículo.

Pelas imagens divulgadas na internet, percebe-se que o espaço no porta-malas é de bom tamanho. Mas, ainda não se sabe ao certo o tamanho deste item. Os conceitos de recortes e de extremidades mais finas também estão foram utilizados na parte de trás desse veículo. Falando agora da parte de dentro desse veículo, a fabricante japonesa apostou em uma grande tela de LCD para a parte central do painel. Integrado a tela estão algumas funções para controle de som. E um pouco mais abaixo estão os conectores para smartphones e outros eletrônicos, além do sistema de marcha. Os dois lados do volante estão botões e na parte de trás, o painel apresenta os dados do carro de forma interativa. O motorista ainda encontra uma sequência de botões abaixo do seu volante. As portas também vêm equipadas com botões para acionar algumas funções. Toda a parte interna é revestida de couro.

A respeito do motor e outros dados importantes sobre o Corolla Hybrid

Mesmo que o Novo Corolla Hybrid tenha suas vendas iniciais marcadas para o mês de outubro. Não se têm dados ainda sobre a potência do motor, a média de consumo de cada um dos combustíveis utilizados, qual a autonomia do veículo e em quanto tempo ele realiza o seu carregamento. Ainda não se sabe ao certo quando esses dados vão ser divulgados. Por enquanto, a proposta da Toyota é que os interessados criem um “perfil” no site do veículo para que eles sejam informados, primeiramente, sobre essas informações. Para conhecer essa página clique em: https://www.novocorolla.com.br.

Por Isabela Castro

Toyota Corolla Hybrid


BMW X3 M 2019 – Novo SUV com Motor e Design Superesportivo


Conheça aqui mais detalhes sobre o novo BMW X3 M 2019.

O ano de 2019 promete ser de muita inovação e criatividade para uma das mais famosas marcas de carros do mundo. Estamos falando da BMW, que resolveu inovar e decidiu lançar no mercado um dos seus melhores carros feitos até agora: o BMW X3 M.

Vale salientar que o novo modelo surge dentro como mais uma novidade dentro de uma das categorias líderes de vendas tanto no Brasil quanto no mundo todo, a dos SUVS.

Surgido há alguns anos, os veículos SUVs caíram de vez no gosto dos brasileiros que buscavam a união perfeita entre um veículo mais robusto e que pudesse aliar sofisticação e muita velocidade.

A BMW parece que entendeu direitinho quais as necessidades de seus fãs e consumidores e agora, neste ano de 2019, resolveu trazer ao mercado um modelo que parece ser o casamento perfeito entre requinte e muita potência.

Para realizar este feito, a montadora alemã resolveu convocar todo o seu mais experiente time de engenheiros e projetistas para lançar um veículo que pudesse representar um marco na indústria automobilística,

Se você que está lendo este texto pensa que a vida do novo modelo foi fácil, ledo engano. A nova X3 M teve que ser submetida a rigorosos testes de eficiência e dirigibilidade até se encontrar um ponto ideal que pudesse satisfazer todas as necessidades de seus mais exigentes consumidores.

Partindo de seu modelo mais recente já lançado no mercado, o X3 30i, o novo X3 teve que perder peso, mas manteve a potência do seu antecessor. O novo modelo sai de fábrica com o motor biturbo 3.0 de seis cilindros.

Dependendo da versão escolhida, o novo veículo mostrou nos testes algumas performances distintas. Por exemplo, na versão X3, o motor é capaz de atingir até 487 cv contra os 517 da versão X3 Competition. Para isto, a marca teve que fazer uma verdadeira remodelagem em seus componentes mecânicos.

Para tanta velocidade e desempenho, os compressores do motor tiveram que receber uma ventilação especial com o uso de dutos feitos de nylon e uma elevação da capacidade de injeção de combustível em suas câmaras de combustão.

Com um carro bem mais potente, a BMW teve que realizar algumas adaptações no novo modelo devido ao fato de que um carro mais rápido vai gerar uma temperatura mais elevada, o que pode comprometer o desempenho do seu motor.

Neste sentido, o novo modelo conta com um sistema de refrigeração de três radiadores, isto sem falar no quarto componente que é exclusivo para o seu sistema de ar-condicionado interno.

Além disso, as suas rodas ganharam também um sistema próprio de ventilação para que possam manter constantemente resfriado o seu sistema de freios composto por discos duplos em cada roda.

Os sistemas de transmissão para o novo X3 também foi projetado exclusivamente para o novo modelo. O veículo sai de fábrica com um câmbio automático de oito marchas do tipo Steptronic e com sistema Xdrive ( tração integral).

A união de motor considerado muito potente com um sistema de transmissão muito rápido fazem do novo X3 da BMW um SUV bastante rápido e bastante agressivo nas pistas. Basta olhar para os testes de arrancada feitos para o novo carro. Ele fez de 0 a 100 Km/h em apenas 4,1 segundos.

Os fãs mais ardorosos da marca ainda terão a possibilidade de conferir tanta potência pelo ronco mais agressivo do motor que pode ser ouvido prazerosamente. Para isto, basta pisar um pouco mais no acelerador. O barulho é garantido pelo sistema duplo de escapamento que estão acoplados, cada um, a flaps que podem elevar ou reduzir o ronco desta verdadeira máquina, o que dá a sensação de estar dentro de veículo bem mais esportivo. Se você gostou, então é bom conferir em uma concessionária mais perto de sua casa.

Emmanoel Gomes


Novo Onix Sedan 2020 terá Motor 1.4


Confira aqui as principais novidades do Novo Onix Sedan 2020.

A Chevrolet não poderia estar mais orgulhosa de seu último modelo hatch. O Chevrolet Onix é sucesso de vendas na categoria dos compactos. Inclusive foi o hatch mais vendido em 2018, com mais de 200 mil unidades emplacadas, mais que o dobro do que o segundo colocado, que teve apenas 105 mil unidades emplacadas em todo o ano.

O compacto está no catálogo da Chevrolet desde 2012, quando foi apresentado no Salão do Automóvel de São Paulo daquele ano. A grande missão do Onix era substituir outros dois queridinhos da marca, o Corsa e o Celta. Existe nas versões Joy, LT 1.0 ou 1.4, LTZ 1.4 (com opções de câmbio manual ou automático) e a versão active, aventureira.

O modelo Chevrolet Prisma, pode ser considerado, atualmente, a versão sedã do compacto Onix. Apesar de ter sido lançado em 2006, alguns anos antes do aparecimento do Onix, a sua segunda versão, que foi lançada em 2013, já utilizava a base da carroceria do Onix. O Prisma, ainda, foi totalmente desenvolvido no Brasil, tendo um leve apelo esportivo, ainda sendo um sedã mais popular. Em sua primeira geração contava com um motor 1.4 flex, com 89 cv e torque de 13 Kgf/m.

O novo Onix Sedã

O sucesso inesperado do Onix foi tamanho, que o Prisma passará a ser oficialmente a sua versão sedã. A novidade foi anunciada pela Chevrolet, que pretende lançar o carro inicialmente no mercado chinês, com valor inicial de 99 mil yuand, cerca de R$ 57 mil. Esse será o preço da versão do Onix sedã Redline, que conta com um motor 1.0 Turbo com três cilindros, e entrega 125 cavalos de potência.

A versão chinesa, ainda, vai contar com uma transmissão automática de seis marchas e mudanças manuais através de um botão na própria alavanca. O sedã ainda consegue garantir 0 a 100 km/h em 10 segundos e conta com a velocidade máxima em 180 km/h.

Em seus adicionais conta com quatro airbags, dois frontais e dois nas laterais, também conta com controle de tração, controle de estabilidade, sensor de pressão nos pneus, assistente de rampa , além de um novo sensor de estacionamento traseiro.

A versão Redline também apresenta direção elétrica, ar condicionado, central multimídia, teto solar elétrico, chave canivete com controle, trio elétrico completo, sistema Bluetooth, duas entradas USB, além da entrada auxiliar e câmera de ré.

Depois do lançamento na China, a General Motors vai preparar o lançamento de versões menos potentes para os próximos mercados, consequentemente a versão será mais barata que a versão chinesa. Para o lançamento no Brasil, será usado, provavelmente, o motor 1.0 turbo, abaixo da versão atual da China, com seu motor 1.4.

O motor 1.4 do Onix Sedã gera 103 cv de potência, agindo com gasolina, é uma diferença de cerca de 5 cv comparado com o motor do Prisma nacional, que tem 106 cv de potência agindo com etanol. O documento oficial que relata todos os detalhes técnicos do veículo, ainda aponta que o consumo é de 20 km/litro.

Não existem notícias, porém, se a novidade um dia chegará ao Brasil. A única certeza é que os modelos Prisma, tanto 1.0 quanto 1.4 continuarão no mercado nacional. Mas a fabricante não tem intenção de apostar em uma motorização abaixo do 1.0 turbo para as novas versões do seu sucesso de vendas, Onix.

O modelo brasileiro provavelmente será lançado até o fim deste ano, juntamente com sua versão Hatch, que será chamada de Onix Plus. Para o próximo ano, a Chevrolet tem planos de lançamento do novo Tracker, que será produzido em São Caetano do Sul, São Paulo. Os dois modelos Onix, vão ser mantidos na montadora de Gravataí, no Rio Grande do Sul.

Os novos Onix deverão entrar no mercado com o motor 1.0 turbo e câmbio automático, levando os atuais modelos Onix e Prisma para a configuração Joy.

Basta aguardar que a novidade continue sendo um sucesso das vendas, como o Onix já tem sido.

Stephanie Caroline Meyer de Quadros


Mitsubishi Eclipse Cross – Lançamento, Especificações


A Mitsubishi afirma que o Eclipse Cross é a combinação de tecnologia e aventura, é o 4×4 com o high-tech. Mesclando elementos como conforto, eficiência, design, elegância e muita tecnologia envolvida.

A Mitsubishi é uma das montadoras de carro mais famosas do mundo e conta com uma fábrica no Brasil, a MMC Automóveis do Brasil Ltda é a montadora Mitsubishi Motors no Brasil, atuando há quase três décadas no país. A fábrica já vendeu mais de 200 mil veículos para o mercado brasileiro.

A fábrica da Mitsubishi é um grande conglomerado de empresas, inclusive um dos maiores de toda a Ásia e um dos dez maiores em todo o mundo. Incluindo desde os carros, até cerveja e câmeras fotográficas.

Mas, focando em seu lado fabricante de veículos, a Mitsubishi foi uma das primeiras montadoras a chegar ao Brasil, em 1991, e alguns anos mais tarde transformou a sua unidade em Catalão, no sudeste do estado de Goiás, na primeira fábrica da marca no Brasil.

Agora a marca está com o seu mais novo lançamento, o Mitsubishi Eclipse Cross. Um SUV que faz jus ao nome e a mais nova estrela dos olhos da fábrica.

Em seu site oficial, a Mitsubishi afirma que o Eclipse Cross é a combinação de tecnologia e aventura, é o 4×4 com o high-tech. Mesclando elementos como conforto, eficiência, design, elegância e muita tecnologia envolvida. A marca afirma que algumas tecnologias que envolvem o Eclipse não foram vistas em outros modelos – mesmo em outras marcas.

Para começo de conversa, o Mitsubishi Eclipse Cross já chega em duas versões disponíveis. A primeira, é a versão com tração dianteira e custa R$ 149 mil. Já a segunda versão, a S-AWC, com alguns componentes a mais, custa R$ 155 mil.

Em questões mais práticas, ele traz a potência esperada de um novo SUV. O motor do Eclipse faz parte de um SUV completo. 1.5 com 165 cv de potência, além de um torque de 25,5 mkfg. O câmbio CVT simula oito marchas e apresenta borboletas fixadas na coluna da direção – assim como alguns esportivos. Além disso, o motor do Cross também apresenta um duplo comando de válvulas variável e também sistemas de admissão, direta e indireta. Além disso, toda essa potência garante ao Eclipse chegar entre 0 a 100 km/h em apenas 10 segundos. Mas, por outro lado, o SUV decepciona na questão de economia, na cidade ele faz apenas 8 km/l e 11 km/l na estrada. E com as rodas de liga leve com 18 polegadas e pneus 225/55 R18, o carro pede uma estrada asfaltada, lama não é para esse conjunto de rodas e pneus.

Já pensando em questões estéticas, ele pode deixar a desejar. A dianteira do Eclipse pode se passar por uma SUV da Mitsubishi, sem problemas. A grande questão estava na traseira, que muitos compararam com a traseira do antigo Pontiac, que já foi considerado um dos carros mais feios da sua época. O visual do Mitsubishi Eclipse Cross é diferente, a grande questão foi a inovação.

Existem outros pontos a serem detalhados no carro. Por exemplo, ele apresenta um teto solar panorâmico que chega até o banco de trás. Ar condicionado, bancos de couro com aquecimento, chave presencial, além de ajustes elétricos para o motorista e sensores nas partes dianteira e traseira do veículo. Sete airbags, incluindo uma bolsa para o joelho do condutor, sistema de frenagem de emergência, alerta de mudança de faixa involuntária, assistente de partida em rampas, sensor de tráfego cruzado e um sistema que previne a aceleração involuntária, que é acionado contra obstáculos imóveis, como paredes, por exemplo.

Por dentro não mantém o ar de luxo, mas continua com um aspecto mais modernizado. O volante vem com um controle de cruzeiro adaptativo, controles de mídia e conexão com o telefone e uma função diferenciada, uma câmera lateral no retrovisor, que projeta a imagem no principal painel de mídia. Por falar em multimídia, a versão vendida no Brasil tem uma tela de 7” com vários sistemas integrados para conectar diretamente ao telefone do motorista.

O novo Eclipse promete ser um sucesso de vendas no exterior. Resta aguardar para saber se será também aqui no Brasil.

Por Stephanie de Quadros

Mitsubishi Eclipse Cross

Mitsubishi Eclipse Cross


SUV Mais Econômico 2019 – Modelos Flex que Gastam Menos Combustível


Confira aqui os 7 modelos de SUV que menos gastam combustível.

Nos últimos 3 anos, a popularidade dos sedans está começando a ser ameaçada por um novo tipo de carro, mais robusto e confortável. Estamos falando do SUV (Veículo Utilitário Esportivo, na sigla em inglês). Muitas pessoas estão aderindo a essa tendência e comprando SUVs. Mas muitas vezes esquecem do detalhe do consumo, que é maior nos SUVs devido ao seu maior tamanho, resultando em maior área de contato com o ar. Veremos um ranking com os melhores SUVs no quesito baixo consumo. A base do raking são informações do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro).

Na lista vamos considerar modelos com motor flex que estão oficialmente à venda no Brasil e as médias de consumo com gasolina, tanto na cidade quanto na rodovia. Vamos ao ranking:

7. Honda HR-V 1.8 CVT

O HR-V tem 139/140 cavalos (103/104 kW) de potência e motor 1.8 L.

O consumo na cidade fica por volta de 11,0 km/L e na rodovia é de 12,3 km/L.

Ele é um carro que recebe boas críticas, mas tem um consumo apenas mediano, tendo uma pequena vantagem rodando com gasolina na cidade.

6. Citroën C4 Cactus 1.6

O C4 Cactus tem 115 cavalos (85 kW) de potência e motor 1.6 L.

O consumo na cidade fica por volta de 11,0 km/L e na rodovia é de 12,5 km/L.

A C4 Cactus se dá melhor com motor aspirado, mostrando melhor concumo. Sua parte forte são os trechos urbanos abastecido com gasolina. Mas não tem tanta força com poucas RPM.

5. Nissan Kicks 1.6 CVT

O Kicks tem 114 cavalos (85 kW) de potência e motor 1.6 L.

O consumo na cidade fica por volta de 11,4 km/L e na rodovia é de 13,7 km/L.

O Kicks tem melhor desempenho em consumo na versão com câmbio automático CVT do que na versão com câmbio manual. Seu ponto forte é a estrada abastecido com gasolina.

4. JAC T40

O T40 tem 125 cavalos (93 kW) de potência e motor 1.5 L.

O consumo na cidade fica por volta de 11,9 km/L e na rodovia é de 12,8 km/L.

O T40 mostra que os carros chineses já estão se preparando para um mundo onde baixo consumo será primordial, diferente de pouco tempo atrás, quando os carros chineses quase invariavelmente apresentavam motores beberrões.

3. Ford EcoSport 1.5

O famoso brasileirinho EcoSport tem 130 cavalos (97 kW) de potência e motor 1.5 L.

O consumo na cidade fica por volta de 11,6 km/L e na rodovia é de 13,1 km/L.

O EcoSport dispensa apresentação. Seu consumo é considerado melhor com câmbio manual.

2. Peugeot 2008 THP

O 2008 THP tem 165 cavalos (123 kW) de potência e motor 1.6 L.

O consumo na cidade fica por volta de 12,5 km/L e na rodovia é de 13,5 km/L.

O ponto forte do SUV da montadora francesa é o câmbio manual. Mas as versões automáticas não têm mau desempenho. Não custa lembrar que a partir de 2020 as versões desse SUV poderão vir apenas com câmbio automático.

1. Vencedor de “mais econômico”: Volkswagen T-Cross TSI

O T-Cross tem apenas 116 cavalos (86 kW) de potência e motor 1.0 L.

O consumo na cidade fica por volta de 12,2 km/L e na rodovia é de 14,5 km/L.

Apesar de ter um pequeno motor 1.0, o SUV da Volkswagen apresenta agilidade em arrancadas. O câmbio manual ofereceu excelentes médias de consumo para um SUV, não deixando a desejar nem em desempenho nem em consumo.

Essas são apenas médias de consumo. A escolha do SUV ideal depende da utilização que cada pessoa vai fazer do carro. As pessoas geralmente têm gostos diferentes para diferentes qualidades do carro.

Por Bruno Rafael da Silva


Ford EcoSport e Ford Ka Edição Especial 100 Anos – Características, Preços


A Frod lançou a comemoração de seus 100 anos em terras brasileiras a série especial do EcoSport e do Ka. O hatch terá 1.000 unidades e o SUV somente 500 unidades disponíveis.

Para realizar a comemoração de 100 anos da montadora Ford no mercado brasileiro, a empresa desenvolveu uma série especial destinada aos seus modelos Ecosport e Ka. O veículo SUV será comercializado pelo valor de R$ 89.990, por outro lado o compacto possuindo detalhes diferenciados em seu acabamento irá sair das concessionárias pelo valor de R$ 65.990.

Esta versão especial de 100 anos dos carros Ecosport e Ka terá um limite de exemplares. Ao todo serão fabricadas mil unidades do modelo com carroceria hatch, já do SUV serão 500. A combinação de seus equipamentos e a cor dos modelos serão únicas. Poderá ver em alguns detalhes e também na carroceria a cor azul belize.

A parte interna dos lançamentos contará com um acabamento diferenciado em seu painel, comandos de voz, central multimídia SYNC com display flutuante e sete polegadas, conexão Bluetooth, conexão com Android Autor, com Apple CarPlay, e Waze. Contará também com entrada USB.

Edição de 100 anos do Ford Ka

Esta edição especial do Ford Ka será comercializada com um propulsor Ti-VCT de 1.5 litros com três cilindros, capaz de gerar uma potência de 136 cavalos, e uma transmissão automática com seis marchas.

A versão irá ter como base a versão SE Plus, a qual inicia seu valor em R$ 60.390 e já vem com diversos equipamentos como trio elétrico, direção elétrica, ar-condicionado, computador de bordo, piloto automático, ajuste para a altura do banco do condutor, faróis de neblina, abertura elétrica de seu porta-malas e ajuste de profundidade e de altura do volante.

Com o objetivo de dar um ar de maior esportividade, o Ford Ka 100 anos será fabricado com carroceria na cor azul e com teto preto. Esta cor poderá ser vista também em sua grade dianteira, espelhos retrovisores, maçanetas, e nas rodas que serão de 15 polegadas e de liga leve.

Em sua parte interna, teto e painel pretos. Seus bancos, também serão pretos com detalhes e costura em azul, trazendo o logotipo da edição especial de 100 anos localizado no encosto de cabeça.

A versão especial irá ficar situada abaixo da versão FreeStyle com motor de 1.5, variante que conta com o mesmo câmbio e motor. O modelo será vendido por R$ 65.990

Edição de 100 anos do Ford EcoSport

O Ford EcoSport irá contar com um propulsor Ti-VCT de 1500 cc com três cilindros, que possui a capacidade de fornecer 137 cavalos de potência, com câmbio automático de 6 marchas fazendo uso de um conversor de torque, além de todos os itens que estão presente na variante SE, que possui um valor de R$ 82.890 e mais alguns equipamentos adicionais.

Além de possuir colunas, teto, retrovisores grade dianteira e também retrovisores na cor preta, vem com rodas de raio 16 em liga leve e pneus com as dimensões de 205/60, câmera de ré, faróis com luzes diurna, tela com multifunção de 4,2 polegada em seu painel de instrumentos e faróis de neblina.

Na parte interna a cor predominante é o preto, tendo o mesmo teto visto na opção Storm. Terá revestimento premium em seus bancos na cor preta e com detalhes e com costura azul, contando também com o logo de edição especial.

O Ford EcoSport versão 100 anos irá sair da concessionarias por R$ 89.990 e irá possuir na lista de itens sistema anticapotamento, controle de tração e estabilidade AdvanceTrac, assistente de partida quando estiver em rampa, piloto automático, chave de segurança MyKey e computador de bordo.

Por Filipe Silva

Ford Ecosport e Ka 100 anos

Ford Ecosport e Ka 100 anos

Ford Ecosport e Ka 100 anos


Novo Código de Trânsito Brasileiro – O Que Muda?


Mudanças ainda dependem da aprovação de comissões especializadas na Câmara e no Senado.

Um texto com novas regras foram apresentadas pelo Governo Jair Bolsonaro para mudar diversos pontos do CTB (Código de Trânsito Brasileiro). Caso sejam aprovadas, entre as mudanças, a nova lei dobra a validade da CNH de 5 anos para 10 anos e também dobra o limite dos pontos das infrações de trânsito de 20 para 40 pontos, além de alterar outros diferentes pontos importantes do dia a dia dos condutores.

Para que possam valer as novas regras terão ainda que ser aprovadas pelas comissões especializadas da Câmara e pelos plenários da Câmara e do Senado e após sancionada pelo presidente. Confira as mudanças proposta neste projeto de lei.

Exame toxicológico

Atualmente: Os motoristas de caminhões, ônibus, vans, entre outros veículos semelhantes, com CNH nas categorias C, D e E, e com validade de 5 anos, tem que fazer exames a cada dois anos e meio para verificar o consumo de substâncias psicoativas. Caso reprovados nos exames, os motoristas perdem por três meses o direito de dirigir.

Como pode ficar: O novo projeto elimina o artigo 148-A do CTB, que no caso não deverão mais submeter-se aos exames toxicológicos para renovação e a habilitação da CNH.

Uso de capacetes

Atualmente: O CTB estabelece que dirigir sem capacete é uma infração gravíssima sob pena de suspensão do direito de dirigir. E ainda, o capacete deve ter óculos de proteção e viseira.

Como pode ficar: O novo texto classifica a infração como média, para o uso do capacete sem viseira, sem perder o direito de dirigir.

Uso de cadeirinha no banco traseiro

Atualmente: O CTB estabelece multa para o condutor do veículo que cometer infração de levar criança de até 10 anos no banco dianteiro, no entanto, a lei atual não trata do uso de cadeirinhas para crianças. A infração hoje para quem não utiliza cadeirinha é considerada gravíssima e tem aplicação de multa.

Como pode ficar: No texto apresentado pelo presidente é ainda obrigatório o uso das cadeirinhas para crianças até 7 anos e meio, no entanto, não existe multa para quem não obedecer e sim uma advertência por escrito.

Uso do farol baixo durante o dia

Atualmente: O texto atual estabelece como obrigatório o farol baixo ligado durante o dia em túneis e rodovias com iluminação pública sob pena no descumprimento de infração em média até 4 pontos.

Como pode ficar: O farol baixo durante o dia em rodovias de pista simples, sob chuva, túneis cerração ou neblina será obrigatório. Caso o condutor descumpra, a infração será considerada leve, no entanto, a multa somente será cobrada se não houver identificação do condutor ou se o proprietário do veículo for pessoa jurídica.

Bicicletas motorizadas

Atualmente: Não existe dentro das normas de veículos elétricos regras específicas para bicicletas motorizadas.

Como pode ficar: O Contran deverá especificar as características das bicicletas motorizadas ou veículos semelhantes que não sejam necessários o licenciamento e emplacamento.

Curso de reciclagem

Atualmente: Ao atingir 14 pontos na carteira, no período de um ano, os motoristas profissionais, habilitados nas categorias C, D ou E, que exercem atividade remunerada com o veículo, tem a opção de participar de curso preventivo de reciclagem. A reciclagem elimina os pontos.

Como pode ficar: No novo texto a pontuação com exigência da reciclagem terá um aumento de 14 para 30 pontos.

Adoniran Peres


Novo Fiat Argo Seleção 2020 – Novidades e Preço


Nova edição especial chega às concessionárias nesta semana.

Está próximo o dia de um novo lançamento, em realidade, será um dia bastante especial, na qual o início de um campeonato marcará a estreia de um automóvel de alta categoria.

A grande companhia italiana, Fiat-Chrysler, por meio de seus gestores, adotou uma estratégia bastante incomum para promover o novo lançamento da empresa. Durante o último amistoso, jogo de futebol, entre o Brasil e o Catar, ocorrido na noite da última quarta-feira, dia 5 de junho de 2019, foi revelada a pré-estreia do modelo Fiat Argo Seleção, que consiste em uma edição especial (limitada), cujo título é uma referência honrosa à nossa seleção brasileira (time futebol), dado que os líderes da empresa decidiram patrocinar o time brasileiro ao batizar o veículo.

Este mesmo modelo será comercializado a partir do dia 14 deste mês de junho, que será o mesmo dia da estreia da seleção do Brasil na tradicional Copa América. Sendo edição especial, foram produzidas somente 1.500 unidades, e estará disponível para aquisição munido de motor 1.0 tipo Firefly, com desempenho de 77 CV. O valor de mercado não foi revelado até o momento.

Este new Fiat Argo Seleção consiste em uma criação a partir da estrutura da anterior versão Drive 1.0 tipo Hatch, que porta uma relação similar de equipamentos. Sua ficha técnica contém as seguintes funções:

Munido de sistema de ar-condicionado; da chamada chave “canivete” suplementada de telecomando; munido de computador de bordo; da direção elétrica; das travas elétricas; equipado de vidros elétricos na parte dianteira; aparelhado de rodas de aço em 14 polegadas e a direção (volante) que pode ser ajustada em conformidade com a altura do motorista.

Portanto, esta nova produção está acrescida, ainda, de uma eficiente central multimídia, que dispõe de tela em 9 polegadas, junto da direção tipo multifuncional.

Entretanto, o diferencial essencial entre o modelo Argo Seleção e as anteriores versões produzidas está na presença de emblemas localizados na “coluna B”, ou seja, os famosos adesivos adicionados sobre as laterais e sobre o tampo de seu porta-malas; sobre os espelhos retrovisores, nas laterais; adicionados sobre a grade inferior, que é parte do para-choque. Portando um tipo de acabamento de cor preta e brilhante; adicionado sobre as calotas, que são escurecidas e o seu painel está vazado em acabamento mais escurecido.

O mesmo modelo inédito está disponível em duas cores bastante distintas, que são o Azul Portofino e na cor Amarela tipo Indianápolis, a qual consiste em uma tonalidade exclusiva desta linha. Outras cores, mais comuns, também estarão disponíveis, como nos modelos anteriores.

Em termos de mecânica, é o seguinte:

Seu motor, tal como foi acima citado, é o clássico de tipo 1.0 Firefly, equipado dos três cilindros, entregando desempenho de 77 CV em até 6.250 RPM e mais 10,9 KGFM de torque, na escala de 3.250 RPM, porém, neste caso, apenas via câmbio manual em cinco marchas.

Outra grande vantagem que faz parte deste novo lançamento da Fiat é o fato de que este veículo, assim que adquirido, estará dentro de uma garantia de até cinco anos, sendo um ano para cada Copa do Mundo que a Seleção brasileira alcançou a vitória e a taça, por meio de “Garantia Especial Mopar”.

Todos os consumidores que adquirirem uma unidade desta linha terão direito ao “kit especial” suplementando de uma bolsa da empresa Nike, que contém os logotipos da companhia Fiat e da própria CBF. Os fãs de futebol e de carros estarão nas alturas.

Ainda há mais atualizações a serem transmitidas até o dia 14.

Paulo Henrique dos Santos


BMW X1 2020 – Lançamento, Características


Novo BMW X1 chega com variante de motor híbrido e visual atualizado.

A montadora alemã chega com o novo BMW X1 que é mais um de seus modelos que chegaram a passar por algumas alterações, mesmo que pequenas, passando a fazer parte de toda a gama nova de linhagem visual construída pela empresa germânica, linha essa que passa a ter maiores grades, lanternas com detalhes mais vermelhos e escurecidos e também faróis menores. Tudo isso para se parecer mais com o recém-lançado X7, modelo este que passa, a partir de agora, a ditar as novas tendências deste mercado.

Daqui para frente o rim duplo que é encontrado na dianteira do veículo passa a contar de forma conjunta com um item cromado e também deixando os faróis um pouco mais finos, sendo dotado de uma luz nova de rodagem com LED para períodos diurnos. Seus faróis de neblina que anteriormente eram arredondados, deixaram de lado esse aspecto e agora passaram a ser acompanhados por um novo detalhe que possui cor prata. A lateral do modelo não mudou e também seu capô continua sendo o mesmo, bem como suas duas saídas do escapamento na parte posterior, as quais são de série em sua variante top, chamada de xDrive25i M Sport.

Ainda não se sabe os novos valores do modelo, visto que ainda não foi anunciado no mercado europeu, entretanto se sabe que o veículo irá manter seu motor turbo com 2.0 litros, movido à gasolina e que possui a capacidade de gerar uma potência de 192 cavalos ou então de 231 cavalos a depender de sua configuração. No mercado europeu existe a possibilidade de optar por um propulsor movido a diesel, sendo um biturbo com 1.5 centímetros cúbicos, capaz de gerar 150 cavalos de potência e um torque de 27 kgfm. Sabe-se que no próximo ano irá chegar uma versão híbrida plug-in, a qual é chamada pela marca de xDrive25e, possuindo uma capacidade de render uma potência de 125 cavalos, os quais são provenientes de dois motores, sendo um propulsor à combustão e outro elétrico de 95 cavalos de potência. Nesse projeto, o propulsor que não possui capacidade poluente irá atuar diretamente sob o eixo da parte traseira do veículo.

De acordo com informações da própria montadora germânica, a sua bateria irá ter uma capacidade de cerca de 9,7 kWh, o pode permitir que p veículo da marca consiga percorrer até 50 km de distância, somente com o uso de eletricidade. Ocorreu também um aprimoramento na parte interna do novo BMW X1, região esta que recebeu uma nova multimídia, a qual também está presente no modelo Série 3, que dá a permissão de realizar a transferência de informações do smartphone do proprietário do veículo carro para o software citado e ainda possui serviço de concierge.

No mercado brasileiro o novo SUV BMW X1 é comercializado por um valor que pode variar entre R$ 191.500 e R$ 232.950 cada uma das unidades em sua versão 2019, porém ainda não existe previsão de chegada do novo X1 pós-facelift. De acordo com a filial da marca aqui no Brasil, o carro teve sua apresentação realizada de forma global, porém ainda acabou que não realizou o lançamento comercial. Independentemente de qualquer pendência que a marca ainda tenha com o consumidor brasileiro, é sabido que tais melhorias irão chegar ao famoso SUV da marca alemã, o qual irá ser fabricado na cidade catarinense de Araquari em poucos meses.

Por Filipe Silva

BMW X1 2020

BMW X1 2020


Volkswagen ID.3 2020 – Pré-Venda e Preço do Carro Elétrico.


Confira aqui as novidades do Volkswagen ID.3 2020.

Há alguns dias a Volkswagen apresentou o seu primeiro carro elétrico, o hatch ID.3. Ele tem o tamanho de um Golf, porém com mais espaço no interior. Como ele não tem o motor de combustível na parte da frente e nem o tanque de combustível que iria atrás, o modelo acabou ganhando todo esse espaço do lado de dentro.

Um dos exemplos desse sucesso, é o fato de que a Volkswagen já recebeu mais de 10 mil pedidos do ID.3 na Europa, todos pagando em torno de 1000 euros cada, com a entrega para depois de 1 ano.

Quem o ID.3 ameaça no mercado

O modelo é mais parecido e deve ameaçar principalmente o Tesla e o Nissan Leaf, que atualmente é o líder no mercado de carros elétricos. Essa competição deve acontecer pelo valor, que deve entrar no mercado com preço mais baixo que ambos, na faixa dos 30 mil euros, ainda mais na versão com autonomia de 330 km. Os outros dois modelos do carro elétrico da Volkswagen devem ter autonomia maior ainda, de 420 km ou de 550 km.

Quem quiser comprar

Os interessados em adquirir o novo Hatch Id.3 da Volkswagen devem fazer uma reserva através da internet e desembolsar o valor singelo de mil euros para garantir o veículo que ainda está em produção. A produção tem previsão de entregar as primeiras unidades ainda esse ano, provavelmente no final de 2019.

Por enquanto a edição especial de lançamento do ID.3 1ST, vale 40 mil euros e está disponível somente sob encomenda também, e é melhor ser rápido, pois a empresa fabricará apenas 30 mil unidades.

O modelo é compacto e deve ser o primeiro passo da Volks a entrar na briga com o Tesla no quesito carros elétricos. O preço é bom e chama a atenção, perto dos seus concorrentes e tem tudo para virar líder de mercado.

Quais as expectativas?

A expectativa da empresa é vender cerca de 100 mil unidades do modelo ID.3 pelo menos ao ano, juntando os países França, Reino Unido, Áustria, Alemanha, Holanda e Noruega, já que são os principais mercados.

Além disso, a Volkswagen já mostrou que está de olho em conceitos de “kombi elétrica”, SUV e até modelos de Buggy todos elétricos

Autonomia de 550 km

Alguns detalhes do modelo elétrico da Volkswagen ainda não foram revelados, mas a empresa já mostrou que repaginou o interior do carro, ele já foi visto pelas ruas sendo testado, com camuflagem na pintura. Mas o que mais chama a atenção é a autonomia dos modelos do ID.3.

Segunda a fábrica, a autonomia dos modelos pode variar de 330 km até os 550 km, e que tudo isso irá depender do tipo de bateria que o veículo estiver equipado.

Concorrente de peso

Apesar dos preços ainda serem muito alto dos veículos elétricos, o mercado vem crescendo também no Brasil, aos poucos, mas vem crescendo. Depois do anúncio da Volkswagen de lançar um carro elétrico com valor tão acessível (perto dos demais), os concorrentes devem abrir os olhos para não perder o lugar no mercado.

O Tesla por exemplo, que já foi citado algumas vezes aqui, ganhou a frente, mesmo enfrentando alguns problemas. Ele ainda é o que mais tem volume de fabricação, até o momento, mas isso deve mudar, com a chegada do ID.3 da Volks.

A Volkswagen tem investido bilhões de euros na fabricação do seu novo modelo de carro elétrico e isso deve chamar a atenção do público que quer aderir a novas tecnologias, sem gastar tanto, quanto custa um veículo elétrico no Brasil. As expectativas são altas, e o esperado é que ele realmente chegue no país, com os preços baixos, conforme anunciado.

Por: Susan Nogart


Hyundai HB20 R Spec – Novidades, Características


O R Spec consegue chamar a atenção pelo seu para-choque traseiro, que conta com o escapamento em formato oval e com um pseudo-extrato, antena de teto parecida com uma barbatana de tubarão e todas diamantadas de liga leve.

O visual novo do modelo do HB20 R Spec da Hyundai tem agradado ao público, mas a falta do motor turbo acabou tirando um pouco da graça do veículo da marca. O design realmente é arrojado, a linha do HB20 pedia um modelo mais esportivo já há algum tempo, mas agora que foi atendido faltaram incrementos.

O máximo que vimos de inovação nessa linha da Hyundai foi a série especial Spicy, e agora surgiu o R Spec 1.6, que tem modelo mais esportivo e visual a altura da linha hatch. O problema é que agora o conjunto mecânico das versões 1.6, é o mesmo das outras versões. Portanto, será que vale a pena pagar a mais só pela cara nova?

Qual o conceito do novo modelo?

Depois de ter uma boa aceitação da versão Spicy no mercado, a Hyundai resolveu investir mais um pouco em um modelo esportivo, só que dessa vez no HB. O R Spec consegue realmente chamar a atenção pelo seu para-choque traseiro, que conta com o escapamento em formato oval e com um pseudo-extrato, uma grade colmeia da frente, antena de teto parecida com uma barbatana de tubarão e todas diamantadas de liga leve.

Características do interior

A parte de dentro mantém a esportividade, apesar de dividir opiniões, principalmente no que diz respeito ao acabamento em preto e vermelho, inclusive, para as versões de bancos de couro. No painel, também há os apliques em vermelho, principalmente nas saídas de ar e rádio.

Os mostradores analógicos e de combustível têm versões normais e não digitais, mas mantiveram a iluminação de LED, inclusive na ponta dos ponteiros. Isso acaba deixando a cara do painel mais interessante. É bonito de ver, e também melhora a leitura, principalmente do computador de bordo que fica no centro. As pedaleiras de alumínio também são bem bonitas e bem posicionadas, o acelerador e o freio possuem a mesma altura o que facilita as manobras.

Dentre isso, o Hyundai HB20 R Spec possui um bom espaço interno, com suspensão confortável e macia para a sua categoria, o que não é muito apreciável em carros esportivos.

Fica técnica e como ele anda?

Segundo a ficha técnica divulgada e que encontramos no site da marca, o HB20 R Spec não deixa a desejar. Ele já usa o motor bastante elogiado 1.6 16 válvulas flex que vem da família Gamma do grupo coreano. Possui 128 cv, com potência e torque de 16.5 kgfm, e tem pico de 4.500 rpm. Seu sistema de aquecimento através do etanol dispensou o sistema de partida a frio, e isso á ótimo. Para acompanhar o câmbio manual com 6 marchas, os engates são curtos e diretos, e se encaixam perfeitamente na mão.

Na rua, o modelo do hatch não decepciona e responde bem, mesmo com giros mais baixos, acaba sendo ajudado pelo duplo comando variável e pelas marchas que são mais curtinhas. O motor 1.6 elástico oferece uma faixa de uso mais ampla, desde a alta até a baixa rotação, inclusive para a sexta marcha.

Já nas pistas, o HB20 R Spec cravou 100 km/h em extamos 10 segundos, um resultado que é um bom indício da agilidade na cidade, mesmo se não agradar muito para um modelo esportivo. Ainda não há modelos compactos mais rápidos 1.6 aspirado que esse modelo da Hyundai no mercado, que acabou destronando a versão antiga dele mesmo que era de 5 marchas.

Qual o preço?

A Hyundai cobra no modelo HB20 R Spec o valor de R$ 54.745,00, que tem um visual diferenciado, vem com direção hidráulica, travas, vidros e espelhos elétricos, banco com regulagem, alarme, som Bluetooth, e USB, faróis de neblina e ar condicionado inclusos. O que faz falta são apenas algumas coisas como a central multimídia, a tela touch, novos faróis com projetor em LED, mas tudo pode ser adquirido a parte, com acréscimo no valor.

Por Susan Nogart

Hyundai HB20 R Spec

Hyundai HB20 R Spec

Hyundai HB20 R Spec


Nova Chevrolet S10 2020 – Novidades e Preço


Picape S10 2020 tem mudança no sistema multimídia e possui 6 versões.

A picape Chevrolet S10 2020 é uma ótima máquina. Ela tem potência, beleza, resistência e modernidade. Esse lançamento da Chevrolet tem como principal objetivo alcançar o maior número de usuários. A Chevrolet S10 2020 vem com mudanças na parte multimídia e tem uma maior conectividade. Além de ter opções de versões para diferentes gostos, esse carro conta com muitas funções importantes e que tornam o dia a dia bem mais fácil. Veja agora as principais informações da Nova Picape Chevrolet S10 2020.

Picape com design moderno

O design desse carro é um detalhe bem importante. Ele é bem moderno e chamativo. Suas lanternas de LED dão um grande destaque para esse carro. Sua carroceria espaçosa chama muita atenção e serve para carregar diferentes tipos de cargas.

Sobre a motorização do Chevrolet S10 2020

O motor dessa picape é bem potente e consegue manter uma boa motorização. É claro que esse modelo de carro já foi projetado para aguentar o tranco da estrada e também rodar bem com o peso variado de carga. Ele te dá a opção de 2 motores que são 2.8 turbo diesel e 2.5 SIDI Flex. A transmissão pode ser automática com opção de 6 marchas e manual. Ambas são de ótima qualidade e ajudam a oferecer ao motorista uma ótima dirigibilidade. A potência máxima com o motor Flex é de 206 cv. Já o motor diesel oferece a potência máxima de 197 cv. Com essas informações já dá para ter uma noção que essa máquina pode oferecer muita adrenalina na pista. Por isso o ideal é dirigir com muita cautela e dessa forma evitar algum tipo de acidente. O motorista precisa ter alto controle, principalmente se gostar de correr em 4 rodas.

Sistema de multimídia com novidades

O sistema de multimídia dessa picape traz mudanças e isso anima mais ainda quem está interessado nessa máquina. Seu sistema multimidia agora conta com MyLink, que é compatível com sistema Android Auto e CarPlay. Essa mudança já estava sendo aguardada por quem conhece a marca. Era necessário um reparo nessa conectividade da picape Chevrolet S10 2020. Assim fica bem mais fácil aproveitar a modernidade desse carro.

Mudanças na parte interna

Vale apena ressaltar que a parte interna dessa picape sofreu uma pequena mudança que é: O apoio de cabeça central no banco traseiro, que pode ser visto na picape com cabine dupla. Pode até parecer uma bobagem, mais isso torna a viagem bem mais confortável para os usuários que estão sentados na parte traseira desse carro, e é um ponto positivo para quem sentia falta desse detalhe na versão anterior.

Diferentes opções de cores

Esse novo lançamento da Chevrolet também traz mais uma novidade bem legal, que são as variadas opções de cores dessa picape. Muitos usuários de carro acham um erro as marcas comentem não aumentarem esse leque de opções. Pois muitas pessoas não querem escolher um carro que tem apenas cores padrão ou poucas cores, mas na falta de opção acabam comprando o carro assim mesmo. Pensando nisso, a Chevrolet traz a S10 2020 com as seguintes opções de cores: Preto ouro Negro, Vermelho Chile, Branco Summit, Cinza Graphite, Azul Old Blue, Prata Switchblade e Vermelho Edible Berries. Com tantas opções incríveis, fica até difícil escolher uma só.

Valor da picape

O valor dessa picape segue a mesma linha e não vai impactar tanto assim. O valor da versão de entrada fica por R$109.590. Já a versão mais top está por R$195.490. Cada versão tem suas suas diferenças e informações. O usuário vai escolher aquela que tem mais haver com seu perfil. Todas são de extrema qualidade.

Agora é só escolher uma e usufruir de tanta modernidade!

Escrito por Cristiane Amaral


JAC iEV 40 – Carro Elétrico Produzido no Brasil


O carro elétrico brasileiro rapidamente se diferenciará dos demais carros da concorrência. Isso se dará por diversos fatores, sendo eles relacionados ao seu desempenho e ao baixo consumo que oferece, bem como a sua ampla lista de equipamentos.

Quem gosta de carros já deve conhecer, nem que seja por imagens e comentários, os carros elétricos. Afinal, os carros elétricos são a grande promessa do setor automobilístico para o futuro. Pois bem, se você nunca teve a oportunidade de ver de perto um carro elétrico, pois eles são fabricados fora do país, chegou a sua hora de poder conferir tudo de pertinho. É que o Brasil já tem um carro elétrico. Ou melhor, um carro elétrico produzido no Brasil. Estamos falando do iEV 40, uma grande aposta da marca JAC Motors do Brasil.

O carro elétrico da JAC já teve sua pré-venda iniciada no dia 25 do mês de janeiro e o seu lançamento já foi realizado no Salão do Automóvel 2019.

Inicialmente podemos dizer que o carro elétrico brasileiro será equipado com uma bateria com uma capacidade máxima de energia de 40 kWh. A JAC Motors do Brasil possui um grande histórico de qualidade tecnológica e é essa mesma tecnologia que estará presente no novo modelo da marca.

Trata-se de um carro com 100% de propulsão elétrica, com uma autonomia de até 300 km, podendo acelerar de 0 km até 100 km por hora em um período de 11 segundos. O carro elétrico vem equipado com todos os itens presentes nos outros SUV's e ainda contará com bancos com revestimento em couro e um kit multimídia com tela de LCD de 8 polegadas, freios regenerativos, câmera 360 graus, i-pedal, alerta de som para pedestres, além de outros itens que são exclusivos do modelo.

Esse modelo foi trazido da China para produção no Brasil, sendo para os brasileiros uma grande novidade, o que é diferente na China, pois lá mais da metade da frota de todos os modelos é com motores elétricos. Somente o JAC iEV 40 vendeu mais de 40 mil unidades no ano de 2018.

Para ser comercializado no Brasil o Grupo SHC, que é representante da marca JAC Motors do Brasil, fez a escolha entre várias configurações de capacidade da carga de bateria e de equipamentos, buscando pela mais equipada, mais completa e de autonomia maior.

O preço anunciado inicialmente foi de R$ 139.990 para a pré-venda. Porém, esse valor já foi alterado por duas vezes em decorrência das taxas cambiais, custando agora um valor acrescido de uns R$ 13 mil. Os primeiros carros já estão sendo entregues aos consumidores e quem se arrepender da compra pode pedir o valor investido inicialmente de volta.

O carro elétrico brasileiro rapidamente se diferenciará dos demais carros da concorrência. Isso se dará por diversos fatores, sendo eles relacionados ao seu desempenho e ao baixo consumo que oferece, bem como a sua ampla lista de equipamentos, entre eles o destaque que fica por conta de um sistema de propulsão 100% elétrico, além de ser muito econômico e silencioso que oferece a grande vantagem de não emitir gases que poluem o meio ambiente e que precisa apenas de 8 horas de carga em uma tomada de 220 volts.

O modelo elétrico além de todas essas vantagens ainda irá exibir recursos de vanguarda que servem para tornar mais fácil a vida do seu usuário. Ele conta com um exclusivo aplicativo para smartphone que possibilita ao condutor a verificação do quantitativo da bateria, situação para recarga e durante o carregamento, autonomia e um interessante sistema para rastreamento e telemetria com o diagnóstico realizado a distância. Com esse dispositivo é possível o controle elétrico também dos vidros, a abertura de suas portas e acionar o ar condicionado, ou seja, é como se tivesse o controle total do carro nas suas mãos.

Nesse sentido, as ruas e estradas do Brasil a partir de agora já poderão contar com os carros elétricos que começaram a ser produzidos no Brasil.

Por Sirlene

JAC iEV 40


Jeep Renegade Night Eagle – Nova Versão com Acessórios Exclusivos


Conheça os atributos da Renegade Night Eagle e sua lista de itens.

Se você conhece a fama da Renegade e sabe do seu potencial, precisa ver a nova versão dela Night Eagle, que traz um pacote de acessórios top demais que se baseia na antiga versão. Esses itens tornam essa versão mais completa e chamativa também. É dificil alguém não se encantar com o visual externo dessa picape, ela é bem diferenciada e muito chamativa. Vale lembrar que essa versão também é muito potente e completa. E por isso pode ser considerada uma ótima opção de compra. Veja agora principais informações sobre esse carro.

Conheça os itens dessa versão

Quem quiser ter os itens da versão extinta, vai ter que pagar o valor de R$ 6.030 e dessa forma o valor do carro que é de R$ 85.990 vai para R$ 92.020. Alguns itens dão maior relevância a esse carro e entre eles estão: Teto preto, sensor de estacionamento, rodas de 17 polegadas e central multimídia com tela de 7 polegadas. Muitos usuários prezam por um carro mais completo e com itens que facilite o uso do carro ou o tornem mais seguro, se você é um usuário que pensa dessa forma, esse carro é indicado para você.

Design externo moderno e chamativo

Agora vou falar do design externo do Renegade Night Eagle. Essa picape é conhecida por sua potência e modernidade, mas seu lado externo tem um grande destaque também. Ele possui medidas grandes e por isso é considerado chamativo. Ele pode também passar uma impressão de ser robusto à primeira vista, mas na verdade ele é mais moderno. A parte da frente possui acabamento exclusivo All Black, que é um detalhe bem chamativo na parte externa.

Motor potente

Falando do motor dessa máquina, posso garantir que não vai deixar seus usuários frustrados. Ele vai manter o motor 1.8 Flex que é bem potente e faz a velocidade de 139 cv. Já o seu kgfm é de 19,3 e tem 3.750 de rpm. O usuário conta com câmbio automático e 6 marchas. Uma observação interessante a se fazer é que a tração dessa máquina fica na parte dianteira. Em resumo nessa parte do carro, a conclusão é que a nova Renegade é potente e aguenta o tranco na pista ou na estrada.

Falando do valor desse carro

Essa é uma parte que muito importa para a maioria dos usuários de carro. Isso se justifica da seguinte maneira: Quando uma pessoa vai em busca de um modelo de carro para comprar, ela vai avaliar dois pontos importantes:

– As informações do carro como potência, segurança, espaço e design

– Valor a ser pago para adquirir esse carro

Essas são as duas maiores preocupações de quem está indo atrás de um carro novo. No caso da Renegade Night Eagle, se encontra as duas informações e de quebra se justifica o valor do carro. Ele tem valor inicial de R$ 85.990. Mas esse número aumenta pelo conjunto de itens de série, que deixa esse carro mais completo. É claro que nem todos os usuários vão pagar esse valor extra, mas a grande maioria quer sim um carro completo e com itens que tornam o dia a dia mais fácil.

Cores disponíveis para venda

A cor de um carro define muito sobre o seu proprietário. Pode parecer bobagem, mas tem pessoas que não abrem mão de adquirir o carro com sua cor preferida. Nesse caso os interessados em comprar esse modelo precisam saber que as cores disponíveis são: Preto, cinza e prata, todas metálicas. Quem optar pelo modelo Willys tem a cor verde como escolha. Essa sem sombra de dúvidas é uma das mais apreciadas da marca.

Essas são as principais dicas dessa picape que já conquistou muitas pessoas e promete aumentar seu sucesso ainda mais!

Escrito por Cristiane Amaral


JAC IEV 40 – Aumento no Preço


Modelo fica R$ 13 mil mais caro e perde o posto de carro elétrico mais barato do Brasil.

Quem está de olho em um SUV elétrico já pode começar a se preparar, pois as notícias mais recentes apontam que o seu preço passará por mais um aumento. A notícia foi divulgada pela JAC, que notificou o segundo aumento do iEV 40, que é o seu SUV elétrico produzido com base no T40, que por enquanto ainda não está disponível no mercado brasileiro.

De acordo com as informações divulgadas pela montadora, esse modelo deve custar a partir do valor de R$ 153.500. A previsão de lançamento é para o mês de julho, quando o modelo será disponibilizado por um valor R$ 13.510 mais alto que o último valor divulgado.

Dessa forma, o carro acaba de perder o título de modelo elétrico com valor mais baixo do mercado do Brasil, abrindo caminho para o Zoe da Renault, que tem valor a partir de R$ 149.900.

Quando o anúnco foi feito pela montadora, sobre o lançamento deste SUV em nosso mercado, com esse modelo que é o primeiro veículo elétrico, o preço anunciado foi de R$129.990, sendo que o anúncio aconteceu no mês de dezembro do ano passado. Dessa forma, no mês de janeiro o valor passou para R$ 139.990.

Segundo as informações da JAC, a justificativa para essa alta de valores se deve à variação cambial, uma vez que as empresas que fabricam os carros elétricos só operam contando com a cotação diária em razão da alta demanda. A empresa ainda afirmou que o pagamento do lote que foi encomendado só é realizado quando os veículos chegam através de navio, de modo que não existe a possibilidade de manter o valor inicialmente anunciado,em razão da alta do dólar.

Mesmo assim, o Zoe ainda conseguiu manter o valor que foi anunciado no Salão do Automóvel de 2018, o que aconteceu faz seis meses.

Ainda segundo a montadora chinesa, um quantitativo um pouco maior que 20 unidades do modelo iEV 40 já foram comercializadas . O aumento deve ser repassado aos compradores que pagaram o valor de R$ 20 mil pela reserva do veículo. Contudo, estes clientes podem desistir da compra e receber todo o valor pago na pré-reserva. Também será possível a compra de um carregador do tipo emergencial pelo valor de R$ 3.490.

O modelo, que é um utilitário, vem equipado com um motor elétrico que é alimentado por uma bateria de potência de 40 kWh, que é capaz de desenvolver 115 cavalos de potência e capacidade máxima de torque de 27,5 kgfm. De acordo com os dados técnicos, o modelo pode acelerar até 100 km por hora em um tempo de 11 segundos e ainda atinge 130 km por hora como velocidade máxima.

Assim como acontece em seus veículos movidos à combustão, a aposta da montadora JAC é oferecer ao consumidor um carro com uma lista de equipamentos bem completa e recheada, que contenha itens como bancos com revestimento de couro, sistema operacional multimídia equipado com uma tela do tipo LCD de 8 polegadas, câmera de 360°, freios tipo ABS equipados com EBD tipo regenerativos, alerta de som para pedestres, assistente de partida para rampa, ar condicionado automático, além de rodas de liga leve.

De toda forma, como todos já sabem, os carros elétricos são realmente muito atrativos, pois dão um verdadeiro show de tecnologia e modernidade. Por isso, mesmo com essa alta de valor, é esperado que o número de vendas do modelo no país seja bastante significativo.

Nesse sentido, se você está interessado em um carro elétrico, procure mais informações sobre o iEV 40 da JAC e veja se vale a pena fazer esse investimento, mesmo que ele tenha perdido o lugar de carro elétrico de menor valor no país.

Sirlene


Jaguar I-Pace Elétrico – Lançamento e Preço


Conheça todas informações sobre o Jaguar I-Pace elétrico.

O Jaguar I-Pace é um carro muito completo e cheio de detalhes incríveis. Esse carro incrível já está disponível para venda. E é claro que os usuários de carros que já estavam à espera dessa informação vão ficar muito animados. Apesar desse carro ter o valor um pouco elevado, ele tem grande popularidade entre os amantes de carros potentes. O Jaguar I-Pace é o primeiro modelo elétrico e já chegou com a banca alta. E é claro que ele já está causando desconforto para seus concorrentes. Entenda agora a razão desse carro estar sendo falado por muitas pessoas.

Falando do visual externo do carro

Uma das características mais marcantes do novo I-Pace é sua beleza chamativa. E não poderíamos esperar algo menor do que isso de um Jaguar. O carro tem design muito moderno e um toque sofisticado que o torna mais que perfeito. A primeira coisa que quero destacar sobre essa máquina, é sua caixa de rodas dianteiras que vai até ao difusor traseiro. A mesma possui design aerodinâmico do I-PACE. E ele faz que o corte do ar desse carro saia com maior facilidade, e isso traz maior autonomia e estabilidade na hora de pilotar, o que se torna uma grande positivo também. O segundo detalhe que quero citar aqui nesse texto é que esse carro possui linha de cintura fluida, que é a cabine onde o motorista fica sentado, dessa forma o mesmo tem a sensação de movimento que complementa a linha da cintura ágil e permite a esguia da carroceria. Por essa razão ao conduzir esse carro, o motorista se sente relaxado e muito confortável.

As medidas desse carro são grandes e é por isso que ele chama a atenção por onde passa. Ele também possui grandes faróis de LED que ajudam a destacar sua beleza, principalmente na parte da noite. Outra informação muito importante é sobre o teto desse carro. Ele vem na cor da carroceria e com cor de contraste que pode ser em teto de vidro panorâmico ou preta em metal. Para completar as informações sobre a parte externa, quero dizer que os vidros desse modelo são escurecidos e tem absorção de infravermelho, que bloqueia a luz do sol e ajuda muito em dias ensolarados e não atrapalha o condutor do carro e nem incomoda os outros ocupantes.

Valor dessa máquina

O valor desse carro não vai agradar a todas as pessoas, principalmente por ser considerado bem alto. Para ter uma máquina dessa é preciso desembolsar o valor de R$ 437.000 Para aqueles que torcem o nariz para esse número, eu vou lembrar que o novo Jaguar é um carro luxuoso, sendo assim seu valor está dentro do esperado para quem já conhece a marca.

Valor de R$ 449.190 com os primeiros carros que vão equipados com opcionais especiais

A primeira remessa do novo Jaguar vai custar um pouco mais caro. E a explicação para esse valor é que esses carros já saem equipados com um pacote de opcionais especiais e que deixam essa máquina ainda mais completa. E entre esses opcionais estão: Rodas de 20 polegadas, teto panorâmico, muitos itens de segurança modernos, entre outros.

Carro muito potente

O novo Jaguar vem com dois motores elétricos que são alimentados por bateria de íon de lítio. Com esse carro é possível fazer a velocidade máxima de 400 cv. Isso é considerado muito se avaliarmos a potência de outros carros dentro da linha de concorrência. Ele faz 69,6 kgfm e sua aceleração máxima é de 0 a 100 km/H em apenas 4,5 segundos. É importante ter muita responsabilidade ao conduzir esse carro, principalmente para aqueles que gostam muito de explorar a velocidade.

O Jaguar I-Pace é um carro extremamente moderno. E ao mesmo tempo consegue ser sofisticado e potente. Esse conjunto faz dele uma das máquinas mais potentes que temos. Escolha o seu modelo e abuse da funcionalidade dessa máquina.

Escrito por Cristiane Amaral


Android Auto – Novos Recursos e Design


Confira aqui as novidades presentes no Novo Android Auto.

Foram anunciadas na última segunda-feira, dia 6 de maio, pelo Google, as novidades no que se referem ao Android Auto. A atualização do sistema envolve um design reformulado e a chegada de novos recursos para o aplicativo no que diz respeito à central multimídia.

Com uma interface projetada para possibilitar e facilitar o acesso ao Android Auto por parte do motorista, o app destaca as informações relevantes para facilitar a sua utilização. Sendo assim, a proposta é que o condutor dê somente uma rápida olhada na tela e, com isso, já seja suficiente receber as principais informações de que precisa.

Não bastasse isso, o Google também buscou tornar mais simplificadas algumas tarefas que são rápidas e que podem ser executadas na direção. Por isso, a meta é que seja cada vez mais fácil utilizar o Android Auto. Vale lembrar que o app foi lançado há cinco anos e já está presente em, pelo menos, 500 modelos de carros, englobando 50 diferentes montadoras. Os dados são da própria empresa Google. Ficou curioso para saber mais sobre a lista de novidades que foi divulgada? Então fique ligado que nós contamos os detalhes para você.

Comunicação: facilidade e segurança

Com um novo centro de notificações que mostra na tela os alertas, chamadas recentes e mensagens recebidas, é possível escolher o momento em que você escuta e responde a elas. Com isso, prioriza-se a segurança do motorista e de todos que estão ocupando os demais assentos do veículo.

Simplicidade: do início ao fim

Sempre que você ligar o carro, o Android Auto continua de onde você parou. Assim, é possível dar seguimento à música que você ouvia antes e, também, o app de navegação segue sendo aquele que você está mais habituado a utilizar. Para isso, é preciso somente dizer o comando de voz “OK Google” ou tocar em um local que é sugerido para a finalidade de chegar a um destino.

Barra de navegação: menos comandos

Com uma nova barra de navegação, o Android Auto permite que se controle os app na ponta dos dedos, com um toque e sem maiores complicações. É possível ver todas as instruções sobre um percurso, atender o telefone e ouvir o seu podcast favorito, por exemplo. Tudo em uma mesma tela.

Tela: adequação a uma maior quantidade de modelos

Para os automóveis que possuem um visor grande, é aproveitado o espaço pelo Android Auto, de forma a mostrar ainda mais informações. Pode-se citar entre os exemplos: controle de telefonemas, comandos para avançar ou voltar a música que você estiver ouvindo e informações sobre quando realizar a próxima curva.

Cores: mais suavidade para os seus olhos

O Android Auto teve diversos aprimoramentos, principalmente em termos de design. Pensado para melhor se adaptar ao interior do automóvel, o app recebeu cores em tons mais suaves e escuros, com alguns toques em cor e fontes de fácil leitura e que não cansa a visão. Com isso, a garantia é de uma melhor visibilidade na tela.

Aplicativos preferidos

A barra de navegação remodelada permite a visibilidade de todas as instruções em cada curva. Por isso, é possível controlar o seu telefone e os seus aplicativos preferidos em uma mesma tela. E aí, gostou das novidades do Android Auto? Se você utiliza o app, nos dê a sua opinião nos comentários para que outras pessoas conheçam um pouco mais sobre ele.

O que se pode esperar, daqui para frente, são muitas outras reformulações para atender e satisfazer cada vez mais os motoristas que utilizam a ferramenta. Por isso, fique ligado nas tecnologias que chegam por aí para não perder nenhum lance sobre o assunto.

Kellen Kunz


Aumento no Preço do Nissan Kicks 2020


Saiba aqui se ainda vale a pena comprar este modelo com aumento nos preços.

Todos os modelos do Nissan Kicks fabricados no Brasil sofreram um aumento de preços. Até mesmo o Kicks UEFA, versão mais recente que foi lançada há pouco tempo, teve seu preço reajustado para mais, ficando mais cara. O valor mínimo era R$74.990 e agora subiu para R$ 75.790. Já o valor máximo pode chegar a até R$ 103.990 na versão mais completa e sofisticada.

Os reajustes sofridos pelo Nissan Kicks vão de R$ 800 até R$ 1.000: O modelo S MT custará R$ 75.790; o S CVT custará R$ 84.390; o SV CVT custará R$ 91.390; o SV Pack Plus CVT custará R$ 94.390; o UEFA CVT custará R$ 96.190; o SL CVT custará R$ 100.990 e o SL Pack Tech CVT, como vimos, será o modelo mais caro do Nissan Kicks, alcançando o valor de R$ 103.990.

Vale a pena comprar um Nissan Kicks, mesmo com o aumento de preço?

Muita gente fica de cabelo em pé quando ouve falar em “aumento de preço”. Em primeiro lugar, o reajuste não foi tão grande. Em segundo lugar, o Nissan Kicks possui muitos pontos positivos. Listamos estes pontos abaixo para te ajudar a decidir se compensa ou não comprar esse Nissan.

  • O motor possui um sistema de isolamento acústico e, por conta disso, o veículo é muito silencioso, seja qual for o tipo de rotação de motor;
  • Os bancos são confeccionados em couro, o que dá um ar inconfundível de sofisticação ao veículo. Além disso, os bancos da frente são tão confortáveis que você não vai nem sentir buracos e outras irregularidades nas ruas e estradas;
  • O sistema de segurança é excelente: a calibragem da suspensão, juntamente com os assistentes eletrônicos, ajuda o veículo a fazer curvas em segurança. A estabilidade nas curvas também é garantida pela carroceria;
  • Em caso de acidentes com batidas laterais, os seis airbags farão a diferença. Já os cintos dianteiros possuem pré-tensionador. Além disso, todos os cintos-de-segurança são de três pontos, o que é classificado como o tipo de cinto-de-segurança mais seguro;
  • Em situações de perigo, outro dispositivo que pode fazer a diferença é o controle eletrônico de estabilidade. Com ele, você terá maior domínio sobre o volante e o veículo responderá melhor aos seus comandos;
  • A rotação baixa do câmbio CVT faz com que o Nissan Kicks seja um carro bastante econômico;
  • O assistente de partida em aclives e declives é excelente, você não precisará utilizar o freio-de-mão para estacionar;
  • As informações disponibilizadas pelo computador de bordo são bem completas. Ademais, o painel multifuncional é em HD;
  • O volume disponível no porta-malas (432 litros) supera diversos veículos da categoria;
  • Tanto o porta-luvas como o porta-malas possuem iluminação, o que facilitará muito a vida de quem dirige à noite;
  • Para evitar furtos, o Nissan Kicks possui um sistema inteligente que impede pessoas estranhas de entrar no veículo por alguma porta que não seja a porta do motorista e pelo porta-malas;
  • É possível ligar e desligar o veículo por meio de um botão com o sistema de ignição;
  • Por meio da câmera 360º é possível fazer manobras com precisão. Na imagem, projetada no painel multimídia, você terá uma vista aérea do veículo. Além disso, o veículo também conta com uma câmera traseira e uma dianteira.
  • Se passar por um buraco com um carro mais baixo te dá arrepios, porque além de arranhar a lataria, pode perfurar algum componente importante do veículo, saiba que a distância entre o carro e o solo é muito boa;
  • A pegada do volante é muito boa, graças ao couro que o forra. Já a calibragem da direção elétrica permite que o toque seja macio em manobras feitas em baixa velocidade e, em alta velocidade, você tenha mais firmeza ao volante.

Analisar bem o custo-benefício é a melhor forma de se decidir se um carro compensa ou não, ainda que seja um valor maior do que o esperado.

Por: Jéssica Lima Cochete


Fiat Argo Trekking – Novidades e Preço


Conheça aqui os detalhes do novo Fiat Argo Trekking.

Um novo lançamento no segmento automobilístico está despertando a curiosidade dos especialistas. Em realidade, apenas um detalhe está sendo motivo de curiosidade e de apontamentos, embora o restante continue interessante.

Trata-se da nova estreia da companhia Fiat, que se tornou a pioneira a partir da elaboração, produção e lançamento de modelos aventureiros aparentes, por meio da linha Adventure. Embora pareça estranho, esse design é justificável.

A empresa realizou uma apresentação, no mês passado, de seu novo Hatch Argo, que consiste em um tipo de versão disfarçada em estilo Off-Road, batizada pelos seus produtores de Argo Trekking.

Sobre os seus atributos essenciais e decorativos mais clássicos, no que toca especificamente à estrutura mecânica, se destaca a nova calibragem da direção elétrica e a elevação da suspensão para a escala de 20 milímetros, de modo definitivo. Está equipado de um motor tipo 1.3 Firefly, que entrega desempenho de 109 cavalos de potência, além do câmbio de tipo manual. Apesar disso, a empresa, por meio de seus gestores, está prestes a fazer instalar um dispositivo CVT. No mercado o valor está fixo em 58.990 mil reais.

Este motor de 1.3 consiste em uma versão do modelo Drive, assim como o já citado câmbio manual em cinco marchas. Deste modo, este novo automóvel não se tornou uma novidade, não há nada inédito nele, a não ser uma recombinação de estruturas existentes nos modelos anteriores. Seja na dirigibilidade, seja no desempenho e design, o Fiat Argo Trekking está causando um efeito positivo. Alguns especialistas participaram dos testes, sendo, em realidade, um Test Drive muito breve, ao longo da sessão de apresentação desta novidade à imprensa geral.

Assim, esta fachada fake não está sendo nada prejudicial aos negócios, bem ao contrário. A sua suspensão de tipo elevada está bem maior, tornando-se um diferencial nesta versão Trekking. Esta recombinação mantém a estabilidade do modelo Argo.

Entre outras especificações este veículo possuir carroceria acima do solo em 21 cm, e está equipado de um sistema de inclinação mais seguro para as curvas. Quando está rodando sobre o asfalto, o motorista sequer notará as diferenças de comportamento, ou reação do veículo na pista, o que não se verifica nos modelos anteriores.

Além de possuir motorização com desempenho similar ao da anterior versão Drive 1.3 (sendo o mesmo motor em ambos automóveis), o modelo Argo Trekking tem capacidade de entregar desempenho de até 101 CV em potência, quando movido à gasolina e em 109 CV, quando movido à etanol; entrega 13,7 KGFM em torque por meio do primeiro combustível citado e resultado de 14,2 KGFM por meio do segundo tipo de combustível; está equipado de um propulsor oriundo da família FireFly, que garante muita eficiência e agilidade ao carro.

Na sessão de Test Drive, o modelo apresentou resultados bastante positivos, na ótica dos especialistas, sobretudo nas arrancadas, como também na capacidade de efetuar ultrapassagens mais seguras.

Outras características estruturais incluem o padrão utilizado nas produções anteriores, com peças e acessórios de plástico, sempre muito rígidos e resistentes, porém, bem-montados e flexíveis ao seu modo. Em suas portas dianteiras o Argo Trekking está munido de uma pequena porção de tecido de alta qualidade, próprio para automóveis. Nas portas traseiras não há forragem deste tipo. Todos esses detalhes são próprios deste tipo de carro, de um típico Hatch Compacto.

Portanto, resumindo a ópera, este novo modelo Hatch está vazado em um design alcunhado pelos especialistas de ”roupagem aventureira”, além de ser apresentado ao público como uma promessa de carro equipado com novo tipo de câmbio.

Paulo Henrique dos Santos


Mercedes-Benz GLS 2020 – Lançamento, Especificações


Foi apresentada a nova geração do modelo no Salão de Nova Iorque 2019.

Depois de 95 anos da adoção do nome atual em 1924, a Mercedes-Benz continua surpreendendo até quem já conhece a marca! O X166 Mercedes-Benz GL-Class é um SUV de luxo completo produzido há 7 anos (desde 2012). É o segundo e atual modelo de geração da gama GL-Class e foi renomeado para GLS-Class a partir do facelift que sofreu em 2016.

Pequenas mudanças – Mais volume!

A Mercedes já mandou o modelo 2020 para o Salão de New York de 2019. Estamos falando do maior SUV da marca Daimler (que é a dona da Mercedes-Benz). O modelo está abandonando totalmente aquela arquitetura antiga, que era encontrada na Daimler-Chrysler, extinta em 2007. Também houve um aumento de tamanho: a SUV está aproximadamente 100 mm maior que a versão anterior.

Podemos afirmar que essa nova carroceria é mais robusta e mais volumosa. A marca alemã decidiu apostar num SUV mais encorpado, perdendo aquela aparência de perua que tinha há algumas gerações. Suas dimensões são as seguintes:

  • Comprimento: 5,21 m
  • Largura: 1,95 m
  • Entre eixos: 3,13 m

Motor

A Mercedes-Benz está espalhando sua tecnologia híbrida por muitos cantos do mundo. O Motor de seis cilindros em linha e 3.0 L exibe um motor elétrico no virabrequim, substituindo o motor de partida tradicional e o alternador. Ele pode contribuir com uma adição de 21 cavalos de potência e 25 kgfm de torque ao motor principal. E no novo GLS 2020 580, o motor turbo V-8 de 4.0 L recebe o mesmo tratamento.

O GLS modelo 2020 faz sua estreia no Salão Internacional do Automóvel de New York de 2019. O GLS 580 é significativo porque é o primeiro híbrido V-8 da Mercedes-Benz. Você tem 483 cavalos de potência e 71 kgf.m de torque, além de 21 cavalos adicionais e 25 kgf.m do motor elétrico quando as condições exigirem.

Faróis e grade

Os faróis ganharam um formato próximo a quadrados, mas sem contornos agressivos. Tem projetores em LED e grade ovalizada. Essa grade sustenta duas barras feitas de alumínio que, por sua vez, sustentam a logo da Mercedes. Parte da grade fica escondida pelo acabamento feito em baixo relevo localizado sobre o protetor.

Pequenos destaques

O teto do Mercedes-Benz GLS 2020 vai crescendo à medida que vai se aproximando das colunas C, que nessa geração ficaram mais destacadas. Já na parte traseira, o que se destaca são as lanternas feitas em LED, tendo elementos arredondados. Também se destaca o para-choque com moldura em cromo.

Muito ar

Se você gosta do conforto do ar-condicionado em todos os cantos do carro pode ficar tranquilo com o GLS 2020. O SUV adotou uma quantidade de saídas de ar impressionante e raramente vista em SUVs. Ele conta com dois difusores de ar grandes nas laterais do conjunto de telas de 63 centímetros de diagonal (25 polegadas). Já parece muito, mas ainda tem mais! Há mais 4 saídas retangulares mais abaixo e outro na direção do banco do passageiro. Os dias quentes não serão um problema para os donos do GLS 2020.

Console

O console do GLS 2020 tem um touch-pad central de navegação separando duas alças laterais. A superfície texturizada esconde alguns porta-objetos e porta-copos. As alças e a base desse painel são envoltas com luzes de LED.

Agora temos mais amplitude de espaço, com comandos individuais de climatização localizados na segunda fileira e saídas de ar também no teto para as 2 fileiras.

Preço

O preço do GLS provavelmente será anunciado quando o novo SUV começar a ser vendido na segunda metade de 2019 nos Estados Unidos. A estimativa é que no Brasil o carro ultrapasse os R$ 200 mil.

Por Bruno Rafael da Silva

Mercedes-Benz GLS 2020

Mercedes-Benz GLS 2020


Nissan Sentra NISMO 2020 – Características, Lançamento


Nissan Sentra NISMO traz elegância, conforto e boa motorização.

Quando pensamos no Nissan Sentra NISMO logo nos vem à cabeça um carro completo e cheio de utilidades importantes. Mas, além disso, pensamos na sua beleza enigmática. Esse é um dos carros que possui um conjunto de funções perfeitas que agrada a maioria dos usuários de carro. Esse carro conta com 3 versões que diversificam alguns detalhes uma das outras, e que foram criadas para agradar diferentes consumidores que já são fãs dessa marca. Então vou falar agora sobre alguns detalhes do Nissan Sentra NISMO.

Falando do motor do Nissan Sentra NISMO

Esse carro possui um ótimo motor que é o MR20D, ele possui a tecnologia Flex e acaba agradando muito por isso. Esse motor dá ao usuário a opção de duplo comando de válvulas variáveis no cabeçote de alumínio, e esse é um detalhe bem positivo na área do motor. Com ele é possível fazer 140 cv de potência máxima e ela é independente do tipo de combustível usada no carro. Já o seu torque máximo é de 20,0 kgfm. Em uma análise rápida posso afirmar que esse motor não é o melhor dentro da sua categoria, mas ele não deixa a desejar quando está exercendo seu papel.

Carro com ótimo espaço interno

O espaço interno de um carro é muito importante na hora da decisão de compra de um novo carro. E o Nissan Sentra NISMO possui muito espaço. Ele acomoda muito bem 5 passageiros de forma natural. Todos possuem espaço de sobra para sentar de forma confortável, esticando bem as pernas, o que torna a viagem bem prazerosa. Esse é mais um ponto positivo dessa máquina.

Novo Nissan tem porta-malas muito espaçoso

Outro detalhe bem legal desse carro é o tamanho do seu porta-malas. Ele possui 503 litros que são suficientes para guardar diversas bagagens e variados itens. Dessa forma, o usuário não perde espaço interno e ainda consegue carregar vários tipos de objetos facilmente em seu dia a dia.

Carro com valor inicial de R$84.990

O Nissan Sentra NISMO tem valor inicial de R$84.990. Esse é um valor bom e justificável avaliando de forma geral esse carro. Além de ter uma aparência externa maravilhosa, ele conta com boas funções, bom motor e muito espaço interno. Esse carro tem muitos anos de vida útil, e se for utilizado com cuidado e tendo suas revisões feitas na época certa, o usuário terá um carro para vida toda. Uma ótima máquina. A sua versão top de linha custa R$106.990 e é considerada completa e moderna, um modelo para ninguém colocar defeito.

Falando dos itens de série da versão de entrada

Esse carro da Nissan possui ótimos itens de série, e eles realmente fazem uma grande diferença na funcionalidade do carro, e o torna ainda mais completo do que ele foi projetado. A versão de entrada possui muitos itens bons. Veja abaixo:

– Ar condicionado

– Airbags frontais para todos os ocupantes do carro

– Freios ABS com controle de frenagem

– Sensor de estacionamento traseiro

– Encosto de cabeça nos bancos

– Cinto de três pontos para todos os ocupantes do carro

– Travamento central elétrico das portas

– Isofix para fixação de cadeirinhas de cadeirinhas infantis

– Faróis com acendimentos automáticos

– Partida do motor por botão

– Controles de áudio no volante

– Porta-malas com travas elétricas

– Volante com ajuste de altura e profundidade

Entre outros.

Como vimos esse carro é muito completo e cheio de itens de série.

Detalhes da parte externa do carro

Como foi dito no início desse texto, esse carro possui beleza enigmática. Isso quer dizer que por onde ele passa, ele chama a atenção. Entre alguns dos detalhes externos que ele possui, vale ressaltar alguns que são: Suas lanternas traseiras com LED, suas rodas de liga leve de 17 polegadas, faróis dianteiros com assinatura cromada, maçanetas das portas cromadas e muito mais.

Essas são as informações do Nissan Sentra NISMO!

Por Cristiane Amaral

Nissan Sentra Nismo

Nissan Sentra Nismo


Novo Mitsubishi Pajero Sport 2019 – Análise e Preço


Confira aqui os prós e contras do novo Mitsubishi Pajero Sport 2019.

O Pajero Sport, novo SUV da Mitsubishi, está chegando diretamente da Tailândia com o valor de R$ 265.990. Se você está curioso para saber tudo sobre desempenho, design, segurança e tudo o mais, leia este texto até o final.

Resposta do veículo e desempenho

Seja nas vias urbanas, seja nas rurais, o Pajero Sport demonstra uma ótima resposta, especialmente em relação às retomadas. Até em estradas de terra o veículo tem uma ótima resposta. Na verdade, até mesmo em trechos alagados é possível passar tranquilamente, se houver até 70 centímetros de lâmina d’água.

Com motor igual ao Mitsubishi L200 Triton, o Pajero Sport possui motor MIVEC 2.4 com 16 válvulas, injeção direta e turbocompressor. A transmissão é feita de modo automático e há oito velocidades. A alteração de marchas é feita nas aletas do volante.

É possível alterar facilmente os modos de condução: fora da estrada, por exemplo, o próprio SUV segura a passada de marchas por um tempo maior. O sistema de bloqueio do diferencial do eixo traseiro oferece proteção em condições extremas de suspensão de rodas como por exemplo as temidas valetas. Segundo a fabricante, é possível movimentar o carro com apenas uma roda.

Uma evolução em relação ao seu antecessor é que a direção do veículo é ainda mais leve, a ponto de que a impressão que o motorista tem é que o carro que ele conduz não é nem um pouco pesado. A estabilidade do SUV aumenta a sensação de segurança.

Design

O que o Pajero Sport tem de bom no desempenho, deixa a desejar em relação ao design: Apesar de ter uma dianteira bem-feita, os traços da parte traseira estão em total desarmonia com o resto do carro.

Os aerofólios, que já viraram característicos da Mitsubishi, são esquisitos, mas não tanto quanto outros veículos como o Eclipse Cross. Como já é de praxe, os bancos e o acabamento de volante são feitos em couro.

Há seis opções de cores para você escolher.

Conforto

Para esta versão, a Mitsubishi recalibrou os amortecedores e, graças a isso, mesmo nos trechos mais sinuosos, os passageiros do veículo ficarão confortáveis. Além disso, a ausência de uma estrutura de aço possibilitou uma viagem tranquila, mesmo que ela tenha durado horas.

Se você não gosta do barulho externo, vai ficar feliz com a notícia de que o Pajero Sport possui isolamento acústico. O veículo ainda conta com ar-condicionado e exaustor de teto.

Interior e espaço disponível

Com sete lugares disponíveis, o Pajero possui uma última fileira razoavelmente confortável e espaçosa, o que a faz ser melhor do que os concorrentes. Os últimos bancos são destinados às crianças e, por conta disso, podem ser dobrados e guardados embaixo do assoalho.

Com todos os bancos ocupados, o porta-malas comporta 571 litros. Esse espaço aumenta para 1.731 litros se os bancos da segunda fileira estiverem rebaixados. Um ponto negativo em relação ao porta-malas é que a abertura não é muito boa.

O Pajero Sport conta com duas tomadas e entradas USB, onde você poderá carregar o seu smartphone. Quanto à central multimídia, ela possui Wi-Fi, Android Auto e Apple Car Play.

Segurança

O Pajero Sport conta com um amplo sistema de segurança, como por exemplo os 11 airbags (lateral, de cortina, dianteiro, para o joelho do motorista, etc.) e para o assistente em declives, que ajuda o motorista na frenagem. Além disso, outro ponto positivo é o sistema que previne acelerações involuntárias.

No entanto, sentimos falta dos sistemas que detectam pedestres, faixas e que alertam o motorista que está fadigado.

O novo Pajero Sport foi uma evolução de sua geração anterior, em que a Mitsubishi claramente analisou os pontos fracos para melhorar ainda mais nesse lançamento. Apesar de uma ou outra falta (não consideramos como falha, apenas falta), o veículo se mostra uma boa opção para quem gosta de SUVs.

Por: Jéssica Lima Cochete


Ford Edge ST 2020 – Novidades, Análise e Preço


Conheça este novo carro esportivo cheio de funções modernas.

O novo carro da Ford, o Edge ST, tem muitas novidades para contar e essa notícia vai animar ainda mais a vida dos diversos usuários da marca. Esse carro veio na versão esportiva, que já fica visível quando olhamos para ele. E é claro que já posso afirmar que ele tem um lado mais bruto ou melhor dizendo, robusto. Ele agora também passa a ser vendido em versão única, mas está ainda mais completo. Então agora eu vou falar das suas principais informações.

Vamos falar do preço do Ford Edge ST

O valor do Ford Edge ST é um assunto que gera uma certa polêmica. E eu nem entendo muito a razão disso. Realmente pagar R$299 mil em um carro não é uma coisa muito fácil, mas é claro que esse modelo é para quem pode e não para quem quer. Já peço desculpas pelo trocadilho. Mas a realidade é que esse carro é muito completo, moderno e tem design excelente. E sendo fabricado pela Ford, já se pode ter ideia da máquina que ele é. Apesar do valor espantar um pouco, ele é justificável por toda potência, modernidade e forma desse carro. Então está tudo dentro da normalidade. E é claro que vai existir muitas informações contrárias à minha e eu respeito, pois isso se trata de gosto e ponto de vista.

Carro com ótima motorização

Outra informação bem animadora do Ford Edge ST é que ele tem um motor 2.7 V6 EcoBoost biturbo. Ele consegue fazer a velocidade máxima de 335 cv, o que é muito alto. Ele é indicado para quem curte muito a velocidade sobre as 4 rodas, mas vale lembrar que se deve ter cautela, pois essa máquina é muito potente. Ele também possui câmbio automático de 8 marchas e seus comandos ficam no volante, com o sistema em modo de condução esporte. Esse carro dá um tapa na cara de muitos concorrentes da sua categoria e não é à toa né. Ele consegue fazer a velocidade máxima de 209 km/h e isso já mostra o quanto ele pode correr na pista.

Carro grande e chamativo

O Ford Edge ST é grande e por isso chama a atenção por onde passa. E isso só fica mais claro em suas medidas, que são:

– 1,730 M de altura;

– 4,79 M de cumprimento;

– 1,93 de largura;

– 2,85 M de distância entre eixos;

– Peso de 2 toneladas

Com essas medidas, já dá para ter certeza que essa máquina é muito espaçosa e também muito confortável.

Falando da parte externa

A parte externa desse carro é cheia de detalhes maravilhosos, como já era de se esperar. Essa versão passou por algumas mudanças que podem ser vistas na parte da frente, nas laterais e na parte de trás, que ganharam novos desenhos. Vou destacar aqui o item exclusivo da marca que fica na grade dianteira preta e também dá muito destaque a mesma. Eu estou falando da famosa colmeia. Além disso, esse carro conta com lanternas de LED, saias laterais, escapamento com saídas duplas e rodas de aro 21”.

Muita modernidade na parte interna do carro

A parte interna desse carro é um verdadeiro espetáculo e conta com muitas informações bacanas. A primeira coisa que quero destacar dessa parte do carro é a elegância extrema que ele possui. Seus bancos são todos revestidos em couro camurça e ele possui espaço para 5 ocupantes de forma bem espaçosa, central multimídia SYNC 3 que vem com DVD com duas telas de 8 polegadas que são exclusivas para os passageiros da parte traseira, teto solar, soleiras personalizadas e muito mais.

Itens de série perfeitos

Os itens de série desse carro são excelentes e de grande importância. Posso dizer que é um grande diferencial no conjunto desse carro. E entre eles estão:

– Assistente de partida em rampa;

– Sensor de estacionamento dianteiro e traseiro;

– Ganchos e fitas de segurança para cadeiras infantis,

– Controle eletrônico de estabilidade e tração;

– Câmera dianteira de 180 graus

– Câmera de ré para estacionamento

E muito mais.

Essas são as principais informações sobre o Ford Edge ST!

Escrito por Cristiane Amaral


Novo BMW i3 120AH 2019 – Pré-Venda e Preço no Brasil


Confira aqui mais detalhes sobre o novo BMW i3 120AH.

A BMW anunciou o início das vendas de seu modelo elétrico, o i3 120Ah, que conta com a maior capacidade de bateria da categoria de hatch elétrico do mercado. Embora o modelo ainda esteja com o preço bastante salgado, tendo preço inicial de R$ 205.950.

Esse valor é cobrado na versão BEV, que não inclui o motor de combustão, que pode ser usado como extensor da bateria, garantindo maior autonomia ao veículo e sendo inclusive um item inédito dentro do mercado.

Para garantir esse acessório extra, deve desembolsar o total de R$ 257.950, que inclui o i3 REX Full, mas com a garantia de que terá um extensor de bateria topo de linha para os veículos elétricos.

O modelo elétrico da BMW

O i3 120Ah foi o primeiro veículo elétrico da marca a ser lançado, e foi o único do mercado até o Zoe da Renault chegar. Todas as suas vendas foram realizadas com um motor a combustão, usado apenas com recarga elétrica e bateria quando a carga fica baixa.

Depois de alguns ajustes, o modelo da BMW deve começar a ser vendido agora, com uma bateria ainda maior, com cerca de 42,2 kWh (120Ah), que permite a autonomia de 335 Km, nas versões BEV, ou 440 km quando usado o REX como extensor.

Outros lançamentos da BMW

Todas as versões que foram lançadas até o momento com motor elétrico, são de 170 cv e 25,5 kgfm de torque, o que trabalhado com uma transmissão CVT serve para enviar forças para as rodas traseiras do veículo.

Já o motor de combustão é de 647 cm³ de 34 cv, que nada mais é do que uma versão mais simples de motorização, assim como as usadas nas scooters C600 Sport, que consegue trabalhar somente como gerador, mas não é capaz de fazer as rodas se moverem. Acelera o carro de 0 a 200 km/h em 7,3 segundos, em versões de veículos elétricos, enquanto que o REX precisa de cerca de 8 segundos para tal feito. Todos eles possuem velocidade limitada máxima que é de 150 km/h.

Características do BMW i3 120Ah

O i3 tem rodas de liga leve de série, com 19”, e uma série de outros itens em sua característica, veja alguma delas:

  • Faróis Full-LED
  • Ar-Condicionado
  • Painel Digital
  • Central Multimidia
  • Seis airbags.

O sistema de ConnectedDrive, possui:

  • Chamada de emergência inteligente
  • Função que mostra os postos de gasolina ou locais para fazer recarga seja em locais privados ou públicos como shoppings e supermercados
  • Telemetria

Já a versão BEV pode vir com alguns itens a mais, como por exemplo:

  • Ar-condicionado automático digital
  • Integração com Apple CarPlay
  • Sistema de navegação por GPS em tempo real
  • Sensor de chuva
  • Sensor de estacionamento dianteiro e traseiro
  • Parking assistant
  • Câmera de ré

E por fim, a versão que é o topo da linha da BMW, que acompanha o REX e outros itens como:

  • Teto solar
  • Alerta de tráfego
  • Sistema de áudio surround Harman-Kardon
  • Aviso de saída de faixa
  • Entre várias outras novidades.

O novo modelo da BMW i3 120Ah já pode ser encontrado em concessionárias autorizadas da marca. Algumas delas localizadas em Belo Horizonte, Curitiba, Brasília, Joinville, Florianópolis, Rio de Janeiro, Recife, São Paulo e Salvador.

Apesar de ser um carro dos mais caros da categoria, a BMW tem capacidade para lançar um modelo com porte para liderar o mercado. Suas tecnologias e inovações podem ser a saída para a diminuição do consumo de combustíveis poluentes. Os carros híbridos e os elétricos ainda têm muito que evoluir, principalmente em questão de preço, para realmente conseguirem fazer parte da frota no Brasil. Só nos resta esperar.

Por: Susan Nogart


Lexus UX 250H – Venda e Preço no Brasil


Modelo chega às concessionárias custando a partir de R$ 169 mil.

Com grande expectativa, enfim o Lexus UX 250h começa a ser comercializado e passa a ser oferecido para o público nas concessionárias. Após ser apresentado para o público no Salão do Automóvel em novembro de 2018, que aguçou ainda mais a expectativa de comercialização em lojas, o Lexus UX 250h será vendido por preços que variam entre R$ 169.990 e R$ 209.990. O esportivo e compacto faz a combinação de motor 2.0 a gasolina com propulsor elétrico.

No Brasil o modelo chega unicamente com variante hibrida nas opções de acabamento: Dynamic, Luxury e F-Sport. Os valores já incluem pintura metálica. Foi estipulada uma data de entrega para os compradores que seria no final de abril de 2019.

A versão Dynamic custa R$ 169.990, sendo um valor convidativo, já que na mesma categoria, o Ford Fusion Hybrid reestilizado custa R$ 182.990, sendo também o SUV hibrido mais barato do mercado. A versão intermediária Luxury custa R$ 189.990 e a versão F-Sport, que tem uma decoração mais esportiva, custa R$ 209.990.

Potência 181 cv e motor 2.0 e propulsor elétrico

Quanto ao conjunto mecânico do Lexus UX 250h, compreende o chamado sistema Lexus Hybrid Drive. A potência gerada é de 181 cv a partir da combinação de um motor 2.0 a gasolina de quatro cilindros, além de um propulsor elétrico.

Com bancos revestidos em couro e, conforme a configuração do Lexus UX 250h, o seu acabamento interno pode ser da cor preta, no caso do modelo Dynamic, ou bege, preto e caramelo nos modelos Luxury e F-Sport.

Ar condicionado dual zone com sistema S-Flow

Todas as versões do Lexus UX 250h tem ar-condicionado dual zone com sistema S-Flow. Neste sistema de ar, que visa otimizar a energética do carro, é direcionado fluxo de ar diretamente apenas para os bancos dianteiros com ocupantes.

Tem ainda sistema de ar-condicionado nos bancos dianteiros na versão intermediária Luxury, sendo o item de série uma exclusividade entre os principais concorrentes do segmento.

Tecnologia de ponta

O UX oferece em todas as suas versões sistema de aquecimento, bancos dianteiros com ajuste elétrico de oito posições para o assento do passageiro dianteiro e dez posições para o assento dos motoristas.

O carro conta ainda com sistema de partida por botão. O sistema Smart Entry que trava e destrava as portas dianteiras, além do porta-malas, por um sensor que fica localizado na porta do motorista. Nas versões Luxury e F-Sport os porta-malas tem abertura “hands free”, com sistema de entretimento com 7" ou 10,3". O aparelho de som conta com seis ou oito alto-falantes. Já os pneus run-flat que podem ainda rodar com velocidade 80 km/h por 160 km, mesmo eles estando furados.

Já a paleta de cores inclui nove opções para o mercado brasileiro, que são comuns em todas as versões, que são: cinza mercúrio, preto grafite, laranja terra, cinza titânio e prata platinum. Entre as opções mais exclusivas, o Branco Sônico (perolizada) está disponível para unicamente para o Luxury e Dynamic e o Branco Super Nova, o Azul Olimpo e o Vermelho Rúbio estão disponíveis com exclusividade para o modelo do F-Sport.

Ainda na parte interna do veículo, todos os modelos de entrada tem ainda computador de bordo com visor LCD em TFT de 7”. A tecnologia que acompanha o veículo é a head-up display. Essa tecnologia consegue projetar informações no para-brisa.

Adoniran Peres


Melhores Carros da Ford


Confira os melhores modelos da Ford em relação a quesitos como número de vendas, novidades em 2019, preço, segurança, etc.

A Ford é uma das marcas mais conhecidas de todo o mundo e muitos de seus modelos estão entre os mais vendidos dos últimos anos. A razão desse grande sucesso é a eficiência dos automóveis, a segurança, a confiabilidade e o preço.

Se você já conhece esse sucesso da Ford, está pensando em comprar um de seus modelos, mas não sabe qual escolher, esse top 5 é ideal para você! Através de uma pesquisa cuidadosa em rankings de sites especializados em veículos, separamos os melhores modelos em relação a quesitos como número de vendas, novidades em 2019, preço, segurança, etc.

Ford Ka

No ano passado, a Ford Ka vendeu 103.286 unidades, sucesso que vem ocorrendo desde o ano de 2017, quando a terceira geração do modelo chegou ao Brasil para ser um concorrente direto do Chevrolet Onix e do Hyundai HB20.

No ano de 2019, o Ford Ka surgiu como um modelo muito querido pelos condutores, pois seus dois motores são modernos e fazem com que o seu desempenho seja excepcional. Outra novidade interessante que faz com que o veículo esteja no topo nessa lista é a mudança em equipamentos que trazem mais segurança e controle.

Ford Ka

Ford Ka 1.0 SE

Seguindo o mesmo sucesso, temos a versão Sedan do Ford Ka Sedan, que vendeu 39.027 unidades no ano de 2018. A nova geração veio renovada, mas, ao mesmo tempo, simples, tanto que o modelo mais destacado do Sedan é o seu modelo mais básico.

O carro é muito econômico, sendo o vencedor de economia de combustível nas estradas (15,7 km/l, enquanto que, na cidade, o Sedan faz 13,5/l).

Ford Ka Sedan 2019

Ford Mustang GT Premium

O ano de 2018 foi muito bom para os amantes de carros esportivos, e o destaque para o Ford Mustang GT Premium garante a presença no nosso TOP 5 de melhores carros da Ford. Em 9 meses, a Ford vendeu 900 unidades do Mustang.

O veículo é muito prático e você pode adaptar o carro ao seu estilo de condição. Por exemplo, é possível enfrentar uma estrada cheia de obstáculos e ir ao supermercado no mesmo dia, basta você alternar entre os modos conforto, pista e muscle car.

Ford Mustang GT Premium

Ford Ecosport

Com 34.497 unidades vendidas no ano de 2018, o modelo exclusivo de nosso país nasceu em 2003 e trouxe uma nova opção para aqueles que gostam de um veículo esportivo e compacto, com boa aerodinâmica. Por muitos anos, o Ford Ecosport foi o líder de sua categoria.

No ano de 2019, o veículo traz uma personalidade aventureira e mudanças como o revestimento em couro preto no volante e nos bancos, além de um acabamento todo especial na cor laranja tanto na costura dos volantes e bancos quanto nos pontos do painel.

Ford Ecosport 2019

Ford Ranger

O quinto lugar de nosso Top 5 está no modelo que vendeu 20.552 unidades no ano de 2018: Ford Ranger. Vencedor do prêmio “Qual Comprar?”, o modelo que sucedeu a Ford Courier teve mudanças interessantes como um visual mais parrudo, como os projetores do farol que lembram canhões.

A picape conhecida como um modelo forte é ideal para ser conduzida em qualquer ambiente, seja na cidade, seja nas estradas de terra. Além da imponência de seu design e de seus motores que oferecem um excelente desempenho, a Ford Ranger ainda oferece o que há melhor em tecnologia, o que proporciona um trajeto mais intuitivo e, ademais, o veículo tem um sistema de segurança muito bom, especialmente por conta dos 7 Air bags.

Ford Ranger 2019

Os melhores carros da Ford oferecem conforto, segurança e eficiência para todos os gostos e bolsos. Seja qual for a sua escolha, saiba que você não vai se arrepender!

Por Jéssica Lima Cochete


Melhores Carros da Chevrolet


Confira alguns dos melhores carros da Chevrolet com suas principais características.

Quem conhece a Chevrolet já sabe que ela é uma das melhores montadoras de todo o mundo, sendo líder no mercado americano. Fundada no ano de 1911 a montadora a cada lançamento ganha mais espaço no mercado de automóveis. O seu segredo está em uma combinação perfeita entre potência, economia, segurança, sustentabilidade, beleza e custo benefício. São muitos modelos com vários preços, tecnologias e características. Neste artigo vamos apresentar alguns dos melhores carros da marca. Vamos lá?

Chevrolet Onix: Temos aqui o automóvel mais vendido no país. Já são três anos nesta posição. O Onix é um carro com um design bem arrojado que conta com versões com motores de 1.0 e 1.4 que oferecem de 80 a 106 cavalos de potência. Suas características contribuem para um modelo com excelente custo-benefício. Sem falar que é muito econômico. Possui um sistema de câmbio composto por até 6 velocidades, podendo ser automático ou manual. São 280 litros no porta-malas, faróis cromados e outras características o Onix é vendido em 5 versões.

Chevrolet Onix

Chevrolet Cruze: Um carro altamente moderno que oferece conforto, conectividade e potência. Disponível na versão sedan e hatch. Possui um excelente custo benefício e encabeça a lista dos melhores sedãs do Brasil em 2017.

Chevrolet Cruze

Chevrolet Classic: É um veterano que foi apresentado na década de 90, mas é sucesso até os dias atuais. Vendido por um preço bem em conta seu conjunto também é bem atrativo, possuindo ar-condicionado e direção hidráulica e o ar-condicionado. A capacidade do porta-malas é de até 425 litros é, sem dúvida, o que é um de seus diferenciais. Infelizmente, o modelo já foi descontinuado, mas foi um dos melhores da marca.

Chevrolet Classic

Chevrolet Spin: O modelo ideal para famílias grandes, oferecendo lugar para 5 adultos e ainda 2 crianças. Trata-se de uma minivan muito charmosa, com uma direção excelente, porta-objetos bem úteis, ambiente interno e duas cores, conforto e estabilidade. O câmbio é manual ou automático. Disponível em duas versões, é uma excelente escolha.

Chevrolet Spin

Chevrolet S10: Lançado no ano de 1995 se tornou um dos líderes de seu segmento. Um carro perfeito para passeios e para o trabalho. Extremamente confortável é uma picape bem robusta e que é disponível com cabine dupla ou simples, com motores flex ou a diesel. Com certeza não poderia ficar de fora desta lista dos melhores da Chevrolet. Como suas vantagens em relação às concorrentes temos alerta de colisão, direção elétrica, monitoramento de pressão dos pneus e sistemas de freios altamente eficientes.

Chevrolet S10

Chevrolet Prisma: Um carro com show de tecnologia. Apresentando câmera de ré e um computador de bordo de cinco funções como velocidade média, consumo médio, autonomia, tempo de viagem e temperatura externa. Além dos sistemas Chevrolet MyLink e OnStar. Uma das grandes vantagens desse Prisma é um aplicativo que com um simples toque ativa luzes e buzina para indicar o local onde o carro está estacionado. E por último, e não menos importante temos o seu valor que é bastante acessível.

Chevrolet Prisma

Chevrolet Cobalt: Estamos com o compacto considerado mais premium e também mais funcional do mercado. Ele é a junção de um design bem arrojado e oferece um excelente espaço interno. Além, é claro, de toda a segurança e tecnologia habitual aos veículos da Chevrolet. Ainda temos o sistema que localiza o veículo estacionado OnStar, o SOS que solta um alerta em caso de emergência, irregularidades do veículo ou problemas mecânicos.

Chevrolet Cobalt

Nesse sentido, aqui apresentamos alguns dos modelos que a Chevrolet oferece. Todos com a mesma qualidade que a Chevrolet possui, o que faz dela uma grande sucesso de vendas em todo o mundo e em todos os seus lançamentos. Agora, é só escolher o seu.

Por Sirlene Montes


Fim das Vendas do Kia Picanto no Brasil


Montadora não descarta um possível retorno do modelo no futuro.

Depois de 3 gerações, o simpático subcompacto Kia Picanto discretamente se despede de nosso país. Se você entrar no site da Kia, vai perceber que o modelo não está mais disponível para compra. Isso é uma pena, pois desde 2007 ele é comercializado e seu representante era o grupo Gandini.

Quando era comercializado, o Kia Picanto era, além do crossover Soul, o único hatch da fabricante sul-coreana no Brasil. Além da simpatia característica, o modelo sempre foi uma boa opção para quem não queria gastar muito.

Com motor Flex Kappa 1.0 12V de três cilindros, o Picanto poderia chegar a 77 cavalos e 9,4 kgfm na gasolina, ou então até 80 cavalos e 9,8 kgfm no etanol. O veículo era um confortável modelo automático com quatro portas.

Mas o que aconteceu com o subcompacto e por que ele parou de ser vendido no Brasil? Mesmo que no ano passado uma centena de unidades tenham sido importadas para cá, o custo-benefício não agradou tanto porque, apesar de seu motor 1.0 e câmbio automático, ele era vendido por R$ 65 mil, considerado um valor elevado para a categoria.

No entanto, não era só de problemas que o Kia Picanto era feito, pois tinha uma qualidade muito boa, assim como um bom acabamento. O veículo ficou conhecido por ser um carrinho simpático, justamente por conta de seu visual bem feito.

Com o fim das vendas do Picanto, o sedã Cerato passou a ser o veículo mais em conta da fabricante sul-coreana, que é vendido por uma bagatela de 80 mil reais. Questionada sobre o fim das vendas do subcompacto no Brasil, a montadora afirmou que foi um adeus provisório e que o carro voltará a ser vendido quando a situação estiver mais propícia.

O hatch jamais tocou o solo brasileiro, ainda que a fabricante tenha prometido muitas vezes e tenha, inclusive, homologado. Em uma nota explicativa, a Kia informou que “O Picanto não foi retirado do portfólio de produtos da Kia Motors do Brasil. Neste Momento, a empresa não está importando este modelo por conta da elevada cotação do dólar”.

Só para ter uma ideia, no dia 22 de abril de 2019 a moeda norte-americana correspondia a R$ 3,94. Naturalmente, esse valor interfere nas vendas em território nacional, pois faz com que o valor não seja competitivo num mercado com tantas opções.

Outro problema que fez com que a Kia decidisse suspender as vendas do Picanto no país é o fato de que não há uma fábrica deles no país e, por conta disso, as vendas não possuem incentivos fiscais do governo.

Uma notícia boa

Se você acha que a despedida do Kia Picanto não trouxe nenhuma notícia boa para os brasileiros, fique tranquinho, pois o Kia Rio pode ser a solução. Apresentado no Salão do Automóvel e com data de chegada prevista para este ano, o Rio possui motor 1.6 flex, famoso por equipar a linha Hyundai HB20.

Por ser importado do México, o veículo tem grandes chances de chegar com um excelente valor, por conta do livre comércio entre o México e o Brasil. Por conta disso, não haverá impostos de importação nem sobretaxa do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI). Na verdade, esta é a grande diferença entre os dois automóveis, porque o Kia Picanto sempre foi importado diretamente da Coreia do Sul. O valor previsto para o novo Kia Rio é R$ 52,4 mil, quase R$ 10 mil de diferença.

Infelizmente, os veículos geralmente vêm para o Brasil menos equipados do que são vendidos em outros países, especialmente por conta dos impostos. É uma pena que todos estes problemas tenham barrado a possibilidade do Kia Picanto se estabelecer em nosso solo, mas esperamos que ele retorne e que, além disso, o Kia Rio seja uma boa opção.

Por: Jéssica Lima Cochete


Lexus UX 250h 2019 – Lançamento e Preço no Brasil


Concessionárias da marca já estão recebendo encomendas do modelo.

A companhia automobilística, em realidade subdivisão da Toyota, Lexus, fez anunciar novo modelo que aterrissa no Brasil. Trata-se do primeiro crossover, de tipo compacto, produzido pela empresa, ou seja, o UX 250h. Este veículo será comercializado em três alternativas distintas de configuração, embora as três versões estejam equipadas de um mesmo conjunto motriz híbrido. O valor de mercado vai variar entre os valores de 169.990 e de 209.990 reais.

Portanto, em território nacional, este mesmo modelo está sendo disponibilizado munido de motores em estrutura exclusivamente híbrida, instalada em todas as suas versões, sendo essa série uma parte importante de linha estratégica adotada pelos gestores da companhia, que conta com poderoso portfólio de exclusividade de motores híbridos no Brasil.

Esta é a quarta geração desenvolvida no sistema Lexus Hybrid Drive ou LHD, que foi desenvolvida, exclusivamente, para a mais recente plataforma criada, a GA-C, que produz motores capazes de combinar a eficiência de motor movido a gasolina 2.0L e de um motor elétrico, ao mesmo tempo.

Este novo automóvel, lançado neste ano de 2019, está sendo disponibilizado para encomendas dentro da rede de concessionárias da Lexus em todo o território nacional, dentro da série que ainda possui três versões, a Dynamic, a Luxury e a F-SPORT.

Sobre os atributos e especificações, seguem as informações:

Todas as versões produzidas do UX estão munidas de bancos dianteiros equipados com dispositivo de ajuste elétrico em 10 modos diferentes, em relação ao banco do motorista, e em oito modos para o banco dianteiro do passageiro, acrescido do sistema que proporciona aquecimento.

No caso da versão intermediária, que é a Luxury, a série conta com a presença de um eficiente sistema de ar-condicionado sobre os dois bancos dianteiros. Outra vantagem está nas almofadas presentes no assento dianteiro, estruturadas em molas e em espuma, que foram exclusivamente produzidas no sentido de envolver todos os ocupantes, proporcionando, também, um alívio da pressão de modo uniforme sobre a região ciática de cada ocupante do carro.

Com relação à parte mecânica e elétrica, seguem as informações:

A empresa Lexus faz uso da quarta geração do sistema Lexus Hybrid Drive na produção em série. O motor apresenta desempenho de 181 CV em sua potência de natureza combinada; sendo que a versão UX 250h une a alta eficiência energética com um eficiente desempenho. Estas versões híbridas são capazes de entregar melhor estabilidade e segurança, além de conforto e resistência. As respostas dos comandos são imediatas e o carro atinge grande velocidade, mantendo leveza, sendo suave agressivo ao mesmo tempo. O modelo UX 250h, por exemplo, está disponível com força de tração dianteira.

Outras especificações:

O modelo Lexus UX 250h, edição de 2019, já está disponível em nove alternativas de cores destinadas ao mercado brasileiro. Entre estas versões de cores, uma em especial foi tonalizada de modo exclusivo para o modelo UX, que está sendo produzido nas três versões já citadas: a Dynamic; a Luxury e a F-SPORT, e esta tonalidade de cor é a chamada ‘Laranja Terra’. Um tipo de cor como essa produz um efeito positivo e vivaz sobre o consumidor. A sensação de profundidade desta tonalidade impressiona devido ao processo da pintura feita em múltiplas camadas, que vai combinando os graus de tons desde a base vermelha evoluindo para uma leve invasão de tons amarelos.

No caso das demais cores, poderão ser adquiridas versões nas seguintes três tonalidades combinadas:

O Cinza Mercúrio; o Cinza Titânio; o Prata Platinum e o tom Preto Grafite. O mesmo modelo UX 250h Dynamic e Luxury também estão disponíveis em Branco Sônico, tipo perolizado.

Os valores no mercado são os seguintes:

O modelo UX 250h F-SPORT sai por R$ 209.990; o modelo UX 250h Luxury sai por R$ 189.990 e o modelo UX 250h Dynamic sai por R$ 169.990.

Paulo Henrique dos Santos


Caoa Chery Tiggo 5X 2019 – Lançamento, Especificações


Novo modelo é um SUV sofisticado e com equipamentos e tecnologia de ponta.

O que vem à cabeça da maioria das pessoas quando lembram ou veem coisas da China? Acertou quem se lembrou de “Xing-ling”. Se você é daqueles que acredita que produtos chineses não são bons, pense de novo, pois o Caoa Chery Tiggo 5X chegou para quebrar todos os preconceitos, apresentando um SUV sofisticado e com equipamentos e tecnologia de ponta.

Segurança

Naturalmente, uma das principais preocupações ao se adquirir um carro é em relação à segurança que o veículo proporciona ao condutor e aos passageiros, sobretudo se transportarem crianças. Mas, não se preocupe, pois Caoa Chery Tiggo 5X está muito bem equipado:

  • airbags frontais tanto para o para motorista quanto para o passageiro;
  • as quatro rodas contam com freio a disco e com ABS e EBD;
  • equipamento de controle de estabilidade eletrônico e de tração;
  • supervisão da pressão dos pneus;
  • alarme periférico contra furtos.

Conforto

Se você quer um veículo confortável, com certeza o Caoa Chery Tiggo 5X pode te oferecer um bom custo-benefício, pois o veículo vem equipado com ar-condicionado, cintos de segurança completos, volante que ajusta a altura, sistema de piloto automático, as quatro portas contam com vidros elétricos.

Além disso, a partida do motor se dá por meio de um botão, as portas podem ser travadas à distância e o destravamento pode ser feito sem o uso de chaves. O banco do motorista pode ser ajustado de seis maneiras diferentes e muito mais!

Tecnologia

O automóvel vem com o que há de melhor em questão de tecnologia:

  • computador de bordo;
  • direção elétrica;
  • sistema multimídia;
  • Android e Apple CarPlay;
  • Bluetooth;
  • câmera para monitorar a marcha ré;
  • sistema de som munidos com seis autofalantes;
  • sistema automático de ar-condicionado;
  • sistema de controle de cruzeiro;
  • acendimento automático e ajuste elétrico de altura dos faróis.

Consumo

  • Etanol: O veículo faz 6,7 km/l em vias urbanas e 8 km/l em vias rurais. A emissão de CO2 é nula;
  • Gasolina: Nesse caso, o carro chega a 9,8 km/l nas vias urbanas e 11,7 km/l em vias rurais. No entanto, a emissão de CO2 aumenta para 126 gramas por quilômetro.

Design e dimensões

O único problema do veículo, na verdade, está em seu porta-malas, que dá um espaço de apenas 340 litros. No entanto, em relação ao espaço e conforto para os motoristas e passageiros, o SUV não peca pelo espaço:

  • Comprimento: 4,338 m;
  • Largura: 1,830 m;
  • Altura: 1,645 m;
  • Distância entre-eixos: 2,630 m.

Quanto ao design, podemos dizer que é um SUV com visual com mais personalidade do que os outros carros da mesma categoria. Os materiais são de qualidade superior até mesmo às marcas com tradição no mercado: Os bancos, alavanca de câmbio e as laterais de porta são revestidos em couro, por exemplo.

Motor e desempenho

Quanto ao motor, pode-se dizer que também tem o que há de melhor em tecnologia, assim como o restante do automóvel: motor turbo flex que possui quatro cilindros; o bloco e cabeçote são construídos em alumínio e, por fim, tanto o duplo comando de válvulas quanto o coletor de admissão são variáveis.

Abastecido com gasolina, o Tiggo 5X 2019 alcança 147 cavalos de potência. Já com etanol, temos um leve aumento: 150 cavalos. Seja qual for o combustível escolhido, é possível chegar ao torque é de 21,4 kgfm.

De acordo com a fabricante, o veículo chega de 0 a 100 km/h em 11 segundos e sua velocidade máxima é de 180 km/h.

Se o seu desejo é um SUV compacto, Caoa Chery Tiggo 5X é uma excelente opção em relação ao custo-benefício. O valor estimado para venda é de R$ 86.990, aumentando um pouco caso o condutor queira tirar da garagem um carro já avaliado.

Por Jéssica Lima Cochete

Caoa Chery Tiggo 5X

Caoa Chery Tiggo 5X


Consórcio de Carro – Dicas e Cuidados


Confira aqui algumas dicas e cuidados que você deve tomar ao contratar um Consórcio de Carro.

Ter um carro novo ou semi-novo é o sonho de muitos brasileiros. O problema é que nem sempre se consegue fazer uma economia e assim poder pagar o valor total de um automóvel. Mas existem outros meios de se comprar um carro, como os financiamentos e os consórcios. Muitas pessoas não gostam dos financiamentos, pois apesar de serem muito atrativos, geralmente são carregados de juros que se colocados na ponta da caneta, a soma final é suficiente para comprar outro carro. Por isso, as pessoas preferem optar pelos consórcios, que são utilizados desde os tempos mais remotos para aquisição de produtos de várias categorias.

Pois bem, como em todas a negociações, é preciso tomar algumas precauções para não sair prejudicado. Nesse sentido, se você pretende fazer um consórcio de automóvel, veja no artigo a seguir algumas dicas para não correr nenhum risco de sofrer algum prejuízo.

Como já dissemos, uma das formas de fugir dos juros dos populares financiamentos é optar pelos consórcios, que também estão muito populares e é um sistema de compra de bens típico do nosso páis. Geralmente os grupos de consórcio são compostos por 50, 60 ou 100 participantes. Dessa forma, em todo mês os particpantes ou consorciados precisam pagar uma mensalidade de valor fixado. Assim, com a soma de todos os pagamentos dos consorciados é possível comprar dois carros. Destes dois carros adquiridos com a soma levantada pelo consorcio, um deles será sorteado entre os participantes e o outro sai para o consorciado que der o maior lance em uma assembleia realizada mensalmente. Até agora, tudo está muto certo com o consórcio. Você paga todo mês e quando menos se espear é contemplado com o carro dos seus sonhos e continua pagando mensalmente da mesma forma, até o final do consórcio. E para aqueles que esperam ser sorteados todo mês e nunca acontece, ainda existe a opção de dar um lance, o que é muito bom também.

O melhor do consórcio é que ele não tem juros, apenas uma taxa para admnistração, afinal, é preciso muita responsabilidade e compromisso para fazer este tipo de gerenciamento.

Porém, nem tudo são flores! Há consórcios que são a pura picaretagem. É isso mesmo. Existem empresas que realizam falsos consórcios, arrecadando o dinheiro dos participantes, sem contemplá-los em momento algum. É minha gente, isso acontece e muito.

Por isso, para não cair neste tipo de golpe, antes de assinar contrato de consórcio verifique na Assocação Brasileira das Administradoras de Consórcios, a ABAC, se a empresa admnistradora do consórcio é de compromisso, se tem a ficha limpa. Inclusive é possível verificar a sua procedência no Banco Central.

De acordo com a maioria dos vendedores de consórcio, trabalham de forma correta e com honestidade, mas infelizmente existem uns que oferecem consórcios com vantagens assim mirabolantes. Se for assim desconfie. Geralmente eles oferecem e garantem que a contemplação será em menos de três meses, por exemplo. Também pode acontecer de o vendendor oferecer a venda de uma cota premiada, alegando que o contemplado do mês não quer ficar com o carro passando a sua cota para outro. Desconfie desse tipo de coisa "fácil".

Para se precaver é melhor procurara a admnistradora e conheça todo o passivo da cota em questão. Porque pode acontecer de o cotista consorciado anterioriormente ter ficado devendo um tanto de prestações e foi sorteado, então para retirar o carro ele terá que quitar o seu débito. E se você aceitar a cota dele essa conta passa para você e se você não pagar ficará sem o carro e perderá o valor que você já pagou na sua cota.

Nesse sentido, se você deseja adquirir um carro por meio de consórcio, vale à pena consultar a adminstadora e assim garantir que mais cedo ou mais tarde você será de fato contemplado.

Sirlene Montes


Valores Multas de Trânsito 2019 – Quanto Custa, Pontos e Suspensão da CNH


Confira aqui todos os detalhes sobre as multas de trânsito em 2019.

Levar uma multa de trânsito não é algo que na maioria das vezes pode causar um susto para quem recebe. As primeiras perguntas logo vem na cabeça: Qual será o valor da multa? Quantos pontos na minha CNH vale essa multa?Até quantos pontos de multa posso levar? Para responder sobre esse questionamento, respondemos aqui essas e mais algumas outras perguntas.

Os valores das multas de trânsito passaram por algumas modificações no ano de 2016, assim como também o Código de Trânsito Brasileiro, que teve algumas mudanças.

As multas de trânsito são classificadas a sua pontuação e valor a ser pago conforme quatro diferentes tipo de infrações: as leves, as médias, as graves e as gravíssimas.

A alteração nos valores de trânsito ocorreu pela Lei 13.281, que atualizou o Artigo 258 do Código de trânsito Brasileiro. Com a mudança os valores das multas de trânsito passaram a ser os seguintes:

  • Para infração gravíssima o valor da multa R$ 293,47
  • Para infração grave o valor da multa R$ 195,23
  • Para infração média o valor da multa R$ 130,16
  • Para infração leve o valor da multa R$ 88,38

Qual o máximo de pontos em multas de trânsito?

Se o condutor levar 20 pontos em multas de trânsito perderá a CHN pelo prazo de seis meses.

Recorrer às multas de trânsito

Lembrando que o condutor que sentir que a multa foi aplicada injustamente tem o direito de recorrer em um processo que dura até três etapas: Defesa Prévia; Recurso em primeira instância (à JARI) (caso a defesa for indeferida), recurso em segunda instância (ao CETRAN – caso o recurso na JARI for negado).

Fatores multiplicadores para multas gravíssimas

Conforme o Código de Trânsito Brasileiro, algumas infrações gravíssimas incidem ainda os chamados fatores multiplicadores, na qual multiplicam os valores das multas. No caso, quando a infração gravíssima tem um fator multiplicador o valor da multa é multiplicado por esse fator.

Com os fatores multiplicadores, os valores das multas podem chegar até sessenta vezes o valor por tipo de infração gravíssima, conforme o risco que é interpretado pelo Código de Trânsito Brasileiro.

Penalidades punitivas e educativas

São umas séries de penalidades previstas pelo Código de Trânsito Brasileiro, que pode ser punitiva ou educativa. Exemplo de penalidade educativa é advertência por escrito, na qual o condutor, neste caso, não precisa pagar multas ou receber pontos na sua CNH.

A penalidade Cursos de Reciclagem é também educativa, sendo mais drástica que a notificação por escrito, o condutor é obrigado a cursar uma Reciclagem. A carga horária do curso é de 30 horas/aula, além de avaliação por escrito após as aulas.

Já as multas já podem acompanhar todas as penalidades do trânsito, que poder ser leve, média, grave e gravíssima.

No caso a suspensão do Direito de Dirigir os condutores perdem o direito de dirigir por um tempo determinado. Já a Cassação da Permissão para Dirigir é a perda definitiva da CNH, que deixará o condutor impossibilitado de dirigir e para se habilitar novamente deverá passar por todo o processo de formação de condutores.

Alguns exemplos de valores de multas e pontos na carteira por excesso de velocidade

  • Velocidade superior em 20 % à máxima permitida é considerada infração média e o valor da multa é de R$ 130,16 e são calculados 4 pontos na carteira.
  • Velocidade superior entre 20% e 50% (menos de 50%) a máxima permitida é considerada infração é grave e o valor da multa neste caso é de R$ 195,23 e são calculados mais 5 pontos na carteira.
  • Velocidade superior a 50% à máxima permitida é considerada infração gravíssima e o valor da multa é de R$ 880,41 e são calculados 7 pontos na carteira.

Adoniran Peres


BMW i8 2019 – Pré-Venda no Brasil e Nova Versão Conversível


Modelo deve chegar ao país no segundo semestre de 2019.

Imagine a seguinte cena: você pilotando um carro belíssimo, os cabelos ao vento, sem se preocupar com o custo da gasolina. Parece que isso foi tirado de algum filme, não é? Coisa de Hollywood. E se dissermos que não só é real para os “gringos”, mas também para nós, brasileiros. Entendemos que, geralmente, os melhores carros não chegam em nosso país e, se chegam, são muito caros. No entanto, o BMW i8 será vendido em nosso país e o valor simplesmente despencou.

O modelo esportivo híbrido da BMW chegará em terras brasileiras no próximo semestre, mas já está disponível para a pré-venda. Você deve estar se perguntando se há algum benefício em ser um dos primeiros a adquirir o BMW i8, certo? A resposta é positiva! Você vai receber um sistema de recarga rápida de baterias. Segundo a fabricante, é possível alcançar 100% de autonomia com apenas 3 horas no carregador.

Design

A parte frontal do automóvel se destaca por sua expressividade: além dos faróis de LED, o condutor poderá optar por faróis a laser, sendo que o BMW i8 é o primeiro a trazer esta tecnologia. As luzes diurnas contam também com faixas de LED.

No lugar da grade, o cupê traz molduras feitas com acabamento em azul, demonstrando, em cores, a eficiência do veículo. Para uma passagem de ar mais livre, o para-choque possui barbatanas laterais e sulcos salientes por baixo do assoalho traseiro, anteriores ao eixo.

Além disso, podemos destacar:

  • Bancos esportivos;
  • Rodas de 20 polegadas;
  • Sistema indicador de mudança de marchas;
  • Portas ousadas e futuristas que se abrem para cima, o que chamamos de “asa-de-borboleta”;
  • Grandes retrovisores que são apoiados sobre as portas;
  • As bases das portas possuem listras azuis que simbolizam a fluidez do BMW i8.

O veículo tem tudo para agradar todos os gostos, pois está disponível com seis opções de cores de carroceria: branco e azul; branco e cinza; cinza e prata; cinza e azul; cinza e prata; ou laranja e cinza.

Interior

O BMW i8 foi projetado apenas para dois, possuindo um bom espaço na parte frontal do veículo. Já o espaço atrás é bem estreito. Na verdade, a parte de trás é destinada à crianças pequenas, por isso possui dois bancos pequenos. Para melhorar a funcionalidade do veículo, a fabricante alemã priorizou esta qualidade, como por exemplo, o cockpit.

Para manter o mesmo estilo fluído da parte externa, há linhas finas sobre o painel do BMW i8. Como já vimos, a funcionalidade é a prioridade e, portanto, o ar-condicionado dual zone exige o menor número possível de comandos físicos. Seguindo esta mesma linha de pensamento, temos o sistema de comando de navegação de entretenimento.

Ademais, o BMW i8 vem com porta-objetos com tampa e porta-copos, tela multimídia, cluster digital e HUD.

Dimensões e peso

O i8 possui as seguintes dimensões:

  • 4,69 m de comprimento;
  • 1,94 m de largura;
  • 1,29 m de altura
  • 2,80 m entre-eixos.

Para garantir que a capota seja retirada sem danificar o veículo, a estrutura recebeu reforços e, com isso, a versão conversível possui 1595 kg, enquanto o cupê é bem mais leve: 1535 kg.

Motor e potência

O BMW i8 é híbrido, sendo que o motor movido à combustão é 1.5 turbo, trabalhando em união com o motor elétrico. O primeiro fica responsável pelas rodas traseiras, o segundo, por sua vez, pelas rodas dianteiras.

Enquanto a versão cupê alcança os 100 km/h em 4,4 segundos, o conversível demora mais 0,2 segundos para isso. Nas duas versões, a velocidade máxima alcançada é de 250 km/h.

Valor

Na contramão das fabricantes que, a cada geração trazem veículos mais caros, o BMW i8 é mais barato do que seu antecessor: o modelo cupê custará R$ 649.950, já o conversível será um pouco mais caro, R$ 699.950, mas nem ele bate o preço de R$ 799.950.

Você já dirigiu um carro conversível? O que achou da experiência?

Por: Jéssica Lima Cochete


BMW i8 Roadster – Lançamento da Nova Geração no Brasil


A geração, que ganha versão conversível, será vendida como modelos 2019/2020 e custará menos que a versão anterior.

No segundo semestre deste ano, enfim, a nova geração do BMW i8 deve chegar às concessionárias para comercialização e os modelos já podem ser vistos nas ruas do Brasil. O tão esperado veículo chega com valor mais barato do que é vendido na versão anterior e ganhará ainda uma nova versão com modelo conversível. Esportivo e elétrico, o carro BMW i8 saíra pelo valor de R$ 649.950,00, na versão cupê, e R$ 799.950 na versão conversível. O valor do veículo na geração anterior era vendido por R$ 799.950,00.

As duas versões da nova geração BMW i8 serão vendidas como modelos 2019/2020 e já estão disponíveis nas revendas da marca alemã.

Potência do BMW i8

Quanto às especificações técnicas do veículo, a potência combinada será de 374 cv e 42 kgfm. Conforme informações da BMW, o veículo pode chegar a 100 km/h em 4,4 segundos, na versão cupê e já na versão conversível faz 100 km/h em 4,6 segundos. A versão conversível é mais pesada, com 1595 kg, do que a cupê, que pesa 1.535, por conta da capota. A cabine do veículo é feita em fibra de carbono e plástico e o chassi é feito de alumínio, que com isso propositalmente reduziu o peso.

Motor BMW i8

A nova geração do BMW i8 terá o motor a combustão de 1.5 turbo a gasolina, o mesmo move as rodas traseiras e em conjunto com um motor elétrico que trabalha na movimentação das rodas dianteiras. O motor do BMW i8 conta com a tecnologia TwinPower Turbo.

Velocidade do BMW i8 que poderá ser dirigido no modo 100% elétrico

Segundo informações da BMW do Brasil, os dois veículos, tanto a versão cupê quanto a versão conversível pode atingir velocidade máxima 250 km/h e com opção de dirigir no modo 100% elétrico que atingirá velocidade máxima de 45km/h. Para acionar a capota do BMW i8 conversível deverá fazer em uma velocidade de até 50 km/h e poderá ser feito por um sistema elétrico, que demora o tempo de 15 segundos para abrir ou fechar o teto. O teto é retrátil do modelo Roadster.

Cores e detalhes comercializados do BMW i8

O BMW i8 será comercializado com quatro opções de revestimento na cabine e em seis cores diferentes de carroceria: branco com azul, cinza com prata, cinza com azul, laranja com cinza, cinza com prata e branco com cinza. As opções de revestimento são: Couro Exclusive Dalbergia Brown, Couro Spheric Branco Ivory (Coupé), Couro Spheric Amido e Couro Exclusive E-Copper (Roadster e Coupé).

Equipamentos de série do i8 com bancos esportivos e faróis de led

Entre os equipamentos de série, e ainda mais charmoso, a nova geração do BMW i8 contará ainda com bancos esportivos, faróis de LED, rodas de 20 polegadas, sistema de projeção de informações no para-brisas e indicador por luz de troca de marchas (head-up display).

A boa notícia para os interessados no BMW i8: o carro já pode ser comprado na pré-venda. Outra notícia boa, é que os interessados pela compra antecipada vão ganhar um sistema de carregamento rápido das baterias do carro, o BMW i Wallbox, além de garantir as primeiras unidades e o preço mais barato que o da versão anterior. Segundo a BMW, o Wallbox proporciona autonomia de 100% do veículo, em menos de 3 horas.

Por Adoniran Peres

BMW i8 Roadster

BMW i8 Roadster


Honda HR-V 1.5 Turbo 2019 – Novidades e Ficha Técnica


Confira aqui os principais prós e contras do novo Honda HR-V 1.5 Turbo 2019.

Novamente a companhia automobilística japonesa Honda está surpreendendo seus clientes. O novo modelo HR-V consiste no sétimo veículo de maior aquisição em todo o mundo.

Produzido sobre a base da plataforma estendida para o Fit, este SUV faz parte do segmento B, estando em concorrência com grandes marcas, tais como a Jeep e a Nissan. Entretanto, o HR está munido de vantagens a mais que os seus concorrentes. Ele está vazado em um amplo espaço interior, possui um porta-malas com capacidade para até 448 litros, sendo um veículo bem mais versátil em diversos sentidos, portando o chamado banco traseiro tipo mágico, que articula o assento na vertical de modo a ser possível transportar nesse espaço mais objetos.

Ele está equipado com um motor 1.5 turbo, que pertence ao Civic Touring. Sua estreia está programada para o evento anual no Salão de São Paulo. Toda a configuração será a mesma já produzida para o modelo Touring, projetada e instalada no anterior modelo Top de Linha. A comercialização em território brasileiro se dará a partir do final do primeiro semestre de 2019. O valor no mercado nacional será superior aos R$ 108.500, que abarcam o atual modelo EXL, porém, os especialistas acreditam que ele não chegue a custar mais 128.500 reais, que é o valor atual do Civic Touring.

Entre outros atributos estão:

Um propulsor de quatro cilindros com desempenho de 182 CV e e mais 24,5 KGFM em torque, apresentando registros que superam os 139 – 140 CV, respectivamente a etanol e a gasolina, além de 17,4 e 17,3 KGFM a partir da marca de 4.800 rpm ou 5.000 rpm por meio de gasolina.

Esta mesma plataforma sofreu algumas alterações, entre as quais está a função de montagem dos dispositivos ditos amortecedores de desempenho. Estas peças não estão integradas ao suporte de suspensão, sendo que sua função essencial está em fazer amortecer a vibração produzida sobre a estrutura e fazer estabilizar as posições das rodas frontais, com relação às rodas traseiras.

Entre outros retoques operados pelos engenheiros da companhia, estão as rodas adaptadas para modelos com pneus mais largos, na escala de 225-50, em aro R18. Outro detalhe que fecha este aperfeiçoamento é da presença de uma espécie de sintetizador de som, o qual funciona de modo a fazer cancelar as frequências que são desagradáveis e intensifica as mais refinadas e mais audíveis, por meio do sistema de som.

A ficha técnica deste modelo, essencialmente, é a seguinte:

  • Está munido de motor transversal, que funciona por 4 cilindros em linha, com dimensão de 1.498 cm³; com 16 válvulas; movido a gasolina; possui turbo; opera por meio de Intercooler e está suplementado de injeção direta;
  • Sua potência é de 182 CV na escala de 5500 rpm;
  • O sistema de torque é de 24,5 KGFM numa escala entre 1.900 e 5.000 rpm;
  • O sistema de câmbio, integrado à sua tração dianteira, é de tipo manual em seis marchas;
  • Está equipado de direção Elétrica;
  • Possui a chamada suspensão de tipo independente da McPherson, que está instalada na parte dianteira e na traseira, junto ao eixo de torção;
  • O sistema de freios à disco é de tipo ventilado na parte dianteira e de discos sólidos na parte traseira;
  • Os modelos de pneus e de rodas são da escala 225-, aro R18;

Suas medidas oficiais são:

O comprimento é de 4,36 metros; a largura é de 2,01 metros; a altura é de 1,60 metros; o entre eixos mede 2,61 metros; seu tanque tem capacidade para até 50 litros; o porta-malas tem capacidade para 448 litros e, em sua totalidade, o automóvel pesa 1.341 kg.

Paulo Henrique dos Santos


Novo Fiat Grand Siena com Motor 1.4 Fire Tetrafuel


Modelo também virá preparado para uso do GNV.

A Fiat apostou em relançar um modelo de 2006 que agrada bastante. O Fire Tetrafuel 1.4 será GNV, o que tem despertado a ansiedade de muitos consumidores de carro. São duas as razões para esse frisson. A primeira é que um carro GNV é bem mais econômico e a segunda razão é que além disso, esse modelo traz outros pontos positivos como funcionalidade e design encantador. Os concorrentes dessa marca já devem começar a se preocupar, pois a proposta é fazer com que essa nova versão seja um sucesso de vendas.

Novo lançamento poderá usar vários tipos de combustível

Quem comprar o novo relançamento da Fiat, vai poder optar pelo tipo de combustível que será usado. Mesmo ele sendo GNV, que é uma opção bem econômica, existem outras opções como gasolina e etanol. Esse leque de opções torna esse carro ainda mais completo e versátil. E muitos usuários buscam por isso quando vão comprar um carro novo.

Fire Tetrafuel tem motor 1.4 Evo

A nova versão do Siena Fire Tetrafuel tem um ótimo motor, que é o 1.4 Evo. Com esse motor é possível fazer 85 cv de potência máxima com gasolina, 75 cv de potência GNV e 85 de potência máxima com etanol. Posso afirmar que é uma boa potência, que vai agradar a muitos usuários também. Dessa forma esse carro pode ser usado para passear ou até mesmo para trabalho, pois ele no final das contas se torna muito econômico.

Relançamento em abril

O relançamento do novo Siena será nesse mês de abril e já existem muitas pessoas na expectativa para comprar essa nova máquina, que tem tudo para cair no gosto de muitos brasileiros. Pois se trata de um carro econômico, com boa motorização e design agradável. A Fiat é uma marca que agrada bastante os seus usuários, isso também facilita a aceitação de um relançamento.

Carro com bom valor

O novo Siena chega ao mercado com um ótimo valor de venda, seu preço inicial fica em R$ 49.000. digamos que já é um valor esperado por suas especificações e pela economia prometida. Vale lembrar que o valor citado pode ter uma pequena diferença, já que na hora da compra pode haver escolhas por itens diferentes.

Carro com garantia de 5 anos

A Fiat traz para esse modelo a garantia de 5 anos. Esse também é um fator positivo que agrada a muitas pessoas. Existem carro que oferecem muitos problemas em pouco tempo e a garantia é limitada e curta, esse não é o caso do Fire Tetrafuel. No caso desse modelo, ele não tem limite de quilometragem.

Novo Sedan traz conforto para seus usuários

O novo Sedan é bem confortável e traz um ótimo espaço para todos os ocupantes do carro. Principalmente na parte externa. Há espaço de sobra para que todos sentem de forma natural e estiquem as pernas, sem correr o risco de ficarem em um ambiente apertado.

Fire Tetrafuel tem muitos itens de série

Eu acredito que um carro que possua muitos itens de série, tem grandes chances de cair na graça de muitas pessoas. Pois esses itens ajudam a tornar o carro ainda mais completo e isso valoriza muito qualquer carro. O novo modelo da Fiat é um exemplo dessa fartura de itens de série. Veja abaixo alguns desses itens:

– Volante revestido de couro com comandos do rádio;

– Sensores de chuva;

– Sensor de estacionamento;

– Sistema de som com Bluetooth;

– Comando de câmbio no volante;

– Airbags dianteiros e laterais;

E muitos outros.

De forma geral, esse carro é bem completo e com muitos fatores positivos. Por isso as chances de sucesso são enormes!

Escrito por Cristiane Amaral


Novo Chevrolet Prisma deve se chamar Onix Sedan


Modelo deve chegar em julho e contará com novo motor turbo.

O novo Chevrolet Prisma chega ao mercado brasileiro com data prevista para o mês de julho de 2019, com motor inédito e deve se chamar Onix Sedan. O novo modelo, que passará a ser um carro Global da marca, com motor turbinado, será do tamanho do Cobalt, e a versão brasileira terá um visual diferente do apresentado na China.

É previsto que o Onix Sedan deva ter o mesmo sucesso do hatch, que é o carro mais vendido do Brasil há 44 meses. Segundo informações da GM, a ideia é que o Onix Sedan chegue ao mercado para somar e não substituir nenhum veículo, o que esclarece ou deixa entender que a chegada do novo modelo não vai tirar de linha do Cobalt e do Prisma atual .

Onix Sedan versão brasileira com diferenças visuais do apresentado na China

O Prisma/ Onix Sedan não será exatamente como o modelo chinês, que foi apresentado recentemente. Com a camuflagem mais pesada, nota-se que o carro no Brasil terá pequenas diferenças visuais. Levando em consideração que o modelo brasileiro ainda está camuflado, uma mudança visual perceptível é o desenho das luzes diurnas em LED, que fica na base do para-choque frontal.

Caracteristicas física do Onix Sedan

Quanto ao tamanho, é muito provável que o Onix Sedan seja maior que o Prisma atual, que suas medidas sejam parecidas com às do Cobalt. O Prisma atual tem 2,52m de entre-eixos e o Onix Sedan 2,60 metros, medida igual a confirmada do Onix Sedan a pouco tempo na China. Com plataforma Global Emerging Markets (GEM), a base do veículo foi projetada em parceria com a SAIC, parceira da General Motors na China. Foi confirmado pela GM para imprensa brasileira e argentina também o uso dos novos motores 1.0 de três cilindros da família CSS.

Segundo informações da fabricante, é confirmado que os novos Onix e Prisma terão motores de três cilindros aspirados e em versão turbo flex. A transmissão será manual e automática, seguindo a versão dos atuais. Segundo fotos vazadas do site Bit Auto, o estilo é parecido com o da atual geração dos compactos, que continuam após a chegada dos novos modelos. As superfícies de acabamento do modelo são diferentes e apresentam aparência mais caprichada e com uma faixa emborrachada no painel. A central multimídia My Link do novo modelo ficará em posição flutuante no painel.

Investimentos da GM de 13 bilhões entre 2014 e 2019

A GM anunciou investimentos de 13 bilhões em 2014, que deve terminar em 2019 e o Onix e Prisma são parte desse plano de investimento. Ainda serão investidos no Brasil, a partir de 2020, mais R$ 10 bilhões. O valor vai manter as fábricas em São Paulo em funcionamento, além do desenvolvimento de novos produtos da montadora. Esses veículos da Chevrolet estão sendo também desenvolvidos em outros mercados pelo mundo como Alemanha, Estados Unidos, China, México e Coreia do Sul.

O Onix Sedan foi criado pelo trabalho de 1.800 engenheiros que estão em 14 países (No Brasil, a filial fica em Indaiatuba -SP, no campo de provas da Cruz Alta), e supervisionados pela matriz nos Estados Unidos. O veículo chega ao mercado com a promessa do fabricante de elevar o padrão de qualidade da Chevrolet em relação aos carros compactos.

O próximo a chegar no mercado após o Onix e Prisma será a nova geração do Tracker, uma picape médio-pequena, que será produzida no Brasil, fará parte da família global e deve ser lançado até 2022.

Adoniran Peres


JAC iEV40 2020 – Lançamento do Carro Elétrico é Adiado


Modelo deverá chegar às concessionárias em julho ou agosto de 2019.

Uma das grandes companhias automobilísticas chinesas está surpreendendo os seus consumidores, neste início de ano.

A companhia JAC Motors está se preparando para iniciar-se em nova modalidade no mercado internacional, dentro do segmento de veículos elétricos, sobretudo em seu país. Esta estreia se dará por meio do modelo iEV40, que consiste, em realidade, numa versão atualizada do modelo EV do T40.

Este novo tipo de automóvel já está sendo comercializado, porém, em forma de encomenda, dentro de um valor em torno de 139 mil reais, na conversão. A estreia oficial atrasou, porém, o veículo causou impacto. Programado para o mês de junho, este novo Hatch elétrico chegará às concessionárias e lojas entre os meses de julho e agosto de 2019.

Estas informações foram compartilhadas por especialistas, a partir de pesquisas realizadas, sendo que as mesmas estão confirmadas, já que os representantes dessa marca decidiram responder às solicitações do site especializado Motor1. Entretanto, a justificativa de se adotar tal meta não foi explicada. Segredos de marketing.

Este é um modelo inteiramente elétrico. O new JAC iEV40, entretanto, consiste em uma versão atualizada do modelo T40, como foi citado, porém, equipado com mecânica distinta.

Em termos de design ele está melhor adapatado (já que toda nova versão de um carro tende a ser sublimada), embora esteja desprovido da grade frontal. O carregamento deste motor elétrico se dá por meio de uma entrada ou tomada, oculta sob o logotipo da empresa, instalado na parte frontal do veículo.

Este novo Hatch elétrico estreia como um automóvel de menor custo, em relação aos seus pares, dentro de uma faixa de preço em 139 mil, como foi citado acima. Por ser uma criação muito moderna, sendo uma novidade que ainda é refratada pela ótica dos consumidores, todo carro elétrico levará algum tempo para tornar-se popular.

Sobre os seus atributos e especificações, seguem as informações:

O automóvel em questão está munido de um motor elétrico com desempenho de 115 CV e mais 30,6 KGFM de torque, estando o mesmo posicionado sobre o seu eixo dianteiro e sendo abastecido por meio da bateria de potência de 40 kWh. Esta carga, conforme os especialistas, mantém uma autonomia registrada em até 300 km de rodagem, podendo variar em conformidade com o modo em que é conduzido o carro ou o tempo de velocidade utilizado.

O processo de reabastecimento exige que o proprietário faça uso de tomada em 220V, sendo necessário cerca de 8 horas para atingir a recarga total, ou, em caso de urgência, recarregar em torno de 80% de sua capacidade integral em um período de até uma hora, fazendo uso do próprio carregador do automóvel.

Este automóvel será comercializado, por enquanto, em uma só versão, que estará munida das seguintes especificações:

Munido de sistema de ar-condicionado automático; de um sistema de assistente para partida em rampas e pistas íngremes; está equipado de bancos produzidos em couro; vem com um sistema de central multimídia, que opera via tela de 8 polegadas; as rodas são de liga leve; possui câmera adapatada em 360°, entre outras especificações.

Outra novidade está na presença do sistema de monitoramento via smartphone; de modo que os usuários poderão consultar até a porcentagem de bateria consumida, a sua autonomia numa viagem e muitos outros dados deste automóvel.

Sobre a empresa:

A companhia JAC Motors ou a Anhui Jianghuai Automobile Co., consiste em uma cooperativa chinesa, produtora de automóveis, de categoria comercial leve; de chassis para ônibus e para caminhões. No ano de 2016 a empresa chegou a produzir 700.000 unidades.

Paulo Henrique dos Santos


Novo Mercedes-AMG CLA 35 – Novidades e Ficha Técnica


Modelo chega com design invocado e motor de 306 cv.

As companhias automotivas alemãs atuam dentro de uma tradição que envolve, além da qualidade, resistência e eficiência, a criatividade de fundir novos modelos num só. Recentemente a germânica Mercedes-Benz fez anunciar novo modelo para o mercado internacional.

Trata-se da estreia de um típico automóvel vazado em design atualizado, abrangendo algumas variantes esportivas em todos os sentidos. Esta é a nova geração do modelo CLA, sendo um típico cupê munido de quatro portas, o qual, a partir desta produção, já não é mais uma alternativa em termos de “entrada” em relação aos consumidores que almejem um modelo tipo três-volumes, fabricado pela companhia.

Esta função será ocupada, a partir desta nova linha, pelo modelo Classe A Sedan. Depois de um evento de estreia, que foi realizado no início deste ano de 2019, a versão mais convencional ficou em evidência. Portanto, aquele foi o momento de se revelar ao público consumidor a primeira versão esportiva do modelo CLA 43.

Direto ao ponto:

Superando os modelos anteriores, o novo Mercedes-AMG CLA 35 está atualizado e, por assim dizer, completo. Entre as suas especificações e atributos estão os seguintes:

O design foi configurado a partir do CLS; está equipado com um motor 2.0 turbo, com desempenho de 306 CV. Além da tecnologia mecânica, ele está munido de um conjunto tecnológico que abrange também o chamado assistente virtual. Só estes atributos já o colocam em um patamar privilegiado, em relação aos demais cupês compactos, estruturados em quatro portas e de tipo esportivos. Um automóvel com essa densidade e resistência tem alta competitividade no mercado internacional.

No site especializado Motor1, estão disponíveis alguns vídeos e imagens deste modelo, de modo que o mesmo é apresentado em seus melhores ângulos. Tanto em seu exterior quanto em seu interior, o modelo CLA está munido de todo tipo de equipagem e demais funções já presentes em outros veículos, tais como o tipo Classe A e os outros modelos da linha CLA.

Estas especificações incluem a central MBUX, aparelhada de duas telas em 12,3”, sendo que uma delas opera em multimídia e outra funciona por meio do painel de comandos. A diferença qualitativa está, efetivamente falando, na estrutura esportiva do pacote integral. Assim, este novo veículo produzido pela Mercedes-Benz está em plena conformidade com o que pode ser considerado, oficialmente, um automóvel dentro da escala de “entrada” na linha de montagem da AMG.

Em termos de mecânica, segue a ficha técnica:

O AMG A35, como foi citado acima, está munido de um motor 2.0 turbo em quatro cilindros, gerando desempenho de 306 CV e mais 40,8 KGFM no torque. Os engenheiros da companhia explicam que este modelo atinge, no aceleramento, a marca de 100 km/h numa fração de 4,9 segundos, dentro de velocidade escalar máxima, que pode ser limitada eletronicamente, de 250 km/h. a força de tração sobre as quatro rodas se transmite por meio de um câmbio suplementado de dupla embreagem e sete marchas, operando articuladamente com o Sistema 4Matic que proporciona a sua tração integral.

Entretanto, o modelo CLA 35 será o primeiro de uma série de novos modelos vindouros, dentro desta linha de cupê esportivos. Os líderes da companhia já fizeram anunciar que outros veículos estão sendo elaborados nas mesas dos engenheiros.

Os especialistas estão mantendo-se antenados às próximas revelações. Por enquanto, o modelo CLA 35 já dá o que falar, na mídia, e entre os consumidores mais fanáticos, desde a sua exibição em sessão no Salão de Nova York, EUA.

Paulo Henrique dos Santos


Hyundai apresenta Novo Volante com Tela Touchscreen e Painel 3D


Confira aqui todos os detalhes sobre o novo volante e painel criado pela Hyundai.

A empresa Hyundai Motor Company é uma empresa multinacional do ramo automobilístico, que veio da Coreia do Sul, com sede em Seul. A empresa foi fundada no dia 29 de dezembro do ano de 1967 e possui algumas subsidiárias, como por exemplo, a empresa Kia Motors, a empresa Hyundai Motor India, a empresa Hyundai Card Co., Ltd, a empresa Beijing Hyundai, dentre outras empresas subsidiárias. A empresa vem investindo cada vez mais na modernidade dos seus automóveis, criando volante com telas sensíveis ao toque e painel de instrumentos em 3 dimensões.

A indústria automobilística está cada vez mais moderna, e investindo ainda mais em telas de diversos tamanhos e em variadas quantidades. O automóvel Range Rover Velar, por exemplo, conta com duas telas, sendo uma para o ar-condicionado e uma outra para uma central multimídia.

Logo após a empresa Kia mostrar um conceito de automóvel possuindo variadas 21 telas em sua parte interna, a empresa Hyundai decidiu mostrar uma nova possibilidade para os futuros veículos com volantes com telas.

A empresa Hyundai está investindo ainda mais e agora os seus automóveis virão com telas localizadas no volante dos veículos, com sensibilidade ao toque, trazendo um ar de muita modernidade aos seus carros, sendo considerados pela empresa como o futuro da cabine dos carros.

A Hyundai já trouxe o automóvel i30, mesmo sendo um automóvel de câmbio manual, traz toda essa modernidade, possuindo em seu interior um painel de instrumentos digitalizados, dois displays de tamanho pequeno, localizados no volante do veículo, ficando próximo aos dedos do condutor como também, uma central de multimídia com a função Touchscreen, com tela ainda maior e comandos sendo respondidos com feedback tátil, sendo possível controlar a distância considerada padrão do controle de cruzeiro adaptativo e outras coisas que habitualmente teriam de ser controladas através de botões físicos, ou então, pelo próprio volante. Isso tudo acaba deixando claro para os consumidores que todas essas especificações modernas não virão apenas em automóveis de alto custo, o que irá possibilitar o alcance dessas inovações a todas as pessoas, sem que se restrinja a um pequeno número limitados de consumidores. Toda essa modernização será para carros também mais acessíveis ao consumidor.

Os carros da empresa Hyundai, com essas telas de um bom tamanho, fáceis de se utilizar e de se configurar, são automóveis considerados acessíveis a todos e muito simples de serem manuseados.

O usuário pode configurar as telas do volante que vibram quando são utilizadas, e tem a possibilidade de deixá-las com até cinco botões para cada display.

O modelo receberá o nome de HMI Virtual Cockpit Study, essa tecnologia serve para substituir os comandos feitos de forma física, com duas telas localizadas nos cantos do volante, possuindo uma resposta tátil, que vibra com o toque, evitando que o usuário acione de maneira acidental os botões.

Em 2015, a empresa Hyundai mostrou a primeira versão do Virtual Cockpit, tendo sido atualizada em cada uma delas, sendo essa agora a sua quarta versão.

O painel de instrumentos digitalizado veio mais moderno, tendo recebido uma incrementada, utilizando agora um display que possui diversas camadas, o que leva uma impressão de efeito em 3D, trazendo também profundidade e sombra, o que faz serem parecidas a um cluster padrão. São duas telas localizadas uma ao lado da outra, sendo separadas por uma distância de apenas 6 milímetros e as telas que vêm localizadas no volante acabam sendo um espetáculo à parte, sendo uma novidade da empresa para os seus consumidores. Segundo informações da empresa Hyundai, esse modelo de painel acaba sendo mais acessível e mais fácil de ser visualizado pelos seus usuários.

Por Carol Wurlitzer


Carros Mais Vendidos no Brasil – Março 2019


Confira aqui a lista com os 10 carros mais vendidos no Brasil em março de 2019.

Segundo dados da Fenabrave (Federação Nacional de Distribuição de Veículos Automotores), existe um ranking dos dez carros mais vendidos no Brasil e eles se referem ao mês de março deste ano de 2019, respectivamente. Para isso, preparamos uma lista com essas dez beldades líderes de revenda, confira:

1. Chevrolet Onix

O Chevrolet Onix alcançou o primeiro lugar dessas posições merecidamente, porque foram comercializadas um número total de 18.279 unidades somente no mês de março, o que é um bom recorde para o modelo da categoria. Também, ele é um modelo que não deixa a desejar, pois ele é um dos carros populares mais econômicos. Por isso, ele tem sido muito vendido também nos últimos 3 anos. Além de conforto e praticidade, o Onix possui também as funções mais desejadas num carro, como tecnologia, design moderno e muita conectividade. Seu custo benefício sai a partir de R$ 47.490.

2. Hyundai HB20

O Hyundai HB20 também esteve no mesmo caminho. Atingindo a segunda posição, o carro foi vendido por 9.051 vezes entre fevereiro e março deste ano. O carro é um dos modelos mais usados e dinâmicos da marca, por isso tanta especulação ao seu redor. O modelo, dividido inicialmente em quatro versões, como confort, confort plus, confort style e premium; traz especificações diferentes uma das outras, mas todos com a mesma qualidade, modernidade e tecnologia, por um preço que vai a partir de R$ 44.490.

3. Ford Ka

O Ford Ka realmente é muito apaixonante e todos se encantam por sua inovação e elegância, por isso ele chegou nessa posição com 8.341 unidades vendidas. Hoje, já é possível encontrar um que combine com você, porque tudo que tem nele é simples e fácil de manusear, como a tela touch flutuante de 6.5 polegadas, compatível com qualquer sistema operacional, e entradas USB com carregamento rápido de celular. Tudo isso sai a partir de R$ 44.590.

4. Chevrolet Prisma

O Chevrolet Prisma emplacou o quarto lugar com 7.122 unidades revendidas. O modelo atingiu essa posição rapidinho depois que caíram as vendas do Fiat Argo, antes na mesma posição. Hoje, você encontra o Chevrolet Prisma mais tecnológico do que nunca, super equipado e completo com computador de bordo e muito mais sofisticação para você se sentir seguro para dirigir. Tudo isso sai por um preço a partir de R$ 60.490.

5. Volkswagen Gol

O modelo só não foi mais vendido do que 6.620 unidades porque a designação é muito padronizada, mas mesmo assim não deixa de ser um dos populares mais importantes e históricos. Atualmente ele está vindo mais resistente e moderno, com uma performance sob medida. Você encontra um novato com o preço a partir de R$ 46.320 no modelo mais recente.

6. Jeep Renegade

O carro que se tornou o queridinho de muita gente vendeu atualmente 6.184 unidades aqui no Brasil. Um número relativamente baixo em comparação ao que o modelo tem pra oferecer. Seu custo varia entre R$ 83.990 e R$ 125.490, dependendo das características.

7. Renault Kwid

O SUV mais compacto e econômico chegou nessa posição com 5.853 unidades vendidas. Design e perfil marcante, seu custo não sai por menos de R$ 32.790.

8. Volkswagen Polo

O modelo foi vendido 5.082 vezes e mesmo nessa posição, suas caractrísticas são bastante atrativas. Seu custo atualmente está em R$ 52.360.

9. Nissan Kicks

A Nissan evoluiu bastante aqui no Brasil. A marca tem passado bastante segurança e confiança aos consumidores, e também seus modelos são exclusivos, como o Kicks, que foi vendido 4.864 vezes por preços a partir de R$ 68.640.

10. Fiat Argo

A décima e última posição pertence ao Fiat Argo, que com certeza ainda está caminhando muito pra atingir mais posições. Mas desta vez, ele vendeu só 4.643 unidades, por um preço equivalente a R$ 48.490, mesmo com todo estilo e sofisticação que o modelo esbanja.

Por Daniela Almeida da Silva


Honda Civic 2019 – O Que Mudou, Novidades, Ficha Técnica, Preços


Confira aqui todos os detalhes do novo Honda Civic 2019.

O Novo Honda Civic 2019 já teve seu primeiríssimo aparecimento nos Estados Unidos, e mostrou em algumas fotos, que saíram junto com seu lançamento em setembro de 2018, suas renovações e mudanças. A marca ainda aproveitou o lançamento para divulgar mais fotos da nova versão do Touring, que além de mudanças no design, também mostrou outras novidades do sedã produzido no interior de São Paulo.

A reestilização do novo Honda Civic 2019 é esperada no país, mas ele ainda não tem data prevista para seu lançamento. Ficou curioso para saber o que foi que mudou? Para conhecer mais detalhes, continue lendo.

O que mudou?

A grande verdade é que as mudanças são bem singelas. A grade frontal agora está pintada de preto, algo que só era visto na versão Sport, e o para-choque recebeu detalhes cromados, perto das luzes de neblina.

Já o para-choque traseiro com a extensão do friso cromado, e as rodas de liga leve também foram redesenhadas. Enquanto isso, a parte interna do veículo não teve seu design alterado, mas ganhou novos equipamentos. Os botões físicos da central de multimídia são novos e a lateral esquerda possui conexão Android Auto e Apple CarPlay. Segundo a Honda, a conexão Bluetooth foi melhorada também.

O novo Honda Civic 2019 ganhou freios de estacionamento eletrônico, na versão dos Estados Unidos, com função Brake Hold de série. Painel de instrumentos com 7 polegadas e tela TFT. O modelo Civic EX, tem adicionados ar condicionado automático, em duas zonas diferentes, com ajuste elétrico para o banco do condutor.

Promessas cumpridas

Segundo a empresa, tudo que foi prometido no antigo modelo do veículo, foi alterado e o Novo Honda Civic 2019 terá os mesmos atributos dos carros nos Estados Unidos, com pacote Honda Sensing. Um kit de segurança que adiciona farol alto e frenagem automáticas e emergência, além de detecção de pedestres, assistente de permanência em faixa e o controle de cruzeiro adaptativo. Isso significa que a expectativa de que o Civic Touring passe a ter esse pacote é grande.

Características mecânicas

Já no motor, o novo Honda Civic 2019 vendido lá fora será o mesmo, mas as versões usam o motor 2.0 aspirado de 160 CV e 19 kgfm, enquanto que no modelo que será trazido para o Brasil, terá 155 CV e 19,5 kgfm, abastecido com etanol.

O modelo das versões EX, EXL e Touring terá as configurações de 1.5 turbo de 176 CV com 22.4 kgfm na versão americana. No Brasil, essas configurações ficam um pouco limitadas para as versões à gasolina.

As opções de transmissão são de 6 marchas manual, ou automática CVT, que simula 7 marchas.

Ficha técnica Honda Civic 2019

Segundo informações da marca, a nova ficha técnica do Civic poderá ter os seguintes atributos:

  • Motor: 1.5 turbo com 176 CV e botão de partida
  • Comprimento 4.637 mm
  • Altura 1.433 mm
  • Distância entre eixos 2.700 mm
  • Largura 1.799
  • Peso 1.275 kg para o manual e 1.285 kg para o automático
  • Peso total 1.695 kg
  • Tanque de combustível com capacidade para 56 litros
  • Porta malas com capacidade para 525 litros.

Consumo do novo Honda Civic 2019

De acordo com os testes realizados pelo INMETRO, é possível calcular os gastos médios que os veículos apresentam em determinada “pista” e com combustíveis diferentes. O Honda Civic 2019, tem como resultados esperados:

– Motor 2.0 flex

  • Abastecido com gasolina: média de 10.2 km/L rodados na cidade.
  • Abastecido com gasolina: média de 13.4 km/L rodados na estrada.
  • Abastecido com etanol: média de 7.1 km/L rodados na cidade.
  • Abastecidos com etanol média de 9.3 km/L rodados na estrada.

– Motor 1.5 turbo

  • Abastecido com etanol: média de 12.0 km/L.
  • Abastecido com gasolina: média de 14.6 km/L.

Preço

Os preços esperados para a nova versão do Honda Civic 2019, são de:

  • Sport: a partir de R$ 96.400,00.
  • EX: a partir de R$ 99.900,00.
  • EXL: a partir de R$ 106.200,00.
  • Touring: a partir de R$124.900,00.

Por Susan NogArt