Novidades que as montadoras existentes no Brasil irão trazer em 2015


O ano mal começou. Entretanto, as diversas montadoras com atuação no Brasil já andam planejando como será 2015. Entre lançamentos, projetos parados e possíveis renovações vamos encontrar um pouco de tudo. E não são apenas as grandes ou aquelas com maior atuação no país que devem fazer algo. As “pequenas” também devem agir.

Confira o que esperar de algumas dessas companhias:

Hyundai:

A família HB20 fez um sucesso e tanto. E a marca ainda aproveita um pouco disso. Aqui tem um detalhe em particular que é bastante curioso: o sucesso da linha foi tão precoce e inesperado que a algumas coisas acabaram tendo que tomar outros rumos. Por isso, para 2015 não é bom aguardar nada de grande da Hyundai. Os lançamentos relevantes deverão chegar no mercado nacional apenas em 2016. Mas, é claro que o HB20 não pode ser deixado de lado e ter seu sucesso esquecido. Por isso, podemos esperar alguma renovação no visual até o final do ano.

Hyundai HB20 2015

Toyota

Depois de tantos rumores parece que definitivamente a Hilux deve ganhar as mudanças significativas. De acordo com as expectativas a nova geração deve fazer sua estreia no mercado antes que o ano acabe. Mesmo assim, não é descartado o fato de o lançamento ser possivelmente adiado para 2016. Vale ressaltar que essa picape já tem passado por testes no exterior. Na época de seu lançamento foi um marco – 2005 – mas como a concorrência sempre anda de olho parece que a montadora percebeu que é hora de fazer algo para continuar “andando”.

Toyota Hilux 2015

Renault

Como 2014 foi um ano terrível para algumas montadoras a Renault por incrível que pareça é única montadora que tem o que comemorar em relação ao seu mercado no Brasil. Para a marca francesa o país já se tornou o segundo maior mercado ficando atrás apenas de sua terra natal. O que a montadora pretende é lançar o Duster Oroch, uma picape de certa maneira até atraente que deve chegar com a função de preencher o espaço vago encontrado entre as compactas do tipo da Strada e as médias como, por exemplo, a S10.

Renault Duster Oroch

Nissan

A montadora agora já conta com uma fábrica – própria – no Brasil. Com isso, o plano é partir logo para um segundo modelo. No caso, seria o Versa apresentando uma reestilização. Mesmo assim, a mais aguardada é a versão já para produção do conceito mostrado no Kicks. De qualquer forma, a Nissan está entre as montadoras que mais escondem os planos para 2015. Há rumores de que o SUV compacto pode chegar ao mercado antes mesmo do final do ano.

Nissan Versa 2015

Fotos: Divulgação

Por Denisson Soares


Hyundai e Kia pretendem vender 8,2 milhões de carros em 2015


Embora a Hyundai e a Kia tenham mantido os resultados positivos no ano de 2014, cujos índices serão divulgados pelas marcas em breve, as fabricantes sul-coreanas acenam para uma redução de crescimento para o ano de 2015. A Hyundai Motor Group, quinta maior montadora de carros do mundo, afirmou que as duas montadoras pretendem vender um combinado de 8,2 milhões de veículos este ano.

Em entrevista para o portal de notícias norte-americano "The Detroit News", o CEO do conglomerado que engloba o Hyundai Motor Co. e Kia Motors Corp., Chung Mong-koo, afirmou que a meta de crescimento, anteriormente estipulada em 4%, agora é de 2,5%. Caso isso ocorra, as montadoras terão seus índices de crescimento mais baixo em uma década.

Ainda de acordo com o site estadunidense, as vendas de carros da Hyundai e da Kia cresceram com taxas de dois dígitos até o ano de 2011, fazendo com que as empresas superassem a crise econômica iniciada em 2008 através da introdução de novos projetos e marketing.

Contudo, esse ritmo sofreu uma redução desde 2012, não só pela valorização da moeda sul-coreana (won) e desvalorização da moeda japonesa (iene), o que prejudica a exportação, mas também pelo crescimento e popularização de outras marcas de automóveis em solo sul-coreano, prejudicando as vendas internas da Hyundai e da Kia que tradicionalmente dominavam o mercado local. Somado a isso, as montadoras tiveram veículos envolvidos em recalls e problemas de qualidade, prejudicando a Hyundai tanto no mercado interno quanto no exterior.

Para solucionar esses problemas, as marcas sul-coreanas iram apostar na redução de custos e maior compartilhamento de tecnologias, que agora estão entre as novas prioridades das fabricantes, tudo para baratear a produção de veículos. Para tal, de acordo com Chung, o grupo irá colocar alta prioridade na melhoria da sua marca e elevar os gastos com pesquisa e desenvolvimento, bem como priorizar investimentos em tecnologias ecológicas, setor que está em alta e tem atraído cada vez mais o público. 

Por Caio Polo

Hyundai e Kia


Mercado de automóveis não deve ter crescimento de vendas em 2015


O ano de 2015 mal começou. Entretanto, o que persistia nos anos anteriores parece que vai permanecer neste. A maioria das companhias nem sequer está criando algum tipo de perspectiva em relação ao crescimento das vendas. Para se ter ideia desse “limite” a maior parte delas deverão fazer lançamentos pontuais nesse ano.

A explicação para isso está na queda mais do que significativa que o mercado apresentou nos últimos tempos. Tendo em vista isso, as principais marcas deverão trabalhar mais nos investimentos em novos segmentos que possibilitam uma maior participação no mercado do que em “upgrades” e renovações de produtos.

Vale destacar também que devido a citada queda nas vendas os investimentos já foram em parte perdidos. Então seja lá o que for que se estiver planejando para este ano deve ser algo mais certeiro, menos passível de apresentar desperdício.

De uma maneira geral podemos ver que 2015 será um ano de incubação. Ou seja, as montadoras deverão preparar seus próximos passos e ações no lugar de saírem lançando novos produtos no mercado. Para entender melhor basta vermos a situação da seguinte forma: Se o mercado de automóveis do país melhorar os projetos ganham contornos reais. Se não, ficam na “reserva” por mais algum tempo até que o mercado se mostre mais propício e menos arriscado.

Abaixo comentamos um pouco sobre alguns dos objetivos de algumas das principais marcas do país para 2015. Confira:

Fiat – A empresa permanece na liderança do mercado há muitos anos. Mesmo assim no ano passado ela acabou perdendo um bom pedaço de espaço no mercado porque não contou com o Mille em sua tabela de modelos. De fato, há planos para um sucessor do modelo, a questão é que só deve aparecer em 2016. Mas para 2015 o que se espera mesmo é o lançamento de sua picape média inédita. A previsão é de que o modelo apareça no final do ano.

Chevrolet – De imediato a GM deverá usar 2015 como um período para transições. Vale lembrar que nos últimos anos os investimentos da companhia foram grandes (sem contar os gastos com recalls). O que se deve esperar são os resultados que deverão ser apresentados ao mercado pelo Prisma e pelo Onix. Mas ao que parece o melhor vem mesmo em 2016 com novos lançamentos e substituições de produtos.

Volkswagen – Para a Volks 2014 foi um ano sofrido. Aliás, dentre todas as marcas ela foi a que mais sofreu. O Gol continuou figurando entre os carros mais vendidos. Entretanto, os dois principais lançamentos da companhia, o Fox renovado e o Up! não chegaram a empolgar muito os consumidores. É bom lembrar que VW anda trabalhando no Golf VII nacional. Mas já é bom avisar que preços mais em conta estão fora da pauta da montadora.

Por Denisson Soares


Prorrogação do prazo para trocar o extintor de incêndio dos carros


Proprietários de automóveis de ano/modelo anterior a 2004/2005 fiquem atentos ao novo prazo para a troca dos extintores de incêndio. De acordo com o portal Auto Esporte, o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) se pronunciou oficialmente nesta quarta-feira, 7 de janeiro, e confirmou a prorrogação oficial do prazo para substituição dos extintores dos veículos para o tipo ABC. O Diário Oficial da União divulgou a informação de que a partir do dia 1º de abril, rodar com o carro sem o extintor novo acarretará multa ao motorista.

O novo prazo estabelecido e a suspensão das multas foram decisões tomadas devido aos relatos de muitos proprietários, que afirmaram ter dificuldades em encontrar o novo equipamento à venda. As prateleiras  de várias regiões do país ficaram vazias devido à correria no fim do ano passado para trocar o extintor. Muitos fornecedores não conseguiram repor o estoque com rapidez e o produto acabou esgotando. A correria também foi agravada por outro fator: a procura pelo extintor tornou-se maior porque muitos motoristas verificaram a validade dos seus equipamentos e perceberam que estavam fora da data de validade (5 anos a partir da data de fabricação). É importante lembrar que rodar com o extintor vencido também acarreta multa.

Ainda segundo o Auto Esporte, o Ministério das Cidades, diante do fenômeno, preferiu adiar a aplicação das multas durante 90 dias, mesmo depois do prazo de 5 anos para a mudança do equipamento. A partir de 1º de abril, quem não estiver com o novo extintor instalado poderá ser multado em R$ 127,69, além de receber 5 pontos na carteira de habilitação e ter o carro apreendido para regularização.

Agora, o modelo de extintor presente na lei é o ABC, que controla incêndios provenientes de várias naturezas. O modelo já vinha instalado em veículos fabricados a partir do ano de 2005, mas uma liminar derrubou a exigência, que posteriormente foi restaurada em 2009. O tipo antigo, BC, tinha sua funcionalidade reduzida e combatia somente incêndios causados por líquidos inflamáveis e equipamentos elétricos.

Por Ana Clara de Souza

Extintor ABC

Foto: Divulgação


Novo extintor de incêndio automotivo passará a ser exigido em janeiro de 2015


Atualização: o prazo foi prorrogado por 90 dias pelo Denatran. Motoristas terão até final de março para trocar seus extintores.

O ano vindouro se aproxima e diante dessa transição há mudanças e gastos na vida dos brasileiros. Com a comemoração do natal e ano novo, algumas pessoas exageram nos gastos e começam o ano de forma negativa em relação ao financeiro. Além do mais, agora os proprietários de veículos terão um gasto a somar, pois, a partir de janeiro de 2015, os órgãos de fiscalização de trânsito passarão exigir um novo tipo de extintor de incêndio automotivo.

O novo modelo de extintor de incêndio automotivo atenderá as categorias “A”, usado para combater incidente causado por materiais sólidos; categoria “B”, usado para combater incidente causado por materiais inflamáveis e categoria “C”, usado para o combate de incidente provocado por materiais elétricos. Acrescenta ao novo extintor a categoria “A”, pelo motivo de adequação com a resolução do Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN).

A resolução que exige esta mudança nos extintores de incêndio automotivo é a de nº 157/2004 que passou a vigorar no ano de 2009 para veículos zero quilômetro. Portanto, agora todos os motoristas devem atentar para esta regra e substituir os modelos antigos de extintores automotivo pelo novo modelo de categoria A, B e C. O Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN), informa também, que os modelos recondicionados com validade de um ano serão proibidos a partir de janeiro de 2015.

Transitar com o veículo sem extintor ou com este equipamento fora do prazo de validade resulta em multa de R$ 127,69 e 5 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Uma atenção especial para não se esquecer de retirar o plástico protetor que envolve este equipamento. Isso também rende multa, pelo motivo de dificultar o acesso ao item.

Apesar do valor deste equipamento ter sofrido um aumento, o novo modelo tem validade de cinco anos. Caso o seu extintor já esteja vencido e queira trocar por um novo, já é possível encontrar o modelo ABC nas lojas.

Por Railson Tomás de Araújo Lopes

Extintor para carros

Foto: Divulgação


Peugeot 2008 será produzido no Brasil


A Peugeot aposta no seu mais novo lançamento no mercado brasileiro, o Peugeot 2008, para tentar reverter sua queda em vendas, que se verifica nos últimos 4 anos no mercado nacional. Apresentado no Salão do Automóvel de São Paulo, ocorrido entre os dias 31 de outubro e 9 de novembro de 2014, a versão nacional do crossover começa a ser produzida em Porto Real (RJ), e terá a missão de recuperar a marca Peugeot no mercado nacional.

O modelo apresenta novidades, como o motor 1.6 THP flex de 173 cv, o mesmo do Citroen C4 Lounge. O modelo será equipado com câmbio manual de 6 marchas e opção de câmbio automático. Não foram divulgadas estimativas de preço, o que ocorrerá no lançamento do veículo previsto para o início do ano que vem.

O Peugeot 2008 será fabricado na mesma plataforma do hatch 208, terá 4,15 metros de comprimento, 1,74 metro de largura, 1,55 metro de altura e 2,53 metros entre-eixos. Além da mesma plataforma o SUV divide com o hatch o interior, que ainda não foi apresentado pela Peugeot. No entanto ela informou que o 2008 será equipado com volante menor, e painel de instrumentos acima da direção, evitando que o motorista não precise desviar sua atenção na estrada, como acontece com o hatch 208.

O Brasil deverá ser o terceiro país a produzir o Peugeot 2008, atrás apenas da França e da China. Lançado há um ano e meio na Europa, o modelo já ultrapassou as 200 mil unidades vendidas. Mas as expectativas no mercado brasileiro não são das mais animadoras, porque além das estrelas já conhecidas como o Ford EcoSport e o Renault Duster, outras ainda estão por vir depois de agitar o Salão do Automóvel de São Paulo, como o Jeep Renegade, Honda H-RV, JAV T5 e T6 entre outros. A Nissan também exibiu um novo veículo conceito, para entrar neste tão disputado mercado.

A Peugeot vem amargando quedas contínuas de vendas no mercado brasileiro desde 2010, quando vendeu 81 mil veículos, o que correspondia a 3% do mercado brasileiro, e desde então vem caindo ano após ano. Naquele ano ainda, era a 7ª maior emplacadora de veículos, e neste ano está na 11ª posição com 28,6 mil veículos vendidos, o que corresponde a 1,8% de participação.

Por Russel Hernandes

Peugeot 2008

Peugeot 2008

Peugeot 2008

Peugeot 2008

Fotos: Divulgação


Fiat Uno 2015 terá novidades e função Start&Stop


A Fiat revelou imagens e informações da linha 2015 do Uno. Além de trazer algumas novidades estéticas e um interior melhorado, o modelo da marca italiana será o primeiro carro nacional dotado do sistema Start&Stop, desenvolvido pela Bosch, que será equipado na nova versão Evolution 1.4 que substituirá a atual configuração Economy.

Esteticamente, na dianteira do compacto da Fiat cabe destaque para o novo para-choque, nova entrada de ar inferior, novos faróis e nova grade dianteira, que está mais estreita, mas mantém os três quadrados característicos do modelo. 

Foto: divulgação

Na traseira, a mudança fica por conta das lanternas com lentes translucidas e acabamento em quadrados que parecem estar sobrepostos.

Na cabine, nota-se uma evolução substancial do modelo, com uma nítida inspiração nos carros do Grupo Chrysler, em especial o Chrysler 200, para o layout do console central, que conta com um novo sistema de som posicionado centralizado entre duas saídas de ar verticais.

Além disso, o novo Uno 2015 ainda possui novo quadro de instrumento com mostrador digital no centro do velocímetro, novos tecidos para revestimentos dos bancos, botões para acionamento dos vidros idênticos ao do Punto, bem como volante multifuncional, com os mesmos botões dos carros da 300C, Town e Country S, da Chrysler.

Foto: divulgação

Quanto ao sistema Star&Stop, tecnologia que desativa e reativa o motor em paradas breves, no Fiat Uno, esta só poderá ser utilizado caso o veículo esteja desengatado e a embreagem não pressionada. Nesse casso, o motor ficará desativado por até 2 minutos e 45 segundos, bastando pressionar a embreagem para que o motor volte a ligar e o carro esteja pronto para sair.

Se o carro estiver com o sistema de ar-condicionado ligado, o tempo máximo em que o motor ficará desativado reduz para 1 minuto, tudo para manter o interior refrigerado.

Para somar ao Start&Stop, a fabricante italiana alongou a quinta marcha do veículo e equipou o carro com pneus Pirelli P1, de menor resistência a rodagem. Com isso, segundo o Programa de Etiquetagem do Inmetro, o modelo teve autonomia média em perímetro urbano de 8,9 km/L e 10,5 km/L na estrada, sempre abastecido com etanol, o que lhe rendeu nota A de consumo.

Foto: divulgação

Mecanicamente, além das modificações já citadas, a Fiat manteve os mesmos motores atuais, ou seja, o motor Fire 1.0 8V EVO Flex que gera até 75 cv e torque de 9,9 kgfm, além do bloco Fire 1.4 8V EVO Flex, com 88 cv e torque de 12,5 kgfm.

Para a versão 1.4 Sporting, a Fiat equipou o modelo com a transmissão automatizada Dualogic Plus,com opções de trocas sequenciais através de Paddle Shifts atrás do volante.

Com relação às versões oferecidas, o Fiat Uno 2015 contará com Vivace 1.0, que agora é a versão de entrada, mantendo o visual e o interior do modelo 2014 e que terá como maior foco o mercado de frotista.

O compacto ainda terá a inédita versão Attractive 1.0, Way 1.0 e 1.4, Evolution 1.4 e a Sporting 1.4.

Por Caio Polo


Ford EcoSport 2015: novidades e preços no Brasil


A Ford apresentou nesta semana a linha 2015 do EcoSport com algumas novidades. Entre elas, a marca estadunidense passa a oferecer seu utilitário esportivo compacto em seis configurações, sendo três dotadas do motor 1.6 Sigma Flex e câmbio manual e três equipadas com o bloco 2.0 Duratec Flex.

Outra novidade na linha 2015 do Ford EcoSport é que a agora o SUV compacto conta de série, desde a versão de entrada, com repetidores de setas integrados aos retrovisores externos, rack de teto, maçanetas externas pintadas na cor da carroceria e rodas de liga leve. Além disso, a marca norte-americana abriu mão da versão básica S, tornando a configuração SE a versão de entrada.

Esteticamente a EcoSport continua idêntica à linha anterior, o que se repete na parte mecânica. Portanto, o utilitário da Ford continua sendo equipado com o motor Sigma 1.6 Flex que entrega até 115 cv com etanol, ou com o bloco 2.0 Duratec Flex que gera 147 cv quando abastecido com etanol.

Associado ao bloco poderá estar o câmbio manual de cinco marchas, o câmbio manual de seis marchas (na versão FreeStyle 4WD 2.0 Duratec), ou a transmissão automática PowerShift com seis velocidades.

A versão de entrada (1.6 SE) é vendida por R$ 62.990 e traz de série freios ABS com EBD, airbag duplo frontal, direção elétrica, sistema de ar-condicionado, vidros travas e espelhos retrovisores com acionamento elétrico, sistema SYNC com comandos por voz, conexão Bluetooth, comandos de áudio no volante e entrada USB.

A configuração SE dotada do motor 2.0 e transmissão automática PowerShift, disponível por R$ 71.490, traz os mesmos equipamentos da configuração com bloco 1.6.

A lista de equipamentos da versão FreeStyle não sofreu alterações e o modelo é conta com os mesmos itens da configuração SE acrescido de assistente de partida em aclives, rodas de liga leve de 16 polegadas, grade e bagageiro na cor London Grey e sistema AdvanceTrac, que abrange o controle eletrônico de estabilidade e tração.

A configuração topo de linha (2.0 Titanium), oferecida por R$ 81.890, conta com todos os outros equipamentos já citados e ainda vem com airbags laterias e do tipo cortina, bancos com revestimento em couro, ar-condicionado digital, sistema Keyless para acesso e partida sem chave, sensor crepuscular e sensor de chuva, bem como rodas de liga leve de 16 polegadas.

Abaixo, versões e preços do Ford EcoSport 2015:

– SE 1.6 (Manual Cinco Marchas) – R$ 62.990

– FreeStyle 1.6 (Manual Cinco Marchas) – R$ 67.100

– Titanium 1.6 (Manual Cinco Marchas) – R$ 75.390

– SE 2.0 PowerShift – R$ 71.490

– FreeStyle 4WD 2.0 (Manual Seis Marchas) – R$ 77.390

– Titanium 2.0 PowerShift – R$ 81.890

Por Caio Polo

Foto: divulgação


Chevrolet Spin 2015: características e preços


A forte concorrência no mercado automobilístico acaba exigindo bastante das empresas e marcas que atuam neste ramo. Um ótimo exemplo é o Brasil, que dispõe de um mercado consumidor muito grande e bastante concorrido, dessa forma, as marcas mundiais sempre estão investindo em novos lançamentos, renovações de linhas e modelos já existentes e muito mais para agradar os clientes brasileiros.

Para aqueles que são fãs de minivan, saibam que uma grande indicação do mercado é o Chevrolet Spin 2015. Um dos melhores automóveis de sua categoria, o Spin chega para brigar pela liderança de vendas.

É importante destacar que a General Motors já anunciou a chegada da minivan ao mercado brasileiro. Para mais detalhes a respeito desse lançamento da Chevrolet, basta continuar lendo esta matéria.

O Chevrolet Spin 2015 não apresenta grandes mudanças na parte mecânica e nem na estética. A grande novidade no modelo 2015 é justamente os novos equipamentos, bem como novos acessórios como itens de série. Com isso, conclui-se que a parte mecânica é praticamente a mesma das versões anteriores.

Um item de série que agora faz parte de todas as versões é o sistema de travamento elétrico da portinhola do tanque de combustível. Caso ainda não saiba, a versão top de linha é a LTZ, a mesma possui anel cromado emoldurando no quadro de instrumentos, além disso, ainda compõem essa versão: acabamento emborrachado na parte central do painel o que trás um ótimo design na parte interior do automóvel.

Um dos grandes destaques da linha 2015 é o tablet de 7 polegadas com suporte para encosto de cabeça. A câmera de ré e o módulo de TV são outras grandes novidades.

Para quem estiver interessado os preços sugeridos são: R$ 49.890 (versão de entrada, LT); R$ 56.190 (versão Advantage); e R$ 59.790 (versão top de linha, LTZ). Você adquirir o seu Chevrolet Spin 2015 nas melhores concessionárias do país, lembrando que as cores disponíveis são: Branco Summit, Azul Macaw, Bege Desert, Cinza Aztec, Cinza Mond, Prata Swichblade e Preto Global.

Por Bruno Henrique

Foto: divulgação


Conheça o BMW 320i Active Flex


A BMW, além de sua história mundial no setor automobilístico, também tem sua história no Brasil. A companhia, por exemplo, foi a primeira empresa/marca de luxo a anunciar que teria uma fábrica no país.

Para completar as novidades, o modelo que será “garoto propaganda” já se encontra na linha de montagem no país. Estamos falando do BMW 320i Active Flex. Além de ser um carro de luxo, esse modelo também carrega o fato de ter um motor bicombustível.

A coisa vai um pouco mais além, o que envolve a união do sistema flex ao propulsor biturbo, que conta com injeção eletrônica direta de combustível.

E para o consumidor, o que, de fato, isso representaria? De cara podemos dizer que algumas vantagens. O primeiro detalhe é que por ser um motor turbo, o 320i dispensa o  tão conhecido "tanquinho", isso porque é possível fazer a combinação entre a injeção direta e da pressão turbo.

Outro ponto que vale ressaltar é que o BMW também tem a capacidade de fazer o aproveitamento de qualquer mistura de etanol e gasolina para gerar a mesma potência e torque, coisa que para os motores aspirados é impossível.

Seguindo a linha dos  modelos do segmento de sedãs médios, o porta-malas do Série 3 tem capacidade para comportar 480 litros. Outro ponto é que a fabricante deu uma certa moldada no interior com o objetivo de facilitar o uso do compartimento tanto para a acomodação de volumes pequenos ou grandes.

Com relação a conectividade o 320i Active Flex até que traz um sistema  interessante contando com Bluetooth, USB mas estão fora dele a Internet bem como os sistemas BMW Live e Apps que estão sendo disponibilizados apenas para as versões 320i GP. De qualquer forma dá para o gasto.

O modelo de fato chama atenção pelo visual, pelo aspecto luxuoso que apresenta. Mas, se a coisa for economia de combustível, o comprador pode ir se preparando por que nisso não há milagre. De série o carro vem com o sistema Isofix para cadeiras infantis, airbags e direção elétrica dentre outros pontos.

Por Denisson Soares

Foto: divulgação


Jeep Renegade será fabricado no Brasil


Ainda na esteira de lançamentos nos mercados europeus e norte-americanos o Jeep Renegade será, em breve, produzido aqui no Brasil. A coisa tem sido levada muito a sério pela fabricante (norte-americana) que ela já colocou no ar um hotsite com o objetivo de divulgar para o público a série “Open Editions”. A série em questão é meio que uma celebração da estreia do jipe vestido com uma roupa de luxo.

De acordo com as informações divulgadas, o modelo deverá ser lançado no mercado exterior já no mês de julho. No caso da versão nacional, que deverá ser fabricada na planta da Fiat situada em Goiana, no estado de Pernambuco, a informação é de que haverá algumas modificações.

De qualquer maneira teremos que aguardar um pouco mais já que a expectativa que é seja lançado em 2015. Entretanto, antes que isso ocorra, a montadora já divulgou que vai mostrar o modelo – o Renegade Brasileiro – para o público nacional e por inteiro no mês de outubro, quando ocorrer o Salão de São Paulo.

Para a versão de estreia a Jeep tratou de incrementar o carro com o que tem de melhor. A parte interior é bastante completa contando com banco e volante em couro, ar-condicionado digital, painel cluster digital, ignição por meio de botão e central multimídia com tela sensível ao toque.

Dentre outros destaques que o Jeep Renegade oferece podemos citar, de série, as rodas com aro 18” bem como os apliques feitos na cor laranja em algumas peças no interior.

Segundo informações da montadora a série especial do jipe será disponibilizada em duas opções com relação ao motor: a gasolina 1.4 Turbo de 140 cv; diesel 1.6 Turbo de 120 cv e um 2.0 Turbo de 140 CV.

No caso deste último a informação é de que ele será equipado com o sistema de tração 4×4. Para o mercado brasileiro os rumores indicam que o Renegade deverá contar com os motores 1.6 16V e 1.8 16V pertencentes a família Etorq da Fiat.

Por Denisson Soares

Foto: divulgação


Suzuki Swift estreia no Brasil no 2° Semestre


Após um tempo sem grandes novidades, a Suzuki até que enfim, anunciou um novo lançamento para o mercado brasileiro. E as novidades são até interessantes.

De acordo com o divulgado, o que vai chegar de estreia em nosso mercado será o Swift, o modelo hatch compacto que traz um visual descolado e moderno. A parte mecânica também merece sua parcela de destaque. Na versão que vem para o nosso mercado, a Sport, será um motor 1.6 de 16V capaz de gerar 136 cv.

De acordo com as informações divulgadas em alguns sites especializados no setor, o Suzuki Swift Sport deverá ter sua venda anunciada no país no segundo semestre deste ano. Com relação ao preço do modelo em si, ainda há dúvida. Entretanto, as estimativas sugerem que o valor do carro deva partir dos R$ 70 mil.

Falando em termos internacionais, o Suzuki Swift Sport também recebeu seu reconhecimento. Entre os “prêmios” ostentados estão o cinco estrelas no teste de segurança realizado pela Euro NCAP, além de prêmios relacionados a melhor compra em diversas revistas europeias.

No caso da versão Sport, a potência desenvolvida é mediana, entretanto, vale destacar que acaba ganhando um pouco no desempenho pelo fato de ser relativamente leve. O carro em si pesa cerca de 1.000 kg. Isso acaba por garantir uma espécie de relação peso/potência bastante equilibrada para um carro do tipo esportivo.

Com relação ao interior do carro não há muito o que dizer. Sendo mesmo que ele é pequeno, como do tamanho de qualquer outro carro do seguimento. O carro leva quatro pessoas e tem capacidade de porta-malas de 211 litros.

O Swift Sport, aqui no Brasil será comercializado como um carro compacto premium da Suzuki. Em outras palavras, basicamente, isso quer dizer que ele deverá fazer concorrência com os modelos Mini Cooper, Citroen DS3 e o Audi A1.

Agora é aguardar o começo das vendas e ver se o carro terá ou não sucesso em terras brasileiras.

Por Denisson Soares

Foto: divulgação


Chega ao Brasil a BMW X5 em duas novas versões


Acaba de chegar a território brasileiro a tão aguardada x5 da montadora BMW. O carro, que não chega com uma grande revolução, mas sim um grande aperfeiçoamento do seu antecessor.

Ela chega em duas versões no território brasileiro e serão vendidas por R$ 329.950, enquanto o modelo Full, com uma série de itens sofisticados, como "head-up display" e bancos traseiros reclináveis e deslizantes, custa R$ 359.950. E nos Estados Unidos o preço é de US$ 55.000,00, o equivalente a R$ 110.000,00.

Serão disponíveis no Brasil os dois modelos com o motor 3.0 TwinPower turbo, recebem um câmbio automático com oito marchas que é movido pela força de seis cilindros, que gera 306 cv e 40,7 kgfm de torque, força que é transmitida às quatro rodas.

Segundo a montadora, a velocidade máxima que pode ser alcançada pelo modelo é de 250km/h e o carro vai de 0 a 100km/h em 6,5 segundos. Dispõe também de tração nas quatro rodas e o sistema xDrive realiza uma distribuição de potência inteligente permanente entre os eixos, dependendo das condições de aderência

O utilitário também disponibiliza vários itens de segurança de série, como por exemplo faróis adaptativos bi-xenônio, assistente de farol alto e Active Protection (fechamento automático de vidros e teto solar e ajuste ideal do banco do motorista em situações iminentes de colisão). Há também seis airbags e sensor de estacionamento dianteiro e traseiro.

Para quem espera pelo kit multimídia, a marca também não deixou a desejar. O carro vem com tela de 10,25 polegadas, DVD, HD de 20 GB e apresentação de mapas em satélite e gráficos em 3D. Em seu interior ela traz a mescla de cores marrom e preta, com as cores do banco de couro opcionais. 

Por Igor Lima

Foto: divulgação


Citroën Aircross 2015: novidades nas versões


O mercado automobilístico é extremamente exigente, ou seja, para que as fabricantes mantenham o seu sucesso de vendas é necessário estar devidamente atualizada com o mercado consumidor. Por esse e outros motivos, as diversas marcas em todo o mundo sempre estão lançando novas alinhas, atualizações de linhas e modelos já existentes e etc.

No Brasil não é diferente, são várias as marcas já instaladas em território nacional. Como o número de consumidores no Brasil é grande, as empresas sempre estão realizando lançamentos. Vale ressaltar que o mercado automobilístico no Brasil cresceu bastante ao longo das últimas décadas.

Para aqueles que são fã da Citroën, marca francesa, saibam que a mesma anunciou recentemente a sua atualização para a linha 2015 da marca. Além disso, é importante informar que a marca fez mais um anúncio: a linha 2015 já sofreu alterações. Isso mesmo, visando agradar ainda mais o seu mercado consumidor, a Citroën fez algumas mudanças em sua linha 2015.

O Citroën Aircross 2015 também passou por mudanças, bem como os outros modelos da linha 2015. O automóvel teve alguns retoques em seu design como, por exemplo, os faróis com máscara negra, acabamento na cor grafite nas barras do teto, molduras dos faróis de neblina e estribos.

Além disso, na versão Aircross Exclusive, maçanetas e retrovisores ganharam nova cor. Uma das grandes novidades é justamente o detector de obstáculos traseiro, que está disponível em todas as versões.

Outro detalhe interessante é que a Citroën procurou mudar a nomenclatura de suas versões, e com o Aircross 2015 não foi diferente. As versões de entrada passaram a se chamar Tendance. Logo abaixo você pode conferir as novas nomenclaturas, bem como seus respectivos preços:

– Aircross 1.6 Tendance BVM: R$ 55.190

– Aircross 1.6 Tendance BVA (automático): R$ 59.890

– Aircross 1.6 Exclusive BVM: R$ 60.190

– Aircross 1.6 Exclusive BVA (automático): R$ 65.190

As versões já podem ser encontradas nas concessionárias da Citroën em todo o país.

Por Bruno Henrique

Foto: divulgação


Novo Prisma 2015: preços e Informações


A grande concorrência do mercado automobilístico traz muitas vantagens para o consumidor, seja a grande quantidade de linhas e modelos de automóveis, bem como a variação de preço. Por isso, o número de vendas de automóveis no Brasil cresceu bastante e continua muito grande, pois são várias marcas instaladas em solo brasileiro.

Uma das marcas mais importantes e de sucesso em todo o Brasil é justamente a Chevrolet, que possui vários modelos e linhas de automóveis e é um grande sucesso de vendas no Brasil. A marca dispõe de uma grande variedade, que vão desde aos carros mais populares até mesmo aqueles mais luxuosos e com preços altíssimos.

Para aqueles que são fãs dessa marca, saibam que a Chevrolet lançou recentemente o novo Prisma 2015. Vale ressaltar que o modelo não apresenta mudanças em seu designer ou na parte mecânica.

Entre as poucas alterações podemos destacar o ar condicionado, que agora para a ser item de série em todas as versões, além disso, o volante com comandos de som e telefone é outra novidade. Esse volante está incorporado na versão LTZ equipada com câmbio automático de seis velocidades.

O volante com comandos de som e telefone já vinha acompanhado nos modelos Spin e Cobalt. O mesmo é bastante interessante devido a funções de mudança de estação, controle de volume do áudio, mudança de frequência além de aceitar ou rejeitar ligações, sendo essa última funcionalidade disponível quando o telefone está conectado ao Bluetooth.

Mesmo sem apresentar novidades visual ou mecânica, o novo Prima 2015 sofreu reajuste de preços de, pelo menos, R$ 700,00.

Outra novidade está relacionada à opção de pintura metálica, agora você pode contar com a Cinza Mond. Abaixo seguem os preços das respectivas versões:

·         Chevrolet Prisma 1.0 LT: R$ 41.290

·         Chevrolet Prisma 1.4 LT: R$ 45.890

·         Chevrolet Prisma 1.4 LT Aut: R$ 50.790

·         Chevrolet Prisma 1.4 LTZ: R$ 51.190

·         Chevrolet Prisma 1.4 LTZ Au: R$ 54.740

Por Bruno Henrique

Foto: divulgação


Honda Fit 2015 com novidades para atrair o público jovem


A terceira geração do Honda Fit trouxe como principais destaques a incorporação do motor de 1,5 litro 16V a toda linha e o retorno da transmissão CVT, na qual foi oferecida entre 2003 e 2008. O laço familiar dessa vez ficou para trás, uma vez que veio mais esportivo e com novo conjunto mecânico.

A oferta, composta por quatro versões, sendo elas: DX, LX, EX e EXL, na qual as duas últimas somente com câmbio CVT. Os valores do novo Fit variam entre R$ 49.900 e R$ 65.900.

O modelo do próximo ano foi lançado no Japão no fim do ano passado e fazem parte das revendas do País a partir deste mês. O veículo foi elaborado em nova plataforma e um de seus principais aspectos está relacionado à imagem, pois atrairá o público mais jovem.

A dianteira tem uma pegada atlética e recebeu nova grade, para-choque e faróis. Na parte lateral, um vinco une dianteira e traseira, local onde as lanternas se destacam devido ao formato diferenciado. O porta malas poderá suportar até 363 litros.

Entretanto, na versão básica, o Fit oferece rodas de aço de 15 polegadas e capa do retrovisor externo na cor preta. A opção mais cara que é a EXL, conta com um pisca integrado ao retrovisor e acabamento externo Black piano. Para o ano de 2015 a Honda traz de volta o CVT com uma novidade, que é o conversor de torque.

Desta forma, o principal diferencial do veículo é sentido na prática, que é a função de transferir força do motor à transmissão. Ele dosa a energia conforme a pressão do pé do motorista aumenta ou diminui. As passagens de velocidade se mantêm imperceptíveis e o condutor pode utilizar a alavanca na posição.

No modo drive, é possível também manter 120 km/h a baixas 2.000 rotações. O silêncio interno só é quebrado pela ação do vento.

Por Luciana Viturino

Foto: divulgação


Novo Hyundai ix35 poderá ser lançado em 2015


Já circulam na internet imagens do novo Hyundai ix35, a terceira geração do SUV da marca que está previsto para ser lançado no final de 2015.

Ele foi flagrado passando por tratamento de testes em Nurburgring, na Alemanha. Embora o modelo tenha sido estrategicamente camuflado, segundo as imagens que circulam a internet, uma revisão radical no estilo do carro pode ser aguardada.

Uma das mudanças possíveis de ser notada foi a barra central mais fina que abre espaço para algo que se assemelha ao novo SUV compacto ix25.

Mais abaixo, o para-choque parece desenvolvido para ter uma entrada de ar central, enquanto os faróis serão mais finos e horizontais. A parte traseira do carro traz o design do ix35, embora um novo escape duplo seja claramente visível abaixo do para-choque aparentemente mais corpulento.

A mecânica pode variar entre motores a gasolina com 138bhp e 168bhp ou a diesel com 114bhp a 168bhp, embora a Hyundai também irá oferecer o ix35 com a sua nova tecnologia de células de combustível.

O carro ainda está em desenvolvimento e os preços serão confirmados mais perto do lançamento, mas é bem provável que o SUV tenha um aumento modesto de tamanho em relação ao modelo atual.

Mas quem deseja saber mais sobre o carro, a má noticia é quem terá mesmo que esperar até que o mesmo seja oficialmente apresentado ao mercado. A montadora ainda oferece poucas informações sobre o modelo que ainda segue em processo de desenvolvimento. Os carros da Hyundai conquistaram grande parte do público brasileiro em virtude de seu design moderno, o que espera ser mantido nas próximas e em toda a gama de veículos da marca.

Os apaixonados por carros e novidades do mundo automobilístico já fazem suas apostas de que este será mais um modelo capaz de conquistar não apenas pela beleza, mas também pelo desempenho que é outra forte característica dos produtos da Hyundai.

Por Jaime Pargan

Novo Hyundai ix35

Foto: Divulgação


Novo Vauxhall Astra recebeu novas atualizações e será lançado em 2015


O Vauxhall Astra deve chegar em 2015 com cara nova nas concessionárias. Segundo algumas imagens que circulam na internet, o carro poderá aparecer com visual similar ao Vauxhall Opel Monza apresentado no início deste ano.

Ainda segundo as imagens na web, o carro surgirá com faróis mais modernos que receberão uma aba mais reta e as entradas de ar agora ficam mais baixas e largas. Algumas características de estilo permanecem como no modelo atual.

Uma coisa não deixa dúvida, o novo modelo é maior, com um capô mais largo e melhor esculpido, e a traseira traz uma saliência mais notável.

Na lateral é possível notar maior proeminência nos vincos, os faróis também ficaram mais perceptíveis, a parte frontal do carro recebeu uma reformulação de estilo e os painéis estão mais curvilíneos, o que o torna similar ao estilo Monza lançado em 2013 no Frankfurt Motor Show.

A mecânica do automóvel também sofreu atualizações, a exemplo do motor 1.0 com três cilindros , o que o aponta como principal concorrente com o EcoBoost de 1.0 da Ford Focus, ainda há expectativa de uma versão de motor 1.6 a diesel surgir até o lançamento oficial.

A previsão é que o Vauxhall Astra chegue ao mercado em 2015, e será fabricado na fábrica de Ellesmere Port de Vauxhall, em Cheshire, na Inglaterra. A expectativa é que a montadora invista R$ 125 milhões na produção deste modelo, o que será capaz de gerar 700 novos postos de trabalho e garantir os 2.100 postos já existentes.

A fabricação do carro começará no início de 2015 e continuará sua produção até 2020, prazo no qual serão produzidos 160 mil carros a cada ano.

O sistema Intellilink usado pela Astra será inserido no novo Vauxhall Astra, o que permitirá aos proprietários realizar conexão de smartphones e aplicativos como rádio via internet.

Como já ocorreu em versões anteriores do Astra, serão oferecidas carrocerias diferenciadas. 

Por Jaime Pargan

Vauxhall Astra 2015

Foto: Divulgação


BMW M2 será vendido no Brasil em 2015


A BMW já está trabalhando no desenvolvimento de seu novo cupê, o M2 que irá entrar para a gama da Serie 2 de Cupês da marca. O novo carro ficará posicionado acima do M235i no que se refere a desempenho e impacto visual, e consecutivamente estará acima também no quesito preço.

Segundo colaboradores que trabalham no projeto da  BMW, o modelo teve sua produção iniciada em 2014 e em seu projeto com motor 3.0 turbo desenvolvido para desempenhar 350bhp.

Diferentemente de outros modelos, ao invés de um câmbio  manual de seis velocidades, o cupê oferecerá câmbio automático de oito velocidades, ou mesmo câmbio de sete velocidades encontrado na última BMW M3 Saloon e M4 Cupê.

Espera-se ainda que o modelo traga rodas de liga-leve de 19 polegadas. No protótipo que está sendo desenvolvido ainda constam freios a disco perfurados e pinças de alta performance similar aos encontrados no M3 e M4.

A BMW também irá  investir em um visual mais agressivo para este modelo para isso será adicionado um kit aerodinâmico, escapamentos quádruplos, e talvez  novos retrovisores.

A estimativa quanto ao preço de venda do M2  é de cerca de R$ 102.750,00 e deverá chegar ao Brasil no terceiro semestre de 2015.

Ainda que alguns pontos apresentados sobre as características do M2 possam ser meras especulações,  o público que aguarda ansioso a chegada do carro ao mercado, com certeza terá poucas chances para se decepcionar, visto que a BMW é sinônimo de sofisticação e principalmente de bom desempenho de seus carros desde que iniciou suas atividades no mercado automobilístico.

Portanto para quem ama carros, o conselho é guardar a ansiedade e esperar até 2015 para a chegada do automóvel nas concessionárias brasileiras, onde o mesmo poderá ser testado e espera-se que aprovado pelo bom gosto e conhecimento apurado dos apaixonados por carros.

Por Jaime Pargan

BMW M2 2015

Foto: Divulgação


Novos carros que estarão à venda em 2015


2015 já está se preparando para ser um ano vintage no que diz respeito a  lançamentos de carros novos. Pensando nisso, listamos os melhores carros novos para o próximo ano.

As montadoras trabalham a todo vapor, e o mercado espera ansioso para saber quais serão os melhores carros que irão à venda em 2015. Destaques óbvios incluem o Jaguar XE que chega com um novo desafiante executivo compacto da marca britânica, há também o novo Volvo XC90, um carro que promete intensificar a luta nas  as vendas de SUV’s  Premium.

Mas não para por aí, há também o mais recente Jazz da Honda que finalmente deve chegar, há um novo Mazda 2 supermini e Audi R8 desencadeando um novo supercarro.

Ao que vemos, 2015 tem todas as características de um ano que vai marcar seu lugar na memória dos fãs de carros.

– Jaguar XE:

O XE será o carro-chefe da marca durante o próximo ano. Ele virá com o objetivo de quebrar o domínio da classe dos executivos compactos das marcas alemãs, com uma série de novas tecnologias para atrair o púbico do Audi A4, BMW Série 3 e Mercedes C – Class.

Este será o primeiro carro da marca a usar uma nova plataforma de alumínio que servirá como base para o próximo C-X17 SUV que será oferecido com uma variedade de novos motores de quatro cilindros. Alguns vão emitir menos de 100g/km de CO2.

– Volvo XC90:

O novo Volvo XC90 não foi oficialmente revelado ainda, mas na internet já circulam imagens de como o carro poderá vir a ser. Sabe-se, entretanto, que seu projeto será baseado no Volvo XC Coupé apresentado no Salão Automóvel de Detroit, no início de 2014. O carro também será a primeira produção da marca a ser baseado na arquitetura SPA, que considera uma mistura leve com aços de alta resistência. 

Preços de venda ainda não foram revelados pelas montadoras, a expectativa destas informações chegarem ao mercado no decorrer do ano.

Por Jaime Pargan

Volvo XC90

Foto: Divulgação


Volkswagen lança novidades na linha 2015 de seus modelos


O ano mal começou e a linha 2015 dos veículos Volkswagen já começa a dominar as concessionárias de todo o país. O principal motivo para que isso aconteça é o domínio do mercado pela Fiat que teve vendas crescentes da picape Strada, roubando uma parcela importante da clientela do Gol. O lançamento do Up! pela própria Volkswagen também é responsável pela queda de vendas do Gol, exatamente por ser um compacto na mesma faixa de preço e características.

A nova linha deve aparecer nas concessionárias da montadora já no mês de abril e os preços serão informados em breve pela companhia alemã. Os veículos da linha 2015 ganharam modificações bastante interessantes que devem atrair a atenção do consumidor novamente. As versões Cross tanto do Gol (Gol Rally) quanto da Saveiro (Saveiro Cross) ganharam uma motorização nova, de 1.6 e 16V com 120 cavalos.

Os novos veículos da linha 2015 virão principalmente em três versões principais: Trendline, versão de entrada com itens básicos; Confortline, que é uma versão intermediária e possui alguns itens pintados na cor do veículo e outras pequenas modificações estéticas; e a Highline, que é a configuração top de linha dos modelos 2015. Nessa versão, o consumidor terá direito a um veículo com quatro portas, motor 1.6l MSI, todo o conteúdo das versões Trendline e Confortline bem como ar condicionado, acionamento elétrico tanto dos vidros traseiros quanto dos dianteiros, alarme no estilo Keyless, volante multifuncional com revestimento em couro e controle do sistema de telefonia e som, sobretapetes e faróis de neblina.

Além de todas essas regalias, a versão Highline ainda possui itens opcionais como um acabamento interno num tom mais claro e um conjunto tecnológico que possui sensores de chuva e crepusculares e piloto automático (Controlador de Velocidade de Cruzeiro).

As mudanças na linha 2015 são bastante significativas se comparadas com a última versão, que era basicamente uma releitura da linha 2013, sem grandes novidades. Com isso, a VW busca recuperar a confiança do consumidor e liderar novamente o mercado da categoria.

Por Ebenezer Carvalho

Gol 2015

Gol 2015

Foto: Divulgação


Opel sairá do mercado chinês em 2015


Embora a Opel mostre sinais de recuperação na Europa, a fabricante não está se dando tão bem em outros mercados internacionais nos quais está presente. Depois de anunciar o fim das operações em países com mercado automotivo importantes, como Japão e Austrália, a marca alemã, que é braço da General Motors, confirmou que irá deixar de atuar na China a partir do dia 1º de janeiro de 2015.

De acordo com o site inglês “Autocar”, os relatórios sugerem que a marca alemã não conseguiu ganhar espaço no mercado desde que começou a operar na China, há mais de duas décadas atrás. E os relatórios são bem nítidos. Segundo os dados divulgados pela Opel, durante todo o ano passado a fabricante emplacou no mercado chinês apenas 4.365 veículos. Com 22 concessionárias, o que é muito pouco para os padrões da Opel e para um mercado tão grande como o da China, a fabricante oferece cinco carros por lá: Astra GTC, Insignia, Antara, Meriva e Zafira.

Todos os modelos são produzidos em solo europeu, com exceção do Antara que é feito na Coreia do Sul, e desembarcam na China com altos impostos por causa das taxas que recaem sobre veículos importados, fazendo com que os carros encareçam e percam competitividade.

Assim como na China, as operações na África do Sul não estão correspondendo com a expectativa da marca, porém, diferente do mercado chinês, ainda não há nenhuma confirmação que a Opel deixará o país africano. Embora a Opel se mostre apática nas suas atuações fora do mercado europeu, o Chile é um mercado que rende excelentes resultados à marca.

Vale lembrar que mesmo retirando a Opel do mercado chinês a General Motors ainda manterá seus veículos na China mediante a Joint-Venture realizada entre a General Motors e a SAIC Motor, formando a Shanghai General Motors Company (conhecida como Shanghai GM). Fundada em 1997, com 50% do investimento de cada, a Shanghai Motors fabrica e vende modelos da Chevrolet, Buick e Cadillac, abocanhando uma parcela bem expressiva do mercado chinês.

Por Caio Polo

Opel Insignia

Opel Insignia vendido na China

Foto: Divulgação


Astra Vauxhall – Características do novo modelo


Um novo e atualizado o Astra  Vauxhall é esperado em 2015.

Houve algumas atualizações em comparação com a geração atual, os faróis possuem muito mais bordas retas e grandes entradas dão a impressão de que ele é menor e mais largo. Alguns estilos permanecem, no entanto, como a coluna virada para baixo no centro da cobertura.

O novo Vauxhall Astra vai entrar em produção durante 2015 e irá até o início de 2020  com fabricação de no mínimo de 160.000 carros por ano. Ele será construído na Ellesmere Port, fábrica da empresa. Este é parte de um investimento US$ 125 milhões que irá contar com a participação de 2.100 trabalhadores e criar 700 novos postos de trabalho.

A expectativa é que ele chegue com a última geração de motores da empresa, como o 114bhp 1.0 de três cilindros turbos usados como gama extensor do Monza. Que vai dar ao Vauxhall um tom de rivalidade para o EcoBoost Focos da Ford.

O sistema de inteligência da marca será incluído no novo Astra Vauxhall, permitindo que os compradores possam conectar smartphones e aplicativos para rádio e internet.

Astra  Vauxhall

Foto: Divulgação

O Astra Vauxhall será alimentado por 1,3-litro de diesel acoplado a uma caixa manual de 5 velocidades. Ele será capaz de produzir 95 cv e 140 lb-ft. Além disso, haverá também a escolha de um motor a gasolina de 1.4 litros, juntamente com a mesma transmissão. Ele terá capacidade de desenvolver 100 cv, e outras opções de motores são: 1.6 litros a gasolina 115 cv, Diesel de 1.7 litros com 130 hp, e Diesel de 2.0 litros com 195 hp.

O Astra Vauxhall 2014 terá uma aparência bastante atraente. Ele será oferecido em onze cores diferentes. Entre os modelos, provavelmente os mais atraentes para os clientes potenciais são o Power Red e o Flash Carbono. Além disso, o equipamento de série inclui rodas de liga leve de 16 polegadas, uma linha desportiva e os faróis mais agressivos.

O novo modelo chega ao mercado de venda no meio de 2015.

Por Jaime Pargan


Novo Alfa Romeo Spider será lançado em 2015


A marca Alfa Romeo irá trazer o Spider, um dos principais conversíveis da empresa, de volta ao mercado automobilístico no final do ano de 2015. Segundo o portal especializado Autocar, a companhia de origem italiana irá usar como base a geração renovada do Mazda MX-5, modelo que será revelado ainda neste ano.

O chefe do setor de Design da Alfa Romeo, Marco Tencone, refutou um possível visual "vintage" que seria feito para o Spider. De acordo com ele, o novo visual do veículo será contemporâneo e seguirá o estilo da gama junto ao 4C.

Da mesma forma que o modelo Mazda MX-5, o Alfa Romeo Spider irá apostar em uma estrutura mais leve e seu peso não deverá passar dos 1.100 quilos. No que se refere ao motor, será utilizado o bloco do tipo 1.4 TB MultiAir, presente no Giulietta, na opção com 168 cv de potência. O sistema de transmissão será automático, apresentando 6 marchas e embreagem dupla.

Segundo informações da assessoria de imprensa da empresa, a introdução deste modelo foi planejada para ampliar as vendagens da marca em escala global e diversificar as opções, além de homenagear um grande modelo como o Spider.

Por Marcelo Araújo


JAC Motors – Carros produzidos no Brasil serão vendidos em 2015


O primeiro carro fabricado no país pela montadora chinesa JAC Motors vai estar disponível nas concessionárias brasileiras a partir de 2015.  De acordo com o presidente da JAC no Brasil, Sérgio Habib, a produção inicia-se no terceiro semestre de 2014, no Complexo Industrial JAC Motors, localizado em Camaçari, na Bahia.

O lançamento inédito da JAC no Brasil, desenhado na Itália, foi pensado exclusivamente para o público nacional. Segundo Xiang Xingchu, presidente global da empresa, a JAC está atenta ao mercado do país: "O mercado brasileiro cresceu rapidamente dentro da estratégia da JAC e hoje é um dos mais importantes para a empresa". Posteriormente, o automóvel desenvolvido para os brasileiros deve ser comercializado também no mercado europeu.

A versão inicial do carro nacional terá motor 1.0 com três cilindros e tecnologia Flex.

Mais de R$ 1 bilhão já foram investidos na construção da fábrica na Bahia e no desenvolvimento do novo carro, revelou Habib. O modelo inédito vai originar uma família com três modelos distintos. A fábrica nacional tem capacidade de produção anual de 100 mil automóveis de passeio e 10 mil veículos comerciais.

O objetivo da JAC Motors é  retomar o crescimento depois de encarar problemas com as mudanças das regras de importação. Após um início promissor, em 2011, a montadora perdeu 20,8% nos emplacamentos. Habib comentou que a fábrica deve dar conta de impulsionar o aumento das vendas: "As marcas chinesas estão crescendo em todos os mercados sul-americanos, exceto no Brasil. É um reflexo do protecionismo local, mas, com a fábrica, isso deverá mudar".

Por Giovanna Lima