Volkswagen apresenta novo ID.3 2023, o T-Cross elétrico

Novo elétrico da VW surge quando as vendas começam a ganhar tração.

Volkswagen divulga imagens do primeiro facelift do ID.3, justamente quando a linha ID celebra 500 mil unidades vendidas na Europa. O novo EV será lançado no mercado alemão contando com vários melhoramentos tecnológicos: central multimídia de 12 polegadas, otimização de software e quatro versões disponíveis para compra.

As dimensões do novo ID.3 ainda não foram divulgadas, mas o atual tem 4,26m de comprimento, um pouco maior que o T-Cross, com seus 4,20m.

Há dois anos em fase de testes no Brasil, o Volkswagen ID.3 nem foi lançado nas lojas nacionais e já recebeu uma reestilização no mercado europeu. Os melhoramentos acrescentados ao SUV incluirão: atualizações visuais e novos equipamentos.

O lançamento oficial acontecerá entre março e junho do próximo ano. Embora a Volkswagen chame o novo ID.3 de "segunda geração", o SUV elétrico ganha somente aperfeiçoamentos, ou seja, é mais "acertado" nos referimos ao modelo como um facelift. Segundo a VW, as atualizações acrescentadas ao novo ID foram baseadas em sugestões enviadas pelos próprios consumidores. As entregas das primeiras unidades vendidas, devem ocorrer nos últimos meses de 2023.

Enquanto produz o carro, a empresa potencializa a capacidade de produção da sua principal fábrica em Dresden, Alemanha, com intuito de manter a agenda de fabricação do novo ID.3.

Na Alemanha, já é possível reservar unidades do novo ID.3. O modelo é comercializado em cinco versões: Life, Business, Style, Max e Tour. Os valores divulgados pela marca estão localizados em faixas a partir dos 43.995 euros, em uma conversão direta para o real, cerca de R$ 243 mil.

Visual

Nota-se o visual minimalista, futurista, com uma pegada de robustez, visualizamos rapidamente os novos para-choques com dutos de ar verticais e lanternas traseiras redesenhadas. As maiores mudanças estão concentradas no espaço interno do ID.3, contando com acabamento clean e software de última geração. Durante a construção do novo modelo da linha, a fabricante optou por utilizar materiais “parcialmente sustentáveis”.

Tecnologias

O ID ganha o sistema apelidado de OTA (Over The Air), ou seja, atualizações remotas "pelo ar". Contará ainda com central multimídia de 12" polegadas, e central redesenhada (ambas sem botões físicos), piso do porta-malas removível e revestimentos internos ecológicos.

Conjunto elétrico

O conjunto elétrico permanece o mesmo. Esperando-se o mesmo motor elétrico do modelo atual, de 204 cavalos de potência e 31,6 kgmf de torque máximo, com tração traseira.

Para tornar o carregamento do ID mais ágil, a VW incluiu os modos Plug & Charge (simplificando o processo de recarregamento da bateria em estações públicas), além de inserir recursos opcionais, como, por exemplo, Park Assist Plus e Travel Assist, Head-Up Display e novo assistente de estacionamento.

No Brasil?

Como dissemos, o ID.3 de geração anterior já vem em testes e segue cotado como lançamento da Volkswagen em terras tupiniquins. Portanto, bastante provável que desembarque por aqui, se a tendência de eletrificação de carros não for revertida, já que a rede elétrica de países europeus já vem demonstrando sinais de esgotamento com a crise energética e maior demanda devido aos próprios carros elétricos. A ver.

Imagens: Volkswagen

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *