Ford Maverick híbrida confirmada para primeiro trimestre de 2023

Picape híbrida que já tinha sido anunciada para 2023, pela Ford, foi confirmada já para o primeiro trimestre.

Ford prepara-se para galgar em direção a descarbonização de suas linhas de veículos, na America do Sul, com o lançamento da Ford Maverick híbrida — primeira picape híbrida a ser comercializada em solo nacional.

Exibida pela primeira vez ao público na inauguração do Ford Academy, centro de difusão de novas tecnologias, treinamento e experiência do consumidor, a Maverick Hybrid, primeira picape híbrida do Brasil, tem previsão de comercialização no Brasil para o primeiro trimestre do próximo ano.

O lançamento da picape em solo nacional faz parte do plano de descarbonização da Ford na América do Sul. A empresa tem ambição de até o ano de 2026 investir, mundialmente, US$ 50 bilhões em carros elétricos, e baterias, para o desenvolvimento da fabricação anual.

A Maverick híbrida terá autonomia comparável à de um SUV movido a diesel. A fabricante não divulgou informações sobre as versões, e os preços, porém, é provável que a nova picape tenha pacotes semelhantes à Lariat FX4 2.0 turbo.

Motor da Maverick híbrida

A Maverick Hybrid terá dois motores: um motor 2.5 quatro cilindros de 162 cavalos de potência, abastecido a gasolina, e outro elétrico de 126 cavalos de potência máxima. Ao todo, o conjunto mecânico proporcionará 191 cavalos de potência e 21,4 mkgf de torque máximo. Contando com tração dianteira, e câmbio automático, CVT e suspensão traseira por eixo de torção.

Destaca-se pelo consumo de combustível, naturalmente mais econômico em consumo urbano, conforme os dados do órgão regulador dos Estados Unidos: a Maverick (no mercado norte-americano) roda em 17,8 quilômetros por litro na cidade e 14 quilômetros por litro na estrada.

Previsão de preço

A previsão promovida pelos jornalistas automotivos, é de que a Maverick Hybrid vem para o Brasil visando competir diretamente com a Fiat Toro. E o provável é que a Ford opte pela versão XLT Hybrid, que custa a partir de US$ 26.595, correspondente a R$ 138.600 em conversão direta (não considerando taxas e impostos). Dessa forma, é esperado que o valor da nova picape em território nacional esteja na faixa de R$ 200 mil.

Picapes: ascensão no mercado

Estamos nos aproximando do fim do ano, e em 2022 pudemos observar o quão valorizadas as picapes se tornaram no mercado: desempenhando ótimos números de vendas, e em muitos meses, a categoria liderou o ranking dos utilitários mais emplacados. A ponto da Fiat Strada figurar rotineiramente como o carro mais vendido do Brasil na maioria dos meses de 2022.

A eletrificação está próxima da categoria — exemplo disso, temos o lançamento da Ford Maverick híbrida, o primeiro modelo híbrido em solo nacional — novos exemplares estão em desenvolvimento, e o mercado está se tornando cada vez mais competitivo. Além disso, a tendência é que as picapes se tornem mais urbanas, voltadas ao público engajado no universo da eletrificação.

As picapes estão em ascensão, e para o próximo ano aguardamos novidades, ou seja, teremos muito sobre o que conversar por aqui.

Imagens: Ford

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *