Voltz prepara nova scooter elétrica, para concorrer com Honda PCX

Voltz estaria preparando uma concorrente elétrica para a Honda PCX 160.

A Voltz Motors, fabricante nacional especialista em motocicletas elétricas, está elaborando o lançamento de cinco exemplares para o mercado. Entre os novíssimos modelos encontramos as categorias: scooter, city e trail. E a scooter elétrica tem a pretensão de concorrer com a Honda PCX 160 (que não é elétrica, diga-se).

Segundo Renato Villar, CEO da empresa, as motos estão em fase de desenvolvimento avançada, com previsão para chegada em 2023. Entre as tecnologias está incluído o sistema Advanced Driver Assistance System, proporcionando assistência em um nível superior, entregando, por exemplo, alerta de ponto-cego e câmera traseira.

O novo modelo de scooter será “bombado” e, consoante a marca, será maior que a EV1 Sport. Em sketches, as pirmieras imagens da motocicleta foram divulgadas. Destacamos pontos interessantes observados nos esboços.

Scooter da Voltz

Em sua parte dianteira, há uma extensa bolha de proteção aerodinâmica, enquanto o escudo dianteiro tem formato com linhas mais retas e robustas, principalmente, em comparação ao modelo EV1 Sport. O banco aparenta ser largo, com divisão em dois níveis, excelente para acomodar com conforto um passageiro na garupa.

Até o momento, a fabricante não divulgou qual será o nome, preço, desempenho e data exata do lançamento da nova scooter elétrica. Devemos aguardar por mais informações para promover análises.

Abaixo descubra quais são os principais pontos sobre a Voltz Motors e a famosa polêmica situação que está sendo noticiada sobre ela.

Voltz

Voltz é uma fabricante brasileira, especialista na montagem de motocicletas elétricas. A empresa foi fundada no ano de 2017 por Renato Villar, atual CEO. Em 2021 a marca ganhou o aporte de cem milhões de reais. Ultimamente, a Voltz está atrasando as entregas dos seus modelos em mais de um ano para alguns compradores, a solução para remediar a situação encontrada pela empresa, é a oferta de um voucher do Uber, para que o cliente aguarde a entrega da moto, sem ser prejudicado.

No mês de outubro, a Voltz emplacou 245 unidades no Brasil, conforme análise de dados mensais da Fenabrave. Já no acúmulo total do ano, a fabricante de motos elétricas registrou 3.917 emplacamentos.

Voltando ao polêmico assunto dos atrasos nas entregas, a Voltz pronunciou-se há poucos dias, atestando que as produções na fábrica de Manaus (AM) serão aceleradas, com intuito de acabar com a fila de espera, com cerca de 14.000 unidades de produtos comprados que precisam ser entregues. A fila estende-se para o primeiro semestre do próximo ano.

Fonte: Motoo

Compartilhe

Posts Recentes

Veículos elétricos vendem pouco e GM resolve apostar em híbridos

Inconvenientes e caros, veículos 100% elétricos são preteridos pela GM, que resolve mudar o foco… Leia Mais

Calendário IPVA 2024 RJ – datas, prazo, desconto

Pagamento do IPVA 2024 no Rio de Janeiro começa no dia 22 de janeiro. Cidadãos… Leia Mais

Calendário de pagamento do IPVA 2024 PR – alíquotas, parcelamento, desconto

Prazo de pagamentos para o estado do Paraná já começou a valer. À medida que… Leia Mais

IPVA 2024 São Paulo – prazo de pagamento, descontos

Prazos de Pagamento O IPVA 2024 para veículos em São Paulo possui um calendário específico… Leia Mais