Categorias: motosNotíciasTVS

Moto TVS Sport 110i coloca TVS como quarta marca mais vendida (só para aluguel)

Entenda o curioso caso da moto indiana produzida pela Dafra que não está à venda para consumidor final, mas coloca a montadora como a quarta marca do país.

O mercado das motocicletas vem passando por uma controvérsia no que diz respeito a produção e venda de alguns modelos. Principalmente pela surpresa da presença da moto TVS Sport 110i, que conseguiu colocar a TVS, sua fabricante, num quarto lugar nos emplacamentos.

Queda nos emplacamentos

No último mês de outubro os resultados de emplacamentos motos divulgados pela Fenabrave mostraram uma diminuição de 2,74% em comparação com o mês anterior. Cerca de 120.251 novas motos foram emplacadas, um número menor que os 123.640 vendidos em setembro.

No mês de outubro, houve alguns lançamentos e novas trocas que podem ter resultado no impacto das vendas, mas a Abraciclo tem uma meta para atingir em 2022, com o total de 1.420.000 unidades produzidas até o final do ano.

Pouca diversidade entre as marcas

Como foi possível observar, algumas marcas mostraram uma redução em relação a sua participação no mercado. A Honda é uma delas. A empresa que agora tem a scooter PCX como um dos produtos mais vendidos, também sofreu queda no último mês. Enquanto isso, a Yamaha se manteve em crescimento no mesmo período. No entanto, a Honda manteve acima de 76% das vendas no mercado, com Yamaha assegurando outros 15%. A terceira maior fabricante, a Shineray, teve pouco mais de 1,5% das vendas.

Para a Moto TVS Sport 110i, a moto indiana que é montada pela Dafra, o cenário foi diferente. A moto vendeu muito bem, mesmo que não para consumidores finais. E colocou sua fabricante, a TVS, como a quarta marca mais vendida do país.

Um aspecto curioso é que a Mottu, empresa de aluguel, que sequer é fabricante de motos, aparece em 10º lugar entre as maiores montadoras. E a Mottu é a grande compradora de TVS Sport 110i no Brasil. Ou seja, é possível que alguns modelos de Sport 110i tenham sido registrados para a Mottu.

O detalhe é que o modelo em questão sequer está aberto a compras pelo varejo, assim como qualquer moto que seja montada pela Mottu. Não adianta tentar comprar com seu CPF. Ou seja, os modelos estão nas mãos de frotistas, não de consumidores finais.

Quais foram as motos mais vendidas?

Dentre os destaques positivos do mercado de motos que esteve entre as mais vendidas em outubro, a Yamaha sai na frente. A Lander 250 fica em primeiro lugar, vencendo a Honda XRE 300. Ao todo foram 2.971 emplacamentos para a Lander e 2.294 emplacamentos para a Honda.

Já a nova Yamaha FZ15, totalizou os 1.803 emplacamentos e também ficou no top 10 no mês de outubro. Em setembro, o modelo Fazer 250 ficou em sexto lugar, com 3.222 motos vendidas, e era o topo da lista das mais vendidas dentro do período.

Compartilhe

Posts Recentes

Veículos elétricos vendem pouco e GM resolve apostar em híbridos

Inconvenientes e caros, veículos 100% elétricos são preteridos pela GM, que resolve mudar o foco… Leia Mais

Calendário IPVA 2024 RJ – datas, prazo, desconto

Pagamento do IPVA 2024 no Rio de Janeiro começa no dia 22 de janeiro. Cidadãos… Leia Mais

Calendário de pagamento do IPVA 2024 PR – alíquotas, parcelamento, desconto

Prazo de pagamentos para o estado do Paraná já começou a valer. À medida que… Leia Mais

IPVA 2024 São Paulo – prazo de pagamento, descontos

Prazos de Pagamento O IPVA 2024 para veículos em São Paulo possui um calendário específico… Leia Mais

Com quantos pontos perde a CNH em 2024?

O Código de Trânsito Brasileiro estabelece regras claras sobre a pontuação na Carteira Nacional de… Leia Mais

Toyota Corolla Cross 2024 terá facelift e tecnologia renovada

O Toyota Corolla Cross, um SUV já consolidado no mercado, está prestes a receber um… Leia Mais