Moto elétrica Ultraviolette F77 – mais de 300km de autonomia por R$ 20 mil

Após adiamentos, a nova geração da Ultraviolette F77 deve ser lançada até o final de 2022

A Ultraviolette F77 foi apresentada durante a primeira edição do evento “Battery Day”, em Bangalore, na Índia, na unidade de produção da sua fabricante, a startup Ultraviolette, especializada em mobilidade.

Pesquisas desenvolvidas pela startup, possibilitaram o aperfeiçoamento da unidade de armazenamento de energia da moto, aumentando significativamente o seu desempenho em relação à sua versão anterior de 2019.

Desempenho

O modelo esportivo teve o seu potencial ampliado em relação à sua 1ª versão da 2019, trazendo uma nova bateria de 10,5 kWh, prometendo alcançar uma autonomia de 307 km com apenas uma carga.

Ela atinge uma velocidade de 0 a 100 km/h em 7,5 segundos, chegando a 140 km/h de velocidade máxima. A fabricante garante entregar desempenho equivalente a um motor a combustão de 300 a 400 cilindradas.

Note-se que é comum, em motores elétricos, uma boa arrancada e retomada, mesmo que a velocidade final não seja tão grande. Isso se deve à entrega imediata de torque, que faz com que mesmo um motor com baixa potência (medida em kw ou cv) tenha um desempenho consideravelmente superior a outro motor a combustão com a mesma potência, além de um consumo de energia menor.

Outras mudanças na bateria ainda incluem a sua nova carcaça, sendo agora de alumínio, porém, mais pesada, com cerca de 50 kg de peso adicional. Além disso, a nova bateria agora vem fixada na moto, substituindo as três baterias modulares antes usadas na 1ª versão.

Com isso, a Ultraviolette F77 é simplesmente o veículo elétrico de duas rodas mais potente atualmente na Índia.

O primeiro centro de testes da empresa na Índia será desenvolvido devido a uma parceria com a TVS, outra marca indiana que também é parceira da Dafra no Brasil. Isso possibilitará a expansão para outros locais naquele país nos 12 meses seguintes, alvo inicial para venda do super modelo esportivo.

Pré-vendas, valor e planos para outros países

A fabricante planeja começar as entregas das suas primeiras F77 até o final deste ano. O lançamento oficial será no dia 25 de novembro, mas as pré-vendas já começaram desde o dia 23 de outubro.

Para o mercado externo, o futuro parece ser promissor. Desde o lançamento da primeira versão da Ultraviolette F77, em 2019, mais de 190 países demonstraram interesse e já fizeram mais de 70 mil reservas. Sendo assim, as exportações devem iniciar nos próximos dois anos

Inicialmente, o modelo deverá atender ao mercado interno indiano. Contudo, os projetos da empresa vão além e ela já está de olho no mercado dos EUA e da Europa.

Os indianos também estão atentos ao crescente mercado de motos elétricas no Brasil, sendo assim, as possibilidades da Ultraviolette F77 rodar por aqui não estão descartadas. Enquanto isso, ela deve chegar ao mercado indiano com valor inicial de 350.000 rúpias, o equivalente a pouco mais de R$ 22.000. Aqui, seria mais caro.

Ainda assim, considerando o desempenho da moto e sua autonomia, é um preço consideravelmente competitivo, que pode indicar que, finalmente, veículos elétricos estão chegando em pé de igualdade com os de combustão, em termos de custo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *