Multa por andar com carro sujo? Em Congonhas/MG, sim

Carro sujo pode ser motivo para multa? De acordo com um decreto da prefeitura de Congonhas, em Minas Gerais, sim; entenda essa história.

Carros sujos costumam ser alvo de piadas e brincadeiras, entre elas os dizeres “me lave” ou “socorro” escritos no vidro traseiro. Porém, apesar de ser inconveniente, a sujeira exterior não atrapalha no funcionamento do veículo, apenas o torna um alvo perfeito para essas brincadeiras infantis. A prefeitura da cidade de Congonhas, no estado de Minas Gerais, no entanto, vê em um carro sujo um motivo para multa. Mas calma, embora bastante questionável e, em nossa opinião, um decreto bastante exagerado que deveria ser repelido, a questão não é apenas estética.

Conforme o Decreto nº 6.0694, publicado no dia 10 de dezembro de 2014, veículos que tenham potencial de causar sujeira nas ruas em virtude da acumulação de resíduos sólidos de minério são passíveis de receber multa no valor de R$130,00. Além da multa, o motorista que for flagrado pela guarda municipal rodando com o carro nessas condições pode perder até quatro pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

A cidade de Congonhas localiza-se na região do Alto Paraopeba, fica cerca de 80 km distante da capital, Belo Horizonte, e está próxima das margens da BR-040, em um trecho que registra tráfego intenso de caminhões responsáveis por transportar minério. Esse material pode acumular nas ruas e causar inclusive acidentes. Em dias de chuva a situação é pior, e os carros que passam pela rodovia podem acabar ficando mais sujos.

O decreto da prefeitura do município mineiro ainda argumenta que a acumulação dos resíduos de minério pode também causar problemas à saúde dos habitantes da cidade e ao meio ambiente. Por isso, apesar de o decreto parecer cômico em um primeiro momento, é até justificável.

Ruim para quem tem imóvel rural e/ou precisa pegar alguma das estradas de terra existentes no município.

Congonhas/MG é destino turístico famoso

A cidade mineira de Congonhas é uma das históricas do Estado, e surgiu ainda na época da exploração de ouro junto com outras cidades históricas amplamente conhecidas como Ouro Preto e Mariana. Ou seja, mais uma razão para a prefeitura querer carros limpos.

Congonhas abriga a Basílica do Senhor Bom Jesus de Matosinhos, a qual localiza-se no ponto mais de uma colina e foi declarado Patrimônio Mundial da Humanidade no ano de 1985. No adro da basílica estão os 12 profetas esculpidos em pedra-sabão pelo famoso escultor brasileiro Aleijadinho, entre o final do século XVIII e início do século XIX. Tanto a Basílica quanto os profetas são exemplares famosos da arte barroca no Brasil.

Outro ponto turístico histórico da cidade é a Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição, construída no ano de 1734. A fachada da igreja foi feita também pelo mestre Aleijadinho.

Esses são apenas dois dos pontos turísticos da cidade mineira, mas já dão indícios do que encontrar por lá. Vale a pena incluir Congonhas em seus planos de viagem (e, por via das dúvidas, passar antes em um posto de gasolina e conferir se o seu carro está limpo e, portanto, não corre o risco de receber multa).

Só ande com o carro limpo e evite estradas de terra.

Carro sujo

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *