Como funciona uma moto elétrica? Dá menos manutenção? Vantagens e desvantagens.

Em resumo: sim, dá menos manutenção e pode ser mais prática para o dia a dia. Traz diversas vantagens, mas também algumas desvantagens. Conheça.

Nos últimos anos, os veículos elétricos de modo geral têm ganhado um grande espaço no mercado mundial. E isso tem trazido muitos olhares de curiosos para os modelos que já conquistam um grande espaço. E por contarem com vários pontos diferenciados e também que vão de encontro com boas práticas sustentáveis, os modelos em questão são considerados um grande passo para um futuro muito mais sustentável das cidades ao redor do mundo.

Com este destaque, muitas dúvidas ainda podem surgir a respeito dos modelos, neste caso, das motos elétricas. Se oferecem de fato o mesmo desempenho e são melhores em alguns sentidos, como em relação a manutenção, por exemplo. E por isso, vale a pena conhecer um pouco do funcionamento destes veículos bem específicos para entender o que eles podem oferecer de benefícios e melhorias, como também a forma de cuidar destes corretamente.

Vantagens

O primeiro ponto, por mais que seja óbvio, é que as motos elétricas contam com uma forma de operar que se torna menos poluente, visto que fazem uso da eletricidade em seus motores para que possam andar. Sendo assim, usam esta fonte de energia externa ao invés da queima de combustíveis. Se gerada de forma limpa, como no Brasil, onde a matriz é hidrelétrica, polui menos.

Como fazem uso de motores elétricos, é esperado que a forma com que estas motos consigam obter energia novamente seja através da eletricidade. Para tal, ao invés de serem abastecidas com combustíveis, elas contam com uma bateria recarregável, que fica no lugar do tanque de um modelo tradicional. E assim, quando este necessita de uma recarga, as motos fazem uso de postos de energia para que possam novamente fornecer a devida energia para o motor para que funcionem perfeitamente.

No entanto, é importante também salientar que estes modelos de motos também oferecem um diferencial que pode resultar em ainda mais economia para a sua vida: não precisam de muita manutenção como as tradicionais.

Isso, pois o motor da motocicleta elétrica acaba sendo bem menor do que as comuns, podendo ser colocado na traseira ou diretamente nas rodas dos veículos, diferente das tradicionais que este é posicionado logo na parte dianteira dos veículos, em todos os modelos. Uma outra diferença importante relativa ao motor é que ele é bem menos complexo, o que faz com que ele seja ainda mais fácil de ser cuidado. Já os modelos a gasolina ou álcool são bem mais complicados, e por isso exigem maiores cuidados e manutenções recorrentes.

O fato de não haver combustão para que a moto funcione faz com que peças como pistões e cilindros não existam neste cenário. Assim, a moto elétrica acaba necessitando menos destes cuidados por contar com menos componentes que podem dar trabalho ou algum problema. Não há troca de óleo ou correias, por exemplo. É só carregar e rodar, basicamente.

Outra vantagem do motor elétrico reside no fato de que o torque é sempre imediato. Isso, além de proporcionar melhores arrancadas e retomadas, exige motores menos potentes. Em alguns casos, você pode pilotar uma moto elétrica com potência nominal muito mais baixa que uma a combustão, por exemplo, e notar que a arrancada é mais rápida.

E aí está ainda outra vantagem: menos potência significa menor gasto de energia. Ou seja, aquela arrancada mais forte com torque imediato vai gastar menos energia, em kw ou cv, que em uma moto convencional. É, basicamente, por isso que veículos híbridos gastam tanto combustível a menos.

Outro detalhe que vale ser mencionado é que por não necessitar de um escapamento acabam sendo mais seguras em relação a queimaduras, pois não há o aquecimento deste componente. Por não ter escapamento, também, se a moto for bem vedada, pode passar por áreas alagadas com água mais alta que a altura do escapamento de uma moto convencional, sem risco (ou pelo menos, reduzido) de estragar o motor.

Ainda outra vantagem está no carregamento: não é preciso ir a um posto abastecer a moto, bastando colocá-la na tomada em casa ou qualquer lugar que forneça energia. Como motos elétricas consomem consideravelmente menos energia que carros elétricos, seu carregamento em tomadas, mesmo que demorado, já passa a ser viável em muitos casos.

Desvantagens

Embora o veículo elétrico e, no caso, a moto elétrica, seja um produto muito interessante e inovador, oferecendo diversas vantagens em relação àquela equipada com motor a combustão, há desvantagens.

A principal desvantagem, claro, é o preço. Embora o motor elétrico seja algo simples e barato, a bateria não é. Baterias de lítio são notavelmente caras e é por isso que uma moto elétrica pode chegar a custar o dobro de uma a combustão similar. Se roda pouco, não chega a compensar o custo.

Outra desvantagem é a durabilidade da bateria. Na maioria dos modelos, a garantia é de 8 anos, período após o qual é mais provável a necessidade de realizar a troca da peça. E aí entra o problema, é comum que a bateria represente, hoje, metade do preço de uma moto elétrica nova. A menos que o preço da bateria caia bastante em uma década, seja por melhoria de escala ou melhora tecnológica, pode preparar o bolso para, praticamente, ter que vender a moto como sucata em 10 anos.

Outra desvantagem da moto elétrica é o tempo de carregamento. Se há a vantagem de não precisar ir a um posto, há a desvantagem de que, em situações cotidianas, por pelo menos algumas horas por dia a moto vai precisar ficar parada carregando. É preciso pensar a rotina para providenciar para esses casos.

Compartilhe

Posts Recentes

Veículos elétricos vendem pouco e GM resolve apostar em híbridos

Inconvenientes e caros, veículos 100% elétricos são preteridos pela GM, que resolve mudar o foco… Leia Mais

Calendário IPVA 2024 RJ – datas, prazo, desconto

Pagamento do IPVA 2024 no Rio de Janeiro começa no dia 22 de janeiro. Cidadãos… Leia Mais

Calendário de pagamento do IPVA 2024 PR – alíquotas, parcelamento, desconto

Prazo de pagamentos para o estado do Paraná já começou a valer. À medida que… Leia Mais

IPVA 2024 São Paulo – prazo de pagamento, descontos

Prazos de Pagamento O IPVA 2024 para veículos em São Paulo possui um calendário específico… Leia Mais