Byd Seagull, carro elétrico popular de menos de R$ 50 mil, pode vir ao Brasil

Com previsão de lançamento até o final deste ano, na China, o BYD Seagull promete ser um concorrente de peso do Renault Kwid E-Tech; poderá ser mais barato.

A imprensa especializada chinesa tem divulgado informações preliminares sobre o BYD Seagull, o menor modelo da linha de veículos elétricos “Ocean” da fabricante.

A BYD ainda não revelou detalhes sobre o seu subcompacto elétrico, mas ele já foi flagrado mais de uma vez e alguns detalhes já são conhecidos.

Versão de entrada e possível versão “performance”

A versão de entrada deve vir com um motor elétrico de 70 kW e uma bateria com capacidade de 30,7 kWh, podendo atingir uma potência de 95 cv.

Ainda existe a especulação de uma possível versão com maior desempenho, com uma motorização elétrica de 177 cv de potência com uma bateria de 44,9 kWh. Essa versão teria uma autonomia total na casa dos 301 km a 405 km – conforme medidas do ciclo NEDC.

O BYD Seagull apresenta uma proposta de uso urbano. Nesse sentido, o seu comprimento fica entre 3,30 e 3,50 metros – ligeiramente menor que o Kwid elétrico, com seus 3,73 metros de comprimento.

Nos flagras que foram feitos, foi possível identificar que ele possui um espaço interno amplo e uma cabine com um visual atraente. Embora o console central pareça com a do BYD Dolphin, sua tela central e o quadro de instrumentos diferem, vindo ainda com um ponto de carregamento sem fio para smartphones.

Do lado de fora, outros detalhes flagrados que foram possíveis de identificar foram:

  • Tem quatro portas,
  • Limpador de pára-brisa em tamanho maior e em peça única,
  • O aerofólio traseiro fica acima da tampa do porta-malas,
  • Maçanetas convencionais,
  • Pára-choque largo,
  • Faróis retangulares ampliados
  • Porta-malas bem reduzido.

Quanto ao preço de venda, mesmo ainda em fase de testes na China e próximo de ser lançado até o final deste ano, por lá, o valor estimado é de 60 mil a 80 mil renminbi, o equivalente a R$ 45 mil a R$ 60 mil, quando convertido para a nossa moeda.

Ainda assim, segundo a imprensa daquele país, o foco da montadora com o BYD Seagull está voltado para competir no seu concorrido mercado interno de carros elétricos; sem previsão para Brasil, por enquanto.

BYD Seagull no Brasil?

A marca aposta no mercado brasileiro e já tem planos para abrir 45 concessionárias no mercado nacional. Embora esteja recentemente instalada no país, os veículos elétricos da BYD Brasil (Han, Tan e o recente Song Plus DM-i) despontam entre os mais vendidos por aqui, ficando em 5º lugar em abril deste ano.

Assim, com tantas possibilidades para o mercado brasileiro e uma tendência de expansão dos modelos elétricos, não há como descartar as chances de um dia o Seagull fazer parte do portfólio da sua representante em terras brasileiras.

No entanto, no Brasil, com impostos, dificilmente o carro custaria tão pouco como na China, mas não dá para descartar que seu preço fique próximo de um HB20 ou Onix, se e quando vier.

Imagens: Car News China

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *