VW E-Bugster – o conceito do Fusca elétrico

Em 2012, a VW chegou a exibir um New Beetle 100% elétrico. As tecnologias desenvolvidas inspirariam sua atual série ID.

O E-Bugster, um modelo conceitual da Volkswagen, foi exibido no Salão de Detroit, ainda em 2012, com uma iniciativa em direção ao futuro dos veículos elétricos.

O seu “Beetle” carrega o propósito de ser ambientalmente consciente, mas também de contribuir para uma maneira nova e empolgante de dirigir.

O carro nunca chegou às linhas de produção, mas vale a pena conferir os seus principais detalhes e recursos técnicos.

Motorização e Sistema de Carregamento Rápido

O seu motor de 85 kWh pode chegar até 60 mph (96,56 km/h) em apenas 10,9 segundos e alcançar 110 milhas (177,03 km), com baterias que carregam em apenas 25 minutos, devido a um sistema de carregamento rápido.

Esse sistema usa fontes CA monofásicas – o equivalente a uma tomada de 120V nos Estados Unidos ou uma de 230V na Europa -, ou por fontes de CC ultrarrápida em estações de carregamento desenvolvidas para essa finalidade. Ainda assim, seria preciso padronizar tomadas e o controlador de carregamento.

Esse sistema foi desenvolvido em parceria com outras montadoras, das quais incluem: Ford, BMW, Audi, Daimler, General Motors/Opel e Porsche.

A tecnologia desenvolvida acabou sendo adaptada para a produção da série ID, onde a estrela é a nova Kombi elétrica ID.Buzz.

Dimensões e Visual

O E-Bugster tem as mesmas dimensões de um New Beetle tradicional, com 4,7 metros de comprimento, mas com uma largura 30 cm maior, com 1,83 metros. A altura é 9 cm menor e com uma altura de 1,4 metros.

Esse detalhe com o pára-brisa dianteiro mais baixo e recuado e com uma combinação bem elaborada com o pára-brisa traseiro que é mais amplo, cria um aspecto de carro esportivo.

As rodas são de liga leve de 20 polegadas (50,8 cm) sendo adaptadas da linha de produção “Twister” de 18 polegadas (45,72 cm), com pneus 235/35.

A VW aplicou o seu padrão de luzes LED exclusivo para seus veículos elétricos, com luzes de LED em um formato de “C” virado para a esquerda, na parte lateral externa do pára-choque dianteiro, ao lado das entradas de ar.

Painel e o Interior

No interior do “Beetle”, o que chama atenção é o seu painel. Ao acionar a ignição do veículo, pressionando o botão “ligar”, uma luz branca toma conta do seu interior, substituído pela cor azul. Em seguida, o painel de instrumentos apresenta um pulso de luz fina (cerca de 1 mm), que logo se espalha pelas portas e ao redor dos bicos de ar.

Fora esse espetáculo à parte, o E-Bugster ainda vem apenas com dois lugares (passageiro e motorista), ambos com um tipo de controle central contínuo, com guias de segurança para uso de cintos e maçanetas de alumínio.

O que esperar pela frente?

Embora ainda não haja uma definição da Volkswagen sobre quando um Fusca elétrico poderá chegar às concessionárias, é bastante possível que isso ocorra algum dia, mas ainda falta a VW “encontrar um meio para o negócio” poder ser concretizado.

Vídeo

Imagem: Volkswagen

Compartilhe

Posts Recentes

Veículos elétricos vendem pouco e GM resolve apostar em híbridos

Inconvenientes e caros, veículos 100% elétricos são preteridos pela GM, que resolve mudar o foco… Leia Mais

Calendário IPVA 2024 RJ – datas, prazo, desconto

Pagamento do IPVA 2024 no Rio de Janeiro começa no dia 22 de janeiro. Cidadãos… Leia Mais

Calendário de pagamento do IPVA 2024 PR – alíquotas, parcelamento, desconto

Prazo de pagamentos para o estado do Paraná já começou a valer. À medida que… Leia Mais

IPVA 2024 São Paulo – prazo de pagamento, descontos

Prazos de Pagamento O IPVA 2024 para veículos em São Paulo possui um calendário específico… Leia Mais

Com quantos pontos perde a CNH em 2024?

O Código de Trânsito Brasileiro estabelece regras claras sobre a pontuação na Carteira Nacional de… Leia Mais

Toyota Corolla Cross 2024 terá facelift e tecnologia renovada

O Toyota Corolla Cross, um SUV já consolidado no mercado, está prestes a receber um… Leia Mais