Ford cria cinto de segurança para cachorros

Patente parceira da Ford está trabalhando para futuramente modelos de carros da montadora virem com o acessório incluso para uso.

Foi-se o tempo em que cachorros andavam apenas em coleiras do lado do seu dono. Hoje, cada vez mais o mercado de produtos para bem estar animal está evoluindo, e parece que para isso não existe barreiras, pois há uma demanda em evidência e uma extrema necessidade de manter a segurança e a qualidade de vida desses pets na rotina das pessoas.

Quem tem o hábito de levar seu cachorro para passeios de carro, por exemplo, agora pode contar com um acessório muito útil e eficaz para ele também: o cinto de segurança, que antes era algo voltado apenas para a segurança das pessoas. Porém, mesmo com a ideia em pauta, ainda assim não existiu até hoje um carro que tenha pensado nisso com seriedade. Mas agora tem uma parceira da Ford nos Estados Unidos que promete levar essa ideia adiante e mudar essa realidade para sempre.

Mesmo assim, é importante ressaltar que sempre existiu alguns acessórios desenvolvidos para transportar animais com segurança dentro de veículos, e é possível encontrá-los com muita facilidade em lojas de departamentos de produtos para pets e até em lojas online na internet também. Mas, no caso do produto específico da patente registrada da Ford, estamos falando de uma gigante pensando em lançar modelos de carros já com o acessório incluso para uso, o que poderá facilitar a vida de muitas pessoas.

De acordo com fotos publicadas pela parceira, o acessório seria uma espécie de coleira, que viria integrada em um cinto de segurança normal, mas com pontos para serem fixados no sistema ISOFIX dos carros, onde prende o cinto e o mesmo usado para fixar a cadeirinha infantil no banco de trás. Uma praticidade e tanta para amantes de pets que precisam transportar seus bichinhos em seus carros no dia a dia.

Ainda conforme outras informações aleatórias na internet, os carros virão com um sistema de sensores para medirem velocidade, aceleração e a direção para qual o veículo está se dirigindo, para assim deixar os animais mais fixados e seguros nos cintos. E o motorista poderá monitorar tudo isso através de uma câmera integrada no interior do veículo enquanto dirige.

Ainda não há certeza e garantia sobre a inserção desse sistema nos novos modelos de veículos da Ford, nem quando isso começará a ser produzido de fato. Porém, como a necessidade disso só aumenta, melhor mesmo é contar com uma possibilidade dessa e também de outras para esse mercado começar a ser inclusivo e crescer cada vez mais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *