Comparativo técnico: Honda PCX 150 2022 vs Honda PCX 160 2023 – o que mudou

A Honda PCX 160 foi lançada para substituir a antiga PCX de 150cc. Confira o que mudou com o aumento de 10cc na versão 2023.

Nesta semana, a Honda finalmente lançou no mercado a PCX 160. A nova scooter chega para substituir a PCX 150 e concorrer com a Yamaha NMAX 160. E para se manter no topo da categoria, a Honda preparou um modelo com diversas melhorias tanto em desempenho como também em tecnologia.

As principais mudanças presentes na PCX 160 estão na melhoria da potência, consumo e velocidade final. Com tantas mudanças, uma que não deve agradar a ninguém é que o preço da motocicleta também mudou, ficando um pouquinho mais cara. Quanto a identidade visual da scooter, ela foi mantida, porém, recebeu uma retrabalhada estética.

Preço e Versões

Como dissemos anteriormente, a PCX 160 passou por um aumento de preços que chega a R$ 770. Além disso, o novo modelo da Honda perdeu uma versão, estamos falando a versão Sport ABS. Vamos conferir os preços da moto:

A Honda PCX 160 será vendida em 3 versões:

PCX 160 CBS: Custa R$ 15.690. A PCX 150 CBS era vendida por R$ 14.690, ou seja, tivemos um aumento de R$ 770 no modelo.

PCX 160 ABS: Custa R$ 17.000. A PCX 150 ABS era vendida por R$ 16.300, ou seja, tivemos uma elevação de R$ 700 em seu preço.

PCX 160 DLX ABS: Custa R$ 17.400. A PCX 150 DLX ABS era vendida por R$ 16.700, tendo assim uma elevação de preço de R$ 660.

Motor e Potência

O novo motor presente na PCX 160 é um motor monocilíndrico de 156 cc e 4 válvulas, que oferece muito mais torque e potência. O novo propulsor é capaz de fornecer 16 cavalos de potência, ou seja, 2,8 cavalos a mais do que o antigo motor equipado na PCX 150, que fornece 13,2 cavalos de potência. Já com relação ao torque, também há um leve aumento, indo de 1,38 kgfm para 1,5 kgfm.

A tecnologia eSP presente na PCX 150 também passou por mudanças e melhorias, sendo substituída pela eSP+ na nova scooter. Vale lembrar que esta tecnologia visa reduzir o atrito interno e melhorar a eficiência do motor. Com esta mudança, é de se esperar que o motor também teve suas dimensões alteradas. Agora, o propulsor possui 60,0 mm de diâmetro do cilindro, sendo que na PCX 150 era de 57,3 mm. Já o curso foi reduzido, passando de 57,9 mm para 55,5 mm. A taxa de compressão também mudou, passando de 10,6:1 para 12,0:1. A PCX 160 também recebeu um novo sistema de escape, para se adequar as regras de emissões de gases do Promot 5.

Velocidade Máxima e Consumo

Se o motor da scooter mudou, o seu consumo e velocidade máxima também. Sendo assim, a PCX 160 possui uma média de consumo de 44,5 km/l, enquanto a PCX 150 gasta um pouco mais de combustível, já que faz cerca de 41,4 km/l. Já a velocidade máxima da PCX 160 é de 111 km/h, enquanto a PCX 150 consegue atingir a marca de apenas 99 km/h.

Tecnologia e Chassi

A PCX 160 passou a contar com um novo controle de tração, chamado de Honda Selectable Control, também conhecido como HSTC. Esta tecnologia não estava presente na PCX 150. Vale lembrar que este sistema só está disponível nas versões ABS e DLX da PCX 160, ficando de fora da versão CBS.

O chassi também passou por mudanças e agora a scooter conta com um novo desenho do quadro. Na parte traseira também tivemos uma mudança no pneu, que passou de 14 para 13 polegadas. Além disso, novas molas traseiras de 3 estágios foram instaladas na moto, assim como ela recebeu novo desenho nas rodas.

Painel, Baú e Equipamentos

A PCX 160 teve um aumento de seu baú, ganhando 2 litros a mais de capacidade e chegando aos 30 litros. Outra mudança está no porta-luvas, que também ficou maior e agora conta com entrada USB própria para carregamento dos celulares. Na PCX 150 existia no lugar uma tomada e era preciso de um adaptador para recarregar o celular.

O conjunto óptico da scooter está mais moderno e agora é todo em LED. O painel também sofreu mudanças e está maior, com fundo escuro e iluminação LCD. A nova scooter da Honda ganhou ainda chave presencial e alarme antifurto.

Por fim, a PCX 160 manteve a mesma capacidade do tanque de combustível, ou seja, 8 litros. Apesar disso, o modelo ganhou um apoio para a tampa do tanque.

Gostou das mudanças da PCX 160? Deixe seu comentário e compartilhe esta notícia.

Imagens: Honda

Compartilhe

Posts Recentes

Veículos elétricos vendem pouco e GM resolve apostar em híbridos

Inconvenientes e caros, veículos 100% elétricos são preteridos pela GM, que resolve mudar o foco… Leia Mais

Calendário IPVA 2024 RJ – datas, prazo, desconto

Pagamento do IPVA 2024 no Rio de Janeiro começa no dia 22 de janeiro. Cidadãos… Leia Mais

Calendário de pagamento do IPVA 2024 PR – alíquotas, parcelamento, desconto

Prazo de pagamentos para o estado do Paraná já começou a valer. À medida que… Leia Mais

IPVA 2024 São Paulo – prazo de pagamento, descontos

Prazos de Pagamento O IPVA 2024 para veículos em São Paulo possui um calendário específico… Leia Mais