City Q E-bike: bicicleta elétrica de 4 rodas ou carro com pedal?

Há muita gente que prefere carro à moto. Com a onda das bicicletas elétricas, contudo, não havia opção de 4 rodas. Agora há.

Vivemos tempos de preocupação com o meio ambiente. Isto é um fato. Governos e empresas vêm, cada vez mais, tentando reduzir o impacto de “agentes poluidores”. Entre eles, os carros, ônibus, motos e todos os métodos de transportes utilizados pela nossa sociedade. O uso de modelos alternativos para circulação nas grandes cidades, como bicicletas e patinetes, vem sendo difundido e estimulado há algumas décadas,

Pouca gente, contudo, aderiu. Com o tempo, naturalmente, apareceram problemas que impedem a utilização massiva desse modelo de transporte. E, em um país tropical com temperaturas que beiram os 40 graus, com terrenos íngremes cheios de grandes subidas, pouca gente quer chegar no trabalho suado e tem disposição física para um exercício tão exigente com o corpo.

Mas agora existe tecnologia para solucionar esses e outros problemas: surgiram as bicicletas elétricas e o patinete elétrico.

A bicicleta elétrica, na verdade foi criada se espelhando em um grande sucesso entre os adolescentes dos anos 80, a moto com pedal. Como não lembrar da Mobylette, da Caloi, que reinava absoluta e era o sonho de todos. E com tempo elas se popularizaram com força entre a população. Mas não é todo tipo de transporte que pode ser feito de moto ou bicicleta, além de haver muita gente que simplesmente prefere carro, até para não ficar exposto ao mau tempo.

Para resolver essas situações ainda não satisfatórias, foi criada CityQ e-Bike. A CityQ e-Bike foi criada na Europa para atender ao público que ainda era resistente ao conceito e via alguns empecilhos no funcionamento. Mas afinal, se trata de bicicleta elétrica ou carro de pedal? A CityQ é uma bicicleta, apesar de visualmente não parecer muito com uma bike, ela veio para revolucionar a forma de locomoção nas grandes cidades.

Trata-se de um veículo mais robusto, que passa naturalmente uma estabilidade maior a quem a pilota. Com 2,20 de comprimento, 87cm de largura e 1,55m de altura, ela tem um visual mais próximo de um carro o que também inibe alguns motoristas que não respeitam muito bicicletas. A autonomia também é uma grata surpresa, com a carga cheia a CityQ percorre até 100km. Além de resolver a questão dos dias de chuva. O veículo é coberto e faz com que você possa circular tranquilamente em dias chuvosos e por poças d’agua. Você também poderá contar com companhia, pois a CityQ pode levar mais um adulto ou duas crianças.

O veículo só está sendo vendido pelo fabricante, e o valor ainda é um muito elevado para os padrões brasileiros, € 7.450, o que daria aproximadamente R$ 48.500, sem imposto. Preço de carro. Mas, por se tratar de uma grande inovação, com o aumento das vendas, quem sabe o valor pode cair consideravelmente?

Site do fabricante, que despacha para o Brasil: https://www.cityq.com/

Texto: Cíntia Silva

Vídeos mostrando como funciona

Versão Cargo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.