10 novos itens de segurança que serão obrigatórios nos carros, pelo Rota 2030

Rota 2030 estabelece a adoção de ainda mais itens de segurança. Saiba quais.

Até o ano de 2030, todos os veículos vendidos no Brasil terão de vir equipados com dez novos itens de segurança obrigatórios. Com isso, é bem provável que o preço dos carros no Brasil sofra um aumento.

A inclusão de 10 novos itens de segurança nos carros ocorre devido ao Programa de Desenvolvimento da Indústria Automotiva Rota 2030, que tem como principal objetivo diminuir o número de acidentes de trânsito no Brasil. Vale lembrar que atualmente o nosso país ocupa o terceiro lugar na lista de países com mais mortes no tráfego. Segundo informações da OMS (Organização Mundial de Saúde), o Brasil só fica atrás da China e Índia.

Este aumento na segurança dos veículos é o maior já registrado desde a adoção obrigatória dos airbags e freios ABS, que ocorreu no ano de 2014. Mais recentemente, no ano de 2018, outros itens de segurança também se tornaram obrigatórios em nosso país, estamos falando da exigência do cinto de três pontos, do encosto de cabeça para todos os assentos, além da obrigatoriedade do uso das cadeirinhas Isofix pelas crianças.

A inclusão dos novos itens de segurança obrigatórios se dará em duas etapas. Na primeira, os itens deverão ser inclusos nos novos projetos de veículos. Logo depois será preciso a inclusão destes itens em todos os novos carros zero quilômetro vendidos no Brasil.

Certamente é interessante deixar os carros mais seguros, mas o consumidor deve se atentar que tais exigências vão tornar os carros ainda mais caros até 2030.

Itens de Segurança Obrigatórios até 2030:

  • Teste Obrigatório de Impacto Lateral: Em 2020 ocorreu o início da exigência para novos veículos produzidos. Já em 2024 a exigência será para os veículos que já estão no mercado.

  • Sistema Eletrônico de Controle de Estabilidade: Em 2020 iniciou a exigência do item para os novos veículos. Já em 2023 a exigência é de que 50% dos carros produzidos tenham o item, enquanto em 2024 100% da produção deverá vir equipada com o sistema.

  • Alerta de Não Uso do Cinto de Segurança: O item é obrigatório nos novos lançamentos desde 2020. Já os carros vendidos no mercado deverão incluir o item até o ano de 2024.

  • Proteção de Impacto ao Pedestre: O item será exigido nos novos veículos a partir do ano de 2025. Já os veículos que já estão no mercado deverão ter o item até o ano de 2030.

  • Repetidores Laterais das Luzes de Seta: O item já é exigido em carros novos desde o ano de 2021. Já o ano de 2024 será o prazo limite para que todos os carros que já estão no mercado tenham o dispositivo.

  • Luz de Rodagem Diurna: O acessório é exigido nos novos carros desde o ano de 2021. Já no ano de 2024 todos os veículos que já estão no mercado deverão contar com o item.

  • Alerta de Colisão: Este sistema de segurança já é exigido para novos veículos produzidos desde o ano de 2021. Já o ano de 2024 será o prazo máximo dado para que todos os veículos que estão no mercado sejam equipados com o item.

  • Proteção Contra Impactos Frontais em Carros Utilitários: Os veículos produzidos até 2024 precisão vir equipados com este item. Já os veículos que estão no mercado deverão vir equipados com este item até o ano de 2026.

  • Câmera de Ré ou Sensores de Aviso Sonoro: O item passará ser exigido nos veículos produzidos a partir de 2025. Já os veículos que já estão no mercado terão até o ano de 2027 para se adaptar.

  • Proteção a Impacto Lateral Contra Poste: O prazo final para que todos os novos veículos produzidos sejam equipados com este item vai até 2026. Já o ano de 2030 é o prazo final para inclusão do item.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.