Chevrolet Tracker 2023 sofre aumento de preço em setembro

Líder de vendas entre SUVs compactos em agosto, Tracker passa por aumento de preço em setembro.

Péssima notícia para os motoristas que estavam pensando em comprar um Chevrolet Tracker 2023. É que recentemente, neste mês de setembro, a montadora anunciou um reajuste de preços em seus veículos. Entre os modelos atingidos pelo aumento de preço estão o Chevrolet Tracker, o Onix e o Onix Plus.

O Chevrolet Tracker 1.0 Turbo, que antes custava R$ 116.380, agora está custando R$ 117.490, um aumento de aproximadamente R$ 1.110.

Já o Chevrolet Tracker LT 1.0 Turbo Automático, que custava R$ 121.860, passou a custar R$ 122.990, um aumento de R$ 1.130 em seu valor.

O Tracker LTZ 1.0 Turbo Automático também sofreu um reajuste em seu preço e passou de R$ 132.270 para R$ 133.490, uma elevação de R$ 1.220 em seu valor.

Já o Chevrolet Tracker Premier 1.0 Turbo, que custava anteriormente R$ 141.690, passou a custar R$ 143.030, uma elevação de valor de R$ 1.340.

Por fim, o modelo top de linha do veículo, o Chevrolet Tracker Premier 1.2 Turbo, que custava R$ 150.690, passou a custar R$ 152.090, uma elevação no preço de R$ 1.400.

Estes aumentos no preço, embora não aparentem ser muito grandem, podem pesar no bolso do consumidor, ainda mais em uma época em que a maioria dos produtos estão passando por um aumento e custando mais para serem adquiridos.

Sobre o Chevrolet Tracker

O Chevrolet Tracker é produzido em duas fábricas da Chevrolet, uma delas está localizada na cidade de São Caetano do Sul, no estado de São Paulo. Já a outra fábrica está localizada na cidade de Rosário, na Argentina.

Atualmente o modelo é considerado um dos principais SUVs comercializados no Brasil, tendo vendido 39.672 unidades no mês de agosto de 2022, estando na quarta colocação entre os SUVs mais vendidos no país.

O Chevrolet Tracker começou a ser vendido no Brasil no ano de 2001, porém, suas vendas foram apenas até o modelo 2009, já que a primeira geração, na verdade uma SUV raiz, uma Suzuki Vitara 4×4 com o logo da Chevrolet, não fez muito sucesso no país.

Já no ano de 2013, a GM resolveu trazer novamente o modelo para o mercado, como modelo 2014. Desta vez, porém, ele passou por uma repaginação que melhorou as vendas do veículo.

Em 2016, o modelo passou por uma nova reestilização e ganhou um novo motor 1.4 Turbo, mesmo assim as vendas do modelo não se alavancaram.

Já no ano de 2020, a GM trouxe para país um Tracker totalmente novo e que buscava uma fatia do mercado de crossovers compactos. Esta nova aposta da montadora deu certo até o momento e o veículo é um sucesso de vendas. Tanto que foi o SUV mais vendido em agosto.

Compartilhe

Posts Recentes

Veículos elétricos vendem pouco e GM resolve apostar em híbridos

Inconvenientes e caros, veículos 100% elétricos são preteridos pela GM, que resolve mudar o foco… Leia Mais

Calendário IPVA 2024 RJ – datas, prazo, desconto

Pagamento do IPVA 2024 no Rio de Janeiro começa no dia 22 de janeiro. Cidadãos… Leia Mais

Calendário de pagamento do IPVA 2024 PR – alíquotas, parcelamento, desconto

Prazo de pagamentos para o estado do Paraná já começou a valer. À medida que… Leia Mais

IPVA 2024 São Paulo – prazo de pagamento, descontos

Prazos de Pagamento O IPVA 2024 para veículos em São Paulo possui um calendário específico… Leia Mais