Nova picape Landtrek – Stellantis pode decidir lançar como Peugeot e Fiat

Isso mesmo, a picape Landtrek, inicialmente um projeto da Peugeot, dos tempos em que ainda era PSA (Peugeot e Citroën), também pode ser Fiat. Entenda como.

A Landtrek está sendo aguardada no mercado brasileiro desde o ano de 2020 e até onde imaginávamos seria vendida como a nova picape da Peugeot. Contudo, de acordo com fontes, a montadora decidiu que o modelo também será comercializado como Fiat.

A notícia, inicialmente, foi disseminada pelo jornalista Freire Neto, do site "Motores e Ação”. Conforme Neto, uma fonte constatou que a nova picape será comercializada em todas as concessionárias Fiat do Brasil. E mais, que o modelo já em testes, com a preparação realizada pela engenharia da Stellantis.

De acordo com outro jornalista, Marlos Ney Vidal, do Autos Segredos, a montadora venderá o utilitário nas lojas das duas marcas da seguinte maneira: as versões de entrada e intermediárias, serão comercializadas na Fiat e a versão premium chegará nas concessionárias da Peugeot.

Marlos declarou ainda que, o novo modelo incluirá o motor Blue HDI Peugeot 2.0 Turbo diesel, com 180 cavalos e o torque máximo de 40,8 kgfm. Podendo contar com o câmbio manual de 5 marchas ou automático de 6 velocidades da Aisin, com opção de tração 4×4 reduzida. E ao que as informações indicam, a Peugeot continuará com as características do projeto original, como, por exemplo, a capacidade de carga e o interior sofisticado.

Este fenômeno, em que as marcas das picapes são trocadas durante a execução do projeto, é comum na Stellantis. Portanto, o que podemos fazer é aguardar o pronunciamento oficial da fabricante sobre como funcionará a comercialização da nova Landtrek e quais são as características e números oficiais do modelo.

Conforme algumas especulações que estão "rodando" pela internet, a picape poderá ser oficialmente lançada ainda neste ano, apresentando a faixa de preços deverá ficar entre R$ 250 mil e R$ 290 mil.

Cabe lembrar que a Landtrek já está à venda na África do Sul, onde é vendida em duas versões: Allure 4×2 (599.900 rands, cerca de R$ 178 mil, em conversão direta) e 4Action 4×4 (689.900 rands, cerca de R$ 205 mil). O motor sulafricano é diferente e menos potente do que equiparia a picape brasileira: um 1.9 diesel de 148cv e 35kgfm de torque.

Por que Fiat e Peugeot?

Por questão de mercado. A Fiat já vende Strada (que é, inclusive, o carro mais vendido do Brasil) e Toro, duas picapes, já tendo, portanto, concessionárias e respectivos vendedores com perfil para atender a um público que procura picapes. Falta à marca uma picape média para concorrer com S10, Ranger, Amarok e Hilux, que não é um perfil de consumidor tão diferente daquele que compra Toro, por exemplo. A Landtrek preencheria muito bem tal lacuna.

Do lado da Peugeot, também seria interessante. Afinal, a marca é focada em SUVs e compactos premium, que procuram carros mais urbanos, um perfil muito diferente das picapes. A marca Peugeot até vende veículos mais utilitários, como Partner Rapid e Expert, dois carros de carga (que, aliás, também têm suas versões irmãs Fiat, Fiorino e Scudo, respectivamente. E que são o mesmo carro, assim como deve ser a Landtrek). Mas definitivamente, não é o mesmo público das picapes, muito menos o que procura veículos premium.

Com uma picape premium, a Peugeot também preencheria uma lacuna de mercado, a dos consumidores que procuram picapes premium, um mercado que RAM (também da Stellantis) vem mostrando que é significativo.

Peugeot registra nova picape Landtrek no país

No ano de 2020, a Peugeot registrou no Instituto Nacional da Propriedade Industrial os desenhos das carrocerias da picape, com as suas medidas e especificando alguns equipamentos. Incluindo, por exemplo, o sistema multimídia de 10" polegadas com acesso ao Apple CarPlay e Android Auto, câmeras com visão em todas as direções – 360 graus – e sensores de obstáculos dianteiros e traseiros. A picape veio com uma ampla gama de recursos, incluindo frenagem de emergência, controle de tração e controle de estabilidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *