Nissan Sentra 2023 de volta – preço, motor e visual esperados

Nissan Sentra voltará a ser vendido em 2023, no Brasil, na versão 2.0 Exclusive CVT

O Nissan Sentra deixou o mercado nacional em 2020 e a partir do próximo ano irá retornar para as concessionárias na versão Exclusive. A marca voltará para a competição do mercado somente com a sua configuração topo de linha, a princípio, para mirar em propósitos ousados, proporcionando aos consumidores um veículo excelente e completo.

A versão premium chegará sozinha nas concessionárias brasileiras, contudo, prometendo potência e robustez, além de estar super completa, incluindo diversos equipamentos como o painel parcialmente digital e sistemas de condução semiautônoma.

Há possibilidade de outra versão do veículo vir para cá, porém, o assunto ainda está sendo estudado pela fabricante. Caso optem pelo lançamento de mais uma versão do modelo, é provável que seja a Advance, uma configuração que podemos nomear como intermediária.

O modelo já está passando por testes finais no Paraná e a sua estreia está sendo esperada para acontecer a partir de 2023, porém, não será uma surpresa caso a marca dedica fazer o lançamento oficial do novo modelo ainda no final desse ano.

Até o momento não há muitas informações divulgadas, entretanto, confira abaixo as principais notícias sobre a aparência do modelo e o seu conjunto mecânico, baseado, principalmente, nas informações do Sentra americano.

Visual

O novo Sentra 2023 americano possui a dianteira tradicional com a grade em “V” com acabamento preto, faróis estreitos e assinatura em LED. Contando com o para-choque bem desenhado e faróis de neblina com o formato de bumerangue.

Nas dianteiras, as linhas do veículo são mais sóbrias contando com dois vincos, na parte inferior e outro nas maçanetas. Incluindo também lanternas finas que se estendem até a porta do porta-malas, que contam com dois vincos.

A proposta visual da fabricante para o modelo é a sofisticação, modernidade e sobriedade, uma aparência de carro topo de linha.

Conjunto mecânico

O conjunto mecânico Nissan Sentra Exclusive 2023 deve incluir o motor 2.0 DIG, com a injeção direta de combustível, movido somente a gasolina, desempenhando a potência de até 147 cavalos a 6.000 rpm e torque de 20,04 a 4.000 rpm, com câmbio CVT. O novo modelo conta com 4,64 metros de comprimento, 1,81 de largura, 1,45 metros de altura e 2,71 metros de entre-eixos, incluindo um porta-malas grande, que atenderá bem as necessidades dos consumidores apaixonados por muito espaço, com capacidade para 466 litros e o tanque de combustível, que possui a capacidade máxima de até 47 litros de combustível.

Preço esperado

O CarroBonito.com espera um preço em torno de R$ 170.000 a R$ 180.000, equivalente ao custo de um Corolla Altis Premium 2.0, top de linha da Toyota sem motorização híbrida.

13 comentários sobre “Nissan Sentra 2023 de volta – preço, motor e visual esperados

  1. Pra vender não poderá custar o mesmo do corolla topo de linha, pois é inferior. 147cv nos dias de hoje para um 2.0? inadmissível! Meu Lancer GT, tirado 0km em 2013, já tinha 160cv há quase 10 anos atrás. Lamentável 2 erros tão grosseiros (motor e capacidade do tanque). Tinha tudo pra brigar bem no segmento, mas parece que a Nissan não quer vender. Se chegar a 140k na versão completa pode até ser um valor justo pra vender.

  2. Se o Sentra for econômico igual ao novo Versa o tanque de 47 litros está de bom tamanho porque eu tenho o Versa com tanque de 41 litros e a autonomia é muito boa.

  3. Sempre quis comprar um Sentra. Agora, pensei, é esse, só que não. Preço do Altis premium? Vai correr em pista de terra de novo.

  4. Pra vender 150 mil já é caro. 145 mil eles iam vender muito . Tanque 47L ? Tá de brincadeira…
    Beleza tem , porte tem . Imponência. Só alguns detalhes capitais . Mas eu amo sentra e já vou me preparar rsssss

  5. O carro é bonito, no segmento tem grande chance de se dar bem ,única observação, precisa de um pouco mais de potência

  6. O grande diferencial do sentra é seu preço competitivo, ou seja, um carro tecnológico, e barato, ou seja, seu custo benefício.

  7. Quem tem 180 mil pra dar em um carro, daria num Sentra? Nada contra, mas penso da mesma forma sobre outros carros do mesmo porte, como: Corolla, Civic e Jetta.

    Hoje em dia talvez valha mais a pena a aquisição de um veículo semi novo.

    1. O Jeta top de linha custa mais de 210 mil; O civic Hibrid vai custar mais ou menos mesmo valor , pois é importado; O Corolla apesar de ser hibrido está ultrapassado, pois a média é de 16 kim por litro, ao passo que o Nissan Sentra faz 25 km por litro, pois o motor 1.2 a gasolina é especifico para carregar bateria , por isso não tem linmte de autonomia como Corola que precisa parar num posto e carregar energia. A tecnologia do Nissan é melhor. Se não estiver preocupado em apostar corrida na pista é, atualmente a melhor opção, pois 136 CV anda bem.

  8. Não acredito qua a Nissan vai cometer o mesmo erro (piorado) de colocar o tanque de combustível de apenas 47 litros. Um automóvel deste porte, necessita de pelo menos, de um tanque de capacidade de 60 litros para dar uma autonomia maior. Lamentável!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.