Financiamento de motos, bicicletas, scooters e patinetes elétricas pelo BB

Banco do Brasil lança programa de financiamento de motos, bicicletas, scooters e patinetes elétricas, além de motos a combustão abaixo de 125cc.

Os motoqueiros que estão em busca de comprar um meio de transporte que tenha vantagens como gastar pouco ou nenhum tipo de combustível agora poderão contar com uma modalidade de crédito diferenciada. Isso, pois o Banco do Brasil lançou nesta última terça-feira (16) a linha BB Crédito de Mobilidade, que tem como finalidade financiar itens como bicicletas, scooters, patinetes e outros, como também as motos abaixo de 125 cilindradas.

A modalidade em questão, de acordo com o que foi divulgado, consegue fornecer aos compradores dos itens em questão até 100% do valor da nota fiscal do produto que pode ser financiado. Entretanto, o critério é que este seja limitado a R$20 mil, que é o teto da linha. O prazo que foi informado da linha é de 60 meses, com o pagamento da primeira parcela podendo ser feito em até 59 dias após a contratação. Já os juros mínimos que foram destacados pelo banco serão de 1,83% ao mês. As prestações por sua vez serão todas debitadas em conta, na data que for escolhida no ato pelo cliente.

A contratação da linha de crédito está disponível para os clientes pessoa física, que poderão acessar através do aplicativo do Banco do Brasil e conseguir realizar o pedido da linha de crédito. Basta que estes entrem pelo aplicativo e busquem pela aba Empréstimos, em seguida, escolha a opção Contratar Financiamento, e por fim vá até BB Crédito Mobilidade. Os bens em questão são fornecidos por meio de empresas que contam com algum convênio firmado com o Banco do Brasil.

O BB também destacou que a nova linha aumenta o compromisso que a instituição vem desenvolvendo com iniciativas que contem com alguns resultados sociais e também ambientais. Portanto, esta é uma forma de demonstrar este apoio fornecendo aos seus clientes uma possibilidade de que contem com este tipo de linha de crédito para adquirir veículos desta natureza.

Um balanço recente divulgado pelo banco destacou que as operações de créditos sustentáveis que estão sendo feitas neste momento chegaram a R$292,2 bilhões no fim do primeiro semestre. A alta neste sentido foi de 13,3% em 12 meses. Em outro ato recente, o banco contou com uma redução em seus juros para os financiamentos de carros híbridos e também elétricos, mostrando novamente o seu objetivo com estas ações que visam o campo social e ambiental que a empresa tem desenvolvido cada vez mais como parte de seus objetivos centrais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.