Ola S1, scooter elétrica mais barata que bicicleta elétrica

Ola S1 foi lançada na Índia por pouco mais de R$ 6 mil em conversão direta, preço inferior ao de muita bicicleta elétrica. No entanto, não há previsão de quando será lançada no Brasil.

Na última segunda-feira (15) a fabricante indiana Ola Electric revelou a sua mais nova scooter elétrica de baixo custo. O modelo em questão é o S1, que vem para se tornar um dos mais baratos doe segmento, em especial ao ser comparada com a S1 Pro, que havia sido lançada anteriormente. O valor que foi estabelecido para este modelo é de 99.999 rupias. A faixa de preço em questão é altamente atrativa, visto que em conversão direta chega a custar menos de R$6,5 mil na cotação atual ou então US$1,3 mil.

Entretanto, vale mencionar que neste momento ainda não há uma previsão ou então novidades a respeito do momento em que a Ola irá disponibilizar os seus produtos em solo brasileiro. Com um valor tão acessível, para alguns seria esperado que o modelo não oferecesse muito desempenho. Mas se engana quem pensa isso, pois a ficha técnica da S1 é muito satisfatória.

De acordo com o que foi divulgada pela fabricante, a S1 conta com uma autonomia de cerca de 141 km. O que é um grande feito para modelos deste segmento ao qual ela pertence. Os testes que comprovaram esta autonomia foram feitos pela entidade independente ARAI, que é responsável por fazer vários testes de veículos novos na Índia.

Com uma velocidade máxima de 95 km/h a Ola S1 consegue em 3,8 segundos sair de 0 a 40 km/h, um resultado impressionante para modelos deste segmento. A scooter chegou ao mercado também com várias opções de cores, de acordo com o que foi anunciado para o mercado local. Entre as cores os motoristas poderão escolher: branco, vermelho, preto, cinza e azul.

Alguns outros detalhes que foram divulgados mostram parte das configurações da scooter, que possui alguns motos de pilotagem, sistema operacional Move OS e também outras funções que a tornam mais moderna e atrativa pelo seu valor e o que ela oferece como benefícios. O modelo conta com um design simples mas muito confortável pelos seus atributos e forma fácil de pilotar.

Como destacado, para os motoqueiros brasileiros no momento a scooter não estará disponível. Portanto, agora resta esperar que a empresa comunique se pretende em algum momento recente vir ao Brasil com suas motos e com isso a S1 poderá chegar finalmente para que os brasileiros possam aproveitar desta poderosa scooter com um dos melhores custos-benefício atualmente. Assim, agora resta esperar os próximos passos da empresa e torcer para que ela venha para o Brasil de fato.

1 ideia sobre “Ola S1, scooter elétrica mais barata que bicicleta elétrica

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.