Por que o VW Gol ainda vende tanto? Quem está comprando?

Gol é o carro mais vendido do país. Oferecido apenas em uma única versão e com um preço acima de R$ 70 mil, o que o modelo oferece para vender tanto? E quem está comprando?

Somente durante o mês de julho, o Gol teve 11.925 unidades emplacadas, o que representeou uma surpresa e fez com que o modelo em questão chegasse à primeira posição entre os mais vendidos no Brasil. Desse modo, é interessante ressaltar que o hatch fabricado pela Volkswagen somente no último mês conseguiu superar todos os carros de passeio e também os veículos comerciais leves, deixando para trás modelos como o Chevrolet Onix, que teve 8,8 mil emplacamentos, e a Fiat Strada, que ocupa a segunda posição da lista com 10,8 mil emplacamentos.

O Gol pode ser considerado um veterano. Entretanto, está há anos sem passar por uma atualização, o que gera surpresas em aficionados por carros devido aos seus números expressivos. Assim, a pergunta “quem continua comprando o Gol?” é algo que surge na mente dessas pessoas. Existem algumas respostas possíveis para o questionamento e elas serão devidamente exploradas ao longo do artigo.

E o questionamento faz ainda mais sentido se considerarmos que o carro é vendido em apenas uma única versão, básica, com câmbio manual. Por mais que o carro chegue a oferecer alguns mimos interessantes (como o espelho retrovisor com tilt down, que ajuda na baliza), não há nada de tão especial num modelo vendido, atualmente, por R$ 75.830,00.

Primeiramente, vale destacar que a Fenabrave chegou a destacar que mais de 9,6 mil unidades do carro foram destinadas a uma única modalidade de venda, a direta. Assim, é possível concluir que mais de 80% dos Gols emplacados no período citado foram destinados às frotas de empresas, às locadoras e a outros segmentos desse tipo, visto que eles podem realizar compras diretamente com as fábricas, o que está incluído neste modelo de venda direta.

E aqui pesa a mecânica Volkswagen. Frotistas, no geral, vão considerar o custo de manutenção, gasto de combustível e facilidade para encontrar peças e assistência em praticamente qualquer cidade do país. E a estrutura para isso a Volkswagen tem.

É interessante ressaltar que o Gol é produzido no mercado brasileiro desde os anos 1980 e chegou a liderar os licenciamentos no território por 27 anos. Desse modo, mais de 8 milhões unidades do carro já foram fabricadas. Logo, é interessante pontuar que entre outras inovações, ele foi considerado o primeiro carro flex a ser vendido no Brasil. Além disso, outro fator que contribui para que as suas vendas continuem expressivas globalmente é que desde a sua primeira geração o Gol foi visto como um produto de exportação e enviado para 69 países. Apesar de todo o sucesso, ainda no final de 2022, espera-se que a Volkswagen deixe de produzir o modelo, fator que também pode ter impactado as vendas no Brasil na modalidade de Venda Direta.

Conforme o destacado, este público é a maior clientela do Gol no território nacional atualmente. Entre as empresas que mais compraram o carro está a Localiza, que recentemente se fundiu com a Unidas em uma combinação de ações. Com essa fusão, ela passou a possuir 670 agências de aluguel e 190 lojas de seminovos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.