Suzuki mantém somente o Jimny Sierra na versão 2023

Jimny básico, no modelo antigo, sai definitivamente de linha.

A Suzuki anunciou que realizaria a retirada das versões do Jimny da linha 2023, conhecido jipe da fabricante que está nas concessionárias a vinte e três anos, deixando disponível somente a versão Sierra no mercado nacional. Embora já esperada, noticiar a novidade não a torna menos triste.

O simpático e querido pelos consumidores modelo de jipinho Suzuki Jimny não será mais produzido no Brasil, abandonando as lojas e concedendo o mercado para o Jimny Sierra, seu herdeiro que é importado do Japão desde o ano de 2019.

A mudança decorre devido as recentes legislações sobre o consumo e emissão, especificamente, as normas do Proconve L7. Seria muito custoso para a produtora realizar todas as atualizações necessárias no modelo exigidas pela norma.

Quando questionada sobre a contemporânea fase da marca no país, os seus representantes se pronunciaram afirmando que a Suzuki confirma o lançamento, em breve, de vários modelos, que apresentaram novas tecnologias. E que a saída dessas versões faz parte do reposicionamento da empresa para a chegada dos novos veículos. Lembrando que, além do Jimny, a Suzuki também retirou de linha o S-Cross, ainda em 2021, e o Vitara, em 2022.

Ainda restam algumas unidades do Jimny em estoque nas concessionárias brasileiras. E o modelo ainda está disponível no site da marca nas versões do ano de 2022, com os preços entre R$ 111.990 e R$ 137.990. Ou seja, ainda é possível comprar um para chamar de seu, não perca tempo se esse é o seu objetivo.

A carreira nacional do jipe Jimny iniciou-se na fábrica de Anápolis (GO), passando depois para a de Catalão (GO) onde aproveitou a planta da Mitsubishi. E para conhecer um pouco sobre o conjunto mecânico do jipe que saiu de linha, continue a leitura.

Conjunto mecânico jipe Suzuki Jimny 2022

O jipinho era comercializado em algumas versões e todas elas contavam com o mesmo conjunto mecânico, apresentando diferenças somente em alguns detalhes e equipamentos.

Contava com o motor 1.3, de 16 válvulas, desempenhando 85 cavalos e 11,2 de torque, abastecido a gasolina. Incluindo o câmbio manual de 5 marchas, tração 4 × 4 com o acionamento eletrônico, possuindo a função reduzida, que acrescenta torque nas rodas, permitindo também escolher pela tração 4 × 2 apenas nas rodas traseiras.

Versões do Suzuki Jimny 2022

  • Jimny 4Work;
  • Jimny 4All;
  • Jimny 4Sport;
  • Jimny 4Sport Forest.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.