Ford Escort RS2 Turbo da Princesa Diana vai à leilão

O Ford Escort foi um dos carros que marcou muito a história dos automóveis entre os anos de 1968 e começo dos anos 2000, permanecendo assim por cerca de seis gerações. No Brasil, entretanto, o modelo só contou com três gerações distintas, entre os anos de 1983 e 2003. Sendo assim, o carro fez parte da história de muitas pessoas, e em especial uma que o mundo todo acompanhou e conhece.

A geração que iremos destacar aqui é a terceira no mundo, mas a primeira no Brasil. A versão em questão é a RS Turbo, posicionada como topo da linha para a empresa na época. Com isso, esta preparou apenas 8604 unidades, sendo 5000 delas destinadas diretamente para o Reino Unido. Em sua grande maioria o modelo produzido poderia ser encontrado na cor Diamond White, a mais comum.

Entretanto, existiram alguns exemplares de outras cores, apesar de serem ainda mais raros dentro dos 8 mil modelos produzidos. Entre as cores diferentes vistas do modelo, é possível destacar três que foram destinados à família real britânica, e um destes era o carro utilizado por princesa Diana.

Agora, vários anos após a morte da princesa Diana, o Ford Escort RS2 Turbo que pertenceu-lhe está sendo leiloado.

Os interessados poderão ter a chance de colocar as mãos neste modelo que além de especial para a história dos automóveis ainda conta com este outro ponto interessante. O leilão em questão acontecerá no dia 27 de agosto, de acordo com o que foi anunciado. Não haverá reservas e nem mesmo um guia de preços para tal. Atualmente, o modelo está com o registro de 40.170 km rodados em seu odômetro.

O Ford Escort RS2 Turbo que pertenceu à Diana foi o segundo Escort da princesa, que teve também um Escort 1.8i Cabriolet vermelho.

Um ponto interessante a se destacar a respeito deste outro veículo da princesa é que a realeza não considerava este modelo apropriado de acordo com suas regras bastante rígidas, pois ele contava com um teto feito em lona manual, o que não oferecida a devida privacidade e proteção, como é necessário para os membros da realeza.

Após este modelo, então, Diana optou pelo Escort RS2 Turbo, para cumprir com as devidas regras da realeza. O carro da princesa então, diferente da maioria dos produzidos, contava com uma pintura preta, e um acabamento totalmente feito em preto também, para corresponder com as regras. O carro era bem equipado, e contava com vários diferenciais, como bancos Recaro e suspensão aprimorada, bem como demais equipamentos importantes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.