Chevrolet Bolt EUV 2023: SUV elétrico deve chegar ao Brasil em 2023

Em 2021 o Chevrolet Bolt chegou aos Estados Unidos trazendo novidades interessantes e chamando a atenção do consumidor. Em agosto do ano passado teve sua pré-venda anunciada por aqui e os brasileiros comemoraram a chegada de mais um veículo elétrico ao mercado nacional.

A questão é que o lançamento precisou ser adiado devido a um recall global das baterias, o que resultou inclusive em uma pausa na produção.

Mas em um recente evento nos Estados Unidos, a GM mostrou ao mercado alguns de seus modelos elétricos e avisou que o Chevrolet Bolt finalmente chegará ao Brasil este mês e estará reestilizado, contando com uma série de melhorias e muitas novidades no design, além de um interior mais sofisticado.

O motor elétrico é de 200cv, com 150 kW de potência e 36,7 kgfm de torque, contando com uma bateria de 65 kWh que dá ao veículo uma autonomia de até 416 km.

E tem o modelo Chevrolet Bolt EUV, que chega ao Brasil em 2023 é um SUV elétrico que já está à venda nos Estados Unidos, porém, os brasileiros terão que esperar até o ano que vem. Esse é um SUV compacto, porém, oferece um bom espaço interno e tecnologia de ponta, um modelo que certamente mexerá com os concorrentes.

A General Motors mostra que sabe conquistar o público brasileiro oferecendo carros com design sofisticado, muita tecnologia e bons preços. No caso do Bolt EUV, o modelo contará com requinte e vários equipamentos modernos, mas o problema continua sendo a infraestrutura deficitárias do Brasil.

Mesmo assim o Chevrolet Bolt EUV tem tudo para se tornar um dos carros elétricos mais comercializados no mercado nacional, superando até o Bolt EV.

E para fazer tanto sucesso o modelo trará um bom pacote de tecnologia, ótima autonomia, espaço interno que atende a família e claro, um desempenho de esportivo para atender até os motoristas mais exigentes.

O Chevrolet Bolt EUV tem um motor elétrico no eixo dianteiro que oferece 200 cv e 36,7 kgfm de torque. Vai de 0 a 100 km/h em apenas 7,3 segundos, o que já é um bom indicador de sua força para conquistar o mercado.

Quando o modo 'one pedal' é ativado, o motor faz as frenagens e com isso economiza os discos de freio, além de regenerar mais energia para as baterias, que oferecem 380 km no ciclo WLTP.

A versão Premier, a top de linha, oferece alerta de ponto cego, frenagem automática, sistema Super Cruise, alerta para evitar colisão frontal com capacidade para detectar pedestres e muito mais. O preço por enquanto não foi divulgado, mas o consumidor brasileiro já espera ansioso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.