Comparativo técnico scooters – Yamaha Fluo 125 ABS vs Yamaha Neo 125 UBS

Confira este comparativo técnico entre as duas scooters de 125cc da Yamaha.

Segundo a Fenabrave, mais de 1/3 das motos emplacadas no Brasil, nos 6 primeiros meses deste ano, 2.022, são do subsegmento "Scooter/cub", e as Yamahas Fluo e Neo tiveram juntas, neste mesmo período, 8.989 unidades neste montante. Veja abaixo o comparativo entre elas.

Começando pela principal diferença, a sigla dos freios que está ao lado do nome do modelo. A Fluo conta com o sistema de freio titulado como ABS, que não deixa a roda dianteira travar, já no caso da Neo, o seu freio UBS distribui a força da frenagem entre as rodas, quando é acionado o freio traseiro, parte da ação é direcionada para a roda da frente. Os dois modelos utilizam o disco hidráulico de 200 mm na roda dianteira e o tambor mecânico de 130 mm na roda traseira.

Passando para o motor, ambas possuem o "SOHC", monocilíndrico, de 2 válvulas e 4 tempos. A sua refrigeração é a ar, com 125 cilindradas e oferece 1,0 kgfm a 5.500 rpm.

A diferença está na potência, onde na Yamaha Fluo é de 9,5 cv e na Neo de 9,8 cv, as duas a 8.000 rpm.

Uma outra diferença entre elas, que acaba impactando entre a relação "cavalo/força" mencionado acima, é o seu peso. A Fluo tem 102 kgs e a Neo tem 97 quilos.

Na parte do câmbio, as duas scooters são iguais, elas possuem o sistema de transmissão automático CVT, com transmissão final em embreagens, do tipo "sapata centrífuga seca".

Passando para a parte da suspensão, a única diferença está no curso da roda traseira, que na Fluo é de 80/80 mm e na Neo é de 78/80 mm (suspensão/roda). No restante, elas usam o garfo telescópico, com curso de 90/90 mm, na frente e motor-balança na parte de trás.

Para as dimensões, vamos primeiro para as particularidades, onde encontramos o chassi do tipo underbone, tanque de combustível com capacidade para 4,2 litros, altura do solo de 135 mm e a sua largura, que é de 68,5 cm.

No restante, a Fluo tem 1,915 metros de comprimento e 1,11 metros de altura, contra 1,87 metros de comprimento e 1,07 metros de altura da Neo.

A distância entre eixos e os pneus, também são diferentes, a Fluo tem a medida 1,28 metros e utiliza pneus Pirelli, 100/90-12TL 59L na dianteira e 110/90-12TL 64L na traseira, e a Neo usa os pneus Metzeler, 80/80-14M/C 49P na frente e 90/80-14M/C 49P atrás.

No visual, duas cores são iguais entre elas, o preto metálico (midnight black) e o azul metálico (racing blue). Uma terceira tonalidade compõe a linha de produção, sendo o branco metálico (branco cristal) para a Fluo e o cinza fosco (matt grey) para a Neo.

E para finalizar, o seu preço, que tirando o fato de que cada estado brasileiro cobra um imposto diferente e a questão do frete envolvido, não está diretamente mencionado este valor no site oficial da montadora, mas, em pesquisas na internet, a Yamaha Fluo 125 ABS está custando por volta dos R$ 13 mil, e a Neo em torno de R$ 12 mil.

Para ter a certeza deste valor e conferir os outros detalhes dessas scooters, faça uma visita a uma das concessionárias na Yamaha mais próxima, feche negócio, e boa viagem!

Por Fernando Dias

Imagens

Yamaha Fluo

Yamaha Neo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.