Fim do Renault Captur no Brasil – modelo deve sair de linha


Renault Captur deve sair de linha até o final do ano. Confira aqui os motivos para esta decisão da montadora.

Pelo que tudo indica, a vida do Renault Captur no Brasil está com os dias contados. Com o baixo número de vendas e com sua produção sendo afetada pela Guerra entre Rússia e Ucrânia, é bem provável que o veículo acabe saindo de linha antes do esperado.


Para quem não se lembra, o Renault Captur chegou ao Brasil em 2017. Naquele tempo, o Brasil vivia um boom de SUVs e as vendas eram tão grandes, que a Renault resolveu apostar em dois modelos construídos na mesma base, que foi o Renault Captur e o Renault Duster.


O Duster era um modelo mais simples e robusto, enquanto que o Captur era o modelo mais elegante. Apesar das diferenças externas entre os modelos, internamente eles eram bem parecidos, tanto mecanicamente como no acabamento e peças compartilhadas.


Porém, o boom dos SUVs no Brasil já passou e com a queda na procura por estes veículos ficou inviável a permanência de dois modelos da mesma marca e que agora acabam competindo um contra o outro.


Segundo blogs especializados, a Renault tem planos de atualizar o Duster ainda em 2024, com uma reestilização no visual e adoção deum novo motor 100% turbo. Por outro lado, o Captur não conta com nenhum plano de investimento futuro, o que deve levar o modelo a sua aposentadoria muito em breve.

Tudo isso deixaria o Captur com apenas mais alguns anos de vida. Porém, a Renault parece que está pensando em antecipar a retirada do modelo de linha para ainda este ano. Isso porque ela planeja lançar no final deste ano um novo SUV elétrico chamado Mégane E-Tech. O lançamento deste novo carro deve ocorrer no último trimestre deste ano.

Leia também:  Hyundai por lançar Carro Autônomo em 2020

Outro fato que também contribui para a retirada de linha do Captur está nas reclamações dos concessionários, que afirmam ser difícil de vender o Captur sem oferecer um belo desconto para os consumidores interessados, coisa que não ocorre com o Duster, que se mostra um modelo muito mais atraente vendável.

Para piorar, ainda temos a Guerra na Ucrânia. Para quem não sabe, o Renault Captur é um projeto compartilhado com o Kaptur russo, tanto é que muitas peças do modelo produzido em São José dos Pinhais (PR) são importadas da Eurásia. Com o ataque russo à Ucrânia, a Renault rompeu laços com a Rússia e entregou a fábrica da AvtoVAZ (montadora russa que possui os direitos da marca Lada) para o Governo do país. Com isso, a produção do Captur tanto na Rússia como aqui no Brasil acabaram suspensas, o que afetou também as vendas do modelo, que a cada mês que passa estão cada vez mais baixas. Ao contrário do Duster, que conta com um número de emplacamentos bem mais sólido por mês.

Um indício de que a montadora está aos poucos tirando o Captur de linha é a retirada do modelo do catálogo de vendas diretas para locadoras e frotas.

Portanto, apesar de não ser uma notícia oficial da montadora, há grandes indícios de que o Captur deve mesmo sair de linha logo, logo.



Outros Conteúdos Interessantes



Você gosta de carros e motos e escreve bem? Gostaria de escrever para nosso site e ser remunerado por isso? Então clique aqui e envie seu texto para avaliarmos.

5 Comments


  1. “O boom dos SUVs no Brasil já passou e com a queda na procura…” ?? Tem certeza? Entende muito de mercado, hein!

    1. Olá Lauro. Sim, essa é nossa visão. Temos acompanhado a diminuição das buscas por esse tipo de carroceria em nosso site e vemos o reflexo nas vendas, que voltaram a ser dominadas por hatches, mais econômicos e mais baratos. Pode ser até reflexo da situação econômica.

      Claro que os SUVs e crossovers continuam tendo apelo e são atrativos para famílias ou quem precisa de um carro mais alto para uma estrada de terra mais leve, mas já notamos o arrefecimento da demanda.

  2. Oxi. Cantei essa bola em 2018, 19, 20…….Ainda bem q existem desmanches, vai ter (já tem) peças a vontade, e baratas, já que ninguém quer comprar o carro.
    C’est la vie, c’est Renault…..


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.