Chevrolet Onix 2023 está mais beberrão, após normas do Proconve L7


Curiosamente, a adequação às normas Proconve L7 de emissões fizeram o Onix consumir mais combustível e poluir mais. Entenda.

Para a linha de 2023, a Chevrolet fez algumas mudanças no motor do Onix. Elas aconteceram devido à necessidade da empresa de se adequar aos protocolos de emissão de poluentes e de gases, todos previstos pelo Proconve L7. No entanto, curiosamente, números do Inmetro mostram que o Onix, na verdade, se tornou um modelo mais “gastão” e mais poluidor.


Isso, porém, foi recebido com algum estranhamento. O fato poderia ser justificado por menor emissão de CO² com gasolina, mas também não foi o que ocorreu, já que aumentou com relação aos modelos que eram produzidos nos anos de 2021 e 2022. A partir do novo motor 1.0 aspirado, por exemplo, o Onix passou de 87 g/km para 90g/km na sua versão mais recente. Basicamente, emite mais porque consome mais combustível.


Voltando ao consumo (vamos falar, neste artigo, sempre da versão hatch, um pouco menos econômica que a Plus, sedan): na versão 2021, com 1.0 aspirado, este modelo fazia 9,9 km/l na cidade e 11,7 km/l nas estradas, com etanol, e 13,9km/l na cidade e 16,7km/l na estrada. Agora, tem-se 9,4 km/l na cidade e 11,6 km/l na estrada, com etanol; e 13,3km/l na cidade e 16,6km/l na estrada, com gasolina. Os números são do Inmetro.


Quanto ao motor 1.0 turbo: primeiramente, o modelo manual, que anteriormente fazia 9,4 km/l na cidade quando abastecido com etanol e 11,2 km/l nas estradas com o mesmo combustível, devido às mudanças, ele passou a fazer 9,1 km/l nas cidades e 11,1 km/l nas estradas. À gasolina, só melhorou no consumo rodoviário, que foi de 16,0km/l para 16,1km/l, Mas também piorou na cidade, onde caiu de 13,5km/l para 13,1km/l.


Leia também:  Nova marca Ioniq da Hyundai é voltada à mobilidade inteligente

Além disso, as emissões de CO² do motor 1.0 turbo também aumentaram, de 91g/km para 92g/km.

Desse modo, se torna complicado entender as decisões da montadora para o carro, visto que não foram apresentadas vantagens com relação à questão do consumo ou das emissões. Também pode-se questionar as próprias exigências Proconve L7, pois podem não fazer sentido se, para satisfazê-las, o carro acabe consumindo mais combustível e poluindo mais.

De todo modo, é um ponto negativo. Falando especificamente sobre o consumo, este é um ponto que tem sido bastante valorizado pelas pessoas na atualidade devido aos constantes aumentos no preço do combustível atualmente, mais até do que a questão ambiental. Se isso é errado, não vem ao caso discutirmos, estamos apenas relatando uma preferência do consumidor desse modelo de carro. No entanto, se além de consumir mais, o carro ainda polui mais, simplesmente não há vantagem alguma para o consumidor.


Chevrolet Onix


Outros Conteúdos Interessantes



Você gosta de carros e motos e escreve bem? Gostaria de escrever para nosso site e ser remunerado por isso? Então clique aqui e envie seu texto para avaliarmos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.