Multa por excesso de velocidade? Pode ser coisa do passado com novo pacote ADAS


Pacote de segurança de carros europeus começará a vir com tecnologia de reconhecimento de placas de trânsito, podendo não permitir que você ultrapasse a velocidade máxima da via.

De acordo com as últimas notícias, o pacote ADAS que faz parte dos carros europeus passará por uma mudança muito significativa em seu conteúdo. A informação indica que este procedimento irá acrescentar a estes o chamado ISA, ou então Intelligent Speed Assistance (Assistência de Velocidade Inteligente). Este recurso em questão tem por objetivo colocar nos modelos um freio diante do excesso de velocidade.


Assim, o ISA ao que parece servirá como um complemento para os itens que já fazem parte de modo geral do ADAS, para dar um pouco mais de segurança neste quesito. Alguns exemplos dos itens que contam já com esta natureza, por exemplo, são os pacotes da Toyota Safety Sense e também o Honda Sensing.


Desta maneira, para entender como funcionará este processo e as mudanças que isso trará, o recurso adicionado agora ao pacote ADAS irá trabalhar em conjunto com o ACC, que é o controle de cruzeiro adaptativo. Assim, ele irá ser usado para conseguir entender esta questão do excesso de velocidade, para que haja um reconhecimento de sinais de trânsito.


Sendo assim, no ISA a intervenção que será adicionada ao pacote agora acontecerá quando o veículo estiver ultrapassando o limite de velocidade da via. Este recurso terá uma tecnologia que será capaz de reconhecer de forma muito rápida as placas de velocidade do local, com o intuito de que consiga assim iniciar um processo de alerta, que será comunicado ao condutor para que este tome ciência e diminua a velocidade do veículo.


Leia também:  Fusca elétrico chinês (Great Wall ORA Ballet Cat) - o que sabemos

Desta forma, o primeiro alerta que irá aparecer para que o condutor fique ciente o excesso de velocidade aplicado para a região em questão, será visual. Podendo também em sequência ser feito um alerta sonoro que irá comunicar a respeito da necessidade de diminuir a velocidade pois o condutor estará ultrapassando o permitido na área em que estiver transitando. Caso não haja uma resposta imediata por parte do condutor, a pressão no pedal do acelerador irá se intensificar, fazendo com que seja então necessário que haja mais força no pé deste para que a velocidade em excesso seja mantida, com a intenção de forçar que o condutor diminua assim a velocidade do carro.

Como ainda há a possibilidade de que não tenha o efeito desejado, também serão adotadas algumas outras ações. Assim, o ISA aciona o ACC para que sejam aplicados os freios para baixar a velocidade para o limite indicado pelas placas do local, que serão identificados pela tecnologia utilizada no veículo para tal.

Mas vale salientar, haverá opções distintas para que o condutor consiga assim fugir das ações do ISA. A mais fácil é a de desativar o recurso de forma manual, pressionando de forma muito mais forte o pedal do acelerador, para que indique ao veículo que é necessário neste momento exceder o limite permitido no local.

Desta forma, o ISA é um recurso que vem de uma campanha criada pela União Europeia para que haja uma redução nas mortes no trânsito, com o intuito de que os motoristas passem a ser mais regulados no quesito velocidade. A ideia vem do fato de que atualmente na região são registradas muitas mortes causadas pelo excesso de velocidade dos motoristas nas estradas. O objetivo essencial da campanha que está sendo desenvolvida pela Comissão Europeia é que em 2050 consigam obter um resultado de zero mortes causadas por questão de trânsito desta natureza, que deverá abranger os 27 países que fazem parte da União Europeia.

Leia também:  Volkswagen Polo Blue GT 2012 - Lançamento no Salão de Genebra

Diante disso, é importante salientar que o ISA deverá chegar em algum momento ao Brasil fazendo parte também do pacote ADAS, oferecido nos carros que são importados e alguns modelos nacionais.


Placa de radar


Outros Conteúdos Interessantes



Você gosta de carros e motos e escreve bem? Gostaria de escrever para nosso site e ser remunerado por isso? Então clique aqui e envie seu texto para avaliarmos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.