Novo Hyundai Creta 2023 – preços, versões, novidades, motor


Linha Creta 2023 é lançada pela Hyundai e deve chegar às concessionárias em breve, se juntando à N-Line, já disponível.

A Hyundai acaba de anunciar a nova linha 2023 da Hyundai Creta, com uma novidade que promete agradar muito quem gosta de tecnologia: abertura do teto solar por comando de voz, uma característica presente nas versões Platinum, Ultimate e na N-Line, que já havia sido lançada.


Motores

As versões continuam as mesmas de 2022: com motor 1.0 Turbo Kappa de 3 cilindros, capaz de gerar 120cv e 17,5kgfm de torque, estão as versões Comfort, Limited, Platinum e N-Line. A versão Ultimate, como em 2022, continua vindo com o motor 2.0 Smartstream aspirado, de 167cv e torque de 20,6kgfm.


O consumo do motor 1.0 Turbo é de 12,2km/l na estrada e 12km/l na cidade, com gasolina; e 8,9km/l na estrada e 8,2km/l na cidade, com etanol.


O motor 2.0 da Ultimate faz 12,4km/l na estrada e 10,9km/l na cidade, com gasolina; e 8,7km/l na estrada e 7,7km/l na cidade, com etanol.


Preço

O Creta, que tem agradado ao público brasileiro, ocupando o primeiro lugar em vendas no segmento, com 21.309 unidades comercializadas entre janeiro e maio, vem com os seguintes preços sugeridos:

  • Comfort 1.0 Turbo: R$ 120.190 (R$ 124.090 para o estado de São Paulo)
  • Limited 1.0 Turbo: R$ 132.790 (R$ 136.790 para São Paulo)
  • Platinum 1.0 Turbo, sem teto solar: R$ 143.890 (R$ 148.790 para paulistas)
  • Platinum 1.0 Turbo, com teto solar: R$ 152.090 (R$ 157.390 para São Paulo)
  • N-Line 1.0 Turbo: R$ 159.490 (R$ 165.090 para os paulistas)
  • Ultimate 2.0: R$ 165.290 (R$ 171.090 para o estado de São Paulo).

Comandos de voz

O Hyundai Creta 2023 vem investindo em tecnologia para continuar como o mais vendido. Não é só o teto solar que pode ser controlado pela voz, no modelo, mas também ligar ou desligar o ar-condicionado, abrir e fechar o vidro, ativar ventilação do banco do motorista, entre outros.

Leia também:  IPVA RS 2017 - Tabela de Valores Venais e Calendário de Pagamento

Hyundai Creta Action

Quanto à versão Action do Hyundai Creta, que mantém o design antigo e oferece um motor 1.6 aspirado de 130cv e torque de 16,5kgfm, com transmissão automática, a Hyundai manterá à venda, por enquanto, modelo 2022. A renovação desta versão virá mais para frente.

Esta versão consome 11,7km/l de gasolina na estrada e 9,8km/l na cidade; e, com etanol, faz 8,1km/l na estrada e 6,8km/l na cidade.

Concorrência

A linha Creta se destaca no segmento dos SUVs compactos pela tecnologia embarcada que oferece. Com ampla gama de versões, ela compete com SUVs mais baratos, como Renault Duster, Peugeot 2008, Citröen C4 Cactus e Fiat Pulse, em valores pouco acima de R$ 100 mil, até SUVs compactos mais caros como Renault Captur, Jeep Renegade e VW T-Cross.

Para isso, além de contar com a versão Action, ainda em design antigo, com motor 1.6 aspirado, mas transmissão automática, conta com as versões recheadas de tecnologia Platinum, a nova variante mais esportiva N-Line e a top de linha Ultimate, com motor 2.0 mais potente.

Entre os requintes tecnológicos das versões mais caras encontramos câmera 360º com visualização de meio fio no lugar do velocímetro, no painel, facilitando para estacionar; frenagem automática de emergência, controle de cruzeiro adaptativo, alerta de ponto cego, alerta de saída de faixa etc.

Seu porta-malas, de 422 litros, também acaba sendo um destaque entre os SUVs compactos, comparável ao da Duster e superando, com folga, o Jeep Renegade (314 litros) e o C4 Catus (320 litros), por exemplo. Também oferece um ótimo espaço interno para os ocupantes, por sua boa altura de 1,63m, largura de 1,79m e entreeixos de 2,61, mesmo não sendo muito comprido (4,30m).

Leia também:  Calendário Fórmula 1 2017

Com vão livre do solo de 19cm e ângulo de entrada de 20,4 graus, é um carro para uso mais urbano ou estradas de terra ou cascalho em boas condições, nada muito “fora de estrada”. A suspensão traseira, do tipo eixo de torção é uma ótima suspensão, que vai bem para estradas de asfalto e de terra, mas não a ideal para um uso mais bruto, em trilha, com terreno muito acidentado (a Toyota Corolla Cross causou uma controvérsia recente por adotar esse tipo de suspensão traseira, no lugar da Multilink, disponível na versão americana).

Enfim, a Creta 2023 segue sendo uma boa opção no segmento dos SUVs compactos e tende a agradar os entusiastas de tecnologia com os novos comandos de voz.


Hyundai Creta 2023

Hyundai Creta controle por celular

Retrovisor no painel, Creta

Hyundai Creta N-Line 2023 traseira


Outros Conteúdos Interessantes



Você gosta de carros e motos e escreve bem? Gostaria de escrever para nosso site e ser remunerado por isso? Então clique aqui e envie seu texto para avaliarmos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.