Toyota Corolla Cross em investigação pela Senacon suposta por falta de qualidade


Corolla Cross 2022 foi vendido com uma pintura no escapamento, que é incompleta e há relatos de que descasca, e uma suspensão mais simples e barata que seu similar americano.

A Toyota deverá prestar os devidos esclarecimentos em breve a respeito de uma situação identificada em relação a algumas peças que foram utilizadas pela montadora recentemente. Isso, pois foi constatado que a empresa pode ter usado de peças que fornecem um baixo padrão de qualidade, e que também houve uma suposta camuflagem do escapamento de carros que pertencem a uma das linhas da marca, a Corolla Cross.


Desta forma, a empresa agora recebeu uma notificação que foi realizada na segunda-feira (20) e deverá prestar esclarecimentos a respeito do assunto em breve. A inciativa foi tomada pela Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) no Ministério da Justiça e Segurança Pública.


O ministro da Justiça, Anderson Torres, destacou que se for comprovado que a empresa se utilizou de fato destes recursos e realizou as práticas em questão, revelando uma má-fé por parte da montadora, esta deverá sofrer com algumas sanções administrativas relacionadas a esta prática. O ministro pontuou que o órgão está atento às práticas que estão sendo realizadas a todo o momento e que possam vir a violar a transparência entre as empresas e os consumidores.


A situação foi difundida através da internet, em publicações que destacavam a respeito das peças. Nas redes sociais muitos consumidores comentaram a respeito do assunto, onde pontuaram que os veículos que estão sendo comercializados no Brasil estão contando com peças que possuem uma baixa qualidade em comparação a outras que fazem parte da mesma linha em outros países em que a montadora atua.


Assim, com esta notificação que foi realizada pela Senacon, será necessário agora que a empresa preste os devidos esclarecimentos a respeito da motivação que tiveram para realizar esta suposta diferenciação entre as peças, que contariam com uma qualidade inferior no Brasil. A marca deverá explicar o motivo pela qual no país foram adotadas estas medidas, visto que os mesmos modelos em outros países possuíam peças com qualidades ditas superiores em relação às apresentadas em solo brasileiro.

O objetivo desta notificação feita pelo órgão agora é de fato avaliar se houve algum tipo de situação que possa vir a prejudicar os consumidores brasileiros, se estes estão sendo de alguma forma lesados pela postura da marca, onde estariam recebendo produtos que possuem uma qualidade inferior. A diferenciação, vale mencionar, afeta o preço final dos veículos que estão sendo oferecidos no Brasil, e, portanto precisa ser entendida de forma clara.

Reclamações quanto ao escapamento e suspensão traseira

Entre os vários relatos que tomaram as redes sociais, muitas pessoas apontaram situações específicas a respeito do modelo que faz parte da linha 2022. Estes destacaram que após deixarem as concessionárias logo em seguida foram notadas situações negativas em relação ao escapamento pintado em tinta fosca preta. Um dos pontos que foram ressaltados neste aspecto é que esta tinta foi utilizada somente na parte em que o item ficava visível, na traseira do carro.

Ao que parece, a intenção da empresa, até onde se sabe no momento, era de que a peça de alguma forma não destoasse da harmonia visual criada para o veículo em questão. Entretanto, os consumidores apontaram o erro e também reforçaram outros aspectos em publicações nas redes sociais, onde falaram sobre a baixa qualidade também da tinta que foi usada pela marca, que com o tempo tem apresentado vários descascamentos nos itens do Corolla Cross, segundo relatos.

Também há queixas quanto à suspensão traseira utilizada no Corolla Cross. Aqui no Brasil, é utilizado eixo de torção, uma suspensão mais barata e mais simples. Não é um projeto ruim, é usado na maioria dos carros vendidos no Brasil, mas a Multilink, além de ser a suspensão do Corolla sedan, é mais eficiente e segura em situações em que o solo está desnivelado.

Note-se que o Corolla Cross americano não só adota um escapamento diferente (que também é exposto e não tão discreto), como adota a suspensão Multilink no Corolla Cross.

Diante destas reclamações, a Senacon tem agora por objetivo avaliar se os consumidores que estão adquirindo os veículos da marca estão de fato sendo comunicados quanto à pintura dos carros em questão, para garantir que a empresa comunicará, de fato, o tipo de produto que foi utilizado. A ação do órgão também avaliará se a empresa está fornecendo as devidas informações a respeito dos produtos de qualidade inferior que supostamente tem oferecido, com o objetivo de adequar a peça. Desta forma, a Toyota agora tem dez dias para que possa encaminhar ao órgão os devidos esclarecimentos a respeito das práticas adotadas.

Imagens

Abaixo, a traseira do Corolla Cross 2022 brasileiro, que gerou toda a polêmica, por aparecer muito:


Abaixo, como ficou a traseira na versão 2023, com escapamento pintado:

Para comparação, abaixo, a traseira do Corolla Cross americano, com um escape diferente, mas também exposto:

Abaixo, vídeo do portal Vrum, explicando o ocorrido:


Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.