Peel P50, o menor carro do mundo, volta a ser vendido. E para montar em casa.


Já pensou em comprar um carro e montá-lo em casa? É o que promete a Peel com a volta do P50, o menor carro do mundo.

Recentemente a empresa britânica P50Cars anunciou que voltaria a produzir um de seus modelos mais especiais e marcantes, o Peel P50, considerado como sendo o menor carro do mundo já produzido, inclusive o título ficou registrado para a história através do Guinness World Records, que é responsável por realizar um compilado de recordes mundiais de diversos feitos.


O modelo em questão que está voltando neste momento a ser produzido teve seu primeiro momento de mercado entre os anos de 1962 e 1965, pela Peel, que na época era uma empresa do segmento de lanchas, localizada na Ilha de Man. A ideia de produzir o modelo em questão veio do fato de que havia uma necessidade na época de resolver um problema muito incômodo, em relação ao congestionamento. Para conseguir solucionar a questão, então, o modelo foi pensado para ser pequeno, contando com apenas três rodas e capacidade para apenas uma pessoa. E para isso, foi adotado um design diferenciado e atrativo, aliado a um custo-benefício muito positivo para a época.


Agora, muitos anos após o lançamento do modelo no mercado diante desta necessidade, o Peel P50 pode até mesmo ser encontrado para compra, mas vale salientar que está muito caro devido ao apelo histórico do carro. Em 2020, de acordo com o que se tem registro, um modelo que foi produzido em 1965 do automóvel em questão foi repassado em um leilão realizado pela Sotheby’s, o valor pago por este foi de 55 mil euros na época, o que em conversão direta daria cerca de R$330 mil. E isso, é claro, aconteceu pelo fato de que o modelo contava com este adendo de raridade, visto que o modelo teve sua produção encerrada ainda nos anos 60, os itens originais não se encontram mais circulando, sendo bastante limitado.


Diante destas questões, a P50Cars resolveu então ressuscitar o projeto e trazer novamente o modelo à tona, com objetivos vem diferentes da época em que foi lançado, ao que parece. Assim, o menor carro do mundo agora passou para as mãos da empresa passando a contar com algumas mudanças em relação ao seu design, para que este fosse atualizado de acordo com o momento.


Entretanto, a empresa britânica fez questão de manter alguns aspectos do modelo original, oferecendo assim aos interessados uma variedade muito grande de modelos baseados nos originais que foram produzidos nos anos 1960 além de algumas outras opções, como o fato de que a empresa oferecerá motores que tanto podem ser movidos a gasolina como também elétricos, o que é uma grande novidade.

Assim, os interessados em adquirir o menor carro do mundo em sua versão atualizada agora poderão contar com algumas facilidades, como a escolha entre as variantes deste: versão de passeio P50 Mk1 Saloon, conversível P50 Cabrio e uma edição limitada especial P50 e o carro-bolha Trident. A empresa também resolveu deixar um pouco dos detalhes dos modelos antigos, e com isso quem for adquirir o seu modelo terá a chance de escolher entre as cores originais deste mas também caso o cliente deseje, este poderá escolher uma opção de personalização do modelo, um diferencial adotado pela marca nesta atualização.

Os preços dos novos modelos do menor carro do mundo variam muito, de acordo com as versões, personalização e outros itens. Entretanto, os valores iniciam em 11,5 libras, o que em conversão direta é cerca de R$70,8 mil e podem chegar até 19,5 livras, ou então R$120 mil. O valor em questão pode ser bem salgado, visto que o carro conta com algumas configurações bem particulares. Há também a possibilidade de se adquirir uma versão mais barata do modelo, por cerca de 7,5 mil libras (R$46,1 mil), e esta conta ainda com um kit de montagem com um motor elétrico de 49cc.

Por fim, a marca que tem visado muito uma experiência positiva dos clientes que querem adquirir esta versão atualizada de um modelo que fez muito sucesso no passado e deixou saudade para alguns, também garante que estes possam escolher a forma como o modelo será montado de acordo com os detalhes e preferências deste, para garantir uma experiência positiva. Para a montagem, o carro leva cerca de 50 horas como foi divulgado pela empresa, visto que a maioria das peças é feita de forma interna. Assim, o tempo de entrega em geral dos kits é de quatro a seis semanas. Os modelos que vem de fábrica, entretanto, podem demorar um pouco mais, por volta de dois meses.



Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.