Motos do filme Top Gun – Ases Indomáveis (1986) e Top Gun Maverick (2022)


Quer saber que motos Tom Cruise pilota nos dois filmes, Ases Indomáveis de 1986 e o remake, de 2022? Eis aqui as motos e suas fichas técnicas.

Descubra os principais atributos de duas supermotos esportivas que fazem parte da produção cinematográfica de um clássico moderno, muito reconhecido por seu ator principal, Tom Cruise, que estreou recentemente o novo filme da franquia.


Em Top Gun, Ases Indomáveis, que estreou no ano de 1986, o personagem principal o Pete ‘Maverick’ Mitchell, interpretado por Tom Cruise, pilota uma Kawasaki GPZ900R, também conhecida como Kawasaki Ninja. Desde então, o modelo de moto foi imortalizado e tornou-se um clássico esportivo.


Agora a nova produção da franquia retorna com um novo filme e mais uma moto esportiva potente. Em Top Gun: Maverick, que estreou em maio de 2022, o astro dessa vez pilota novamente outra Kawasaki, a H2 (que segue com a alcunha de Kawasaki Ninja, também) – uma das superesportivas de séries mais rápidas do mundo. O modelo possui o design radical, imponente, moderna e contando com o motor supercharger de 998cc, a H2 produz 243 cv de potência máxima (com o auxílio do sistema Ram Ar) que alcança cerca de 300 quilômetros por hora.


Kawasaki GPZ900R (Top Gun Ases Indomáveis, 1986)

A história do desenvolvimento desse modelo é especialmente curiosa. A princípio, a Kawasaki buscava algo novo para lançar no mercado, já que seu modelo Z1 já estava com um visual "cansado" com um motor limitado, que já na época, estava começando a ficar em ultrapassado. Pensando em proporcionar algo diferente e inovador para os consumidores, a Kawasaki desenvolveu um motor totalmente novo de 900 cc, DOHC (4 válvulas por cilindro) refrigerado a líquido, que permitiria que a moto produzisse mais potência. Embora o Ninja tenha sido sinônimo de velocidade internacionalmente ao longo dos anos, a GPZ 900R é um modelo confortável. Isso mesmo, a GPZ 900R não é extremamente veloz e não deve ser reduzido somente a este aspecto. É uma moto classificada como "Sport Touring", tanto que em seu design utiliza um guidão convencional ao invés de meio guidão.


Além do filme, que apresentou a moto para o mundo, seu sucesso se deve ao seu design arrojado, imponente e ao compromisso de levar a experiência das pistas de corrida para as ruas da cidade.

Motor e transmissão

O motor da GPZ 900R é 908cm³ 4 Cilindros Paralelos, DOHC com a taxa de Compressão 11.0:1, de arrefecimento liquido. O modelo esportivo tem a potência de 115cavalos a 9500RPM, possui o câmbio de 6 velocidades e suspensão traseira do Sistema Monoshock.


Kawasaki H2 (Top Gun Maverick, 2022)

A Kawasaki H2 é uma linha de motos esportivas de alta categoria, que tenham uma potência elevadíssima. Os modelos são os seguintes a Ninja H2, a Ninja H2 Carbon e a Ninja H2R, consideradas as motos mais potentes da Akashi.

A Ninja H2, é super esportiva e bastante robusta. Tem 243 cavalos a 11.500 rpm, 33 cavalos a mais que a sua versão antecessora, contando com sistema de admissão Ram Air. O torque é de 14,4 kgf.m a 11.000 rpm. O painel é feito de TFT, como o Ninja H2 SX, e se conecta ao smartphone via Bluetooth. Com isso, os motociclistas com o Kawasaki Ride Aplicativo instalado ainda podem verificar informações como nível de combustível e bateria. Possui freios Brembo Stylema que estrearam no Ninja H2 e, ao contrário dos modelos anteriores, são mais leves, mais compactos e oferecem uma resposta de frenagem mais direta. Placa de número de série.

A H2R, tem o ECU extrai o máximo dos quatro cilindros de um litro sobrealimentado, levando a moto a impressionantes 326 cv de potência a 14 000 rpm, contando com o sistema Ram Air ativo, torque de 16,8 quilograma-força utilizáveis em 12 500 giros.

Bônus – assista ao trailer de Top Gun Maverick (2022)

No trailer, as duas motos aparecem.


Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.