Microlino, sucessor elétrico do Romi Isetta, pode vir para o Brasil?


Microlino, um carro elétrico sucessor do Romi Isetta, com aprovação dos criados deste, começa a ser vendido na Europa – mas será que pode vir para o Brasil? Entenda.

O Microlino, sucessor do Romi-Isetta, começou a ser fabricado e já tem mais de 30 mil unidades vendidas. Será que vai ser vendido no Brasil?


O Microlino 2.0 começou a ser produzido em série na Europa. O semicompacto é considerado o sucessor do clássico Romi-Isetta, que foi fabricado no Brasil na década de 1950.


A fabricante suíça Micro Mobility Systems, inicialmente pretendia vender as suas primeiras unidades ainda em 2018, porém, após diversos atrasos, as primeiras unidades começaram a ser vendidas este ano.


O simpático veículo de dois lugares chama a atenção pelas suas dimensões reduzidas, mas também pelo seu design moderno e a sua conhecida porta frontal.


Mas ele também tem outras características que impressionam e valem a pena conhecer.

Microlino – características gerais

Ele possui quatro rodas com eixo traseiro elétrico e um motor 100% elétrico com uma potência de 25 cv. O tempo de recarga é de quatro horas em tomadas de 220v para 80% da bateria.

Suas baterias oferecem de 10,5 kWh a 14 kWh de potência, com uma autonomia que pode chegar a até 177 km, dependendo da versão.

O Microlino ainda pode alcançar uma velocidade máxima de 90 km/h e tem a capacidade de aceleração de 0 a 50 km/h feita em 4,9 segundos.

Com relação aos preços, eles variam entre 14.990 e 20.990 Euros (80 mil a 114 mil reais), conforme a versão de série escolhida pelo cliente e a configuração desejada.

Um outro detalhe bem interessante é o espaço do seu porta-malas de 230 litros, chegando a superar um Fiat Mobi.

Serão lançadas quatro edições para atender diferentes gostos e estilos, cada uma se destacando distintamente tornando cada versão única.

Microlino – conheça suas quatro edições

Confira alguns detalhes das quatro edições que foram lançadas, sendo uma delas em edição limitada.

1. Urban (Simplicidade)

– Visual:

Vem mesclando um design de estilo simples, bonito e ao mesmo tempo moderno, com duas opções de cores: branco e laranja. O teto é de cupê e pode ser modificado para teto solar. O Urban mede 2,51m de comprimento, 1,47m de largura e ainda possui 2 assentos.

– Desempenho:

A versão Urban apresenta uma bateria de 6 kWh, que concede uma autonomia de 91 quilômetros, podendo acelerar de 0 a 50 km/h em 4,9 segundos. O tempo de recarga da bateria é de até 4h.

– Valores:

A partir de 14.990 euros (R$ 80.000 aproximadamente), com entrega estimada para o segundo trimestre de 2023

2. Dolce (Toque de Retrô)

– Visual:

O Dolce apresenta barras de luz led infinity, detalhes cromados e ainda opções exclusivas de acabamento externo. Vem pré-equipado com teto solar de tecido premium. Além das cores do Urban (branco e laranja), ainda tem a opção com as cores azul, vermelho e hortelã. Esse é o modelo com a maior variedade de cores,

– Desempenho:

São três opções de tamanho de bateria, que variam de acordo com a autonomia de 91, 177 e 230 km, respectivamente. Podem ter uma aceleração de 0 a 50 km/h em apenas 4,9 segundos, podendo atingir velocidade máxima de até 90 km/h.

– Valores:

O valor inicial do Dolce é de 16.390 euros (R$ 89.000 aproximadamente). A entrega está estimada entre o final de 2022 e o primeiro trimestre de 2023.

3. Competição (O Modernista)

“Para o futurista, ousado e inovador”.

– Visual:

O seu visual interno e externo é futurista. Possui barras de luz led infinity, ainda vem com três cores de carroceria foscas, detalhes cromados sutis e mais dois estilos de interior premium em tecido e couro vegano.

A versão “modernista” já tem um teto solar como padrão, o que garante a experiência de poder dirigir da maneira mais agradável possível. Outro detalhe interessante desse teto é que ele é feito do mesmo tecido usado no Porsche 911 Cabrios, tornando a experiência do usuário ainda mais completa.

As cores desse modelo são o verde, o antracite e o preto.

– Desempenho:

Sua bateria tem uma potência média de 10,5 kWh, trazendo uma autonomia de 177 km, com possibilidade de poder ser configurado para um pacote ainda maior.

– Valores:

A partir de 18.590 euros (R$ 101.000 aproximadamente). Entrega estimada entre final de 2022 e primeiro trimestre de 2023.

4. Série Pioneira (Edição Limitada)

Esse modelo é uma edição limitada que corresponde aos primeiros 999 veículos entregues pela Micro. A sua placa de cada um dos modelos virá identificando o seu número de série (X/999).

– Visual:

O interior dessa série é revestido de couro vegano e com um banco em tecido elegante. As suas opções de cores exclusivas são o alumínio e o azul.

– Desempenho:

A sua bateria tem uma potência média e segue o mesmo padrão de desempenho dos demais modelos, atingindo de 0 a 50 km/h em até 4,9 segundos, podendo chegar até 90 km/h de velocidade máxima, com uma autonomia de 177 quilômetros.

– Valores:

A partir de 20.990 euros (R$ 114.000 aproximadamente). A entrega estimada para o verão de 2022.

No site do fabricante é possível selecionar qualquer uma dessas quatro versões e configurá-las de acordo com sua preferência.

O Microlino será vendido no Brasil?

Apesar de já terem sido encomendados mais de 30.000 unidades na Europa, ainda não há informações se o sucessor do clássico Romi-Isetta será vendido no Brasil.

Porém, no site da Micro Mobility, no campo “local do cliente”, a fabricante do Microlino permite escolher o Brasil em uma lista com vários outros países, indicando a intenção de uma distribuição mundial do carro.

Portanto, pode-se deduzir que, em breve, pedidos poderão ser realizados daqui do Brasil. Porém, se considerar a conversão do Euro para o Real e outras despesas logísticas e fiscais obrigatórias para importação de veículos, o preço final de um Microlino pode se tornar bastante elevado.

Sendo assim, vai ficar valendo o desejo de cada cliente que deverá avaliar se vale a pena ter um sucessor do clássico Romi-Isetta, considerado como o primeiro carro fabricado no Brasil.

Para os entusiastas mais tradicionais, ter um Microlino poderá representar quase uma reedição moderna de um modelo de colecionador.



Outros Conteúdos Interessantes

1 Comment



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.