VW Gol G5, G6, G7, G8 – problemas e defeitos comuns


O Gol foi lançado em 1980 para substituir o Fusca e se tornou o hatch compacto mais vendido no Brasil, sendo líder de vendas por quase 30 anos consecutivos. Mas dá problema, como qualquer carro. Conheça os mais comuns.

Um dos modelos mais vendidos no mercado nacional, o Gol caiu no gosto popular brasileiro e foi o líder de vendas por 27 anos na categoria de hatch compacto. No primeiro semestre de 2021, ele foi o 5º mais vendido no país, com 36 mil unidades vendidas.


Um dos principais motivos desse verdadeiro queridinho brasileiro continuar sendo um dos modelos mais disputados no mercado interno é que ele não desvaloriza facilmente. Além disso, ele tem baixo custo de manutenção e seus valores de revenda conseguem manter boa parte do valor original de compra.


Contudo, não está livre de apresentar problemas. Listamos aqui problemas mais comuns que começaram a ocorrer a partir da sua 5ª “geração”.


Importante notar: o Gol teve, de fato, três gerações, onde houve troca de plataforma: a primeira é só a popularmente chamada de G1, mesmo; a segunda começou na G2 e foi até a G4; e a terceira é a que vem da G5 até os dias atuais. É mais comum, para efeitos de mecânica e manutenção, que as peças sejam similares dentro dessas verdadeiras gerações, assim como o tipo de defeito que costuma ocorrer. Neste post, nós focamos na terceira geração, que abrange os Gol G5, G6, G7 e G8.


Problemas e Defeitos mais comuns em todas as gerações

Em sites como Reclame Aqui, fóruns e outros sites especializados é possível ver o relato de vários proprietários sobre alguns problemas e defeitos em comum em suas últimas versões.

  • Barulhos estranhos nos motores

Esse problema é mais corriqueiro nos modelos equipados com o propulsor 1.6 litro flex. Há relatos de proprietários que tiveram que trocar a correia dentada com menos de 10 mil quilômetros rodados, procedimento feito entre dos 40 e 50 mil quilômetros.

  • Ruídos fora do comum

Eles eram ouvidos quando o veículo passava sobre lombadas e depressões, bem como durante frenagens e na troca de marchas – principalmente da 2ª para a 3ª e vice-versa.

  • Infiltrações de água na cabine

Há relatos de infiltrações nos modelos 1.0 de 2014. Também aconteciam no teto e no porta-malas.

  • Problemas de aceleração

A aceleração apresentava irregularidade, fazendo o motor ficar mais acelerado e sem conseguir ultrapassar a faixa de 2.500 rotações.

  • Ruídos de acabamento interno

Os ruídos aconteciam, por exemplo, ao tentar abrir uma das portas; isso já aconteceu com apenas 3 mil quilômetros rodados.

A partir de 2008, a Volkswagen lançou a 3ª geração do Gol, a partir do Gol G5. A promessa era de um novo projeto que manteria a sua tradicional plataforma, com mudanças no design e com novas possibilidades

Mas, ao mesmo tempo, também veio acompanhada de mais problemas.

Conheça agora alguns dos problemas e defeitos mais comuns encontrados no VW Gol G5 até o VW Gol G8, a sua versão mais recente.

VW Gol G5 (2008 a 2012)

  • Transmissão I-Motion: algumas peças do G5, como os atuadores hidráulicos de câmbio e o disco de embreagem, demonstraram precisar de um pouco mais de cuidado e atenção.
  • Infiltração: as primeiras unidades apresentaram infiltração de pó e água, por causa de falhas no alinhamento e solda do monobloco.
  • Ar-condicionado: problemas de refrigeração aconteciam quando a mangueira do gás refrigerador era danificada por causa de pequenos impactos sobre a mangueira.
  • I-System: a leitura da tela de cristal líquido era prejudicada devido à sensibilidade ao calor.

O consumidor deve ficar atento a problemas que ocorreram com o motor 1.0 dos Gol 2008, que começaram a bater pino. Se estiver comprando o carro, evite essa versão ou certifique-se de que o dono fez manutenção adequada, com lubrificante correto.

VW Gol G6 (2012 a 2016)

  • Falta de conforto: a suspensão do veículo é rígida, bem como os seus bancos são completamente desprovidos de maciez.
  • ABS e Airbags: nessa versão, esses itens de segurança são opcionais, ao contrário dos concorrentes do Gol, que oferecem como itens de série.

Outros problemas comuns do VW G6 são:

  • Barulhos estranhos no motor;
  • Infiltrações de água na cabine;
  • Problemas em aceleração;
  • Ruídos de acabamento.

VW Gol G7 (2016 a 2018)

  • Ruídos e barulho interno: ruídos na dianteira do veículo; quando passa por terrenos irregulares, se estendendo para os painéis e as portas, dando a impressão de que estão abertas.
  • Ar-condicionado apresenta instabilidade para gelar;
  • Suspensão dura;
  • Farol não desliga junto com a chave;
  • O espaço do meio do banco de trás é pequeno.

VW Gol G8 (2018 até os dias atuais)

  • Ar-condicionado: fraco, com uma ventilação irregular.
  • Suspensão dura: a suspensão do G8 é menos rígida – ou menos desconfortável -, ainda assim, ele carrega a sua tradicional característica de ter uma suspensão dura quando roda em terrenos menos regulares.
  • O conhecido barulho interno: assim como nas versões anteriores, ele apresenta muito barulho interno. Seu isolamento acústico não é bom.
  • Espaço traseiro pequeno e desconfortável: na verdade, o seu espaço interno é pequeno, mas o banco traseiro se destaca por ser compacto e desprovido de conforto.

Nem todas as versões apresentam os mesmos problemas, ainda assim, vale a pena ficar atento no momento de escolher o modelo que deseja adquirir e atenda às suas necessidades, sem causar tanto desconforto.

O Gol é um veículo tipicamente tradicional, feito para o dia a dia, para atender às necessidades do brasileiro. Assim, a sua principal qualidade é ser resistente, econômico e barato. O conforto em si acaba sendo superado pela sua praticidade, tradição e eficiência.

De qualquer forma, o Gol já se consagrou no dia a dia do brasileiro e mesmo com os problemas e defeitos apresentados nas quatro últimas gerações, o fato é que ele ainda permanecerá por muito tempo como uma verdadeira marca nacional e como um dos carros mais confiáveis que se pode comprar.



Outros Conteúdos Interessantes

2 Comments


  1. Tenho um Gol Trend LINE G5 2015 o banco do motorista está desconfortável causando dores nos joelhos quando faço viagens até 500km quero providências ou uma solução imediata, já o Fox 2015 G6 não tenho o mesmo problema…

  2. Meu Deus do céu: NÃO TEM ESSA DE GOL G1 A G8! Isso é termo falso de marketing sujo. O VW Gol está em sua 3° geração: Gol quadrado (e derivados), Gol bola (e derivados) e Golzão (e derivados). A derivação vem dessas mudancinhas cosméticas de ½ vida. Uma GERAÇÃO nasce quando muda TUDO porra. A própria VW alemã admite isso com seus produtos como acontece com o Golf. VW: pare de iludir o besta do brasileiro.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.