Peugeot 1008 2023 cancelado. Projeto pode ser retomado?


O projeto original do 1008 foi cancelado. Mas será que pode ser retomado?

A princípio, o novo SUV compacto da marca francesa, a Peugeot, foi uma das principais apostas para o ano de 2023. O novo Peugeot 1008 2023 movimentou o mercado devido às suas possíveis características técnicas e ao intento da marca de lançar um veículo de entrada com tecnologia considerável, alta qualidade em seu acabamento e custo-benefício, proporcionando um carro econômico em consumo e manutenção. Todos estavam empolgados aguardando mais informações sobre a data oficial do lançamento, porém, tivemos entusiasmo transformado em desilusão, já que, os planos de fabricação estão cancelados. O principal motivo do cancelamento é em relação ao custo de produção e investimento, que no momento, não resultariam em bons resultados para a empresa.



O Peugeot 1008 2023, faria parte do plano "smart car", projeto conhecido como P44, que em resumo atua na produção de veículos para mercados emergentes, como a América Latina e a Índia.



A nova versão 1008 estava com a produção confirmada para acontecer na fábrica de Porto Real (RJ) e, considerando o posicionamento de mercado do novo modelo, ele estava planejado para ser adversário direto do Fiat Pulse, além de que, seria fabricado com a mesma plataforma do Citroen C3.

Na Europa, a versão teria o lançamento em uma versão totalmente elétrica, pensando em aposentar o Subcompacto 108, que se retirou do mercado no ano de 2021.

Para mercados de baixo custo como Brasil e Índia, o veículo seria equipado com motores de combustão interna Stellantis e chegaria nos mercados nacionais portando cerca de 4,15 metros de comprimento, contando com o motor 1.0 turbo flex e 1.3 aspirado.

Qual o motivo do cancelamento da fabricação do Peugeot 1008 2023?

O cancelamento, segundo o Auto Drive ainda em 2021, é consequência direta da pequena capacidade de rentabilidade do projeto, verificada pela Stellantis. Embora o segmento dos SUVs compactos seja uma categoria em crescimento, os cálculos não fecharam bem na equação investimento e retorno. Além de que, a empresa considerou o risco de concorrência contra os modelos SUVs da Fiat (que também é da Stellantis), principalmente o Pulse e o novo Fastback.

Além disso, a Stellantis já trabalha em outro projeto de SUV compacto, o 516.

O projeto pode ser reativado no futuro para dar continuidade ao desenvolvimento do veículo?

Não sabemos, até o momento não há muitas informações sobre o planejamento da empresa sobre o projeto cancelado e se no futuro há possibilidade de retomada no planejamento do desenvolvimento do SUV compacto 1008.

O que temos de concreto é que, além do recente lançamento do novo Citröen C3 em plataforma CMP (e que seria concorrente do 1008 dentro do grupo), sabemos que a Stellantis está trabalhando no projeto 516, que vem sendo chamado de Baby Jeep, como dissemos. E há rumores de que poderia ser lançado com a marca Peugeot, uma vez que é baseado no 208. Se for esse o caso, 1008 seria um nome bastante adequado.

De todo modo, o mercado está muito incerto, nos últimos anos. A crise de cadeia de suprimentos, particularmente de chips, tem feito muitos fabricantes reconsiderarem projetos e fecharem fábricas por falta de insumos. A eletrificação e as novas regulações ambientais têm sido um desafio para fabricantes, que estão tendo que correr para adequar seus produtos. Assim, projetos têm sido constantemente adiados e cancelados. O próprio 1008 era uma promessa desde 2019.


Imagem: Projeção do Peugeot 1008 usando a base do Baby Jeep, do designer Kleber Silva.


Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.