Nissan Versa – problemas e defeitos comuns


Nissan Versa é um dos melhores sedãs disponíveis em termos de custo-benefício. Dá pouca manutenção e é barata. Mas, como em todo carro, alguns defeitos costumam ocorrer com maior frequência. Saiba quais são eles.

O Nissan Versa chegou ao mercado com uma proposta positiva, de um sedã compacto e que oferece uma boa presença de modo geral. Atualmente, o modelo pode ser obtido somente como importado do México, mas foi fabricado por anos no Brasil. E se destacou logo de cara pelo seu tamanho, que chega a cerca de 4,5m.


Outros detalhes fizeram com que rapidamente ele caísse no gosto dos motoristas, como o fato de que possui um porta-malas proeminente muito satisfatório, além de contar com 2,60 entre os eixos, proporcionando bom espaço interno. Um fator primordial nesta equação para que o Versa se tornasse até mesmo bem popular foi o fato de que ele tem um custo-benefício muito positivo, bem econômico, mas que, entretanto, tem alguns defeitos e problemas que podem ser bem chatos com o tempo.


São muitos os elogios a serem feitos a respeito do Nissan Versa, mas também é preciso destacar os defeitos e alguns potenciais problemas que foram notados no carro, para que os motoristas fiquem cientes de que apesar de ser um custo-benefício bom, ele pode apresentar algumas questões complicadas ao longo do tempo de uso. Assim, é importante que se atente aos problemas relativos à mecânica do modelo.


Um ponto que constantemente tem sido destacado pelos motoristas que fazem uso do Versa é relativo à injeção, que tem apresentado alguns defeitos. Outro defeito recorrente é a respeito das lâmpadas, que costumam queimar e aparecem como comuns nos relatos de motoristas.


Os relatos são diferentes, e apontam alguns defeitos bem específicos também a respeito da embreagem. Questões como escalonamento das marchas e alavanca de câmbio também são questões que aparecem no dia a dia dos motoristas proprietários do Versa, bem como problemas com o marcador de combustível, que também foram notados em alguns momentos. O fixador do para-choque também apareceu entre os relatos como um defeito do modelo.

O maior defeito e que aparece em maior destaque é de fato a respeito da injeção. Este é o principal ponto que os motoristas têm destacado a respeito do uso do veículo. É um tópico constante até mesmo em fóruns onde donos do modelo discutem os motivos para isso e ressaltam os incômodos com esta questão. As opiniões são vastas sobre o assunto, e muitos mencionam como algo muito complicado a se lidar. O problema, de acordo com alguns proprietários está em relação ao TBI, que tem que passar por limpezas frequentes para que isso não ocorra, pois caso contrário ele gera um alto consumo e trepidação da marcha lenta.

Entre os diversos comentários que podem ser vistos nos fóruns, um outro comum que tem se mostrado bastante entre os motoristas proprietários do modelo é a respeito do catalisador. Este tem preocupado muito e gerado vários debates, pois alguns contaram com falhas no carro por causa desta questão que ocorram em momentos complicados, fazendo até mesmo com que o motor do carro viesse a morrer após o acendimento do alerta. Contudo, é algo raro e que costuma afetar modelos que já passaram bem dos 100 mil km.

Alguns ruídos também são notados pelos motoristas em relação à embreagem e na coluna de direção. A respeito deste aspecto, alguns chegaram a citar que apenas era necessário apertar um parafuso, nada que coloque em risco a segurança do carro.

Enfim, todo carro dá problema e o Versa não poderia ser exceção. Mas não é por acaso que o Versa caiu no gosto de taxistas, motoristas de aplicativos e frotistas em geral. É um carro econômico, confiável, de manutenção barata e que dá pouco problema, menos que a média da concorrência.



Outros Conteúdos Interessantes

2 Comments



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.