NBR – montadora brasileira promete entregar carros bons e baratos, por R$ 66 mil


Montadora NBR vai fabricar buggies offroad e promete entregar carros, por R$ 66 mil, equivalentes aos que hoje custam R$ 100 mil.

O Grupo NBR, onde as siglas significam "Novo Brasil", afirma no seu site que é uma montadora brasileira de automóveis e que será a primeira a construir "carros modulares compactos", que serão usados tanto para o perímetro urbano, quanto para lazer.


O objetivo é produzir carros no mesmo nível daqueles que custam R$ 100 mil no mercado brasileiro, mas o Grupo NBR divulgou que pretende distribuir os seus exemplares com valores a partir dos R$ 66 mil, 2/3 do preço da concorrência.


A fábrica estará na cidade de Araripina, no "Sertão Pernambucano, onde uma antiga fábrica de óleo de mamona fechou nos anos 1990. O grupo optou pelo local já sabendo que está bem ao lado dos estados de Ceará e Piauí. Logisticamente falando, sete estados estão num raio de 300 km (trezentos quilômetros), com boas estradas e infraestrutura portuária próxima, facilitando muito a fabricação, distribuição e a comercialização. Ainda mais porque o Grupo tem em mente a produção de "buggies", algo comum na região, seja para o transporte urbano ou para o turismo.


O local possui uma área construída de 30.000 m² (trinta mil metros quadrados), num espaço total de 290.000 m² (duzentos e noventa mil metros quadrados). A área terá ainda um sistema de captação de energia solar, captado por placas solares fotovoltaicas, e uma pista exclusiva para testes, o investimento inicial que foi divulgado está na casa dos R$ 260.000.000,00 (duzentos e sessenta milhões de reais). Na fase de construção, que está prevista para durar 18 (dezoito) meses, se espera a geração de 240 (duzentos e quarenta) empregos direitos, subindo para 450 (quatrocentos e cinquenta) após o início de suas operações. Indiretamente, se espera geram aproximadamente 3.000 (três mil) empregos.


Segundo informações mencionadas em diversos sites, o Grupo NBR aposta num design que segue as tendências em modelos asiáticos. Com "toques retrô", 4 (quatro) tipos de motores serão oferecidos, podendo ser de tração dianteira (4X2) ou também na versão 4X4, todos aceitando gasolina ou etanol como combustível, ou seja, "Flex". O mais, vamos chamar, simples, será o motor 1.0 aspirado, um outro motor também 1.0 será oferecido, mas na versão Turbo. Finalizando, os motores mais potentes, de 1.3 e 1.5.

Outras peculiaridades dos seus veículos, que foram divulgadas, é o sistema de iluminação, que será todo em tecnologia LED, e a suspensão, que será independente em cada uma das quatro rodas.

Inicialmente, a fábrica pretende produzir 1.200 (um mil e duzentos) carros por mês, mas a capacidade de produção que foi divulgada, pode chegar ao 1.600 (um mil e seiscentos) exemplares. O início dessas atividades está previsto para o segundo semestre do ano que vem, 2.023.

A aposta do "Grupo Novo Brasil" em oferecer um preço mais baixo nos seus veículos, está em basicamente dois pontos, fornecedores e impostos.

No primeiro, está uma estratégia de "compartilhar soluções" que a empresa já elaborou, facilitando a fabricação de, por exemplo, fibras, resinas, pneus, sistemas de freio, molas, amortecedores, vidros, baterias, conjuntos óticos e os faróis auxiliares.

No segundo, está o problema que envolve todo e qualquer produto, os impostos. O Grupo NBR está negociando a redução, e também a isenção, de vários destes encargos.

Para o Governo Federal, a proposta foi de redução de cerca de 75% (setenta e cinco por cento) nos valores cobrados, por exemplo, no caso do IR e do IPI.

Para o ICMS, a redução que foi pedida é de 95% (noventa e cinco por cento), nos próximos 12 (doze) anos. Neste mesmo período, o Grupo pede a isenção em todos os tributos municipais, como por exemplo o IPTU.

Para nós, motoristas e amantes de carros, basta esperar o início das vendas nas lojas, que serão próprias ou homologadas, nas cidades de, segundo o próprio Grupo Novo Brasil divulgo, Fortaleza, Recife, Natal, São Paulo e Florianópolis.

Boa viagem!!!

Por Fernando Dias



Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.