Carro movido a água salgada – Quantino 48 Volt – como funciona e quanto custa


Quantino 48V pode representar uma revolução para carros elétricos. Saiba como funciona e quanto custa para abastecê-lo e fabricar a bateria Nanoflowcell.

O modelo esportivo que está em testes, Quantino 48 Volt, teve seus resultados divulgados, e mostra que consegue uma autonomia de até 1140 km abastecido com água salgada. De acordo com os testes, o carro conseguiu mostrar que pode rodar até 500 mil km sem ter maiores problemas.



A empresa suíça responsável pelos testes e construção do veículo, NanoFlowcell, desenvolve a pesquisa há algum tempo, com baterias com células de fluxo. O que resultou no Quantino 48 Volt, o carro que é movido a água salgada.



Depois de ser exibido em 2015 no Salão de Genebra na Suíça, o carro rodou mais de 10 mil horas. Contudo, nos últimos anos, ultrapassou os 500 mil km rodados, sendo mais de 100 mil feitos em laboratório.

Inventor do motor que roda com água salgada

O responsável pela invenção é Nunzio La Vecchia, que criou o Quantino 48 Volt, com peso total de 700 kg. O motor criado para o veículo é elétrico, de baixa voltagem, com 80 kW que produz até 109 cv de potência. Parece pouco? Bom, ele é um elétrico, com torque suficiente para fazer de 0 a 100 km/h em apenas 5 segundos. E a velocidade máxima também é relativamente alta, 200km/h.

Os resultados do protótipo são chocantes, principalmente no que diz respeito ao seu funcionamento. O modelo que é movido à célula de combustível, faz 6,25km/l de água salgada bi-iônica. Além disso, ao permitir que o carro seja movido a água salgada, faz com que o veículo não emita qualquer tipo de gás carbônico.

O tanque possui limite de 190 litros bi-iônicos que são divididos entre carga positiva e negativa (95 litros cada). Contudo, para quem ainda tem dúvidas, o carro é abastecido de forma convencional, mas os líquidos diferentes precisam ser adicionados simultaneamente. A vantagem é que não é um combustível inflamável.

De acordo com a NanoFlowcell, já há outros protótipos em teste com intuito de ser movido a água salgada, como é o caso do e-Sportlimousine.

Custo

Como a marca conseguiu garantir várias vantagens, o modelo continuou sendo testado e, além disso, também mostrou ter um baixo custo de produção. Segundo a empresa, em 2019, o custo da bateria Nanoflowcell era de apenas US$ 672, contra milhares de dólares de uma bateria de um carro elétrico que se carrega na tomada. Sem contar o baixo custo do “combustível”, na casa de R$ 0,50 por kg (aproximadamente o mesmo valor por litro).

Caso o modelo fique popular e dê certo no mercado, seja bem vendido e ganhe popularidade, o veículo pode se tornar um marco em toda a história do segmento. Além de ser um veículo que tem zero emissão de CO2, também será um veículo verde, que não consome qualquer tipo de combustível fóssil ou energia elétrica.

Inovação que atrai atenção

A inovação desse tipo de veículo acaba atraindo muito a atenção de curiosos, tanto pela inovação, quanto pelas possibilidades que isso pode atrair. O fato de um carro ser movido a água salgada começar a ser produzido, transforma toda a cadeia de produção de carros que são movidos a combustíveis fósseis.

Ainda não se sabe quando o Quantino 48 Volt será lançado nem qual será o seu valor de mercado. Mas a inovação deve se tornar um grande avanço em questão de tecnologia automotiva que pode modificar todo o mercado. Já é possível notar isso em questão dos carros híbridos e elétricos. É provável que essa se torne uma nova oportunidade de deixar o setor ainda mais ecológico e sustentável. Para quem gostou da ideia, o que resta é esperar para saber como o veículo vai chegar ao mercado.



Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.