Recall por risco de incêndio no Chevrolet Tracker

Se você é dono ou dirige um dos modelos da linha Chevrolet Tracker anunciados abaixo, preste atenção para saber como agendar seu recall com uma das principais e mais consagradas marcas de automóveis do mundo.

Risco de incêndio faz com que o Grupo General Motors oficialize e divulgue o recall de todos os veículos Chevrolet Tracker produzidos nos últimos quatro anos.

A multinacional Chevrolet passou a anunciar o recall de cerca de 80 mil carros da linha Tracker (anos 2020, 2021 e 2022) para poder corrigir a retração dos cintos de seguranças dos bancos da frente, que ao serem acionados em um acidente ou freada repentina, por exemplo, poderiam gerar um atrito entre peças que pode resultar em risco de faíscas. Descubra aqui as causas e mais detalhes sobre como o problema será solucionado pela montadora nos próximos meses.

Os veículos em questão estavam sendo fabricados desde o final de outubro de 2019 e a montadora precisou suspender a sua produção do modelo Chevrolet Tracker nos primeiros dias de abril de 2022. No mês passado a equipe técnica da empresa acabou diagnosticando o problema no equipamento dos pré-tensionadores. Nos primeiros dias de maio, a multinacional anunciou que dará início ao recall dos modelos que estão em circulação no mercado. A Chevrolet ressalta que assim que constataram o problema, começaram a corrigi-lo também nos modelos zero quilômetros, que ainda não haviam sido vendidos.

Segundo o Grupo General Motors, responsável pela marca Chevrolet, foi diagnosticado que o atrito entre as peças que compõem o cinto, com o material utilizado no revestimento interno dos carros, poderia gerar faíscas muito próximas a materiais altamente inflamáveis. Correndo o risco de incêndio no momento em que o equipamento fosse acionado de forma automática.

A tecnologia de pré-tensionadores (como é conhecida) dos cintos utilizados pela marca nos últimos modelos da linha Tracker, consiste em retrair o cinto abdominal automaticamente em caso de freiada brusca ou acidente com colisão. Assim, movendo o corpo dos passageiros para uma posição menos agressiva, ideal para absorver o impacto durante o acidente.

O procedimento de conserto consiste em remover parte do material do carpete que cobre a região e adicionar uma manta térmica e não inflamável para isolar melhor a área. A Chevrolet informa que este trabalho dura certa de uma hora e conta com um "combo de materiais desenvolvidos para agregar segurança ao modelo", resolvendo o problema e diminuindo os riscos. É necessário agendar o procedimento em uma das autorizadas da marca.

O processo de recall para isolar com manta térmica os pré-tensionadores começou a ser divulgado na primeira quinzena de maio de 2022 e não tem previsão de encerramento por parte da montadora.

Caso você tenha um modelo do Chevrolet Tracker que se enquadre entre os carros que devem ser analisados pelo recall promovido pela empresa, entre em contato com a equipe de atendimento ao consumidor Chevrolet através do número 0800 702 4200 e siga o passo a passo para agendar sua avaliação e consertar o problema. É necessário ter em mãos o número do chassi do seu veículo para dar seguimento ao agendamento. Você também poderá encontrar mais informações acessando a página especial sobre recalls da Chevrolet na Internet (https://www.chevrolet.com.br/servicos/recalls) e informando os 17 números que compõem o seu chassi é possível saber se será necessário agendar o procedimento.

O Grupo General Motors informa que também é possível entrar em contato diretamente com a concessionária para agendar a vistoria e realizar o conserto do seu veículo da linha Tracker.

Fique atendo aos canais oficiais da marca para ter acesso a este e outras vistorias realizadas pela Chevrolet.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *