Melhores carros para trabalhar como motorista de aplicativo em 2022


Selecionamos quatro carros distintos, levando em conta espaço interno, porta-malas e consumo, para melhor atender a clientes dos perfis mais variados por aplicativo.

Os aplicativos de transporte têm crescido nos últimos anos, especialmente porque se apresentam como opções mais acessíveis para os passageiros ao mesmo tempo em que possibilitam aos motoristas conseguirem uma renda extra, importantíssima se considerarmos a alta da inflação no Brasil. Porém, caso você tenha interesse em se tornar um motorista de aplicativo, é importante observar as especificações da empresa à qual deseja se vincular e, principalmente, escolher bem o carro para trabalhar. Se você já possui carro, deve saber se ele possui as características necessárias para transportar passageiros com segurança e conforto.


As empresas que coordenam os apps, tais como Uber e 99, por exemplo, fazem diversas exigências a fim de garantir minimamente o conforto dos passageiros. Para citarmos um exemplo, a Uber possui especificações diferentes para cada um de seus segmentos: o Uber X só aceita carros do ano 2008 ou seguintes, enquanto a Uber Select não admite carros anteriores à 2012 e, nos dois seguimentos, é obrigatório os veículos possuírem ar-condicionado e quatro portas.


Além das especificações próprias de cada empresa, é válido considerar que, ao se vincular a um app, não é possível saber se o passageiro será apenas um ou se estará carregando com ele várias malas. Por isso, apostar em um carro com um porta-malas maior e também com mais espaço interno pode ser uma ótima opção. Contudo, como o principal objetivo do motorista é conseguir adicionar um extra em seu orçamento, além do conforto e da segurança do carro, é necessário optar por carros mais baratos, econômicos e cuja manutenção não custe tanto.


Pensando em ajudá-lo ou ajudá-la a escolher o melhor carro para trabalhar como motorista de aplicativo, preparamos uma lista com quatro opções de veículos seguros, confortáveis e econômicos. Acompanhe a lista.


1. Chevrolet Onix

O primeiro de nossa lista é o "popular" da Chevrolet, o Onix, em sua versão hatch. É a opção mais barata de nossa lista e vem completo, com ar-condicionado, multimídia, vidros elétricos, etc. A versão Sedan, Plus, é o carro mais econômico do Brasil, segundo o Inmetro, fazendo 17,7km/l na estrada e 14,3km/l na cidade, com gasolina; e 12,5km/l na estrada e 10,1km/l na cidade, com etanol.

O Onix começa em R$ 73.820,00. Sua versão sedan, o Onix Plus, custa a partir de R$ 80.610,00.

2. Fiat Cronos

No segundo lugar de nossa lista, trazemos o Fiat Cronos, sucessor do tradicional Grand Siena. Conta com bom espaço interno e com um visual repaginado, o Cronos vem com cluster com display TFT de 7”, ar-condicionado, câmera de ré, volante multifuncional, travas elétricas, computador de bordo, vidros dianteiros também elétricos, entre outros. A versão 1.3 roda, em média, 12,4 km/l de gasolina ou 8,5 km/l de etanol na cidade.

É um carro com custo-benefício muito bom. A versão custa a partir de R$87.007,00, muito próximo de um Onix ou HB20, que são carros menores.

3. Chevrolet Spin

A terceira opção de nossa lista é fresquinha: falamos do Spin, cuja linha 2023 chegou recentemente às concessionárias brasileiras. A minivan da Chevrolet está disponível nas configurações com 5 bancos, a conhecida versão LTZ, além da opção com 7 bancos, a LT. Ambas contam com sensor de estacionamento, central multimídia de 7 polegadas, travas de segurança das portas de trás, rodas de liga leve de 15 polegadas, ar-condicionado, entre outros vários itens. Com relação ao consumo, também flex, o Spin alcança, na cidade, os 10,1 km/l de gasolina e os 6,9 km/l de etanol. Para adquirir o seu Chevrolet Spin, os preços partem de R$ 101.290.

4. Nissan Versa

O quarto de nossa lista é o Nissan Versa que, recentemente, ganhou nova versão combinando conforto, segurança e tecnologia. Com um excelente espaço interno e porta-malas com capacidade para 482 litros, a versão 1.6 Sense, considerada de entrada, conta também com seis airbags, botão Push Start, sensor de estacionamento, ar-condicionado, entre outros itens. Com relação ao consumo, segundo números da montadora, na cidade, o carro, flex, alcança os mais de 8 km/l com etanol e 11 km/l de gasolina. No site oficial da Nissan, a versão Sense custa a partir de R$101.990.

5. Toyota Etios Sedan

Por fim, a quinta opção de nossa lista é o Toyota Etios. A versão de entrada do modelo, a X, embora visualmente não seja a mais atrativa de nossa lista, oferece boa dirigibilidade, motor eficiente e bom espaço no porta-malas. O carro conta com controle eletrônico de estabilidade, ar-condicionado, freios ABS, vidros elétricos, entre outros. Na cidade, o carro, também flex, alcança os 12,5 km/l de gasolina, ou 8,5 km/l de etanol.

Infelizmente, o Etios foi tirado de linha pela Toyota em 2021, então, só se encontra esse carro, geralmente, no mercado de seminovos.



Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.