Caminhões Volkswagen com motores Scania, em 2028


Redução de custos e objetivos de redução de emissão estão por trás da decisão da Volkswagen de usar mecânica de Scania em seus caminhões

Nos últimos dias a gigante do setor automobilístico, Volkswagen, e seu grupo que cuida dos veículos pesados, Traton, anunciaram seu novo padrão de motor que começará a ser implantado em todos os caminhões fabricados pelas marcas. Dentro do novo planejamento de investimento das marcas que fazem parte do grupo, o objetivo é que a partir de 2028, os caminhões, ônibus e demais veículos pesados e de carga passem a ser produzidos apenas com o motor de última geração da marca Scania.


Em evento realizado na Suécia na última semana, o Grupo Traton, responsável pelas marcas Scania, VW, MAN, Navistar e RIO, anunciou que em seu planejamento para os próximos anos, está a integração e compartilhamento de peças, plataformas, eixos e tecnologia em comum em todos os veículos pesados das marcas.


Entre o anúncio, o que mais chamou a atenção do público é o plano da marca de passar a usar os motores da Scania em todos os veículos pesados. A data chave para as alterações previstas no planejamento é a partir de 2028. A fabricante passará a usar o modelo de motor CBE (Common Base Engine), que foi lançado pela sua marca Scania no final do ano passado. O motor, que é de última geração, seria o último modelo de motorização a combustão fabricado pelo grupo. Um dos objetivos é passar a investir em tecnologia sustentável e motores elétricos para este segmento de mercado também.


A nova geração de motores da Scania entrou no mercado em novembro do ano passado e conta com motores de 13 litros e tecnologia com potência de 420 a 560 cv, além de prometer e cumprir a redução em 8% do consumo de combustível dos caminhões e ônibus. Dentro das características específicas desta última geração, a marca ressalta que a eficiência térmica melhorou em 50%, comparando com as versões das tecnologias usadas nos anos anteriores. O sistema de redução de gases “Scania Twin SCR” também foi anunciado como um diferencial no ano passado e que leva a marca a seguir seu caminho dentro da tendência de veículos menos poluentes.


Todo o investimento em novas tecnologias para este modelo de motor em específico, foi de cerca de 2 milhões de euros e passou a se justificar com os novos planos divulgados pelo Grupo no evento sueco. De acordo com as palavras do CEO do Grupo Traton, Christian Levin, o novo estilo de segmento de veículos comerciais que fazem parte do grupo da montadora, contará com as mudanças previstas para os próximos anos. Entre as alterações destacadas está a padronização de plataformas e componentes que integram os veículos de carga e os ônibus de todas as marcas produzidas pelo grupo.

O objetivo do grupo é passar a unificar todos os componentes dos modelos fabricados pela marca, replicando os modelos de peças, trem de força e design interno de gabine, além da tecnologia envolvida em todas as etapas de produção dos caminhões e ônibus. A Traton, ressalta que mesmo com esse novo padrão unificado, cada linha permanecerá tento suas peculiaridades e identidade visual próprias, de acordo com o seu segmento já estabelecido dentro do mercado.

Com o novo planejamento de unificação, a Volkswagen pretende aprimorar sua tecnologia de desenvolvimento, aumentando a eficiência dos veículos pesados e reduzindo custos. O próximo passo seria investir em tecnologia e desenvolvimento para a futura transição para motores elétricos, com foco nos veículos de carga e pesados, como os ônibus da marca.

As marcas que fazem parte do grupo ainda estão em fase de processo para as adaptações necessárias para esta padronização. Ainda não foi divulgado quando os caminhões e ônibus com estas alterações passaram a ser comercializado aqui no Brasil.

Diga-se de passagem, a aquisição da Scania pela VW se deu em 2014. A Navistar é a adição mais recente, de 2021.


Na imagem, o CEO da Traton Christian Levin ao lado da CFO, Anette Danielski, em frente a caminhões produzidos pelo grupo.


Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.